Coritiba 1×1 São Paulo

Após a cansativa viagem para Loja (EQU) para a disputa da Sul-Americana, o São Paulo voltou a campo pelo Brasileirão neste domingo. Contra o Coritiba, fora de casa, a equipe foi prejudicada por um pênalti questionável, que resultou no gol dos rivais, e teve Rhodolfo expulso no segundo tempo. Mas mesmo assim, voltou para São Paulo com um ponto: 1 a 1, gol marcado por Osvaldo.

VEJA A FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

MENOS POSSE, MAIS CHANCES

Como já havia anunciado, Ney Franco optou por uma escalação muito parecida com a do jogo contra a LDU de loja. A única mudança era inevitável no meio-campo, já que Denilson e Wellington, suspensos, não poderiam entrar em campo. Dessa forma, Ney Franco optou por escalar Paulo Assunção na vaga, mantendo o esquema com três atacantes.

Na primeira etapa, o Coritiba teve mais posse de bola. Porém, Rogério Ceni mal trabalhou. Já o goleiro Vanderlei teve muito mais sustos, causados principalmente por Lucas.

A primeira chance de perigo veio apenas com 13 minutos, mas assustou o goleiro Vanderlei. Lucas partiu em velocidade pela direita e chutou cruzado, tirando tinta da trave direita do Coritiba. Lucas apareceu novamente aos 21 minutos, driblando dois zagueiros e chutando, mas a bola foi desviada em escanteio.

ERRO DE ARBITRAGEM, EXPULSÃO E SUPERAÇÃO

Ney Franco optou por não mudar a equipe na volta do intervalo, mas já aos sete minutos vieram as primeiras modificações. Paulo Assunção e Ademilson deixaram o jogo para as entradas de Douglas e Casemiro.

Aos 13 minutos o árbitro marcou um pênalti inexistente de Rhodolfo em Rafinha, mas o são-paulino sequer encostou no rival. Na cobrança, Ewerton Ribeiro bateu no canto, e abriu o placar para o time da casa.

O Tricolor levantou a cabeça, e aos 21 minutos respondeu com perigo. Osvaldo chutou forte da direita, mas o goleiro Vanderlei conseguiu segurar. Dez minutos depois, Lucas, mais uma vez, quase empatou o jogo, agora com um chute de fora da área. A bola bateu no chão e ficou difícil, mas o goleiro conseguiu desviar.

Entretanto, um minuto depois, mais um duro golpe para o Tricolor. Rhodolfo fez falta e o árbitro deu o segundo cartão amarelo para o jogador, deixando o São Paulo com um jogador a menos. Em seguida, Ney Franco colocou Cícero em campo na vaga de Jadson.

E o poder de reação são-paulino apareceu! Aos 39 minutos, Lucas fez a jogada, tocou para Osvaldo e o atacante finalizou no canto direito do goleiro Vanderlei, empatando a partida e fazendo o quarto gol dele nos últimos quatro jogos! Ponto importante conquistado pelo São Paulo, que se mantém na quinta colocação do Campeonato, a quatro pontos do Vasco, último colocado do G4!

REAPRESENTAÇÃO

A segunda-feira será de descanso para os são-paulino, já que o Tricolor volta a campo apenas no próximo sábado, contra o Palmeiras. O time volta a treinar na terça-feira, às 15h30, no CT da Barra Funda. O clássico acontece no Morumbi, às 18h30, e é válido pelo Campeonato Brasileiro.

Via Site Oficial

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 1 X 1 SÃO PAULO

Local:  Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 30 de setembro de 2012, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez.
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises e Wagner de Almeida Santos.
Cartões amarelos: Rafinha e Éverton Ribeiro (Coritiba); Rafael Tolói, Ademílson, Rhodolfo e Rogério Ceni (São Paulo)
Cartão vermelho: Rhodolfo (São Paulo)
Gols: CORITIBA: Éverton Ribeiro, aos 14 minutos do segundo tempo; SÃO PAULO: Osvaldo, aos 39 minutos do segundo tempo

CORITIBA: Vanderlei, Victor Ferraz (Robinho), Demerson, Escudero e Eltinho; Willian, Gil, Lincoln (Ruidiaz) e Rafinha; Éverton Ribeiro e Roberto (Anderson Aquino) Técnico: Marquinhos Santos

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda (Douglas), Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Paulo Assunção (Casemiro), Maicon e Jadson (Cícero); Lucas, Osvaldo e Ademilson Técnico: Ney Franco

Via Gazeta Esportiva

Melhores Momentos

Relacionados

Bastidores de Coritiba 1 x 1 São Paulo

Ney Franco valoriza ponto somado ”diante das circunstâncias”

Rogério: ”Esse time tem vontade de vencer”

São-paulinos lamentam critério da arbitragem no Couto Pereira

Clube homenageia Hebe Camargo no Couto Pereira

Em 2004, Tricolor venceu no Couto Pereira e assumiu 1º lugar

***(*) ******(*)

Próxima Partida: São Paulo x Fasci-me-rir,  Brasileirão 2012,  Morumbi, São Paulo, sábado, dia 06.10 às 18h30.

Anúncios

16 Respostas to “Coritiba 1×1 São Paulo”

  1. Edu Tricolor Says:

    Abandonou mesmo o blog em Lina ?

    O jogo foi horrível. Uma das piores partidas do São Paulo desde a chegada do Ney Franco.

    Lina: As vezes não dá tempo cara, mas vamos em frente.

  2. Guedes Says:

    Lina, será que o Ney Franco é o nome ideal para o São Paulo ?
    O time é uma bagunça só dentro de campo.
    Ontem estava na melhor avaliação, horrível.

    Lina: Eu achava que era, pode ser que seja. O cara foi campeão mundial sub20. Eu queria mesmo o Felipão, e acho que G4 é difícil…

  3. Renato Soares Says:

    O São Paulo jogou mal, estava desfalcado de Wellington e Denilson além do Luis Fabiano, então não dá pra culpar o técnico.
    Calma ai pessoal.

  4. Tri-Mundial Says:

    A explicação para o empate com o time do Equador e agora contra o Coritiba, foi a viagem desgastante.
    Agora os caras vão ter a semana inteira para treinar e encarar as porcas que estão quase rebaixadas.
    Não vai ter desculpa.

  5. Felipe 6-3-3 Says:

    Falando francamente vai.
    Este time ai engana alguém ?
    Rhodolfo, Cortez, Maicon, Cícero, Paulo Assunção, Jadson, Paulo Miranda e Ney Franco.
    NENHUM DELES MERECE VESTIR A CAMISA DO SÃO PAULO !
    Tomanocú porra !
    O Coritiba está brigando pra não cair !
    O Ganso vai resolver tudo ?
    Vão se empolgando pra ver.

  6. Jorge Tri-Hexa Says:

    É dose assistir jogos do São Paulo.
    É cansativo.

  7. Henrique Soberano Says:

    O Ney Franco quer jogar com 3 atacantes, tudo bem.
    Precisa explicar para os cabeças de bagre como se posicionar em campo.
    Medíocre a apresentação do São Paulo neste jogo.
    Nem parecia um time, mas um bando.

  8. Marcos Tri Says:

    Tudo bem, o time jogou mal, e o juizão ajudou bem né ?
    O Rhodolfo nem encostou no Rafinha.

  9. Luiz Ferreira Says:

    Se apenas jogando bola é complicado chegar no G4, imagina jogar contra arbitragens desastrosas como foi a de domingo ?

  10. Alemão Says:

    Jogar com o Coritiba no Paraná não é fácil com o time completo, imagina agora com o time desfalcado e com um juiz fraco.
    Acho que o pessoal aqui tá cobrando demais sem a pensar direito no assunto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: