Archive for the ‘TRAVESTIminho’ Category

Memória: Paulista de 2005 – Incêndio no Morumbi

29/07/2014

torcida corinthians incendio morumbi 2005Salve Soberania.

Como o time.gov anda cheio de não me toques com o privadão da Odebrecht, do Lula e do Kassab por causa de algumas cadeiras quebradas, vale recordar aqui o incêndio provocado pela torcidinha no Morumbi em 2005. Porque cadeira quebrada é comum toda vez que elas nos visitam. A coisa foi tão feia que setores do estádio tiveram que ser interditados pelo Contru e corpo de bombeiros na época para vistoria.

Relembre

Eles conseguiram “abalar” o Morumbi – Por Paulo Pontes

O incêndio ocorrido no Morumbi logo após o jogo entre São Paulo e Corinthians, ao que parece, foi criminoso. Por precaução, o São Paulo suspendeu a venda dos ingressos para o jogo da Libertadores, contra o Universidad do Chile, na próxima semana, para a arquibancada amarela. O Contru, por mais precaução ainda, interditou toda a arquibancada e, ainda, a numerada superior amarela.

As câmeras viradas, o posicionamento da torcida do Corinthians/MSI (que ficou as arquibancadas vermelha e amarela) e o aparecimento de uma testemunha que viu torcedores corinthianos quebrando a porta do depósito sob a arquibancada e colocando fogo com isqueiro em todo aquele material inflamável, levam a quase certeza que o incêndio foi criminoso.

O prejuizo do São Paulo pode ser muito maior do que se imagina. Haverá a contratação da empresa Falcão Bauer para que se faça uma análise técnica e se detecte se houve ou não abalo à estrutura do estádio. Isso custa dinheiro.

O Contru interditou mais da metade do estádio. O São Paulo já suspendeu a venda dos ingressos para a arquibancada amarela.

Se for constatado abalo na estrutura, no mínimo o setor onde houve o incêndio, correspondente a dois mil lugares, ficará fechado no jogo da próxima quarta-feira, pela Libertadores. É mais prejuízo.

Já é hora de nossas autoridades analisarem de forma diferente a punição no futebol. Fatos como este têm que leva o time cuja torcida provocou o estrago a ressarcir o dono do estádio. E mais: a pagar, não só a obra, mas o prejuízo futuro, que seria a possibilidade de vendas de ingressos para os jogos, enquanto o setor estiver interditado (ou vocês não acham que haverá lotação completa nas arquibancadas no jogo do São Paulo na Libertadores?).

Sou defensor de que o time punido perca o mando de jogo, mas que a torcida também seja punida. O jogo deve ser com portões fechados.

Não faz muito tempo, na Espanha, o Real Madri perdeu o mando de um jogo, mas pode jogar em seu estádio. A torcida é que não pode entrar, já que foi ela quem causou o problema que puniu o Real.

Aqui no Brasil, um torcedor corinthiano atirou uma pedra sobre o goleiro do Santos, na Vila Belmiro, o Corinthians/MSI perdeu o mando do jogo, mas vai jogar em Mogi Mirim contra o União São João com venda normal de ingressos. Ou seja, a torcida corinthiana estará lotando o estádio. Qual é a punição que houve a quem cometeu o ilícito?

Portanto é hora de nossas autoridades repensarem a punição aplicada nesses acontecimentos. E a diretoria do São Paulo deve cobrar tudo o que tem direito do Corinthians/MSI, pois sua torcida conseguiu abalar a estrutura do Morumbi. Além do mais, o que são alguns milhões de reais para o tal de Kia??

É só uma lavadinha a mais!!!

Paulo Pontes é apresentador e comentarista da Rádio Jovem Pan e proprietário do site www.tricolornaweb.com.br

Via Tricolormania

Relacionados

Incêndio atinge estádio do Morumbi, torcida do corinthians é acusada

Incêndio no Morumbi assusta torcida

Após jogo, incêndio afeta o estádio do Morumbi

Incêndio interdita parte do estádio do Morumbi

***(*) ******(*)

Anúncios

Ou Calote ou Falência

29/07/2014

Clubes falidos querem caloteSalve Soberania.

Semana passada houve reunião de dirigentes com a presidente para falar a respeito das dívidas dos clubes.  Querem renegociar as dívidas em 25 anos. É mole ?

O gráfico ao lado que eu achei no blog do Milton Neves, mostra apenas as dívidas tributárias, mas nós sabemos por exemplo que o time.gov ainda tem R$ 400 milhões do privadão – considerando que vão honrar os compromissos -, o que colocaria o clube de centenária incompetência em primeiro lugar na lista de devedores do estado.

Seguindo este raciocínio, o Inter que financiou a reforma do seu estádio para a copa com um empréstimo de R$ 275,1 milhões, iria pra segundo lugar na lista dos sugadores. O Atlético Paranaense saltaria de penúltimo lugar na lista, para ficar entre os dez maiores devedores do erário com o seu empréstimo de R$ 185 milhões.

Com isso, a lista corrigida dos devedores do estado ( só os dez primeiros, os falidos ), seria a seguinte:

01 – corintians – 573,5
02 – internacional – 410,4
03 – flamengo – 386,4
04 – botafogo – 350,9
05 – vasco – 270,5
06 – atlético-mg – 258,8
07 – fluminense – 238,6
08 – atlético-pr – 194,3
09 – santos – 119,8
10 – bahia – 110,4

O diferença na lista das dívidas ( tributos + BNDES ) do primeiro colocado para o segundo, é R$ 160 mi. Isto talvez explique porque o time da marginal teve DOIS representantes na reunião, ao invés de apenas um como os demais clubes. Eles são, certamente, os mais interessados no tal perdão das dívidas tributárias e por quê não do BNDES ?

Amigo, este é o Brasil, não duvide de nenhuma hipótese que em um primeiro momento pareça absurda.

O São Paulo também faz parte da lista e sua dívida de R$ 65,2 mi, a primeira vista não parece impossível de ser paga, afinal em 2013, o clube arrecadou R$ 285 mi. Por isso me irritei ao ver que o Aidar esteve presente na reunião.

Mais tarde vi que o São Paulo também quer se livrar do débito, mas através da Timemania. Segundo o presidente do São Paulo FC, o governo morde 46% da arrecadação, o que não estaria ajudando a quitar as dívidas tributárias. Em 2013 o São Paulo arrecadou R$ 1,847 mi com a loteria. Se o governo abrisse mão da sua parte, o São Paulo teria arrecadado por volta de R$ 5,708 mi. O que faria a dívida do São Paulo, apenas com a Timemania ser paga com algum esforço, em muito menos tempo que os 25 anos cogitados por outros clubes. 10 anos talvez ? Faça as contas.

Pra terminar isso aqui, uma pitada de história.

Há quem diga que o São Paulo faliu em 1935, invencionisse desmentida por quem conhece e estuda a história do clube. Mas vamos entrar na onda dos mitólogos e dizer que o São Paulo faliu.

O que é mais digno ? Falir, fechar as portas e voltar com as próprias pernas, ou se prestar ao ridículo de implorar ajuda governamental como se vê hoje em dia nas páginas do caderno de esportes ?

***(*) ******(*)

Erário Ligado

30/05/2014

erarion erarioff

***(*) ******(*)

A Inovadora Cobertura do Itaquerão

27/05/2014

A primeira no mundo que não protege do sol e nem da chuva.

a inovadora cobertura que nao protege do sol e nem da chuva

***(*) ******(*)

Segundo PVC, Rogério Ceni Sofreu 91 Gols do time.gov

20/05/2014

Salve Soberania.

O centésimo gol do M1TO mexeu com as meninas de Itaquera a tal ponto, que até a contagem de gols sofridos por ele foi sabotada.

Estatisticamente falando, não se usa gols das categorias de base em contagens oficiais, mas há quem na ânsia de fazer graça, cometa tal erro (?) metodológico.

Considere sempre e apenas a opinião do jornalismo esportivo sério, apesar de ser raro encontrá-lo atualmente.

***(*) ******(*)

Jogo Limpo Com Plihal: Carlos Miguel Aidar

16/05/2014

***(*) ******(*)

Caro Turista, Basta Seguir a Sinalização

12/05/2014

…pra chegar no Privadão: “Onde Judas perdeu suas botas”…

privadao-onde-judas-perdeu-suas-botas

***(*) ******(*)

Três Toques

12/05/2014

que se dane a copa e a selecaoMiranda, Ganso, Fabuloso e Scolari – Se antes eu já tinha motivos sociais e políticos de sobra pra torcer contra esta seleção e esta copa, imagine agora que o Scolari fez esta palhaçada com ídolos do São Paulo. Começando pelo Miranda que não joga mais no clube mas convenhamos, está jogando muito no Atlético Madrid. Olha que situação bizarra. Um cara que pode ganhar a Champions League, vai ficar de fora do mundial porque foi preterido pelo Henrique. Sabe meu, convicções pessoais têm limites. Você não pode jogar o sonho de um profissional no lixo assim. Ele tem 30 anos, é de 1984. Será que ele vai ter outra chance na seleção ? Bem difícil… E o Fabuloso ? Olha o que o cara tem jogado, olha o comportamento, a entrega, a regularidade. Recebeu até elogios do Muricy. Foi trocado pelo Fred. O Fabuloso joga mais que todos os convocáveis. Sem exageros. Tremenda injustiça com os dois jogadores. Correndo por fora da convocação final estava o Ganso. É craque, veja o passe que ele deu ontem para o gol do Fabuloso com 3 caras em cima dele, sem contar o que ele fez durante toda a partida. E tem gente na imprensa que se especializou em pegar no pé do craque e falar mal. Um destes babacas chegou a filosofar: “o Ganso é uma Ferrari a gás”. Se fosse convocado não seria nenhuma surpresa e seria merecido.

Muricy e Boschilla – Não quero criar clima contra o Muriçoca, adoro o cara de verdade, mas estranhei muito o tratamento que ele deu a jovem promessa Tricolor no domingo. E não é a primeira vez que o garoto é destratado. No jogo entre São Paulo 3×0 CRB, o Boschilla entrou aos 45´ do segundo-tempo, deu um pique e o juiz terminou o jogo. Nem deu tempo pra transpirar, não chegou a tocar na bola. Achei desnecessário colocar o moleque no final. Era realmente necessária a substituição ? Pra mim não era. O que você muda aos 45 do segundo-tempo ? Lembrando que ele entrou no lugar do Ganso ( melhor do jogo ) que não estava machucado e nem cansado. Se falar que mudou porque o Ganso tinha amarelo, não deveria ter feito a substituição tão tardiamente. Ontem contra o time do governo, o treinador esbraveja na frente das câmeras contra o garoto que é defendido pelo Ganso: “é um garoto ainda !”. O esculacho ganha as manchetes do pós jogo e olha que assunto não faltou. Pra quem costuma dizer nas coletivas que não fala de jogador individualmente pra não criar atritos no grupo, além de dizer acreditar – pelo menos na teoria – que problemas de grupo devem ser discutidos internamente, a atitude ao final do jogo me pareceu totalmente incoerente com o discurso. Será que a cena toda aconteceu apenas por se tratar de uma promessa e não de uma estrela ? Agora eu quero ver esporro no Maicon quando ele erra passes de 3 metros, quero ver esporro no Ganso quando preciso, quero ver esporro no Pato quando ele chuta pra fora estando dentro da área, quero ver esporro no Fabuloso quando ele discute com juiz, senão vai parecer encenação pra dizer que tem comando. Comando é pra todos e não para os mais humildes. Se não for assim não é grupo, é panela.

Inauguração do Privadão – Tem coisas que só acontecem na Zona Lost amigo. O lance que originou o primeiro gol do Itaquerão foi de penalti,  muito simbólico não acham ? No lance, o ex-jogador Palhinha acabou se machucando e fraturou o braço. Ele foi hospitalizado e segundo informações passaria por cirurgia nesta segunda, sabe onde ? No HOSPITAL SÃO LUIZ MORUMBI. Não é pra dar risada ? Como é que o Itaquerão não é longe meu Deus do céu ?!? Será que vão fazer aqueles vídeos ridículos medindo distâncias desta vez ?…

***(*) ******(*)

Rogério Ceni Faz Defesaça em Barueri

11/05/2014

Pra variar…

***(*) ******(*)

São Paulo FC 1×1 time.gov

11/05/2014
Rubens Chiri / Site Oficial

Rubens Chiri / Site Oficial

No reencontro do goleiro Rogério com o cenário de seu centésimo gol, o Tricolor arrancou o empate com o Corinthians na tarde deste domingo (11), por 1 a 1. Com gol do atacante Luis Fabiano, aos 34 minutos do segundo tempo, o São Paulo conseguiu quebrar a invencibilidade da defesa rival, que não era vazada há sete jogos.

Com o resultado do Majestoso, que foi disputado na Arena Barueri já que o Morumbi recebe o show da banda One Direction neste final de semana, o time são-paulino segue sem derrotas no Campeonato Brasileiro de 2014. Agora, após quatro rodadas, o Tricolor detém seis pontos e ocupa a nona colocação (uma vitória e três empates).

No próximo final de semana, querendo encostar nos líderes da competição nacional, o Tricolor entrará em campo novamente. No Rio de Janeiro, a equipe são-paulina medirá forças contra o Flamengo.

Com três desfalques – Douglas e Paulo Miranda, lesionados, e Alexandre Pato por questões contratuais -, o técnico Muricy Ramalho apostou na entrada de Ademillson e montou o time são-paulino com Rogério Ceni, Luis Ricardo, Rodrigo Caio, Antonio Carlos e Alvaro Pereira; Souza, Maicon e Paulo Henrique Ganso; Ademilson, Luis Fabiano e Osvaldo.

No primeiro tempo, a forte marcação de ambos os lados prejudicou o embate e deixou a partida mais truncada. Apesar de ficar mais tempo com a posse de bola e controlar as ações do jogo, o Tricolor não conseguia finalizar. Os dois times abusavam dos cruzamentos, porém, não assustavam Rogério Ceni e Cássio.

Bem abertos, Ademilson e Osvaldo tentavam desafogar o clássico e criar as oportunidades, mas esbarravam na marcação adversária. Assim, a primeira grande chance aconteceu apenas aos 39 minutos. O Maestro Paulo Henrique Ganso arriscou rasteiro, de fora da área, e obrigou o goleiro rival espalmar.

Os visitantes até responderam, é verdade, mas o M1TO praticou grande defesa e impediu que as redes balançassem. E aos 44 minutos, Osvaldo ganhou de Cleber na corrida em contra-ataque pela direita e bateu cruzado. A bola, no entanto, passou com perigo rente a trave e por pouco não tirou o zero do placar antes do intervalo.

Na volta para a segunda etapa, o São Paulo praticamente não teve tempo para adotar uma postura mais ofensiva. Logo aos 3 minutos, Fagner invadiu a área e tocou na saída de Rogério, que nada pôde fazer para evitar o gol dos corintianos.

Sem acusar o golpe, o time são-paulino se lançou ao ataque e tentou reagir. Porém, fechado lá atrás, o arquirrival conseguiu neutralizar as investidas do Tricolor. Para mudar o panorama do clássico, Muricy promoveu a entrada de Pabon no lugar de Ademilson. Pela direita, o colombiano deu mais trabalho aos marcadores e tentou acionar Luis Fabiano na grande área.

E de tanto insistir, o São Paulo conseguiu empatar e fazer justiça ao Majestoso, que foi parelho a maior parte do tempo. Aos 34 minutos, Ganso deu lindo passe para o Fabuloso, que se antecipou ao zagueiro Cleber e bateu na saída de Cássio: 1 a 1, festa da torcida são-paulina e placar final na Arena Barueri.

Via Site Oficial

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1 X 1 corinthians

Local: Arena Barueri, em Barueri (SP)
Data: 11 de maio de 2014, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Público: 14.000 pagantes
Renda: R$ 244.775,00
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Rogério Zanardo e Danilo Simon Manis (ambos de SP)
Cartões amarelos: Álvaro Pereira, Luis Ricardo e Maicon (São Paulo); Petros e Luciano (corinthians)

Gols: SÃO PAULO: Luis Fabiano, aos 35 minutos do segundo tempo – corinthians: Fagner, aos três minutos do segundo tempo

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Luis Ricardo, Rodrigo Caio, Antônio Carlos e Álvaro Pereira; Souza, Maicon e Ganso; Ademilson (Pabon), Osvaldo (Boschilia) e Luis Fabiano Técnico: Muricy Ramalho

corinthians: Cássio; Fagner, Cleber, Gil e Fábio Santos; Ralf, Guilherme, Petros (Bruno Henrique) e Danilo (Renato Augusto); Romarinho (Luciano) e Guerrero Técnico: Mano Menezes

Via Gazeta Esportiva

Melhores Momentos

Relacionados

VÍDEO Coletiva: Muricy Ramalho

VÍDEO Bastidores: São Paulo 1 x 1 Corinthians

900x capitão!

Bastidores de São Paulo x Corinthians

“O time não desiste, vai para cima”

Fabuloso quebra média de Serginho Chulapa no Majestoso

Após mais uma assistência, Ganso elogia empenho Tricolor

Em Barueri, Tricolor aposta no bom retrospecto para vencer o Majestoso

Britânicos do “One Direction” levam 60mil ao Morumbi

Relacionados para São Paulo x corinthians

***(*) ******(*)

O Jornalismo Esportivo em Seu Esplendor

25/04/2014

Via Creio em São Paulo

***(*) ******(*)