A Exceção Pode Virar Regra

Deve, eu diria. Na noite desta quinta-feira, diante do Strongest, no Morumbi, meio sem querer querendo Ney Franco encontrou o onze ideal do São Paulo. Só não sei se ele sabe disso, nem se concorda comigo. Mas sei que muitos vão discordar e questionar: “E ninguém marca nesse time?!” E eu vou responder: todos marcam nesse time.

Com o 1 a 1 no placar, o treinador tricolor fez duas trocas pertinentes no segundo tempo. Primeiro sacou Denilson para colocar Ganso, e depois tirou Aloísio para botar Cañete. Com a primeira, inverteu o triângulo do meio campo. Ao invés de jogar com dois volantes e um meia, passou a atuar com um volante e dois meias, no mais clássico dos 4-4-3’s. Com a segunda, passou a contar com um atleta que tem facilidade para trabalhar longe da área – algo que Aloísio não tem tido até o momento.

O 11 Ideal de Ney Franco segundo Carlos Pizzatto

“Mas, Carlão, quem marca nesse time?!” Simples: os caras da linha, do lateral-direito ao ponta-esquerda. Porque futebol é a ocupação inteligente dos espaços. Se a equipe estiver sincronizada e bem distribuída no esquema tático adotado pelo técnico, a presença de cães-de-guarda que sabem jogar apenas sem a bola no pé se faz desnecessária. “Mas Ganso não corre, anda!” Bom, não foi isso o que se viu na segunda etapa da partida contra os bolivianos, em especial no gol de Luis Fabiano, quando ele se infiltrou na área para receber o passe de Cañete e tocou para o camisa 9 empurrar pra rede.

Com Jadson e Ganso lado a lado (e Cañete na ponta direita), aliás, o São Paulo tem totais condições de propor o ritmo do jogo. Baseado na troca de passes paciente, à espera da hora certa de buscar a enfiada, o time treinado por Ney Franco pode ter na manutenção da posse de bola seu ponto forte (sem perder a velocidade de Osvaldo, etc, etc). Para que isso se desenvolva, porém, a escalação tem de ser repetida frequentemente, para que o entrosamento e a confiança floresçam.

Via Blog do Carlão

***(*) ******(*)

Anúncios

9 Respostas to “A Exceção Pode Virar Regra”

  1. Felipe 6-3-3 Says:

    Muito aberto, se o Telê fosse vivo este time seria possível, mas com o Ney Franco não.

  2. Renato Says:

    Pra mim nem o Wellington jogaria, tirava pra entrada de outro atacante.
    rsrsrsrsrsrs

  3. Guedes Says:

    Eu acho que daria muito certo, basta ver que com o Cañete é que saiu o gol da virada, o time melhorou o toque de bola e o Ganso apareceu ali na direita onde jogava o Lucas.

  4. SPFC Tri-Mundial Says:

    Como chamavam isto ?
    Futebol total, laranja mecânica versão tricolor, carrossel holandês,
    4-1-4-1 ou 4-5-1.
    É o que todo mundo quer ver, se eu fosse o Ney Franco escalava este time contra o guarani da turiaçu, só pra testar.
    Paulistinha não vale nada mesmo.

    • Everaldo Says:

      Contra a porcada pode me chamar pra jogar, nem do expressinho precisa.
      Draga desgraçada.
      kkkkkkkk

  5. Everaldo Says:

    Vou lá no blog do Carlão perguntar se ele mandaria o time dele jogar assim contra o São Paulo no domingo, estou chutando que ele é palmeirense pelo sobrenome.
    Duvido.

  6. Kleber Says:

    Seria perfeito!!!!!

  7. Adonis Says:

    Eu colocaria o Rodholfo atrás e o Aloísio na frente e tiraria os dois laterais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: