São Paulo FC 2×1 Portuguesa

Sao2x1PorCom mais uma festa da torcida são-paulina, que lotou o Morumbi com 50 mil pagantes, o Tricolor venceu a Portuguesa e ampliou a sua invencibilidade na temporada. Com gols de Rodrigo Caio e Aloísio, o São Paulo venceu por 2 a 1 e agora detém nove jogos sem derrotas no ano. Luis Ricardo, que marcou o tento dos visitantes, até tentou impedir o triunfo dos anfitriões, mas a noite era mesmo dos comandados de Muricy.

Pressionando durante boa parte do confronto, válido pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2013, o Tricolor comandou a partida e conseguiu somar o seu 46ª ponto na competição nacional. Com o resultado diante do rival, o São Paulo assumiu a 8ª colocação e poderá viajar para a Colômbia mais tranquilo, já que segue se distanciando ainda mais da zona do rebaixamento.

Com o retorno de Ganso, que não encarou o Atlético Nacional-COL (3 a 2), e sem Luis Fabiano, seguindo programação da comissão técnica para o duelo da volta contra os colombianos, o técnico Muricy Ramalho montou o time com Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rodrigo Caio, Antonio Carlos e Reinaldo; Denilson, Douglas Maicon e Paulo Henrique Ganso; Ademilson e Aloísio.

Empurrado pelos torcedores, o Tricolor tomou a iniciativa da partida e começou pressionando. Dessa forma, as redes logo balançaram na capital paulista. Aos 8 minutos, após cruzamento do lado esquerdo de Douglas, Rodrigo Caio se antecipou à marcação e desviou de cabeça, no canto de Lauro. Festa do jovem camisa 7, que levantou a torcida e garantiu a festa nas arquibancadas.

Em vantagem no marcador, o São Paulo viu o adversário se lançar ao ataque, mas parar nas mãos de Rogério Ceni. Assim, o duelo ficou equilibrado e somente aos 21 minutos o jogo esquentou novamente. Paulo Miranda pegou a sobra após cobrança de escanteio e deu trabalho ao arqueiro rival. Também pelo alto, aos 30, Rodrigo quase anotou o seu segundo gol.

Apesar de chegar perto de ampliar o placar, o time são-paulino acabou surpreendido pela Portuguesa. Pouco depois de Douglas arriscar de fora da área e tirar tinta da trave, os visitantes empataram o confronto antes do intervalo. Aos 40, Luis Ricardo bateu firme e deixou tudo igual no Morumbi: 1 a 1.

O segundo tempo foi uma verdadeira blitz do Tricolor. Repetindo a tática da primeira etapa, quando levou perigo desde o apito inicial, o anfitrião acuou os visitantes e incendiou a torcida. Antes que o cronômetro pudesse registrar 10 minutos, foram pelo menos três boas oportunidades.

Aloísio, aos 7, e Ademilsom, aos 10, passaram perto. Porém, recuada, a Portuguesa conseguiu se defender como pôde e conteve as investidas são-paulinas. Antonio Carlos, aos 19, também assustou, mas viu a bola passar rente ao travessão após testar aproveitando falta de Douglas. Insistindo, donos da casa não tiravam o pé e, quando não era o goleiro Lauro, a defesa cortava em cima da linha.

Para dar mais ofensividade diante de um adversário preso atrás, Muricy promoveu a entrada do atacante Welliton na vaga de Douglas. E minutos depois da alteração, aos 32, a torcida já comemorava novamente. Ademilson se esforçou, brigou pela bola e tocou para Aloísio que, embaixo da trave, só empurrou para o fundo das redes: 2 a 1.

Satisfeito com o resultado, o Tricolor tratou de cadenciar a partida e conter os ataques da Portuguesa. Gilberto ainda acertou a trave de Rogério, mas a noite era mesmo da torcida são-paulina, que cantou até o apito final e mais uma vez mostrou o seu amor pelo time.

Via Site Oficial

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 2 X 1 PORTUGUESA

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 2 de novembro de 2013 (sábado)
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Rogerio Zanardo (SP) e Vicente Romano Neto (SP)
Público: 50.802 pagantes
Renda: R$ 623.1290,00
Cartão amarelo: Denilson (São Paulo)

Gols: SÃO PAULO: Rodrigo Caio, ao sete minutos do primeiro tempo, e Aloísio, aos 32 minutos do segundo tempo
PORTUGUESA: Luis Ricardo, aos 41 minutos do primeiro tempo

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rodrigo Caio e Antônio Carlos; Douglas (Welliton), Denilson, Maicon, Ganso e Reinaldo; Ademilson (Wellington) e Aloísio (Lucas Evangelista) Técnico: Muricy Ramalho

PORTUGUESA: Lauro; Luis Ricardo, Lima, Valdomiro, e Rogério; Willian Arão, Bruno Henrique (Wanderson), Moisés e Souza (Henrique); Marcelinho (Bruninho) e Gilberto Técnico: Guto Ferreira

Via Gazeta Esportiva

Melhores Momentos

Relacionados

VÍDEO Bastidores: São Paulo 2 x 1 Portuguesa

VÍDEO: Coletiva de imprensa – Muricy Ramalho

Craques da Arquibancada: São Paulo x Portuguesa

Luis Fabiano segue programação e está à disposição novamente

Maria Victória estreia com o pé direito

Confiante e de alma lavada

#3Cores1SóTorcida: São Paulo x Portuguesa

Torcida orgulhosa: “Time de guerreiros”

Eu no Morumbi: São Paulo x Portuguesa

Bastidores de São Paulo x Portuguesa

Reação do Tricolor surpreende Muricy

Ademilson ‘vinga’ elenco e devolve voadora em Aloísio

Rogério valoriza trabalho de Muricy

***(*) ******(*)

8 Respostas to “São Paulo FC 2×1 Portuguesa”

  1. Gaivotinha da Fiel Says:

    Humpf !

  2. Guerreiros FC Says:

    Guerreiros ! Guerreiros ! Guerreiros !
    Time de guerreiros !
    Guerreiros ! Guerreiros ! Guerreiros !
    Time de guerreiros !
    Guerreiros ! Guerreiros ! Guerreiros !
    Time de guerreiros !

    Lina: Orgulho destes caras.😀

  3. Everaldo Says:

    Dá gosto de ver este time jogar.
    Time sem nenhuma habilidade, tirando M1TO, Antônio Carlos, Ganso e Maicon, os demais apenas esforçados.
    O Muricy é fudido meu.
    Me emocionei no segundo gol.
    Foi demais.

    Lina: Demais mesmo.

  4. Barman Says:

    Vai começar a putaria.

    Ganso é suspenso por dois jogos e não enfrenta o Nacional de Medellín

    Meia do São Paulo é punido pela Conmebol e perde jogo de volta das quartas de final da Sul-Americana. Muricy reclama de critérios

    O meia Paulo Henrique Ganso está fora do jogo da próxima quarta-feira contra o Nacional de Medellín, na Colômbia, pela volta das quartas de final da Copa Sul-Americana. Ganso foi suspenso por dois jogos pela Conmebol por causa da expulsão contra a Universidad Católica, em Santiago, pelas oitavas de final. Existe a possibilidade de ele viajar com o elenco até Medellín.

    Ganso ficou fora do jogo de ida contra os colombianos, vencido pelo São Paulo por 3 a 2, no Morumbi. O técnico Muricy Ramalho contava com o retorno do meia na próxima quarta-feira, mas foi surpreendido por um comunicado da Conmebol na sexta-feira, informando que a punição seria de dois jogos.

    – É incrível. O cara deu um soco no nosso jogador e não tomou nada. O Ganso separou e tomou dois jogos. Não entendi essa coisa aí. Nem o Ganso entendeu. Tem imagem. O cara deu um tapa na cabeça do jogador e não tomou nada – reclamou Muricy.

    – Ele vai fazer uma falta danada na quarta-feira – completou.

    Sem Ganso, a tendência é que Jadson seja novamente titular contra o Nacional. No jogo de ida, o meia contribuiu com um golaço e foi elogiado por Muricy nos 3 a 2 sobre os colombianos.

    Lina: É foda…

  5. Kleber Says:

    Só falo uma coisa Lina, “SER SÃO PAULINO É BOM DEMAIS!

    Lina:😀 _X_

  6. Marcos Tri Says:

    Tiraram sarro e agora somos o melhor paulista no campeonato brasileiro.
    Chupa todo mundo.

    Lina: kkkkk

  7. Alemão Says:

    Porra velho, é de arrepiar.

  8. Luiz Ferreira Says:

    Fala Lina ! O rebaixamento já era, agora é G4 e libertadores.
    CLUBE GIGANTE NÃO CAI !

    Lina: É isso ai.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: