Vitória 3×2 São Paulo

Na reestreia do técnico Paulo Autuori, na tarde deste domingo (14), no Barradão, o São Paulo acabou derrotado pelo Vitória, por 3 a 2. Com gols de Maxi Biancucchi (2) e Dinei, os anfitriões triunfaram no duelo válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro 2013. O atacante Aloísio e o goleiro Rogério Ceni até balançaram as redes, mas não conseguiram manter o bom retrospecto da equipe como visitante na competição.

Com nove desfalques, Autuori tentou manter a força da equipe longe do Morumbi (eram três jogos de invencibilidade antes de a bola rolar) e montou o time com Rogério Ceni; Lucas Farias, Lúcio, Edson Silva e Juan; Wellington, Rodrigo Caio, Maicon e Paulo Henrique Ganso; Osvaldo e Aloísio. Porém, muito desfalcado, o Tricolor não conseguiu pontuar novamente no torneio.

Ao todo, nove atletas não viajaram para a Bahia: Negueba (aprimora a forma física), Carleto (cirurgia no ligamento cruzado do joelho direito), Paulo Miranda (fratura na mão esquerda), Rafael Toloi (trauma no tornozelo direito), Denilson (dor no joelho direito), Douglas (trauma no joelho direito), Jadson (entorse no tornozelo direito), além de Luis Fabiano e Clemente Rodríguez (suspensos).

Com o resultado, a equipe são-paulina se manteve na zona intermediária na tabela, com oito pontos em oito jogos. Já o Vitória, do técnico Caio Junior, chegou aos 13 pontos e entrou no G-4. Na próxima rodada do Brasileirão, no dia 20 de julho, os comandados do técnico Paulo Autuori enfrentarão o Cruzeiro, no Morumbi. Antes do confronto contra os mineiros, no entanto, a equipe fará o duelo decisivo da Recopa, contra o Corinthians, dia 17, no Pacaembu.

1º TEMPO AGITADO

O primeiro tempo entre paulistas e baianos foi agitado. Logo aos 9 minutos, após rápido contra-ataque do Tricolor, Osvaldo driblou o zagueiro e bateu cruzado. O atacante Aloísio pegou a sobra e abriu o placar em Salvador. Melhor no jogo, o São Paulo continuou pressionando os anfitriões e criando as melhores jogadas.

No entanto, quando a equipe buscava o segundo gol, o Vitória igualou o marcador. Dinei aproveitou contragolpe, aos 20 minutos, e deixou tudo igual no Barradão. Com o duelo bem aberto e disputado, as redes seguiram balançando na Bahia e garantindo a festa do torcedor que compareceu ao estádio. Aos 28 minutos, Maxi Biancucchi virou o placar, mas o goleiro Rogério Ceni tratou de garantir o empate antes do intervalo.

Aos 35 minutos, Aloísio partiu em velocidade e acabou derrubado na entrada da grande área. O camisa 01 cobrou com categoria, sem chances para o arqueiro do Vitória, Wilson, e deixou tudo igual novamente na capital baiana. Assim, os times encerram o primeiro tempo empatados: 2 a 2.

VITÓRIA PRESSIONA

E assim como na primeira etapa, o segundo tempo também começou agitado. Renato Cajá, aos seis minutos, cobrou pênalti por cima e desperdiçou a oportunidade de recolocar o rubro-negro na frente do placar. Sem se intimidar pela pressão do rival, o São Paulo tentou sair para o jogo, mas não conseguia furar o sistema defensivo baiano.

Osvaldo, bem aberto pela ponta esquerda, puxava as melhores investidas ofensivas do Tricolor e lavava perigo. Porém, quando a equipe paulista buscava mais o jogo, os donos da casa marcaram o terceiro gol. Novamente Maxi Biancucchi, aos 11, anotou o gol dos anfitriões.

Sentindo que o time poderia render mais e pressionar o Vitória, o técnico Paulo Autuori promoveu a entrada do atacante Ademilson no lugar de Maicon, aos 21 minutos. No entanto, dois minutos depois, o volante Wellington recebeu o segundo cartão amarelo e acabou expulso.

Com apenas dez homens em campo, a equipe são-paulina não conseguiu trabalhar as jogadas no campo de ataque e, assim, criou poucas oportunidades. Já o Vitória, empurrado por sua torcida, manteve a pressão sobre os paulistas, mas parou nos defensores do Tricolor. Dessa forma, as redes não balançaram novamente no nordeste brasileiro e a partida terminou 3 a 2.

Via Site Oficial

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA 3 X 2 SÃO PAULO

Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)
Data: 14 de julho de 2013 (domingo)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL)
Assistentes: Rodrigo Correa (RJ) e Pedro Santos de Araujo (AL)
Cartões amarelos: Escudero e Gabriel Soares (Vitória); Edson Silva, Wellington, Osvaldo e Ganso (São Paulo)
Cartão vermelho: Wellignton (São Paulo)

Gols: VITÓRIA: Dinei, aos 20 minutos do primeiro tempo; Maxi Biancucchi, aos 28 minutos do primeiro tempo e aos dez minutos do segundo tempo – SÃO PAULO: Aloísio, aos nove minutos, e Rogério Ceni, aos 35 minutos do primeiro tempo

VITÓRIA: Wilson; Nino Paraíba, Victor Ramos, Gabriel Paulista e Danilo Tarracha; Michel, Cáceres (Vander), Renato Cajá e Escudero (Gabriel Soares); Maxi Biancucchi e Dinei Técnico: Caio Junior

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Lucas Farias (Fabrício), Lúcio, Edson Silva e Juan; Wellington, Rodrigo Caio, Maicon (Ademilson) e Ganso; Osvaldo e Aloísio Técnico: Paulo Autuori

Via Gazeta Esportiva

Melhores Momentos

Relacionados

Jogadores lamentam derrota, mas elogiam início de jogo

Autuori revela que dará atenção ao psicológico do elenco

Ceni afirma: “É preciso ter o apoio do torcedor para reverter esse quadro”

***(*) ******(*)

Anúncios

3 Respostas to “Vitória 3×2 São Paulo”

  1. Renato Cruz Says:

    OLHEM O NIVÉL DE GENTE QUE JUVENAL BANCA NO SPFC:
    http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI141098-15259,00.html

  2. Irene Gilmore Says:

    Adelino abriu o placar para o São Paulo aos sete minutos de partida. Dois minutos depois, Thiago ampliou e aos 37, João Schmidt fez o terceiro. O quarto gol veio aos 37 da segunda etapa, com Lucas Evangelista.

  3. Silver Price Says:

    Em apenas 10 minutos, o Vitória virou o jogo. Aos 21min, Renato Cajá fez lançamento para Dinei, que aproveitou cochilo da zaga para empatar. Oito minutos depois, após confusão na área do time paulista, o atacante Maxi Biancucchi chutou para o gol. A bola desviou em Rodrigo Caio e encobriu Rogério Ceni. Foi justamente dos pés do goleiro que veio o empate são-paulino, em linda cobrança de falta aos 35min. Depois disso, as equipes pouco produziram na primeira etapa e foram para o vestiário com a igualdade no placar. O Vitória voltou para o segundo tempo melhor. Logo aos 3min, Renato cajá perdeu um gol incrível, sem goleiro. Um minuto depois, Escudero foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti. O mesmo Renato Cajá chutou por cima do gol. Nem isso serviu de alerta para o São Paulo que, falhando demais na marcação, cedeu o gol aos 11min, novamente de Maxi Biancucchi. A situação ficou ainda pior para o time de São Paulo quando Wellington fez falta dura em Renato Cajá e levou o cartão vermelho aos 23min. Depois disso, o Vitória controlou ainda mais o jogo. O time do Morumbi tentava encaixar um contra-ataque com Aloísio, mas não conseguiu reverter o placar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: