São Paulo FC 3×2 Atlético Nacional-COL

VovoadoraEm noite inspirada do zagueiro Antonio Carlos, de novo, nesta quarta-feira (30), o Tricolor venceu o Atlético Nacional-COL por 3 a 2, no Morumbi, e deu um importante passo para seguir adiante na Copa Sul-Americana de 2013. Com dois gols do camisa 4 – o segundo já nos minutos finais do duelo – e um de Jadson, o São Paulo mostrou que está firme no torneio continental atrás de uma vaga na semifinal.

Uribe e Duque anotaram os tentos dos colombianos, mas não conseguiram impedir a derrota dos visitantes. O segundo jogo está marcado para o dia 6 de novembro, às 21h50m (de Brasília), em Medellín. O vencedor deste confronto enfrentará Libertad, do Paraguai, ou Itaguí, da Colômbia, nas semifinais. Com o resultado (3 a 2), na capital paulista, o Tricolor precisa apenas de um empate fora de casa.

Com as voltas de Antonio Carlos e Luis Fabiano, recuperados de lesões, o técnico Muricy Ramalho escalou o time com Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rodrigo Caio, Antonio Carlos e Reinaldo; Denilson, Maicon, Douglas e Jadson; Aloísio e Luis Fabiano. Ganso, suspenso, Rafael Toloi e Carleto, lesionados, não puderam encarar os colombianos.

No primeiro tempo, o Tricolor controlou o jogo e criou as melhores jogadas. Porém, na única investida que conseguiram antes do intervalo, os visitantes igualaram o marcador. Logo após o apito inicial na capital paulista, o São Paulo partiu pra cima do adversário e levou perigo. Aos 3 e 7 minutos, as redes só não balançaram, porque a defesa do Atlético travou os atacantes são-paulinos.

E se penetrando na grande área não era possível passar pelo goleiro Franco Armani, o meio-campista Jadson tratou de arriscar de fora da área. Aos 13 minutos, o camisa 10 recebeu passe de Denilson, ajeitou e acertou um belo chute. O arqueiro rival ainda se esticou todo, mas não conseguiu impedir o golaço, de cobertura, do meia: 1 a 0.

Nervoso, o time colombiano assistia aos são-paulinos tocarem a bola. O Tricolor, amplamente melhor na partida, tocava e bola e procurava os espaços para ampliar o marcador. Douglas e Reinaldo, bem abertos, tentavam acionar os atacantes Aloísio e Luis Fabiano. O cronômetro já registrava mais de meia hora de jogo e o Nacional de Medellín não conseguiu criar uma jogada ofensiva.

Assim, dominando o confronto, o Tricolor quase anotou o segundo gol. Aos 35, Maicon deixou Aloísio na cara do gol. O Boi Bandido tirou do goleiro, mas a bola foi fraca e a zaga colombiana conseguiu chegar a tempo de evitar que ela parasse no fundo das redes. E quando os brasileiros ditavam o ritmo do duelo, os visitantes deixaram tudo igual. Fernando Uribe, aos 38, marcou o tento do Nacional e as equipes foram para o vestiário com tudo igual no placar: 1 a 1.

Na segunda etapa, o São Paulo criou a primeira chance com Jadson, em chute forte do bico da área, mas o Atlético Nacional-COL voltou melhor. Aos 7 e 10 minutos, o time da Colômbia passou perto de virar o marcador. Ao contrário do que aconteceu no primeiro tempo, quando praticamente não levaram perigo, os colombianos mudaram a postura em campo e se lançaram ao ataque.

Para mudar o panorama do jogo, o Tricolor apostou nas bolas longas e conseguiu equilibrar a partida. Pelo alto, duas vezes, aos 19 e 22 minutos, Luis Fabiano recebeu na grande área, mas foi bloqueado pelos defensores rivais. E se as jogadas pelo alto surtiram efeito, Antonio Carlos foi eficiente para anotar o segundo gol são-paulino. Aos 26, Douglas cobrou escanteio, Rodrigo Caio desviou na primeira trave e o xerifão cabeceou para o fundo do gol: 2 a 1.

No entanto, quando a torcida comemorava e ainda festejava o tento do zagueiro, o Atlético-COL empatou novamente. Jefferson Duque, aos 34 minutos, tocou na saída de Rogério Ceni e igualou tudo. Mas, como tem sido nos últimos jogos do Tricolor, sempre na base do sofrimento e determinação, o São Paulo conquistou a vitória. Aos 45 minutos, aproveitando nova cobrança de escanteio, Antonio Carlos apareceu bem pelo alto de novo e garantiu o suado triunfo são-paulino: 3 a 2.

O segundo jogo está marcado para o dia 6 de novembro, às 21h50 (de Brasília), em Medellín. O vencedor deste confronto enfrentará Libertad, do Paraguai, ou Itaguí, da Colômbia, nas semifinais da Copa Sul-Americana de 2013.

Via Site Oficial

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 3 X 2 ATLÉTICO NACIONAL-COL

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 30 de outubro de 2013 (quarta-feira)
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Victor Carrillo (PER)
Assistentes: Jonny Bossio (PER) e Cesar Escano (PER)
Público: 22.441 pagantes
Renda: R$ 572.190,00
Cartão amarelo: Rodrigo Caio (São Paulo)

Gols: SÃO PAULO: Jadson, aos 13 minutos do primeiro tempo; Antônio Carlos, aos 26 e aos 45 minutos do segundo tempo
ATLÉTICO NACIONAL: Uribe, aos 39 minutos do primeiro tempo, e Duque, aos 33 minutos do segundo tempo

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rodrigo Caio e Antônio Carlos; Douglas, Denilson, Maicon, Jadson (Osvaldo) e Reinaldo; Aloísio e Luis Fabiano (Ademilson) Técnico: Muricy Ramalho

ATLÉTICO NACIONAL: Armani; Nájera, Henríquez, Murillo e Diaz; Medina, Mejía e Valencia; Bernal (Calle), Uribe (Duque) e Cárdenas Técnico: Juan Carlos Osorio

Via Gazeta Esportiva

Gols

Relacionados

VÍDEO Bastidores: São Paulo 3 x 2 Atlético Nacional-COL

VÍDEO Coletiva de Imprensa:Muricy Ramalho

Craques da Arquibancada: São Paulo x Atlético Nacional-COL

Nome nas arquibancadas motiva Ademilson

Rodrigo Caio tira lição e celebra assistência

 #3Cores1SóTorcida: São Paulo x Atlético Nacional

Douglas completa 100 jogos, e enaltece força da equipe

Eu no Morumbi: São Paulo x Atlético Nacional-COL

Após golaço, Jadson mira mais oportunidades

Bastidores de São Paulo x Atlético Nacional-COL

Muricy: “O time não se entrega”

Empenho motiva ainda mais elenco tricolor

Antonio Carlos: “Muito feliz pela vitória”

***(*) ******(*)

8 Respostas to “São Paulo FC 3×2 Atlético Nacional-COL”

  1. Alex Says:

    ganhamos na raça do guarani da turiassu colombiano kkkkk

    achei muito boa essa, são verdes mas joga de amarelos e acha
    q são time grande.

    Lina: Igual o da turiassu…

  2. Guedes Says:

    Antigamente era 1×0 ou meio a 0.
    Agora é 3×2. Sofre mais gols e também marca mais.
    O Muricy tá mudado.

    • Felipe 6-3-3 Says:

      Este time é bem melhor tecnicamente que os times que ganharam o tri.

      Lina: Do meio pra frente, talvez. Mas a defesa do Tri teve Miranda, Breno e André Dias. Depois Alex Silva. Ai complica hein ?

  3. Marcos Tri Says:

    Do jeito que o time correu contra Catolica e Inter, nem dá pra cobrar nada deste jogo.
    Está claro que eles estão cansados.
    Resultado bom, defesa continua boa mas errou nos dois lances.
    Até o M1TO erra.
    Tudo normal, vamos ganhar este campeonato.

    Lina: Vencendo tá ótimo.

  4. Alemão Says:

    Sufoco, mas vencemos.

  5. Felipe 6-3-3 Says:

    Já tem gente falando mal da zaga, dá pra acreditar ?
    Não aguento alguns torcedores na internet por ai.
    Estes caras nem devem ir ao Morumbi.

    Lina: Históricamente, a zaga do São Paulo sempre foi eficiente. Não dá pra reclamar já que os caras estão brigando pelo time…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: