Sport 2×4 São Paulo

Antes de começar a rodada deste sábado, todos diziam que o São Paulo tem pela frente uma sequência complicada no Campeonato Brasileiro. E, nessas horas, é bom contar com jogadores diferenciados, que são capazes de decidir uma partida. Lucas foi esse jogador para o Tricolor Paulista na noite deste sábado.

O camisa 7 deu show, marcou três gols e comandou a vitória do São Paulo sobre o Sport por 4 a 2, em plena Ilha do Retiro. Rivaldo, contra, fez o outro. Foi a primeira vez no time profissional são-paulino que Lucas fez três gols em um mesmo jogo. Parece ter escolhido o momento certo para isso.

O baile comandado por Lucas deixou o Tricolor com 58 pontos e dentro do G4, sete pontos a mais que o Internacional, que passou o Vasco. Além disso, a equipe colou no Grêmio e a diferença caiu para dois pontos. Nas duas próximas rodadas, Fluminense e o próprio time gaúcho serão os adversários. Essa é a sequência difícil que todos estavam dizendo, mas não contavam com o show do craque são-paulino.

VEJA A FICHA TÉCNICA DA VIRADA TRICOLOR

COMEÇOU O SHOW

O São Paulo entrou em campo com novidades na escalação. Sem Denilson (suspenso) e Osvaldo (lesionado), Ney Franco colocou Maicon e Douglas na equipe. No entanto, o Sport foi mais ligeiro que o Tricolor e abriu o placar na Ilha do Retiro aos 13 minutos com o atacante Gilberto.

Mas, a partir daí, o São Paulo tomou conta da partida e tudo começou a dar certo. Aos 17 minutos, Lucas soltou um petardo de fora da área e não deu chances para Saulo. O meia-atacante viraria a partida aos 29. No lance, Saulo soltou a bola non pé do são-paulino, que empurrou para o fundo da rede.

Com mais posse de bola, o time paulista chegou ao terceiro gol. Aos 33 minutos, Luis Fabiano tocou para Cortez, que poderia fazer o gol. Porém, Rivaldo chegou antes e marcou contra. Outro destaque na primeira etapa foi Rogério Ceni, que fez pelo menos três boas defesas e evitou mais gols dos pernambucanos.

HAT-TRICK

No início do segundo tempo, Ney Franco precisou fazer a primeira mudança. O treinador tirou Maicon, com dores musculares, e colocou o garoto Ademilson. A noite era de Lucas. Aos 13 minutos, o camisa 7 tabelou com Luis Fabiano e tocou na saída de Saulo para marcar o terceiro dele no jogo, o quarto do Tricolor.

Rogério Ceni também merece destaque. Aos 26 minutos, o M1TO fez excelente defesa em chute de Hugo. Após o lance, Casemiro foi para o jogo na vaga de Denilson. Aos 34, Rogério nada pode fazer para evitar o segundo gol do Sport, marcado por Hugo de pênalti. Nesta altura da partida, o Tricolor já dominava por completo o adversário.

Aos 38, Cícero foi a campo na vaga de Paulo Miranda. Uma vitória importante para o Tricolor, que abriu mais vantagem em relação ao quinto colocado e colou no Grêmio, que empatou na rodada. Nesta reta final do Brasileiro, a equipe encontrou uma maneira de jogar e conta com diferencial de ter jogadores como Rogério Ceni, Wellington, Lucas, Luis Fabiano…

REAPRESENTAÇÃO

O elenco são-paulino voltará a treinar na segunda-feira, às 16h, no CT da Barra Funda. Todo o grupo recebeu folga neste domingo de eleição. Na quarta-feira, o Tricolor vai ao Chile para enfrentar a Universidad de Chile pela primeira partida das quartas de final da Copa Sul-Americana.

Via Site Oficial

FICHA TÉCNICA
SPORT 2 X 4 SÃO PAULO

Local: Ilha do Retiro, no Recife (PE)
Data: 27 de outubro de 2012, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Jaílson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (SC) e Ivan Carlos Bohn (PR)
Cartões amarelos: Rithelly, Tobi e Renê (Sport); Denilson e Cortez (São Paulo)
Gols: SPORT: Gilberto, aos 13 minutos do primeiro tempo, e Hugo, aos 34 minutos do segundo tempo; SÃO PAULO: Lucas, aos 17 e aos 29 minutos do primeiro tempo e aos 13 minutos do segundo tempo; Rivaldo (contra), aos 33 minutos do primeiro tempo

SPORT: Saulo; Cicinho, Bruno Aguiar, Aílson e Renê; Tobi, Rivaldo (Marquinhos Gabriel), Rithelly (Moacir) e Hugo; Gilberto (Sandrinho) e Felipe Azevedo Técnico: Sérgio Guedes

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda (Cícero), Rafael Toloi e Rhodolfo; Douglas, Denilson (Casemiro), Wellington, Maicon (Ademilson) e Cortez; Lucas e Luis Fabiano Técnico: Ney Franco

Via Gazeta Esportiva

Melhores Momentos

Relacionados

Gols em família

Bastidores de Sport 2 x 4 São Paulo

Fabuloso vive dia de garçom na Ilha do Retiro

Ney Franco comemora vantagem no G4 com moderação

Após vitória em Recife, Tricolor ganha folga no domingo

Lucas vibra com marca inédita pelo Tricolor

***(*) ******(*)

Anúncios

12 Respostas to “Sport 2×4 São Paulo”

  1. Helder Says:

    Maratona agora: La U 2x, flunimed e gaymio, pedreira atrás de pedreira, mas isso é só para os Grandes.

    Lucas foi muito bem hoje, tá de parabéns pela partida, Fabuloso bem no pivô, Mito segurando lá atrás e comandando a defesa.

  2. Felipe 6-3-3 Says:

    Que golaço do Lucas.
    Chutou consciente pro gol, olhou antes de bater.
    Uma pena que ele vai embora em janeiro.
    Pena mesmo.

  3. Luiz Ferreira Says:

    O São Paulo acertou o time, encontrou um padrão de jogo.
    Achei que sentiríamos falta do Jadson, não aconteceu.
    E quem acertou o time foi o Ney Franco.
    Ponto para o JJ que tanto quis o treinador.
    Libertadores 2013 muito perto.

  4. Tri-Mundial Says:

    Quem ganhou este jogo foi o Ney Franco.
    Ele entrou no 352 e depois alterou para o 433 com o Paulo Miranda indo pra lateral e o Douglas indo para a meia.
    Mudança estilo Muricy quando tinha o Alex Silva.
    Temos treinador.

    • Renato Soares Says:

      Era sobre isto que ia comentar.
      Ouvi na rádio o comentarista falando a mesma coisa.
      O Ney Franco já conhece as peças que tem e agora sabe mexer.

  5. Marcos Tri Says:

    Meu que gol foi este do Lucas ?
    A bola fez uma curva perfeita.
    Golaço mesmo.

  6. Jorge Tri-Hexa Says:

    Com a saída do Lucas, acho que é o Jadson que vai pra direita.
    O Ganso fica na meia esquerda, a dele, e o Osvaldo vai fazer a função de segundo atacante pela esquerda.
    O problema é que o Ney Franco monta o time variando entre o 352, 433, como foi contra o Sport e as vezes no 4231.

    • Henrique Soberano Says:

      Mas o que tem a ver a saída do Lucas com o esquema do Ney Franco ?

    • Edu Tricolor Says:

      Qual a relação ? Não entendi.

    • Jorge Tri-Hexa Says:

      É que sem o Lucas não tem quem faça o terceiro homem de meio de campo/ataque pela direita.
      Quem tem as características dele no elenco ?
      Ninguém.

      • Helder Says:

        No elenco e nem no futebol nacional a ponto de ser contratado. Tem o Bernard do atlético mineiro, muito bom, mas com uma multa gigantesca.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: