Archive for 1 de setembro de 2013

Botafogo-RJ 0x0 São Paulo FC

01/09/2013

O Tricolor mostrou que está mais forte no Campeonato Brasileiro de 2013. Na tarde deste domingo (1º de setembro), no Maracanã, o São Paulo enfrentou o Botafogo e ficou no empate sem gols no confronto válido pela 17ª rodada da competição nacional. Com o resultado, a equipe somou o seu quarto jogo consecutivo de invencibilidade, manteve o bom retrospecto contra os clubes cariocas no torneio (duas vitórias e dois empates) e agora detém 15 pontos.

A partida no modernizado Estádio Jornalista Mário Filho, no Rio de Janeiro, marcou as estreias dos atacantes Welliton (ex-Grêmio) e Negueba (após se recuperar de grave lesão no joelho) , que entraram no decorrer do jogo, e colocou o zagueiro Antonio Carlos frente a frente como seu ex-clube.

Com duas baixas na frente, já que não pôde contar com Luis Fabiano e Aloísio, suspensos, o técnico Paulo Autuori escalou o time com Rogério Ceni; Douglas, Rodrigo Caio, Antonio Carlos e Reinaldo; Wellington, Fabrício, Jadson, Paulo Henrique Ganso e Lucas Evangelista; Osvaldo. Denilson, aprimorando a forma física após lesionar o joelho, ainda segue fora da equipe e sequer viajou para o Rio de Janeiro.

No primeiro tempo, o São Paulo não se intimidou e mesmo desfalcado na frente, criou boas oportunidades de abrir o marcador. Mesmo atuando fora de casa, os comandados de Autuori exploraram as jogadas pelas beiradas e chegaram com perigo. Osvaldo, pela esquerda, e Lucas Evangelista, pela direita, tentavam aproveitar as trocas de passes dos meias Jadson e Ganso para balançar as redes.

Logo no começo do jogo, após cruzamento de Osvaldo, o zagueiro Antonio Carlos teve a oportunidade de marcar, mas pegou mal na bola e não conseguiu finalizar. Tentando envolver o adversário, a equipe são-paulina tentou passar pelo sistema defensivo carioca, mas esbarrou na marcação. Enquanto isso, na defesa, Rogério Ceni foi pouco exigido e contou com a boa participação dos zagueiros, que não deram espaços. Assim, a primeira etapa terminou sem gols.

Na volta para o segundo tempo, o treinador manteve a mesma formação, mas o Tricolor arriscou mais. Logo aos 5 minutos, Evangelista recebeu passe de Osvaldo, fintou o zagueiro e bateu firme. O chute saiu forte, mas passou por cima do gol. Os anfitriões responderam na sequência e levaram perigo. No entanto, não conseguiram passar pela defesa são-paulina.

Aos 15 e 18 minutos, Jadson e novamente Evangelista tiveram boas oportunidades, porém, não finalizaram com eficiência. E percebendo que a equipe poderia render mais, Autuori promoveu entrada do estreante Welliton. Contratado durante a semana, o atacante entrou no decorrer da partida e tentou dar novo ânimo ao sistema ofensivo.

Apesar das alterações de ambos os times, o confronto continuou parelho e o grito de gol ficou preso na garganta dos torcedores, que compareceram em bom número ao Maracanã. Negueba ainda ganhou a chance de estrear pelo Tricolor e tentou dar mais criatividade ao jogo. Mesmo apostando nas trocas de passes pelas laterais, a partida continuou igual e, assim, terminou sem gols.

Via Site Oficial

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 0 X 0 SÃO PAULO

Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 1º de setembro de 2013, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (PE)
Assistentes: Alessandro Rocha de Matos (BA) e Luiz Carlos Silva Teixeira (BA)
Cartão Amarelo:Bolívar(Bota); Jadson, Douglas, Wellington(SP)

BOTAFOGO: Renan; Edilson, Dória, Bolívar e Julio Cesar; Marcelo Mattos(Renato), Gabriel, Seedorf, Lodeiro e Rafael Marques; Elias(Alex) Técnico:Oswaldo de Oliveira

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Douglas, Rodrigo Caio, Antônio Carlos e Reinaldo; Wellington, Fabrício(Paulo Miranda), Jadson(Negueba) e Ganso; Lucas Evangelista e Osvaldo(Welliton) Técnico:Paulo Autuori

Via Gazeta Esportiva

Melhores Momentos

Relacionados

Bastidores de Botafogo x São Paulo

Enfim, Negueba estreia: “Muito feliz”

Seguindo programação, Welliton retorna ao CT da Barra Funda

Autuori: “A equipe se mostrou organizada”

Suspenso, Jadson não encara o Náutico; Fabuloso e Aloísio voltam

***(*) ******(*)

Papo de Boleiro Com Osvaldo

01/09/2013

***(*) ******(*)

Flamengo 1×3 São Paulo FC – Campeão da Copa do Brasil Sub-17 !

01/09/2013

Campeao Copa do Brasil Sub 17Foi de virada. Foi de forma espetacular. Foi pra consolidar todo o excelente trabalho feito no CFA Laudo Natel, e especialmente uma geração brilhante moldada em Cotia: de virada, sobre o Flamengo na casa do adversário e com direito a golaço, o São Paulo venceu o Flamengo por 3 a 1 e levantou o título da primeira Copa do Brasil Sub-17.

No primeiro jogo da final, em um sonho realizado pelos garotos, o Tricolor jogou no Morumbi. Diante de uma animada torcida, o time fez um grande jogo, teve chance de golear, mas o placar terminou em 2 a 0 para a equipe, gols de Gabriel Boschilia e Joanderson, esse último artilheiro da competição (com sete gols). Para a segunda partida, a equipe perdeu o goleador, suspenso, mas isso não dificultou as coisas para o Tricolor. Pelo contrário, mostrou a força do grupo.

Em Macaé, como era esperado, o Flamengo veio para cima. Dominou o primeiro tempo e saiu na frente, aos 21 minutos da etapa final. Mostrando, porém, o quanto esse time queria o título, três minutos depois, em contra-ataque, Ewandro recebeu na frente e tirou do goleiro, empatando e esfriando o rival.

A partir daí, o Flamengo viu que não teria forças para fazer os três gols necessários para tirar a taça dos são-paulinos. E, do lado tricolor, os garotos não se contentavam “apenas” com o empate: aos 42, Felipe Araruna arrematou de longe, tirando do goleiro e acertando o gol junto a trave. Ainda havia fome de ampliar o placar, o que veio aos 46. Luiz Araújo deixou o goleiro no chão e chutou alto, pro fundo do gol! TRICOLOR CAMPEÃO!

A campanha

Na estreia, desfalcado de nove jogadores, que defendiam a Seleção da categoria, o Tricolor  perdeu para o Criciúma por 1 a 0, fora de casa. Em Cotia, apesar de bem ofensivo, o rival abriu o placar. Mas muito bem postado, o São Paulo conseguiu passar de fase com gols de Joanderson, Ewandro, Pedro Bortoluzo e João Paulo. Na fase seguinte, viagem ao Recife e um caminho um pouco mais tranquilo.  Vitória por 2 a 0 no jogo que aconteceu na Ilha do Retiro e goleada por  4 a 1 no CFA Laudo Natel.

Nas quartas de final, novamente fortes emoções. A retranca do Coritiba funcionou, e o time paranaense conseguiu o que procurava: saiu do estádio Marcelo Portugal Gouvêa com o  empate em 1 a 1. Mas, no jogo de volta, uma grande virada são-paulina! Com direito a gol olímpico de Gabriel Boschilia,  o Tricolor fez 5 a 1 no rival e se credenciou para as semifinais, onde enfrentaria o forte Fluminense.

Para chegar à decisão, o Tricolor teve uma das maiores provas de que queria mesmo esse título. Após perder por 3 a 1 para o Fluminense no Rio de Janeiro, a equipe precisava fazer, no mínimo, dois gols para conseguir a vaga. Jogando de forma maravilhosa, os jovens são-paulinos conseguiram exatamente o resultado necessário, e de uma forma espetacular. Ewandro vazou duas vezes o goleiro Marcos, arqueiro da Seleção Brasileira da categoria, sendo o segundo uma pintura! Além, é claro, do jogo histórico no Morumbi, que deu a vantagem para a segunda partida.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 1 X 3 SÃO PAULO

Copa do Brasil Sub-17
Local: Estádio Cláudio Moacyr, em Macaé (RJ)
Data: 31/08/2013 (sábado)
Horário: 21h45 (de Brasília)
Arbitro: Leandro Newley Ferreira Belota (RJ)
Assistentes: Andrea Marcelino de Sa (RJ) e Patrícia Silveira de Paiva Retondário da Silva (RJ)

GOLS: Wellington (21min/2ºT), Ewandro (24min/2ºT), Felipe Araruna (42min/2ºT), Luiz Araújo (46min/2ºT)

CARTÕES AMARELOS: Cafu (6min/1ºT), Boschilia (28min/1ºT), Herson (31min/1ºT), Ewandro (27min/2ºT)

FLAMENGO: Thiago, Ronaldo, Wellington, Lincoln, Daniel, Victor, Herson, Michel, Felipe Vizeu, Caio e Cafu Técnico: Celso Martins

SÃO PAULO: Éder Moreira, Auro, Lucas Silva, Lucas Kal e Gabriel Machado; Gustavo Hebling (Leonardo Coca, 38min/2ºT), Felipe Araruna, Matheuz Queiroz (Leonardo Prado, 33min/2ºT) e Gabriel Boschilia; Ewandro e João Paulo (Luiz Araújo, 9min/2ºT) Técnico: Menta

Via Site Oficial

Melhores Momentos

Relacionados

Bastidores do título da Copa do Brasil Sub-17

VÍDEO: São Paulo levanta a taça da 1ª Copa do Brasil sub-17; veja a comemoração dos jogadores

VÍDEO: Lágrimas, camisa made in Cotia e recado a família; sãopaulinos sub-17 falam da importância do título

***(*) ******(*)