Internacional 2×3 São Paulo FC

Segura o boi AloisioVivendo o seu melhor momento na temporada 2013, o Tricolor venceu mais uma partida. Na tarde desde domingo (27), no Estádio Centenário, o São Paulo venceu o Internacional por 3 a 2 em tarde inspirada do atacante Aloísio, que marcou os três gols do time são-paulino. Com o resultado, o clube registrou a sua sétima partida consecutiva de invencibilidade no ano (seis vitórias e um empate).

Leandro Damião e Jorge Henrique, que marcaram os tentos dos anfitriões, ainda tentaram brecar a reação dos comandados de Muricy, mas não conseguiram impedir a derrota dos gaúchos, que foram ultrapassados pelo Tricolor na tabela. Agora, após 31 rodadas na competição nacional, os paulistas somam 43 pontos e ocupam a nona colocação.

Mesmo a partida sendo no interior gaúcho, lembrando que o jogo foi no Estádio Centenário, em Caxias do Sul, pois o Beira-Rio, casa do Inter em Porto Alegre, está em obras para a Copa do Mundo, a torcida do São Paulo compareceu em bom número ao duelo e empurrou o time durante os 90 minutos.

O técnico Muricy Ramalho, que não pôde contar com Antonio Carlos, Carleto, Luis Fabiano (lesionados), além dos suspensos Maicon e Denilson, escalou a equipe com: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Edson Silva e Reinaldo; Rodrigo Caio, Wellington, Douglas e Paulo Henrique Ganso; Ademilson e Aloísio.

Nos primeiros minutos do confronto, os gaúchos tomaram a iniciativa e chegaram ao ataque. No entanto, aos 9 minutos, Aloísio foi preciso e precisou de apenas uma oportunidade para abrir o placar. O volante Rodrigo Caio fez linda jogada, driblou o zagueiro e tocou para o Boi Bandido que bateu firme na saída do goleiro Muriel. Na comemoração, que já virou sua marca registrada, o camisa 19 saiu distribuindo ‘voadoras’ nos companheiros!

Em vantagem, o time são-paulino cadenciou a partida e só arriscava algumas descidas pela esquerda, com Reinaldo. Os donos da casa, então, partiram para cima e foram prendendo o Tricolor no campo de defesa. Assim, aos 32 minutos, Leandro Damião marcou o gol de empate na serra gaúcha. Mas, ao invés de sentir o golpe e apostar nos contra-ataques, o São Paulo se lançou ao ataque e anotou o seu segundo tento no duelo.

Ademilson recebeu na grande área e acabou derrubado por João Afonso. Pênalti. Aloísio, aos 44 minutos, cobrou e recolocou os visitantes na frente novamente. Na comemoração, o Boi Bandido fez questão de dedicar o gol ao goleiro Rogério Ceni, que recebeu duras críticas após desperdiçar uma cobrança de penalidade máxima no clássico contra o Corinthians (0 a 0).

E se no primeiro tempo não faltaram emoções, o segundo manteve o ritmo. Logo aos 2 minutos, Jorge Henrique aproveitou bate e rebate na pequena área e deixou tudo igual no Estádio Centenário: 2 a 2. Porém, apesar da festa dos torcedores do Internacional, a tarde era mesmo do atacante Aloísio. Aos 7, assim como na primeira etapa, Ademilson foi derrubado na grande área. Com categoria, o Boi Bandido converteu a cobrança e anotou o seu terceiro gol no jogo.

Atrás no placar, os anfitriões se lançaram ao ataque e até criaram boas chances. No entanto, quando não pararam nas mãos do goleiro Rogério Ceni, viram a trave impedir o tento de empate no chute de Alex, aos 12 minutos. Empurrados pela torcida, os jogadores do Inter pressionaram e ficaram mais tempo com a posse de bola.

No entanto, nos contragolpes, o Tricolor assustava. Ademilson aos 17 parou no travessão. Já Douglas, aos 31, viu Muriel espalmar o seu chute cruzado. Para dar mais velocidade e sangue novo ao time, Muricy colocou Welliton no lugar do cansado Aloísio. Como não poderia deixar de ser, o camisa 19 deixou o gramado aplaudido de pé pela torcida são-paulina.

Welliton ainda teve a oportunidade de ampliar o marcador, já nos minutos finais da partida, mas a bola passou rente a trave. Apesar das investidas gaúchas em busca do gol de empate, as redes não balançaram novamente e o São Paulo acumulou o seu sétimo jogo consecutivo de invencibilidade na atual temporada.

Via Site Oficial

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 2 x 3 SÃO PAULO

Local: Estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS)
Data: 27 de outubro de 2013, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Péricles Bassols (Fifa-RJ)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Luiz Antônio Muniz (RJ)
Cartão amarelo: João Afonso e Juan (Internacional); Aloísio e Wellington (São Paulo)
Gols: INTERNACIONAL: Leandro Damião, aos 33 minutos do primeiro tempo; Jorge Henrique, aos 2 minutos do segundo tempo
SÃO PAULO: Aloísio, aos 9 e, de pênalti, aos 44 minutos do primeiro tempo; e, de pênalti, aos 8 minutos do segundo tempo

INTERNACIONAL: Muriel; Gabriel (Rafael Moura), Jackson, Juan e Fabrício; João Afonso, Jorge Henrique, Alex (Caio), D’Alessandro e Otávio; Leandro Damião (Scocco) Técnico: Clemer

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Tolói e Edson Silva; Douglas, Rodrigo Caio, Wellington, Ganso e Reinaldo; Ademílson (Lucas Evangelista) e Aloísio (Welliton) Técnico: Muricy Ramalho

Via Gazeta Esportiva

Melhores Momentos

Relacionados

VÍDEO: Bastidores

Bastidores de Internacional x São Paulo

Jogadores celebram confiança e boa fase do Tricolor

Muricy: “Vencemos na organização”

Rogério: “Vamos viver jogo após jogo”

Herói da tarde, Aloísio assume artilharia do Tricolor no Brasileiro

***(*) ******(*)

9 Respostas to “Internacional 2×3 São Paulo FC”

  1. Luiz Ferreira Says:

    Mano ! Quem é este Boi ????????????
    Fabuloso banco já !

  2. Everaldo Says:

    Caraca meu, o Douglas joga bem, ele é discreto.
    O pessoal pega no pé dele mas ele é aquele tipo que não aparece pra torcida, mas tem uma função tática importante.
    E é curinga.
    Outro que detonou hoje é o Rodrigo Caio.
    Como tá bem.
    Aloísio hoje destruiu.
    Feliz demais com o São Paulo de Muricy.
    Libertadores 2014 vem ai.

    • Amarilla Says:

      Desculpa amigo, mas o Douglas ontem estava mal no jogo.
      Pode até ser o carregador de piano, mas não ontem.

  3. O Rei da América Says:

    O São Paulo deveria inovar e fazer um contrato de 15 anos com o Muricy. A gente já sabia que ele é diferente, mas desta vez ele conseguiu superar a si mesmo.
    Fazer um time que estava naquele baixo astral virar este time vibrante, é uma tarefa que não é qualquer um que executa.
    Com todo respeito aos que passaram antes pelo Morumbi, nenhum deles tem a capacidade do cara, nem o Autuori.

  4. Guedes Says:

    Lina, achei que o primeiro gol do Aloísio estava impedido.
    E o Ganso ficou louco ? Dar um rapa no adversário na frente do juiz ? Achei que foi de brincadeira, ninguém faria algo tão bisonho bem perto do juiz. Depois ele ficou pedindo desculpa.

  5. Hexa Único Says:

    Quem foi que disse que o castelo de caras do São Paulo estava desabando ? Discuti isto hoje com um amigo e não conseguimos lembrar quem foi o palhaço.
    Na verdade o que está desabando é o castelo das travas.
    hahahahahahahahhahahahaha

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: