São Paulo FC 4×0 GO Audax

O Tricolor está classificado para a próxima fase do Campeonato Paulista de 2014. Nesta quarta-feira (5), no Morumbi, na partida que marcou o 300º jogo do goleiro Rogério Ceni e do técnico Muricy Ramalho juntos, o São Paulo bateu o Osasco Audax por 4 a 0 em noite inspirada do atacante Luis Fabiano.

Inspirado, o Fabuloso balançou as redes duas vezes e assumiu a artilharia do Estadual. Osvaldo, que também brilhou ao lado de Ganso, e Souza – com um golaço – marcaram os outros gols do confronto válido pela 12ª rodada. Com o resultado, o time são-paulino se manteve na liderança do Grupo A, agora com 21 pontos, e está confirmado para as quartas de final com três rodadas de antecedência.

No próximo final de semana, no Pacaembu, o Tricolor entrará em campo novamente para defender a ponta da chave. Embalado por cinco jogos de invencibilidade, o São Paulo medirá forças contra o Corinthians, no clássico Majestoso.

Sem poder contar com o lateral-esquerdo Alvaro Pereira, que defendeu a Seleção do Uruguai no amistoso contra a Áustria, e com o meio-campista Denilson, lesionado, o time são-paulino apostou no retorno do meia Paulo Henrique Ganso entre os titulares e atuou com Rogério Ceni; Douglas, Rodrigo Caio, Antonio Carlos e Reinaldo; Souza, Maicon e Paulo Henrique Ganso; Osvaldo, Luis Fabiano e Pabon. A entrada do maestro, que ajudou na marcação e não deu espaço ao Osasco, deu mais criatividade ao meio de campo. O camisa 10, mais participativo, deu foi um dos grandes nomes da noite.

Apostando no bom retrospecto em casa e diante de um adversário que evitava os chutões, o Tricolor tratou de pressionar no campo de ataque e explorar as saídas de jogo errada do rival. Assim, logo no primeiro minuto, as redes quase balançaram. Em jogada rápida, Ganso recebeu no meio da área e tocou à direita do gol de Felipe Alves. A bola triscou na trave e, por pouco, não entrou.

O bom início de partida são-paulino animou os comandados de Muricy, que mantiveram a pressão. Aos 8, Douglas fez levantamento para a área, Felipe Alves saiu mal do gol, e Souza quase marcou de cabeça. Com dificuldades para tocar a bola na defesa, o Audax ficou acuado e se defendia como dava para evitar o tento tricolor.

Aos 13, Osvaldo obedeceu às ordens de Muricy, caiu pela esquerda e fez o cruzamento. Luis Fabiano cabeceou à esquerda de Felipe Alves, com muito perigo, e levantou a torcida novamente. Mais uma ótima chance do São Paulo. Evitando afastar o perigo com chutões, os visitantes continuaram passando apuros e chegando poucas vezes ao gol.

Na primeira etapa, o goleiro Rogério Ceni quase não foi exigido e soube conter as investidas do clube de Osasco quando foi acionado. O Tricolor ainda reclamou de uma pênalti não assinalado no Fabuloso, que aproveitou a bobeada adversária, fintou o zagueiro e acabou derrubado na grande área.

O próprio camisa 9, aos 26, levou perigo mais uma vez ao se antecipar aos marcadores e testar rente a trave. Apostando nas jogadas pela esquerda, principalmente com Osvaldo, os anfitriões eram melhores no jogo e buscavam insistentemente o gol. Aos 35, após escanteio, a bola ficou viva na grande área, bateu na trave e assustou os visitantes.

Fechado no campo de defesa, o Audax se defendia como podia e tentava conter, com alguma dificuldade, o ataque tricolor. Osvaldo, ainda antes do intervalo, arriscou de longe, mas viu o arqueiro adversário praticar a defesa e impedir que as redes balançassem na primeira etapa.

E se o placar não foi alterado no primeiro tempo, o panorama mudou completamente na segunda etapa. Logo aos dois minutos, o estilo de toque dos visitantes deu errado e a equipe ficou com um a menos no Morumbi. Felipe Alves tentou sair jogando com André Castro, que vacilou e cometeu falta dura em Osvaldo. O jogador já tinha cartão amarelo e acabou expulso.

Em vantagem numérica, não demorou para o São Paulo garantir a vitória. Reinaldo, aos 4, bateu firme e deu muito trabalho ao arqueiro rival, que não conseguiu fazer o mesmo dois minutos depois. Luis Fabiano aproveitou cruzamento de Pabon, feito pela direita, e cabeceou no travessão. A bola bateu no poste e caiu dentro do gol de Felipe Alves. Sem chance para o goleiro do Audax, que nada pôde fazer. Pouco depois, aos 8, o Fabuloso entrou em ação novamente e ampliou o placar.

Após assistência espetacular de Pabon, o camisa 9 recebeu cara a cara com goleiro e tocou rasteiro: 2 a 0. Melhor no jogo o São Paulo não tirou o pé e tratou de construir um grande resultado diante de sua torcida. Osvaldo, aos 16, aproveitando mais um erro da defesa rival, balançou as redes. Com uma cavadinha, o atacante ampliou a vantagem são-paulina.

Jogando fácil e empurrado pela torcida, o Tricolor conseguiu chegar ao quarto gol e fechar a noite de gala. Aos 31 minutos, após falha de Ednei que deixou a bola de graça para Souza, o volante tricolor fintou o goleiro do Audax e fechou a bela goleada no Estádio do Morumbi: 4 a 0.

Via Site Oficial

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 4 X 0 GRÊMIO OSASCO AUDAX

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 5 de março de 2014, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Antônio Rogério Batista do Prado (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Claudenir Donizeti Gonçalves da Silva (ambos de SP)
Público: 5.491 pagantes
Renda: R$ 132.300,00
Cartões amarelos: Paulo Henrique Ganso (São Paulo); André Castro (Grêmio Osasco Audax)
Cartão vermelho: André Castro (Grêmio Osasco Audax)
Gols: SÃO PAULO: Luis Fabiano, aos 6 e aos 8, Osvaldo, aos 16, e Souza, aos 31 minutos do segundo tempo

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Douglas, Rodrigo Caio, Antônio Carlos e Reinaldo; Maicon (Wellington), Souza (Lucas Evangelista), Pabon e Paulo Henrique Ganso; Osvaldo e Luis Fabiano (Ademilson) Técnico: Muricy Ramalho

GRÊMIO OSASCO AUDAX: Felipe Alves; Velicka, Francis (Ednei), João Paulo e André Castro; Didi, Camacho, Diego e Rafinha (Marquinhos); Denílson (Matheuzinho) e Thiago Silvy Técnico: Fernando Diniz

Via Gazeta Esportiva

Gols

Relacionados

Coletiva de Imprensa – São Paulo 4 x 0 Audax – Muricy Ramalho

Craques da Arquibancada 2014: São Paulo x Audax

Bastidores de São Paulo x Audax

Muricy: “Treinamos para pressionar”

Média fabulosa

Goleada que dá moral para o clássico

Tricolor recebe o Osasco Audax de olho na vaga para as quartas

‘Marcação pressão’ para superar o Audax

Relacionados para São Paulo x Audax

***(*) ******(*)

9 Respostas to “São Paulo FC 4×0 GO Audax”

  1. Edu Tricolor Says:

    Falaram tanto do Audax, time sensação e etc.
    Fraquinho, fraquinho.
    Era pra ter sido uma goleada ainda maior.

  2. Amarilla Says:

    Chupa curintia !

  3. Vampeta Says:

    Ai, meu time caiu de QUATRO para o Sumpaulo.
    Ui, adoro.

  4. Marcos Tri Says:

    Lina, acho que falta muito ainda.
    Este time não me convence.
    A lateral direita ainda é um problema. O Luis Ricardo joga mal e o Douglas não tem confiança, é perseguido pela torcida.
    Não sei o que acontece, falta um tempero no cozido, não tem graça.

    • Franklin Says:

      Nem vai convencer enquanto tiver um presidente que dispensou Carlinhos Neves, Turbirio e Rosan e trouxe o cara do porsche.
      Um clube nas mãos de uma direção assim, não pode ir longe, o time então não convence nem eles próprios, imagina a torcida.

  5. Guedes Says:

    Lina, teve um penalti no Luis Fabiano que o juizinho não marcou.
    Mais um erro contra.

  6. Travestiminho Says:

    Oi zenti !
    Vim aqui por curiosidade, fiquei sem ar quando soube que o time do Vampeta tomou de quatro.
    Morri de inveja.
    Domingo é minha vez tá ?
    Por favor.
    hihihihihihihi

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: