Archive for the ‘Outros’ Category

Copa SP – São Paulo FC 1×5 Atlético Mineiro

18/01/2014

O São Paulo não conseguiu vencer o Atlético-MG em jogo válido pelas quartas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Na tarde deste sábado (18), na Arena Barueri, a equipe foi derrotada por 5 a 1, gol são-paulino marcado por Tyroane.

Para chegar às quartas de final, o São Paulo empatou com o Kashiwa Reysol na estreia e venceu Auto Esporte Clube-PB, Grêmio Barueri (primeira fase), Nacional-SP (segunda fase) e Brasília (oitavas de final, após disputa de pênaltis).

O Tricolor, que optou por utilizar um elenco com a maior parte dos atletas dois anos mais nova que a idade limite para a disputa da Copinha, se volta agora para a sequência da temporada, na qual ainda terá Campeonato Paulista e Copa do Brasil pela frente, entre outros torneios de menor duração.

O jogo

O primeiro tempo foi de bastante dificuldade para o São Paulo, que não conseguiu se acertar no jogo. Aos 10 minutos, o Atlético abriu o placar após chute de fora da área de Nolasco. Mesmo após o gol, a equipe não conseguiu render.

Aos 29, veio o segundo, em chute de fora da área. E foi a partir disso que as coisas mudaram. Em seguida, o Tricolor por pouco não diminuiu. Matheus Queiroz fez a jogada pela direita e cruzou para o meio. Gustavo Hebling pegou de primeira, mas o goleiro conseguiu fazer o desvio. Boschilia também teve chance, após lance pela esquerda. O meia chutou cruzado e rasteiro, mas o goleiro apareceu bem novamente.

Bem melhor no segundo tempo, o Tricolor demorou cinco minutos pra diminuir. Adelino fez ótima jogada, ficou com a bola e chutou colocado da direita, mas na trave. Na sobra, Tyroane encheu o pé!

Leonardo Prado entrou no lugar de Foguete, aos 17 minutos. Empolgado com o gol, o São Paulo encaixou mais algumas chances, mas sofreu um golpe aos 22. Após cobrança de escanteio, o Atlético fez o terceiro. Menta, então, fez a segunda mudança: saiu Matheus Queiroz, entrou Luiz Araujo. Porém, em um descuido, o Atlético fez mais um, após lançamento longo. Aos 35 minutos, Joanderson entrou no lugar de Inácio e, perto do fim da partida, aos 38 minutos, a equipe do Atlético Mineiro marcou o último gol do jogo.

Via Site Oficial

Gols

***(*) ******(*)

Copa SP – São Paulo FC (4)1×1(2) Brasília

16/01/2014

spovsbrasiliacopaspO São Paulo sabia que teria uma missão difícil nas oitavas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, já que enfrentaria o Brasília, equipe que fazia uma ótima campanha no torneio. E o Tricolor sofreu para conseguir a vaga nas quartas de final da competição.

Após sair atrás do marcador na segunda etapa e empatar no final do jogo, com Lucas Possignolo, a equipe venceu na decisão por pênaltis: 4 a 2: Boschilia, Lucas Silva, Ewandro e Inácio converteram para o Tricolor.

Na próxima fase, os são-paulinos vão jogar contra o Atlético-MG, em jogo marcado para o sábado (ainda sem horário definido), ainda na Arena Barueri.

O jogo

O domínio da primeira etapa foi do São Paulo. A primeira chance veio com Lucas Possignolo, após escanteio cobrado por Bochilia aos seis minutos, mas a bola foi pra fora.

Aos 13 minutos, lance incrível. Após linda jogada pela direita, Matheus Queiroz recebeu a inversão de bola, invadiu a área e chutou cruzado. A bola bateu na trave, passou em cima da linha e não entrou!

Outra oportunidade de abrir o placar veio após Leonardo Prado fazer ótima jogada pelo lado esquerdo de campo e cruzar para a área. Ewandro, bem posicionado, tentou o domínio, mas foi atrapalhado pelo zagueiro e não conseguiu completar para o gol.

No intervalo, Menta fez a primeira mudança: saiu Gustavo Hebling, entrou Pedro Leão. Mas o Tricolor não conseguiu repetir o bom primeiro tempo. Em jogada aérea, o Brasília marcou aos 20 minutos. Dois minutos depois, Luiz Araujo entrou em campo no lugar de Paulo.

E aos 32 minutos veio, enfim, a reação.  Após escanteio pela esquerda, Lucas Possignolo subiu, a bola bateu nas costas do zagueiro e encobriu o goleiro. A partir daí, o jogo virou outro. E aos 42 veio o segundo gol do São Paulo, mas o assistente marcou impedimento inexistente de Ewandro. Pedro Bortoluzo ainda entrou no jogo aos 45 minutos, no lugar de Leonardo Prado, e a partida foi para a decisão por pênaltis.

Aí, entrou em campo a tranquilidade dos são-paulinos. Boschilia, Lucas Silva e Ewandro marcaram, enquanto dois batedores do Brasília perderam. Pedro Bortoluzo errou a cobrança, mas na sequência Inácio converteu e garantiu a vaga ao Tricolor.

Via Site Oficial

Melhores Momentos

Relacionados

Bastidores de São Paulo x Brasília-DF

***(*) ******(*)

Copa SP – São Paulo FC 5×1 Nacional-SP

14/01/2014

Rubens Chiri / Site Oficial

Quem foi à Arena Barueri na noite desta terça-feira sofreu com a forte chuva que caiu sobre o estádio, mas foi recompensado com outra chuva: a de gols. Foram cinco feitos pelo São Paulo contra apenas um do rival, o Nacional-SP, em jogo válido pela segunda fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Ewandro (3), Lucas Possignolo e Gabriel Boschilia marcaram para o Tricolor.

Na próxima fase, a equipe vai enfrentar o Brasília, que eliminou o Botafogo. A partida deve acontecer na quinta-feira, ainda sem horário definido, ainda na Arena Barueri.

O jogo

A partida começou sob muita chuva, mas mesmo assim o gramado da Arena Barueri continuou em boas condições. E logo no início da partida, o Tricolor encaixou o jogo e abriu o placar. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou nos pés de Ewandro, que completou para o gol aos cinco minutos. E mesmo com o gol, domínio de jogo totalmente são-paulino na primeira etapa, com diversas chances de gol.

Aos 25 minutos, Matheus Queiroz cobrou escanteio pela esquerda e Lucas Possignolo marcou o primeiro dele na Copinha, de cabeça. No minuto seguinte, Menta teve de fazer a primeira mudança: Felipe Araruna saiu do jogo com incômodo na coxa esquerda e Leonardo Prado foi para o jogo.

Logo depois, aos 31, mais um escanteio, mas agora da direita. Boschilia cobrou com perfeição na cabeça de Ewandro que, sozinho, cabeceou forte, sem chances para o goleiro. Dois minutos depois, mais uma mudança: Auro saiu e Lucas Fernandes, um dos atletas mais jovens do elenco, fez a estreia dele na Copinha.

Em seguida, uma jogada maravilhosa de Leonardo Prado. O meia deu um chapéu em dois jogadores de uma vez, driblou o zagueiro e cruzou rasteiro pra área, onde Boschilia estava muito bem localizado. Dali foi como um pênalti para o camisa 10, que chutou forte pra marcar o quarto. Entretanto, o Nacional diminuiu aos 38 minutos, após cobrança de falta. Mas o Tricolor revidou: faltando um minuto para o fim do primeiro tempo, Ewandro aproveitou o rebote do goleiro e deixou o terceiro dele.

Após os cinco gols marcados no primeiro tempo, a segunda etapa foi de muito pouca produtividade de ambos os lados. Menta mudou pela última vez com a entrada de Tyroane no lugar de Ewandro, aos 22 minutos. Aos 35 minutos, por pouco não saiu outro gol após rebote da zaga.

Via Site Oficial

Melhores Momentos

Relacionados

Bastidores de São Paulo x Nacional

VÍDEO: Entrevista Muricy antes do jogo para a Rede Vida

***(*) ******(*)

Copa SP – Grêmio Barueri 0x2 São Paulo FC

09/01/2014

O São Paulo venceu o Grêmio Barueri por 2 a 0 na noite desta quinta-feira (09), na Arena Barueri, e garantiu vaga na segunda fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Gabriel Boschilia e Ewandro marcaram os gols do Tricolor, ambos no Segundo tempo do jogo.

Com o resultado, os são-paulinos garantiram a primeira colocação do grupo W, com sete pontos marcados. O Kashiwa Reysol terminou com a mesma pontuação, mas com menor saldo de gols. Agora, o Tricolor aguarda a definição da primeira fase para saber quem será o adversário da sequência da competição.

O jogo

O São Paulo dominou totalmente o primeiro tempo. O goleiro Jairo não precisou trabalhar, e do outro lado o time rival colocou a retranca em campo. Mesmo assim, os são-paulinos tiveram muitas chances de marcar.

Aos sete minutos, Gabriel Boschilia fez ótima jogada, deu uma meia-lua no marcador e Ewandro finalizou, mas a bola ficou na trave. Em seguida, Inácio arriscou o chute forte em cobrança de falta, mas o goleiro conseguiu segurar.

Felipe Araruna, aos 21 minutos, deu outro susto no goleiro do Barueri, após chute de muito longe, mas a bola saiu à direita do gol. Outra grande chance veio aos 25: Auro achou Boschilia na área, e o jogador tocou com o bico da chuteira, mas o goleiro desviou. Joanderson brigou com o zagueiro pelo rebote, ganhou e chutou forte, mas novamente o goleiro interveio e conseguiu fazer a defesa.

Com 31 minutos, Ewandro roubou a bola na lateral e cruzou para a área. O lance encobriu o goleiro e Boschilia por pouco não completou para o gol, mas a jogada saiu pela linha de fundo. Matheus Queiroz também teve chance: ele fez uma jogada linda aos 38, quando driblou toda a defesa do Barueri e tentou encobrir o goleiro, mas chutou por cima do gol.

No segundo tempo, já aos sete minutos boa chance. Após rebote do cgoleiro, Ewandro completou de cabeça, mas o lance saiu por cima do gol. Em seguida, Menta fez a primeira alteração: saiu Pedrinho, entrou Pedro Bortoluzo. A dinâmica do jogo seguiu favorável ao Tricolor, que teve outra mudança: Foguete entrou em campo na vaga de Joanderson.

Até que, aos 32 minutos, Ewandro achou Gabriel Boschilia na area, o meia fez a jogada e tocou na saída do goleiro, para a alegria da torcida que veio em ótimo número à Arena Barueri.

Machucado, Foguete deixou o campo para a entrada de Pedro Leão. E aos 42 minutos, o meia foi decisive: ele ficou com a bola e tocou para Ewandro. O atacante avançou em velocidade e finalizou no canto esquerdo do goleiro, selando a classificação são-paulina.

Via Site Oficial

Melhores Momentos

Relacionados

Bastidores de Grêmio Barueri x São Paulo

***(*) ******(*)

Copa SP – Auto Esporte-PB 0x5 São Paulo

06/01/2014

GolsO São Paulo venceu o Auto Esporte Clube, da Paraíba, por 5 a 0, no segundo jogo da equipe na Copa São Paulo de Futebol Júnior 2014. A equipe superou o rival com gols de Lucas Silva, Ewandro (2), Leonardo Prado e Gabriel Boschilia, na Arena Barueri.

Com o resultado, o Tricolor assume a liderança do grupo W, com quarto pontos somados em dois jogos. Na próxima rodada, marcada para quinta-feira (09), às 19h, a equipe joga contra o Grêmio Barueri, que perdeu os dois primeiros jogos no torneio.

O jogo

Logo no começo do jogo o Tricolor abriu o placar. Auro sofreu falta na lateral direita, Gabriel Boschilia cobrou com perfeição e Lucas Silva, de cabeça, balançou as redes, aos quatro minutos.

Empolgados, os garotos partiram pra cima do rival. Ewandro tentou por cobertura e a bola passou muito perto do gol!  Aos sete minutos, Gabriel Boschilia recebeu a bola na esquerda e chutou forte, mas a bola ficou no travessão!

Outra boa chance veio com Ewandro, após cobrança de escanteio de Boschilia, mas a zaga desviou. Paulo também teve boa chance. Bem posicionado na area, o atacante completou cruzamento rasteiro para o gol, mas a zaga desviou.

E, melhor no jogo, houve tempo para o segundo gol ainda na primeira etapa. Auro fez o levantamento para Ewandro, aos 46 minutos, e o atacante fuzilou o goleiro da entrada da área.

A primeira boa chance da segunda etapa foi de Pedrinho. Aos oito minutos, o meia chutou forte, de fora da area, e obrigou o goleiro a mandar em escanteio. Aos nove, Boschilia recebeu na direita e chutou cruzado, mas pra fora! Mais uma bola na trave aos 22 minutos do segundo tempo, após chute de Auro. Aos 25 minutos, Menta fez a primeira mudança: saiu Felipe Araruna, entrou Matheus Queiroz.

E com 28 minutos no relógio, mais um gol do tricolor. Paulo, pela esquerda, chutou, a bola desviou no zagueiro e o goleiro desviou. A bola ia entrando, e Ewandro empurrou para as redes.

Menta fez a segunda mudança aos 32 minutos: Joanderson entrou em campo no lugar de Ewandro, e aos 37 colocou Leonardo Prado no lugar de Gustavo Hebling, e o meia aproveitou a chance. Aos 39 minutos, Leonardo acertou uma bomba de muito longe, e a bola entrou no ângulo direito alto do goleiro, um verdadeiro golaço!

No minuto seguinte, Gabriel Boschilia driblou os marcadores, e da entrada da área chutou cruzado. Uma bola impossível de o goleiro defender!

Via Site Oficial

Melhores Momentos

Relacionados

Delegação do Kashiwa Reysol visita o Morumbi

Bastidores de Auto Esporte x São Paulo

***(*) ******(*)

Dois Toques

27/12/2013

Segura o Boi ! – O problema agora não é apenas não contratar ninguém, mas se desfazer de quem fez diferença. Vi que o São Paulo aceitou proposta de um clube chinês e vai negociar o Aloísio. Existe certos tipos de pessoas que toda equipe, de qualquer empresa, em qualquer ramo deve ter. Não precisa ser necessariamente talentoso ou ter uma formação técnica invejável, porque este tipo contagia o grupo pela sua paixão, pela entrega e alegria. Se o amigo já teve a oportunidade de ler a respeito dos quatro tipos de temperamento humano, verá que o Aloísio encaixa perfeitamente no tipo sanguíneo. Ele certamente foi um dos pilares da reação do São Paulo na luta contra o rebaixamento e vai fazer falta em 2014 se tal transferência se concretizar. Com sua saída, a saída do Welliton e a possível saída do Osvaldo, o São Paulo tem no ataque: Silvinho, Ademílson e Luis Fabiano. Ou vem alguma surpresa boa por ai, ou o departamento de futebol mais uma vez mostrou toda sua competência, só que não.

Pesadelo – Outro dia li em uma destas páginas do facebook que a vida era um sonho. Um destes pensamentos criados por estes filósofos gringos. Deve ser gringo, porque imaginar que a vida é um sonho, não pode ser filosofia nacional. Aqui nós não vivemos em um sonho, aqui é pesadelo. Porque é pesadelo um tribunal que pune a bola jogada em campo. Um tribunal que contraria a máxima: “a bola pune”. Imaginem amigos, a bola que puniu o FluminenC, foi punida. Oi ? Tem mais. Os advogados que a Portuguesa escolheu para defendê-la no primeiro julgamento e agora no recurso, usaram expressões do tipo “chuchu”, para desqualificar o uso do jogador da Portuguesa na partida em que foi escalado de maneira irregular. E hoje, para falar do exagero da pena foi dito o seguinte: “deram um beliscão na mulher do chefe e o chefe deu um tiro na cabeça de quem deu o beliscão”. Só pode ser um pesadelo…

***(*) ******(*)

Brasil Campeão Mundial de Handball Feminino

23/12/2013

Salve Soberania.

Não faz parte do assunto do espaço, mas quando é uma conquista repleta de méritos, merece todo carinho.

Porque ser campeão do mundo, sem ajuda do governo e do outro lado do mundo ( é preciso atravessá-lo ), não é pra qualquer um.

É só pra nós. E agora pra elas também…

brasil campeao mundial de handball femininoJogo completo ( em espanhol ).

1º tempo

2º tempo

Relacionados

Brasil vence caldeirão sérvio, é campeão mundial e faz história no handebol

***(*) ******(*)

Xatiada

12/12/2013

funny-monkey-11zs

***(*) ******(*)

Nunca Antes Na História do Maior Clube do Brasil

27/11/2013

JJUm presidente perdeu tanto em torneios mata-mata:

01)   2006 – Eliminado da Libertadores (Inter-RS)
02)   2007 – Eliminado do Paulista (São Caetano)
03)   2007 – Eliminado Copa Sul-Americana (Milionários-COL)
04)   2007 – Eliminado da Libertadores (Grêmio-RS)
05)   2008 – Eliminado do Paulista (Palmeiras)
06)   2008 – Eliminado da Libertadores (Fluminense)
07)   2009 – Eliminado do Paulista (Corinthians)
08)   2009 – Eliminado da Libertadores (Cruzeiro)
09)   2010 – Eliminado do Paulista (Santos)
10)   2010 – Eliminado da Libertadores (Inter-RS)
11)   2011 – Eliminado do Paulista (Santos)
12)   2011 – Eliminado da Copa do Brasil (Avaí-SC)
13)   2011 – Eliminado da Copa Sul-Americana (Libertad-PAR)
14)   2012 – Eliminado do Paulista (Santos)
15)   2012 – Eliminado da Copa do Brasil (Coritiba)
16)   2013 – Eliminado do Paulista (Corinthians)
17)   2013 – Eliminado da Libertadores (Atlético-MG)
18)   2013 – Vice da recopa Sul-Americana (Corinthians)
19)   2013 – Eliminado da Copa Sul-Americana (Ponte Preta)
 
Via Roberto Dias 1935
 
***(*) ******(*)

Três Pérolas Jornaleirísticas

31/10/2013

chimp_at_typewriterMais três pro arquivo.

Luis Fabiano em coletiva na Barra Funda ouve esta: “Você falou do palmeiras. O palmeiras é o melhor time do estado estando na série B.” Fabuloso balançando a cabeça negativamente responde: “-Eu não queria estar no melhor momento deles na série B.”

Outro dia era o desembarque do time do governo após derrota em algum lugar por ai. Acho que era copa do Brasil. O repórter vira pro Alessandro e solta esta: “-O Tite deve ficar ou deve ser conversado Alessandro ?”, o atleta incrédulo responde:  “-Cara, isso não é pergunta que se deva fazer pra jogador né ?”

Ontem foi a vez do Felipão. Algum dos jornaleiros presentes, quis comparar o caso Deco/Portugal com Diego Costa/Seleção Brasileira. Na minha opinião a propósito, nada a ver uma coisa com a outra já que o Deco salvo engano, não tinha sido convocado pela seleção brasileira, caso do Diego Costa que recebeu a convocação e deu de ombros, preferindo defender a Espanha. Mas voltando ao jornaleiro, ele diz: “-Qual a diferença entre estes casos ?”. O Felipão então a la Boi Bandido soltou a voadora com os dois pés no peito: “-Não faça uma pergunta ridícula dessa porque há uma desconexão total entre as situações”. Então o jornaleiro já sob supervisão médica diz: “-Eu sou jornalista, tenho que fazer pergunta”. E o Felipão sem pena, finaliza: “Eu sei e eu tenho que responder se quiser”.

***(*) ******(*)

Mar de Contradições – Por Juca Kfouri

22/10/2013

Um Mar(acanã) rubro-negro

”(…)Show nas cadeiras, quase 25 mil vozes enlouquecidas como se fossem 100 mil, resposta no campo, aos 19.829 pagantes(…)”

Morumbi vê Majestoso corintiano

”(…)Ao contrário, disputaram cada espaço do gramado do Morumbi vazio (pouco mais de 21 mil torcedores), às vezes com excesso de virilidade(…)”

Via Tumblr Taison ou Messi?

***(*) ******(*)

PS. Depois dizem que eu implico.