Série B 2×0 São Paulo FC

O primeiro clássico do Tricolor na temporada foi nervoso e quente. Na calorosa tarde deste domingo (2), no Pacaembu, o Palmeiras venceu o São Paulo por 2 a 0 em duelo válido pela quinta rodada do Campeonato Paulista de 2014. Os gols do nervoso Choque-Rei, que contou com entradas mais fortes e reclamações de ambas as equipes, foram marcados por Valdivia e Alan Kardec (pênalti).

Antes mesmo de a bola rolar na capital paulista, com o termômetro acima dos 30 graus, o técnico Muricy Ramalho afirmou que apesar da boa sequência do time, que acumulava três vitórias consecutivas, o confronto contra o arquirrival serviria para fazer o primeiro grande teste do ano e fazer os ajustes necessários para o restante da temporada.

Podendo contar com o meio-campista Paulo Henrique Ganso, recuperado de dores no joelho, o treinador são-paulino manteve o esquema tático 4-3-3 e montou o time com Rogério Ceni; Luis Ricardo, Rodrigo Caio, Antonio Carlos e Alvaro Pereira; Wellington, Maicon e Ganso; Ademilson, Luis Fabiano e Osvaldo. O colombiano Dorlan Pabon, recém-contratado, ainda não tem condições de jogo. Já os volantes Denilson e Fabrício, além do meia-atacante Lucas Evangelista, estão recuperados de lesão, mas ainda aprimoram a forma física.

O Choque-Rei começou truncado, com marcação forte de ambos os lados, e nenhum lance de perigo nos primeiros minutos. Abusando dos passes errados, as equipes não conseguiam finalizar e chegar ao ataque. Assim, somente aos 16 surgiu um lance de efeito, mas o goleiro Rogério Ceni apareceu bem e praticou bela defesa.

No minuto seguinte após sofrer o susto, o Tricolor reagiu e devolveu na mesma moeda. Aos 17, Maicon lançou Luis Fabiano, que recebeu pela esquerda, entrou na área e bateu forte. A bola desviou na zaga e, por pouco, não bateu o arqueiro Fernando Prass. Após a resposta do São Paulo, o jogo esfriou e continuou com perde e ganha no meio de campo. Dessa forma, as jogadas ofensivas só apareceram aos 27 minutos, quando Valdivia aproveitou cobrança de falta e abriu o placar, de cabeça: 1 a 0.

Com mais movimentação e em vantagem no marcador, o Palmeiras foi dificultando o avanço dos laterais são-paulinos e teve domínio das ações. Marcado, Ganso não conseguia buscar as tabelas com o trio de ataque e, assim, as redes não balançaram novamente até o intervalo e os times foram para o vestiário com o mandante na frente no placar.

E se no primeiro tempo o clássico foi ‘morno’, o segundo começou quente. Com entradas mais fortes, os times cometeram muitas faltas, algumas mais ríspidas, e deixaram a partida ainda mais catimbada. Demonstrando muita vontade, o uruguaio Alvaro Pereira não deu vida fácil aos adversários e incendiou o jogo pelo lado esquerdo.

Sofrendo com a marcação palmeirense, o São Paulo não conseguia encontrar os espaços e penetrar na grande área. Para dar cara nova, Muricy promoveu a entrada de Jadson no lugar de Osvaldo, aos 18 minutos, e povoou mais o meio de campo. No entanto, apesar da tentativa do comandante, a partida continuou truncada e sem jogadas de efeito.

As redes só balançaram novamente aos 33 minutos, com Alan Kardec, de pênalti. O gol dos mandantes fechou o placar do clássico, que contou com bom número de torcedores no Pacaembu. Na próxima quarta-feira (5), no Morumbi, o Tricolor enfrentará o Paulista e tentará corrigir alguns erros cometidos no Choque-Rei.

Via Site Oficial

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 2 X 0 SÃO PAULO

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 2 de fevereiro de 2014, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Carvalho Van Gasse (ambos de SP)
Cartões amarelos: Leandro e Juninho (Palmeiras). Rodrigo Caio, Álvaro Pereira e Luis Fabiano (São Paulo)
GOLS: PALMEIRAS: Valdivia, aos 22 minutos do primeiro tempo, e Alan Kardec, aos 34 minutos do segundo tempo

PALMEIRAS: Fernando Prass; Wendel, Lúcio, Wellington (França) e Juninho; Marcelo Oliveira, Wesley, Valdivia e Mazinho (Diogo); Leandro (Marquinhos Gabriel) e Alan Kardec Técnico: Gilson Kleina

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Luis Ricardo, Rodrigo Caio, Antônio Carlos e Álvaro Pereira; Maicon, Wellington e Paulo Henrique Ganso (Ewandro); Ademilson, Luis Fabiano e Osvaldo (Jadson) Técnico: Muricy Ramalho

Via Gazeta Esportiva

Melhores Momentos

Relacionados

Bastidores de Palmeiras x São Paulo

Muricy quer o time finalizando mais nos próximos jogos

“Perdemos a partida nas nossas falhas”

Rogério: “Precisamos evoluir”

Com vantagem no Choque-Rei, Tricolor defende bons números

No Pacaembu, Tricolor encara o seu primeiro clássico da temporada e tenta confirmar boa fase

***(*) ******(*)

5 Respostas to “Série B 2×0 São Paulo FC”

  1. ROBERTO DIAS 1935 Says:

    TIME QUE TOMA UM GOL DE CABEÇA DE UM JOGADOR QUE PASSA MAIS TEMPO NO DEPARTAMENTO MÉDICO DA HISTORIA DO FUTEBOL, NO PRIMEIRO PAU MERECE SER TRATADO COMO SERIO? TIME QUE TOMA UM GOL DE PENALTI ONDE A JOGADA É FEITA POR TABELAS DENTRO DA PEQUENA AREA É TEM UM LATERAL DA BASE(RODRIGO CAIO) IMPROVISADO DE ZAGUEIRO E OS JOGADORES DE OFICIO NO BANCO MERECE SER TRATADO COMO SERIO? UM TIME QUE EM 90 MINUTOS XUTOU 4 BOLAS NO GOL ADVERSÁRIO SENDO 3 DELAS PARA FORA MERECE SER TRATADO COMO SERIO? E UMA TORCIDA BUNDA MOLE QUE ASSISTE JUVENAL, JESUS LOPES, ADALBERTO, MANSUR, ROBERTO NATEL E TANTOS OUTROS PARASITAS FODEREM O SPFC MERECE SER LEVADA A SERIO? ESTES JOGADORES COM A CAMISA DO SPFC REFLETEM TUDO ISSO EM CAMPO, UM TIME BUNDÃO PARA UM CLUBE BUNDÃO, COM TORCIDA BUNDONA!
    ISSO DEIXOU DE SER VERGONHA E VIROU JARGÃO , SPFC NA MÃO DO JUVENAL É UM TIME PERDEDOR E BUNDÃO, A TORCIDA SEM UM CONSENSO SE CALA E É BUNDA MOLE TAMBÉM. TALVEZ CAINDO PARA OUTRA SERIE ACONTEÇA A UNIÃO EM PROL AO SPFC, SE DEPENDER DA INÉRCIA, DA LETARGIA E DA BUNDAMOLISSE CRÔNICA QUE ESTAMOS ISSO SERÁ REAL EM BREVE.

    Lina: Abril é logo ali.

  2. Marcos Tri Says:

    Acho que o time da Série B jogou como jogava os times do Muricy durante o tri-campeonato brasileiro. Fechadinho atrás e esperando um gol acontecer pra mudar a história do jogo.
    Não vi nada demais no time verde, mas vi um São Paulo fraquinho, fraquinho.

    Lina: É isso mesmo.

  3. alex Says:

    sabe, faz 6 anos q escuto dos são paulinos otimistas a seguinte frase

    “CALMA, o time está se organizando”. CALMA, CALMA e CALMA….

    PQP!!! calma é oq a nossa torcida mais tem, e ainda pedi mais ???
    12 clássicos seguidos q não ganhamos, acha CALMA pra aturar isso.

    é normal isso, ficar 12 jogos em clássicos sem ganhar ?
    é normal perder ou empatar para 3 diferentes times em 12 jogos ?
    é normal não conseguir formar um time competitivo com cara de TIME durante 6 anos ?
    é normal ganhar apenas 1 titulo em apenas 6 anos com a estrutura q temos ?

    é normal isso ??

    pq se for, então é melhor nos acostumarmos com as derrotas.

    Lina: Nada disso é normal. O presidente atual vai sair e a coisa vai melhorar, seja quem for o novo eleito.

    • luchetta Says:

      Não sei. O que você acha?
      Só fez pergunta.
      Ah, entendi: você é das pessoas que pergunta e espera um parabéns. Tipo assim: onde eu assino?
      Viu, fala o quê você pensa, Tudo mundo sabe que és (viu?) um grande pensador,
      Só deixa mais simples para mim, um grande bosta que não entende essa coisa toda.

      Lina: rsrsrsrs

      • Alex Says:

        dá proxima vez eu faço um resumo com um desenho colorido pra vc não ficar chateado ok?

        ah, o comentário é meu, então eu escrevo da forma q eu quiser se não gostou o problema é seu!

        Lina: Calma pessoal, aqui nós somos todos da mesma família. rsrsrs

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: