São Paulo 0x0 LDU de Loja-ECU

O São Paulo não venceu a LDU de Loja na noite desta quarta-feira, no Morumbi. Mas também nem precisou para se classificar para as quartas de final da Copa Sul-Americana. O empate sem gols foi o suficiente para o Tricolor Paulista avançar de fase e seguir vivo na disputa pelo título continental – primeiro jogo em Loja foi 1 a 1.

A classificação foi duplamente comemorada. Primeiro pelo fato de seguir na Sul-Americana e também pela derrota do Vasco, que perdeu para o Internacional nesta quarta-feira e não se aproximou do São Paulo na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. O Tricolor, no G4, está cinco pontos acima do time carioca, o quarto colocado.

Na noite desta quarta, o São Paulo não conseguiu repetir as últimas boas atuações no Morumbi. Mas chegou ao quinto jogo sem ser vazado no estádio. Foi difícil furar o bloqueio equatoriano, ainda mais com o árbitro Julio Quintana fazendo vista grossa para as duras faltas da LDU.

VEJA A FICHA TÉCNICA DA CLASSIFICAÇÃO TRICOLOR

ÁRBITRO ROUBA A CENA

Sem o atacante Luis Fabiano, com dores no adutor esquerdo, o técnico Ney Franco escalou Ademilson no ataque. O camisa 11 chegou a balançar a rede equatoriana, mas o árbitro assinalou impedimento. O paraguaio Julio Quintana, inclusive, foi grande personagem de todo primeiro tempo.

A LDU de Loja veio ao Morumbi com a proposta de se defender até as últimas circunstâncias. Para isso, abusou das faltas, mas o árbitro pouco fez para reverter isso. Distribuiu poucos amarelos e foi duramente criticado pela torcida são-paulina presente no Estádio do Morumbi.

No último lance do primeiro tempo, Paulo Miranda foi derrubado dentro da área e Julio Quintana apontou em direção para o meio da área. Pênalti? Rogério Ceni saiu do gol para bater, mas o árbitro tinha apenas assinalado tiro de meta. O que causou ainda mais revolta dos são-paulinos.

CLASSIFICAÇÃO GARANTIDA

Na etapa final, o jogo se tornou “perigoso”. Afinal, um gol da LDU poderia causar grandes danos ao São Paulo. Lucas tentou de fora da área e quase marcou. Os equatorianos deram um troco com um cruzamento de longe, que não bateu em ninguém e, por pouco, não pegou Rogério Ceni de surpresa.

Aos 30 minutos, Ney Franco fez a primeira alteração na equipe. Colocou Willian José na vaga de Ademilson. Minutos depois, foi a vez de Douglas entrar na vaga de Jadson. O árbitro seguiu ignorando faltas contra o São Paulo, o que começou a irritar os jogadores. Quando a LDU foi ao ataque, deu sustos, mas nada que tirasse a classificação do Tricolor.

REAPRESENTAÇÃO

O elenco são-paulino se reapresentará na tarde desta quinta-feira, no CT da Barra Funda. No próximo sábado, na Ilha do Retiro, a equipe enfrentará o Sport.

Via Site Oficial

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 0 X 0 LDU DE LOJA

Local:  Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 24 de outubro de 2012 (quarta-feira)
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Julio Quintana (PAR)
Assistentes: Carlos Caceres e Dario Gaona (ambos do Paraguai)
Cartões amarelos: Osvaldo, Wellington (São Paulo); Larrea, Vera, Cumbicus (LDU)

Público: 15.208 pessoas
Renda: R$ 326.533,00

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Wellington, Denilson e Jadson (Douglas); Lucas, Osvaldo e Ademilson (Willian José) Técnico: Ney Franco

LDU DE LOJA: Palacios; Gómez, Vera, Cumbicus, Hurtado; Larrea, Mosquera, Uchuari (Wila), Feraud; Alcívar e Fábio Renato Técnico: Paúl Vélez

Via Gazeta Esportiva

Melhores Momentos

Relacionados

Eu no Morumbi: São Paulo x LDU de Loja

Bastidores de São Paulo 0 x 0 LDU de Loja

Ney Franco: “Passamos de fase, era nosso grande objetivo”

Elenco valoriza classificação após empate no Morumbi

Empate sem gols no Morumbi mantém Tricolor na Sul-Americana

***(*) ******(*)

Anúncios

12 Respostas to “São Paulo 0x0 LDU de Loja-ECU”

  1. Guedes Says:

    Lina, o jogo de ontem foi sofrível.
    Vieram pra se defender, lógico, 2 linhas de 4.
    Um monte de time joga assim por ai.
    O que o SPFC vai fazer quando jogar com times fechadinhos esperando oportunidade pra jogar no contra-ataque ?
    O SPFC não soube fugir da marcação.
    Jogo amarrado pelo meio, tem que ter jogadas em velocidade pelas laterais.
    Cara, ontem foi a pior partida do tricolor na temporada.
    Irritou.

    Lina: Mas pera ai Guedes. Quantas vezes o Cortez e o Paulo Miranda cruzaram bola na área pro gigante Ademilson cabecear ? Teve jogadas de linha de fundo sim pow !

    • Inconformado Says:

      Lina, em nenhum lugar destes blogs e sites do São Paulo eu vejo alguém peitando a torcida do São Paulo.
      Além de serem frios, nunca se estão em bom número no Morumbi e os que vão, se acham no direito de vaiar jogadores.
      Por exemplo.
      No passado perseguiram Kaká que ganhou prêmio de melhor do mundo. Falavam mal do Danilo que hoje arrebenta nos gambás.

      Sem contar outros como Richarlyson, Julio Batista, e etc.

      Hoje perseguem O Willian José que marcou muitos gols no campeonato paulista e segundo o Ney Franco é um atacante promissor. Perseguem o Casemiro, que já chegou a ser pretendido por grandes times da europa. Criticavam o Paulo Miranda e até o Luis Fabiano foi criticado.

      Não é hora de dar um basta nestes imbecis ?

      Você que é boca dura poderia mandar uma pra eles.
      Torcedor no estádio tem que aprender que deve APOIAR e não VAIAR jogador.

      Tá estressado ? Fica em casa.

      Abraço

      Lina: Eu até concordo com você. Abraços

  2. Felipe 6-3-3 Says:

    E esta do Rogério dar pitaco em substituição ?
    Que porra é esta ?
    Ele tem crédito, tudo bem, mas ele é jogador igual aos outros.
    Tem que levar um pito pra baixar a bolinha dele.

    Lina: Nada demais. Ele vê o jogo de um lugar que o Ney Franco não vê. Todos podem conversar. O problema é que o Rogério falou do jeito errado e o Ney Franco não gostou. Vão se entender.

  3. Os Cavaleiros do Apocalipse Voltaram Says:

    Pode notar.
    Sempre que tem alguma coisa nova no São Paulo, os jornalistas criam crise e os torcedores se deixam levar.
    Quer exemplos ?
    É só olhar os 2 comentários aqui em cima.
    Triste ver que nós somos facilmente levados por interesses ocultos de jornalistas vendidos.

    Lina: Não digo jornalista vendido, até porque não tem como provar, mas que tem um monte de jornalista torcedor por ai, não há duvidas.

  4. Renato Soares Says:

    E os dois penaltis no Paulo Miranda que o juiz não deu ?
    O mundo inteiro viu, mas ele deu uma de migué.

  5. Edu Tricolor Says:

    É óbvio e lógico.
    Ney Franco e Rogério Ceni que se entendam porque nenhum dos dois é maior que o São Paulo.
    Eles são empregados do clube.
    Ele que enfiem as vaidades em um buraco bem longe do Morumbi.
    E na minha opinião, dos 2 o mais errado é o Rogério que meteu o bedelho onde não devia.

  6. Jorge Tri-Hexa Says:

    O Menon matou a charada.

    Palpite de Rogério Ceni era corretíssimo. Ney errou muito

    25/10/2012 às 12:03, por [ Menon ]

    Fato. Assim é a linguagem do twitter, em quatro letras impondo verdades. Não gosto, não sou partidário de assertivas que não aceitam contestação, prefiro as nuances ao branco-preto. Mas, o jogo de ontem, no Morumbi, trouxe, para mim, dois fatos incontestáveis.

    O primeiro é que Rogério Ceni extrapolou. Mesmo tendo mais de vinte anos de clube, mesmo sendo capitão, ele não pode passar de suas funções. É pago para jogar e não para escalar. Ao ultrapassar essa linha tênue, deixa o treinador Ney Franco em péssima situação, confrontado por um subalterno durante uma partida decisiva. Traz marola ao clube que já demonstrou amar tantas vezes. Rogério precisa entender que, se para os torcedores mais jovens ele é M1TO, para o clube ele é apenas empregado.

    Deve ficar quieto? Não. Mas poderia ter falado com Ney Franco no intervalo do jogo, explicando as dificuldades que o time estava tendo durante a partida.

    E aí vem o outro fato, para mim, inquestionável. Rogério Ceni estava certo e Ney Franco, errado. O goleiro pediu Cícero, que deveria ter começado a partida. Não consigo entender o que Ney Franco vê em Ademilson, um atacante baixo e de pouquíssimos gols. Dá a impressão de que é necessário agradar Juvenal Juvêncio, fã do jogador. De que é preciso ter alguém de Cotia no time, mesmo que tenha atuação nula na partida.

    Com Lucas de um lado e Osvaldo do outro, é lógico se pensar que muitas bolas correrão pela área do adversário. Com Ademílson, as opçõs diminuem porque, falemos a verdade, é difícil imaginá-lo cabeceando. William José, que não é um bom jogador, poderia fazer mais. E tem um bom chute de fora da área.

    Mas a melhor opção era Cícero. Ele cabeceia bem. E poderia fazer outra função, trocando passes com Lucas e Osvaldo, em um ataque mais rápido e técnico. Ney preferiu Ademílson. Como já fizera outras vezes, sem resultado.

    Terminado o primeiro tempo, não mudou. E o jogo chegou aos 20 minutos com uma carga de drama que eu nunca gostaria de enfrentar, se fosse técnico. É a hora da indecisão: recuo o time para garantir o empate que me classifica ou arrisco o time no ataque para fazer o segundo gol?

    Foi então que Ceni pediu Cícero. Opção corretíssima principalmente porque a bola ficaria mais tempo com o São Paulo. Preferiu William José. E depois, errou novamente. Tirou Jadson, deslocou Lucas para o meio e colocou Douglas na ponta. Cícero foi novamente escanteado.

    Por fim, é preciso dizer que Lucas, quando Luís Fabiano está fora, precisa resolver o jogo. Ele é muito bom, foi vendido para a Europa, não tira o pé de divididas, mas não pode jogar só isso de ontem. Lucas precisa melhorar para chegar ao nível de um Muller, esse sim, sempre decisivo em seus tempos de titular.

  7. Jorge Tri-Hexa Says:

    E o Fernando Sampaio também

    Rogério Ceni tem mais visão que Ney Franco
    Publicado em 25 de outubro de 2012 por Fernando Sampaio
    More Sharing ServicesCompartilhe | Share on orkut Share on twitter Share on facebook Share on email

    Não foi a primeira vez.

    Comentei São Paulo 3×1 Lusa, 25a rodada.

    O time começou a mil por hora, como tem feito em casa, para resolver o jogo rápido. Aos 5 minutos fez 1×0 com Osvaldo. A empolgação durou 20 minutos. Aos poucos, jogando com só 1 volante e 3 atacantes que nunca marcaram, o time foi perdendo o meio-campo.

    A Lusa cresceu, empatou e quase virou.

    No segundo tempo a Lusa voltou dominando, até que Lucas na individualidade fez uma bela jogada, no rebote Cortês fez 2×1. Neste momento, isso foi postado aqui no Blog, Rogério Ceni pediu pelo amor de Deus para Ney tirar um atacante e colocar um volante, primeiro ou segundo, mas alguém que marcasse.

    Casemiro entrou no lugar do Osvaldo.

    Na cabine da Pan José Manoel de Barros me perguntou: E agora Fernando? Eu disse: “Agora a bola não chegará mais no Rogério, o time ficará mais equilibrado, com mais posse de bola e mais chances de levá-la até os atacantes. A tendência agora é ampliar”.

    O São Paulo parou de passar sufoco e fez 3×1 com Luis Fabiano.

    Ontem, na ausência de Luis Fabiano, Ney Franco tinha duas opções: WJ ou Cícero.

    No “Esporte em Discussão” da terça-feira a maioria escalou em WJ, outros Cícero. Era o óbvio, mas eu disse que Ney Franco surpreenderia, escalando Ademilson, símbolo do CT, ídolo do JJ. Não deu outra. Mineiro, Ney Franco adora ser político.

    O pênalti no Engenhão foi outro bom exemplo.

    Para quem não sabe, a decisão de “quem bate o pênalti no jogo” é tomada pelo treinador no vestiário, antes da partida. Deixar em aberto é fazer media. Discordo, técnico tem que ter personalidade e tomar a decisão.

    Ontem, achei mais uma decisão polîtica.

    Contra um time forte fisicamente, fechado e faltoso, a opção mais óbvia seria um atacante de área, finalizador, forte, alto, com as características do WJ. Mas, como o garoto está sendo muito vaiado no Morumbi, pressionado e atrapalhado pela torcida, como Kaká, Júlio Baptista, Jean, Paulo Miranda, Washington e tantos outros, Cícero seria uma opcão.

    Cícero não seria a opção ideal, claro, mas compreensível.

    Ademilson nunca. Velocidade em cima de defesa fechada não seria a melhor opção.

    É bater cabeça.

    A entrada de Douglas, outro jogador de velocidade, é congestionamento total.

    Ali, naquele momento faltava o passe, era Maicon ou Cícero.

    Calma, não estou fazendo críticas porque foi 0×0. Não avalio só resultado. O empate horroroso contra a LDU de Loja não é culpa do treinador. Longe disso. Contra aquela equipe não precisa de técnico. Aquele elenco tem obrigação de ganhar sem técnico.

    Faltou postura. Isso sim.

    O time achou que seria fácil, entrou de salto alto, deu mole, quando caiu na real não conseguiu jogar, estava inseguro. E o árbitro ajudou, deixando de marcar dois pênaltis no Paulo Miranda. Aliás, o primeiro ele marcou fora da área. Ridículo. Isso é Sul-Americana.

    Tudo isso influiu muito mais que o treinador.

    Portanto, mesmo que o jogo fosse 2×0, eu continuaria criticando as opções do treinador. Futebol nunca deve ser avaliado só pelo resultado. Quem gosta da parte tática e técnica não avalia só pelo resultado. É por isso que fiquei admirado com o Santástico do Dorival e o Corinthians do Tite mesmo após maus resultados no início da formação das equipes.

    Independente do resultado, Ademilson não era o cara para sair jogando contra uma defesa forte e fechada. Douglas idem. Poderia até ganhar, mas não me convenceria.

    Rogério Ceni pediu Cícero, Ney Franco colocou WJ.

    Independente do nome, isso é papo de boteco, a necessidade da referência na área era óbvia. Eu teria colocado os dois, bem antes. Aliás, começaria com WJ. Dane-se torcida.

    Rogério mais uma vez teve visão, pedindo a referência na área.

    Ney Franco demorou, tivesse colocado antes RC não teria gesticulado.

    Em relação ao nome, aí sim eu ficaria com WJ, como fez o Ney Franco.

    Mas isto porque eu já teria o Cícero, quando entrou Douglas.

    Nunca fui fã do WJ, dou risada quando o pessoal da Jovem Pan faz a brincadeira.

    Quando o garoto chegou no clube, o Rogério Assis disse que não precisava porque já tinha o Henrique. Eu disse que WJ era melhor que o Henrique. Ganhei a “aposta”. WJ aproveitou a contusão do Luis Fabiano, fez 11 gols em 12 jogos como titular no Paulista, marcou em 8 jogos, inclusive contra Santos e Palmeiras, e mesmo na reserva ainda é o segundo artilheiro do clube na temporada.

    Henrique sumiu. Dei muita risada com o canhão Rogério Assis.

    Aí, ele resolveu apelar e passou a me encher o saco dizendo que WJ era craque.

    WJ desaprendeu? Óbvio que não.

    WJ continua treinando bem e fazendo gols. Mas o garoto de Alagoas sentiu a pressão.

    Após uma partida, declarou que não estava nem aí com a torcida. Achei ótimo, torcida só atrapalha mesmo, mas a declaração criou o clima de guerra. Ele é culpado até no banco.

    Antes, batia pênalti em clássico, com confiança e personalidade, agora nem pensar.

    Com a volta de Luis Fabiano, WJ foi para o banco. Óbvio. Só tem entrado em roubada, joga poucos minutos, ou quando o time está mal e precisa de um gol salvador com fez contra o Bahia na Sul-Americana, ou quando o jogo já está resolvido e os companheiros tirando o pé. Nunca mais jogou 90 minutos. Nunca mais teve sequência de jogos.

    Tudo isso levou o garoto a viver uma péssima fase.

    Assim como Leão, Ney Franco, Milton Cruz, Gilmar Rinaldi e várias outros profissionais, vejo potencial no garoto. Todos os artilheiros, sem exceção, foram vaiados nesta idade.

    Deivid perdia gols incríveis no Flamengo, agora tem 6 gols em 7 jogos pelo Coritiba.

    Washington tem a sétima maior media de gols do clube.

    Fez 19 em 39 = 0,49.

    Artilheiro é isso aí.

    O contrato do WJ já não seria renovado. O passe não é do SPFC. Dissemos isso aqui.

    Sorte dele, o garoto precisa sair do Morumbi urgentemente.

    No final achei que a classificação no sufoco foi importante.

    Primeiro, fica esperto e aprende que toda competição é difícil.

    Segundo, Ney Franco pára de fazer media e assume logo sua posição de comandante.

    O Grêmio também passou sufoco, afinal, na prática, ganhar qualquer título é complicado.

  8. Alemão Says:

    Lina, olha esta.

    Jornalista acusa Baresi de fazer negociatas nas categorias de base do São Paulo
    25.10.12 – 08:45 em Noticia
    Por RICARDO LEITE*
    Tem coisas que acontecem nos bastidores do São Paulo que eu confesso, não entendo.
    E começo a pensar que há realmente outros interesses.
    Estou tentando um contato com o diretor de base do São Paulo, sr Marcos Tadeu, pra saber se a história é verídica…
    Um garoto de 18 anos… o Romário, o Inter foi buscar na casa dele.
    Com 13 anos anos ia pra seleção sub-15 de acordo com técnico do Inter.
    O rapaz estava em Porto Alegre. Treinando no Inter. Ia assinar contrato. Recebeu proposta do São Paulo. Voltou pra SP. Inter telefonou atrás.
    Inter mandou representante, etc. Mas o garoto preferiu o São Paulo. Foi destaque em todas categorias, como titular e goleador.
    Era titular com Zé Sérgio. Até que este teve que assumir o time da Copa SP e depois saiu. Romario acabou subindo ao SUB-20.
    Bastou Baresi assumir o time que começou a pegar no pé do rapaz nos treinos e não relacioná-lo para as partidas.
    Romario e mais alguns que eram titulares com Zé Sergio foram colocados de lado. O São Paulo passou a colecionar desclassificações vexatórias.
    Romario é deslocado para o Profi-B. Com Sergio Mota e outros. Num treino com profissionais na Barra Funda, marca golaços.
    A ponto de receber elogios dos titulares principais. Sem contar que na base, era o companheiro de Ademilson, elogiado por este.
    Conforme vídeos que já postei aqui, Romario marcou gols decisivos em finais contra Santos, Corinthians e Boca Juniors em vários torneiros.
    Não satisfeito, vendo que Romario mesmo assim chamava a atenção, Baresi começou a sequer relacioná-lo para os jogos, junto com outros…
    Então, o garoto começou a receber propostas de outros clubes, dentre eles, o próprio Internacional, Corinthians e a Ponte, do Zé Sérgio.
    Baresi afastou alguns garotos ligados ao Zé Sergio e começou a indicar misteriosamente alguns jogadores de base de outros clubes.
    O dia que consultarem a quem pertencem estes jogadores, as pessoas cairão de costas. Mas o Baresi indica e eles estão vindo…
    E vai arrumando vaga colocando de lado jogadores que estão na base há algum tempo, treinando duro, etc.
    Na Copa BH, que ele conseguiu outra eliminação vexatória na primeira fase, ele chegou a colocar um garoto “seu” de lateral improvisado.
    Como era jogo de TV (Sportv) ele estava ansioso pra mostrar alguns garotos. Sacou o lateral da posição e botou um do “meio” improvisado.
    Bom, todos sabem que além de outros torneios fomos eliminados na primeira fase da Copa BH faz 2 meses, com derrotas para times série D…
    Agora, tomou um passeio do Velo Clube de Rio Claro no paulista sub-20. Mas seus garotos continuam lá.
    Não satisfeito, sacou alguns garotos e botou os “seus” indicados prometendo classificar. Tomou até OLÉ do Coritiba. Lá no PR e aqui tb…
    E conseguiu outra desclassificação vexatória na primeira fase. Desta vez para o Coritiba na Copa do Brasil.
    Como alguns conselheiros andaram perguntando… Baresi resolveu apontar os culpados… e mandou uma lista com 5 nomes para o sr Geraldo…
    E adivinhe… pra justificar que está tomando providências contra as desclassificações… acaba de mandar excluir 5 jogadores dos treinos…
    Agora, na hora do almoço, terminado o treino da manhã, chamou o Romario de lado, mais 4 jogadores… e disse que deveria falar com Geraldo.
    E mandou para o Geraldo uma lista dizendo que aqueles jogadores não estavam rendendo o que ele esperava…
    Detalhe… ele culpou o Romario pelas desclassificações indiretamente… só que o jogador sequer foi relacionado por ele…
    Baresi estaria querendo trazer mais jogadores de fora… ao que tudo indica… e informou que os garotos deviam treinar separado…
    Agora pouco, quando tomei conhecimento, tentei contato com conselheiros pra entender. Se alguém conhecer o senhor Marcos Tadeu, avise-o.
    Pois o Corinthians até hoje lamenta ter perdido Lucas. Que treinava de lado e um dia o pai dele foi pedir um lanche ao jogador e não deram.
    Romario não é Lucas. Não é Messi. É mais um garoto da base. Com propostas de outros clubes. Tem contrato com o São Paulo.
    Agora… Baresi teria alegado ao sr. Geraldo que estes jogadores não estavam querendo treinar. Mas ele esqueceu de um detalhe…
    Romario por exemplo está na base desde os 13 anos, sendo destaque e titular em todas categorias. Só agora alguém acha que não quer treinar?
    Veja que o Baresi não pode alegar que o Romario não tem categoria ou futebol pois sabe que seria desmentido por várias pessoas de Cotia.
    Então, ele apareceu com esta de que os jogadores não dão duro nos treinos. Entre eles o Romario. Que ele sequer relaciona para os jogos.
    Se o Baresi estivesse ganhando jogos, revelando jogadores sensacionais, títulos… eu entenderia que ele é exigente. Mas é isso que ocorre?
    *RICARDO LEITE é jornalista e torcedor do São Paulo
    http://saopaulofc.com.br/11707/noticias/jornalista-acusa-baresi-de-fazer-negociatas-nas-categorias-de-base-do-sao-paulo/

    http://spfc.terra.com.br/forum2.asp?nID=158341

  9. luchetta Says:

    Grande Lina, tudo tranquilo?!?
    O 2º tempo de ontem foi horroroso, mas não achei o 1º tão ruim assim.
    Os caras vieram com uma retranca danada, dando ‘butinada’ e cotovelada em toda jogada com a permissão daquela coisa que antigamente se vestia de preto.
    Foram 3 penaltes claríssimos no primeiro tempo. O terceiro foi bizarro, uma vez que ele correu para a marca do penalte e depois voltou atrás.
    Se tivesse marcado ao menos aquele no Edmilson, tenho certeza que o jogo teria sido diferente.
    Outra coisa: é muito mais difícil enfrentar quem não sabe jogar bola.
    Abraço,

  10. Tri-Mundial Says:

    O Ney Franco se perde porque ele é teimoso e quer fazer política com o Juvenal.
    Custava colocar o Cícero desde o começo do jogo ?

  11. Marcelo Abdul Says:

    O juiz roubou a cena? Esse paraguaio roubou o jogo isso sim. ô arbitro ruim.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: