Portuguesa 2×1 São Paulo FC

O São Paulo lutou, se entregou, mas acabou derrotado pela Portuguesa na noite deste domingo (11), no Canindé, por 2 a 1. No reencontro da equipe com o Campeonato Brasileiro 2013, após a turnê internacional que resultou na conquista da Eusébio Cup (em Portugal), além das disputas da Audi Cup (na Alemanha) e Suruga (no Japão), o jovem Lucas Evangelista anotou o gol são-paulino. Porém, os dois gols de Diogo decretaram a vitória dos anfitriões.

Com o resultado, válido pela 13ª rodada da competição nacional, o Tricolor se manteve com nove pontos. Na próxima quinta-feira (15), no Morumbi, a equipe terá a chance de triunfar novamente no torneio, diante do Atlético-PR, às 19h30.

Com algumas novidades no time, o técnico Paulo Autuori apostou em Rodrigo Caio na defesa e manteve Aloísio na equipe titular. Assim, o Tricolor começou o jogo com Rogério Ceni; Douglas, Rafael Toloi, Rodrigo Caio e Reinaldo; Wellington, Fabrício, Jadson e Lucas Evangelista; Aloísio e Luis Fabiano.

Dessa forma, o Tricolor manteve a mesma postura ofensiva característica de Autuori e criou inúmeras oportunidades de gol contra o rival. Vale lembrar que Paulo Miranda, Edson Silva, Carleto e Denilson, lesionados, seguem entregues aos cuidados do REFFIS e não puderam entrar em campo neste final de semana.

No primeiro tempo, os anfitriões começaram melhor, mas a equipe são-paulina tratou de levar perigo e criou boas oportunidades antes do intervalo. Logo aos 2 minutos, Lucas Evangelista tentou de cabeça, porém, parou nas mãos do goleiro Lauro. Pouco depois, aos 9, Aloísio tabelou com Luis Fabiano e bateu cruzado. Novamente o arqueiro rival apareceu bem e impediu que o Tricolor abrisse o placar na capital paulista.

Enquanto isso, no sistema defensivo, Rogério Ceni aparecia bem quando exigido e impedia que os donos da casa balançassem as redes. Nos primeiros 45 minutos foram pelo menos três defesas difíceis do camisa 01, que orientava e tentava ajustar o posicionamento do setor de marcação. Assim, apesar de ambas as equipes procurarem o gol, o confronto esfriou e somente na reta final da primeira etapa o duelo ficou emocionante de novo.

Aos 24 e 25 minutos, Luis Fabiano e Rafael Toloi, respectivamente, só não marcaram porque o sistema defensivo da Portuguesa impediu o gol são-paulino. O atacante viu o zagueiro Valdomiro tirar a bola quase embaixo das traves, enquanto o defensor parou em Lauro. Atrás do tento que abriria a contagem no Canindé, o São Paulo continuou pressionando e, mesmo com menos posse de bola, criou mais oportunidades. Foi assim com Reinaldo e Evangelista.

No entanto, quando o Tricolor era melhor na partida, a Portuguesa abriu o placar. Aos 37, Diogo aproveitou cobrança de escanteio e tirou o zero do placar. Assim, o adversário foi para o intervalo em vantagem: 1 a 0.

Na segunda etapa, Autuori manteve a mesma formação, mas mudou a postura de seus comandados. Logo aos 26 segundos, o jovem Lucas Evangelista fez linda jogada, fintou os marcadores e marcou um belo gol no Canindé: 1 a 1. Festa do camisa 20 e da torcida tricolor, que compareceu em bom número e tratou de empurrar o time.

Muito melhor no jogo, o São Paulo continuou pressionando e assustando a Portuguesa. O goleiro Rogério Ceni, de pênalti, aos 9 minutos, teve a chance de virar o marcador, mas Lauro evitou com pés. E mesmo após ter desperdiçado a cobrança de pênalti, o Tricolor não se abateu e manteve o adversário encurralado no campo de defesa.

Aloísio, aos 19, e Luis Fabiano, aos 21 minutos, também chegaram perto de virar o jogo. Autuori ainda apostou na velocidade de Osvaldo, no lugar de Fabrício, e deu ainda mais ofensividade ao time. Paulo Henrique Ganso herdou a vaga de Jadson, mas foram os anfitriões que marcaram o segundo gol. Diogo, aos 33, bateu a zaga são-paulina e deu números finais ao clássico paulista.

Via Site Oficial

FICHA TÉCNICA
PORTUGUESA 2 X 1 SÃO PAULO

Local: Estádio do Canindé, em São Paulo (SP)
Data: 11 de agosto de 2013, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Assistentes: Rodrigo Correa (RJ) e Wagner Santos (RJ)
Público: 8.593 pagantes
Renda: R$ 274.800,00
Cartões amarelos: Rogério (Portuguesa); Douglas e Aloísio (São Paulo)

Gols: PORTUGUESA: Diogo, aos 36 minutos do primeiro tempo e aos 34 minutos do segundo tempo
SÃO PAULO: Lucas Evangelista, aos 25 segundos do segundo tempo

PORTUGUESA: Lauro; Luís Ricardo, Moisés Moura, Valdomiro e Rogério; Willian Arão (Correa), Bruno Henrique, Moisés e Souza (Jean Mota); Diogo e Gilberto (Bruno Moraes) Técnico: Guto Ferreira

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Douglas, Rafael Toloi, Rodrigo Caio e Reinaldo; Wellington, Fabrício (Osvaldo), Lucas Evangelista e Jadson (Ganso); Aloísio e Luis Fabiano Técnico: Paulo Autuori

Via Gazeta Esportiva

Melhores Momentos

Relacionados

Após golaço, Evangelista não esconde emoção: “Vontade de chorar”

Bastidores de Portuguesa x São Paulo

Paulo Autuori: “Tivemos chances criadas com bom futebol”

Suspenso, Douglas não enfrenta o Atlético-PR

Jogadores lamentam oportunidades desperdiçadas

Mesmo no Canindé, vantagem nos números é do Tricolor

Após turnê internacional, Tricolor visita a Portuguesa

***(*) ******(*)

3 Respostas to “Portuguesa 2×1 São Paulo FC”

  1. Clovis Campos Says:

    Meus amigos tricolores, sei que o momento é difícil, talvez o mais sombrio da história. Porém não esqueçamos quem somos:

    SOMOS O CLUBE DA FÉ!

    Quero que se dane JJ e a corja que estão lá, o que interessa é o SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE! que meu Pai Me ensinou a amar!

    Sigam meu lema: SEGUNDA DIVISÃO? NUNCA VERÃO!

  2. Guedes Says:

    E a imprensinha agora mirou o Paulo Autuori.
    Travecada de merda.

  3. Renato Soares Says:

    Nunca vi nada igual.
    O São Paulo foi valente Lina.
    Buscou o gol, não teve medo, foi pra cima da Portuguesa, mas perdemos.
    Puro azar.
    A sorte vai mudar.
    Vi a entrevista do Luis Fabiano na ESPN, ele disse: não há fase boa que permaneça pra sempre, assim como não há fase ruim que dure eternamente.
    Algo assim.
    É verdade.
    Vamos pra Libertadores em 2014.
    Se não for pelo brasileiro, que seja pela sul-americana.
    Eu acredito no São Paulo, apesar dos pesares.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: