São Paulo FC 1×3 Ponte Preta

macaca vai sfO Tricolor terá que, mais uma vez, buscar a classificação fora de casa. Na noite desta quarta-feira (20), no Morumbi, o São Paulo acabou derrotado pela Ponte Preta, de virada, por 3 a 1. Ganso até colocou a equipe em vantagem, mas Antonio Carlos (contra), Leonardo e Uendel decretaram a vitória dos campineiros no duelo de ida válido pela semifinal da Copa Sul-Americana 2013.

Na próxima semana, no dia 27, o time são-paulino fará o jogo da volta e buscará a vaga para a grande decisão do torneio. Vale lembrar que diante de Universidad Católica-CHI e Atlético Nacional-COL o São Paulo conquistou a classificação longe de seus domínios. O confronto desta noite, com mais de 53 mil torcedores, registrou a 1116ª partida de Rogério Ceni pelo clube, igualando o recorde de Pelé.

Para a partida contra os campineiros, o técnico Muricy Ramalho não pôde contar com Jadson, lesionado, e optou por deixar Douglas e Luis Fabiano como opções para o decorrer do jogo. O time começou com Rogério Ceni; Paulo Miranda, Antonio Calos, Rodrigo Caio e Reinaldo; Denilson, Maicon, Lucas Evangelista e Paulo Henrique Ganso; Ademilson e Aloísio.

Ganso centralizado, Evangelista apoiando pela esquerda e Ademilson com liberdade para atacar eram os responsáveis por criarem as jogadas ofensivas. O primeiro tempo começou estudado, mas o Tricolor explorava o campo de ataque. Aloísio, trombando com os marcadores tentava chegar até o gol de Roberto, mas esbarrava no sistema defensivo rival.

E se tabelando o time não conseguia entrar na área adversária, o maestro tratou de justificar o seu apelido. Aos 20 minutos, o Boi Bandido recuperou a bola e rolou para Ganso. Na entrada da área, o camisa 8 ajeitou e chutou, mesmo de direita. A bola bateu na trave e estufou as redes do Morumbi. Festa da torcida são-paulina, que foi à loucura.

A Ponte Preta sentiu o gol e os jogadores demonstravam certo nervosismo dentro de campo. Acuados, os campineiros não conseguiam avançar e, assim, o São Paulo tinha mais posse de bola. Porém, quando a primeira etapa parecia terminar com o Tricolor em vantagem, os visitantes conseguiram o empate. Aos 43, Antonio Carlos tentou cortar cruzamento da esquerda e marcou contra.

Na volta para o segundo tempo, chuvoso, Muricy promoveu a entrada do meio-campista Wellington no lugar de Lucas Evangelista e, dessa forma, tentou reforçar o setor de marcação. No entanto, a alteração do comandante não teve tempo de surtir efeito. Logo aos 7 minutos, Leonardo aproveitou bate e rebate para virar o placar: 2 a 1.

Com o campo escorregadio, o time são-paulino tinha dificuldade para trocar passes e buscar o gol de empate. E sentindo que o time precisava de sangue novo, o treinador promoveu a entrada de Luis Fabiano, aos 16 minutos, no lugar de Maicon. E com poucos minutos no jogo, o Fabuloso levou perigo. Aos 20, o camisa 9 aproveitou cruzamento de Paulo Miranda, testou firme e viu a bola passar rente a trave.

Buscando o resultado positivo, o São Paulo tentava as jogadas pelas pontas, mas parava na marcação campineira. Mais tranquilos com a virada, os pontepretanos tocavam a bola com calma e buscavam os espaços. Assim, aos 26 minutos, Uendel bateu de perna esquerda e decretou o triunfo dos visitantes: 3 a 1. Daí em diante, mesmo com a entrada de Welliton, o Tricolor buscou o gol, armou uma verdadeira blitz, mas não conseguiu evitar o revés.

Via Site Oficial

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1X3 PONTE PRETA

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 20 de novembro de 2013, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Diego Abal (Argentina)
Assistentes: Hernan Maidana e Juan Belatti (ambos da Argentina)
Público: 53.302 pagantes
Renda: R$ 1.814.485,00
Cartões Amarelos:
Paulo Miranda e Denilson (São Paulo); Cesar, Fellipe Bastos e Uendel (Ponte Preta)

GOLS: São Paulo: Ganso, aos 23 minutos do primeiro tempo – Ponte Preta: Antonio Carlos (contra), aos 44 minutos do primeiro tempo; Leonardo aos 9 e Uendel aos 26 do segundo tempo

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Antonio Carlos, Rodrigo Caio e Reinaldo; Denilson, Maicon (Luis Fabiano), Lucas Evangelista (Wellington) e Paulo Henrique Ganso; Ademilson (Welliton) e Aloísio Técnico: Muricy Ramalho

PONTE PRETA: Roberto (Edson Bastos); Artur, César, Diego Sacoman e Uendel; Baraka, Fernando Bob, Felipe Bastos (Chiquinho) e Elias (Magal); Rildo e Leonardo Técnico: Jorginho

Via Gazeta Esportiva

Melhores Momentos

Relacionados

Craques da Arquibancada: São Paulo x Ponte Preta

Ganso mantém otimismo e aposta na força do Tricolor

Treino para reerguer a cabeça

Eu no Morumbi: São Paulo x Ponte Preta

Bastidores de São Paulo x Ponte Preta

Muricy: “Não vamos jogar a toalha, não”

Jogadores lamentam oportunidades desperdiçadas

Luis Fabiano: “Ficou difícil, mas não impossível”

Tricolor poderá bater recorde da Sul-Americana

No Morumbi, Tricolor inicia disputa por uma vaga na decisão

Muricy sobre Rogério: “Escolheu ser diferente”

***(*) ******(*)

17 Respostas to “São Paulo FC 1×3 Ponte Preta”

  1. Luiz Ferreira Says:

    Inacreditável.
    Sem mais.

    Lina: Futebol amigo…

  2. Amarilla Says:

    Caralho ! A macaca é uma rabuda dos infernos !
    Nunca vi nada igual, o São Paulo até jogou bem.
    Quem entende uma noite destas ?

    Lina: O futebol entende.

  3. Everaldo Says:

    O São Paulo vai enfiar 0x3 naqueles merdas.
    Eu aposto com quem quiser que nós vamos pra final.

    Lina: Ai senti fé de sãopaulino nato…

  4. Marcos Tri Says:

    Não sei, posso estar errado, mas acho que o Muricy se equivocou ao abrir demais o time.
    A Ponte não tinha nada a perder, toda a responsabilidade era do São Paulo.
    Não estou dizendo que tudo que ele fez deve ser questionado pela derrota, mas faltou mais cautela.

    Lina: Faltou cautela.

    • Tri-Mundial Says:

      Até porque, se eu não estiver enganado, gol fora vale 2 ?
      Precisava proteger mais o sistema defensivo sim.

      Lina: O gol fora é usado como critério de desempate. Por isso o São Paulo tem que ganhar por diferença de 2 gols para ir pra prorrogação, ou 3 pra classificar direto.

  5. O Rei da América Says:

    Perder ou ganhar limpo, é do esporte.
    Ganhar roubado é do curintias.

  6. Morre-morre Says:

    Se não ganha da macaca, vai ganhar de quem ?
    PRECISA DE REFORÇOS CARALHO !!!!!!!!!!!!!!!

    Lina: Na mídia já citaram: Jucilei, Neiton, Bruno alguma coisa, volante da Lusa, Fred, Cortez de volta, Marlone, e etc. Alguma coisa vai pintar, até porque este ano foi sufoco…

  7. Felipe 6-3-3 Says:

    Este cara, pra não falar outra coisa, foi quem chamou a PP pra briga. Pq não deixou eles jogarem onde queriam ?
    Ainda bem que este inferno acaba em abril de 2014.
    Fora Juvenal !

    Lina: Putz, cara deixa de ser mané, vai, tá no regulamento: 20 mil no mínimo. Esta tua conversinha é a mesma que os merdas desta imprensa rasteira devem estar falando por ai. Se liga !

    • Guedes Says:

      Já bateu o desespero ?
      Ainda tem outro jogo.

    • Tri-Mundial Says:

      Nada a ver isso ai.
      O jogo foi no Morumbi, não importa qual é o bastidor, ganhar em casa é obrigação mesmo se for contra o Barcelona.

      Lina: Concordo.

      • Jorge Tri-Hexa Says:

        Verdade isso.
        O jogo da volta nem aconteceu, jogo em casa é pra ganhar.

  8. Jorge Tri-Hexa Says:

    Ninguém confessa que o time sentiu falta do Douglas.

    Lina: kkkkkkkkkkkk. Pode crer…

  9. ROBERTO DIAS 1935 Says:

    O SÃO PAULINHO F.C DE SANTA ROSA DO VITERBO !

    PARABÉNS JUVENAL JUVENCIO E SUA DIRETORIA QUE POR HONRA AO MÉRITO PARA SEMPRE SERÁ LEMBRADA COMO A MAIS PERDEDORA DAS GESTÕES DA HISTORIA DO CLUBE MAIS VENCEDOR DO BRASIL E POR EXPOR O MAIOR DE TODOS OS IDOLOS DA HISTORIA DO CLUBE A UMA APOSENTADORIA TÃO VEXATÓRIA.

    2006 – ELIMINADO LIBERTADORES (INTER RS)
2007 – ELIMINADO PAULISTA (SÃO CAETANO)
2007 – ELIMINADO COPA SUL-AMERICANA (MILLIONARIOS)
2007 – ELIMINADO LIBERTADORES (GRÊMIO)
2008 – ELIMINADO PAULISTA (PALMEIRAS)
2008 – ELIMINADO LIBERTADORES (FLUMINENSE)
2009 – ELIMINADO PAULISTA (CORINTHIANS)
2009 – ELIMINADO LIBERTADORES (CRUZEIRO)
2010 – ELIMINADO PAULISTA (SANTOS)
2010 – ELIMINADO LIBERTADORES (INTER RS)
2011 – ELIMINADO PAULISTA (SANTOS)
2011 – ELIMINADO COPA DO BRASIL (AVAÍ – SC)
2011 – ELIMINADO COPA SULAMERICANA (LIBERTAD – PAR)
2012 – ELIMINADO PAULISTA (SANTOS)
2012 – ELIMINADO COPA DO BRASIL (CORITIBA) 2006 – ELIMINADO LIBERTADORES (INTER RS)
2007 – ELIMINADO PAULISTA (SÃO CAETANO)
2007 – ELIMINADO COPA SUL-AMERICANA (MILLIONARIOS)
2007 – ELIMINADO LIBERTADORES (GRÊMIO)
2008 – ELIMINADO PAULISTA (PALMEIRAS)
2008 – ELIMINADO LIBERTADORES (FLUMINENSE)
2009 – ELIMINADO PAULISTA (CORINTHIANS)
2009 – ELIMINADO LIBERTADORES (CRUZEIRO)
2010 – ELIMINADO PAULISTA (SANTOS)
2010 – ELIMINADO LIBERTADORES (INTER RS)
2011 – ELIMINADO PAULISTA (SANTOS)
2011 – ELIMINADO COPA DO BRASIL (AVAÍ – SC)
2011 – ELIMINADO COPA SULAMERICANA (LIBERTAD – PAR)
2012 – ELIMINADO PAULISTA (SANTOS)
2012 – ELIMINADO COPA DO BRASIL (CORITIBA)-2013 ELIMINADO DO PAULISTA(sccp)-2013 ELIMINADO DA LIBERTADORES (CAM)-2013-VICE DA RECOPA SULAMERICANA(sccp).2013-ELIMINADO PELA PONTE PRETA NA COPA SULAMERICANA.

    Sem Nenhuma duvida que este time é um dos piores da historia do SPFC e só não caiu pelo Muricy Ramalho !

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: