Santos 3×0 São Paulo FC

No retorno do técnico Muricy Ramalho ao estádio de seu ex-clube, a Vila Belmiro, o São Paulo acabou derrotado pelo Santos  por 3 a 0, na noite desta quarta-feira (2), em duelo válido pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2013. Com o resultado, que contou com gols de Edu Dracena, Thiago Ribeiro e Léo, o Tricolor se manteve com 27 pontos na 16ª colocação e segue na luta para se distanciar dos últimos lugares.

No próximo sábado (5), contra o Vitória, no Morumbi, os comandados de Muricy tentarão dar um fim ao jejum de vitórias e brigarão por mais três pontos na competição nacional. Nesta quinta-feira (3), no Centro de Treinamento da Barra Funda, os jogadores já irão trabalhar de olho nos baianos.

Com uma série de desfalques, o treinador são-paulino escalou o time com Rogério Ceni; Douglas, Paulo Miranda, Edson Silva e Reinaldo; Rodrigo Caio, Wellington, Jadson e Paulo Henrique Ganso; Osvaldo e Luis Fabiano. Antonio Carlos (suspenso pelo terceiro cartão amarelo), Rafael Toloi (lesão na coxa direita), Lucas Silva (Seleção sub-17), Denilson e o atacante Welliton, aprimorando a forma física, não foram relacionados.

Com a bola rolando, mesmo atuando fora de casa, o Tricolor até criou boas oportunidades para balançar as redes ainda na primeira etapa, mas esbarrou na falta de sorte. Logo aos 7 minutos, Luis Fabiano teve a primeira grande chance do São Paulo. O camisa 9 aproveitou cruzamento de Douglas e só não abriu o placar, porque Aranha fez grande defesa.

Procurando acionar o centroavante na grande área, os comandados de Muricy até conseguiam chegar ao ataque, porém, parava no sistema defensivo rival. Jadson e Ganso buscaram as tabelas pelo meio e arriscaram algumas descidas pela direita, aproveitando a velocidade de Douglas, mas não finalizaram com perigo. E quando o duelo estava parelho, os anfitriões saíram na frente no marcador. Aos 22 minutos, Edu Dracena testou firme após escanteio e anotou o gol santista.

Sem acusar o golpe, o Tricolor partiu para cima do adversário e criou boas investidas. Wellington e Douglas, por pouco, não deixaram tudo igual. Para conter os ataques dos visitantes, o time da Baixada Santista abusou das faltas duras. Aos 42 minutos, Alison deu uma entrada forte em Douglas e recebeu o cartão vermelho direto. Dessa forma, o terminou com vitória santista: 1 a 0.

Na segunda etapa, com mais homens em campo, a equipe são-paulina se lançou ainda mais ao ataque e tratou de conseguir o empate. Luis Fabiano, de cabeça chegou perto. No entanto, em rápido contra-ataque, os donos da casa ampliaram o placar. Thiago Ribeiro, aos 14 minutos, recebeu na grande área e tocou no canto de Rogério Ceni.

Sem perder tempo e atrás do resultado positivo, Muricy promoveu as entradas de Aloísio e Lucas Evangelista nas vagas de Osvaldo e Edson Silva. Assim, Rodrigo Caio foi deslocado para a defesa e o Tricolor ganhou mais ofensividade.

Diante de um rival fechado na defesa, o jogo esfriou e somente com a entrada de Maicon, aos 27, as oportunidades surgiram novamente. Mas, mesmo permanecendo mais tempo com a posse de bola e finalizando com perigo, o Tricolor não conseguiu passar pelo goleiro Aranha. Já nos instantes finais, após contragolpe, Léo marcou o terceiro gol da partida e deu números finais ao clássico.

Via Site Oficial

FICHA TÉCNICA
SANTOS 3 X 0 SÃO PAULO

Local: Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 2 de outubro de 2013, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Marcio Eustáquio (MG) e Marcelo Van Gasse (SP)
Público: 7.788 pagantes
Renda: R$ 210.816,00
Cartões amarelos: Cícero, Thiago Ribeiro e Aranha (Santos); Luis Fabiano (São Paulo)
Cartão vermelho: Alison (Santos)

Gols: SANTOS: Edu Dracena, aos 22 minutos do primeiro tempo e Thiago Ribeiro, aos 12 e Léo, aos 44 minutos do segundo tempo

SANTOS: Aranha; Cicinho, Edu Dracena, Gustavo Henrique e Mena; Alison, Arouca, Leandrinho (Everton Costa) e Cícero; Thiago Ribeiro (Léo) e Willian José (Renê Júnior) Técnico: Claudinei Oliveira

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Douglas, Paulo Miranda, Edson Silva (Aloísio) e Reinaldo; Wellington, Rodrigo Caio, Jadson (Maicon) e Paulo Henrique Ganso; Osvaldo (Lucas Evangelista) e Luis Fabiano Técnico: Muricy Ramalho

Via Gazeta Esportiva

Melhores Momentos

Relacionados

Bastidores de Santos x São Paulo

Ganso: “Tem que trabalhar muito mais”

Muricy quer o time firme: “Não vamos desistir”

Rogério: “Faltou poder de reação”

***(*) ******(*)

4 Respostas to “Santos 3×0 São Paulo FC”

  1. Guedes Says:

    Nâo acredito mais neste time, nem na diretoria.
    Se cair é porque merece.

  2. Franklin Says:

    Eu apenas sinto tristeza e muita revolta.
    Algumas pessoas pensam em dinheiro e esqueceram da honra, da vergonha na cara.
    Falo da diretoria soberba e destes lixos que foram contratados pra jogar pelo São Paulo.
    São indignos desta história.
    Venha logo 2014, na série A ou B, pouco importa e nos livraremos finalmente desta gente.

  3. Everaldo Says:

    O jeito que o time jogou com um jogador a mais um tempo de jogo inteiro, fala por si só.
    Mercenários.

  4. Barman Says:

    Nem falo mais nada.
    Pode cair, fo-da-se.
    E todos os envolvidos diretamente, que carreguem esta mancha e sejam extirpados do São Paulo Futebol Clube.
    Fora Juvenal e seus puxa-sacos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: