Santos 0x0 São Paulo

O São Paulo bem que criou chances de gol, obrigou Rafael a fazer boas defesas, mas não conseguiu colocar a bola no fundo da rede na Vila Belmiro. Na tarde deste domingo, Tricolor e Santos empataram em 0 a 0, pelo Campeonato Brasileiro.

Com a igualdade, o time são-paulino chegou a 36 pontos e completou três jogos sem vencer no Brasileiro – uma derrota e dois empates. Com o desempenho, o Tricolor segue um pouco afastado do G4 do Brasileiro, mas diminuiu a distância para três pontos, já que o Vasco perdeu na rodada.

VEJA A FICHA TÉCNICA DO EMPATE

CHANCES CRIADAS

O técnico Ney Franco começou o clássico na Vila Belmiro com novidades. O treinador retornou ao esquema com três zagueiros com a entrada de Paulo Miranda. Além disso, o volante Casemiro foi escalado no meio de campo, enquanto Paulo Assunção ficou como opção no banco de reservas.

Mesmo com mais posse de bola, o Tricolor viu o Santos chegar com perigo. Nos primeiros minutos de jogo, Gérson Magrão arriscou de fora da área e assustou Rogério Ceni. O São Paulo respondeu com Luis Fabiano, em duas boas oportunidades, as melhores da equipe na etapa inicial.

Na primeira chance, Fabuloso pegou rebote da zaga e, antes de a bola pingar no chão, ele emendou um belo chute, que Rafael defendeu. Na sequência, o camisa 9 recebeu passe de Jadson, driblou o goleiro santista, mas ficou sem ângulo para o chute e tocou para fora.

EMPATE SEM GOLS

No início do segundo tempo, o Tricolor chegou novamente com perigo, outra vez com Luis Fabiano. Casemiro arrancou com a bola e tocou para o camisa 9, que tentou o chute de esquerda. Fabuloso seguiu incomodando e teve outra boa chance, desta vez de cabeça. Aos 16 minutos, Bruno Peres por muito pouco não marcou para o Santos.

Aos 18, Ney Franco colocou Ademilson no lugar de Rhodolfo, que deixou o campo com dores musculares. O Tricolor seguiu melhor e chegou mais ao ataque. Porém, o último toque não estava sendo dos melhores. Jadson, por exemplo, esteve duas vezes em condições para marcar, mas não fez.

Aos 38 minutos, Denilson recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso de campo. Com um a menos, Ney Franco colocou Wellington no lugar de Jadson. As equipes buscaram o gol até o último minuto, mas o clássico terminou sem gols neste domingo.

REAPRESENTAÇÃO

O elenco são-paulino se reapresentará na tarde desta segunda-feira, no CT da Barra Funda. Na próxima quarta-feira, o Tricolor enfrentará o Atlético-MG fora de casa, pelo Brasileiro. No primeiro turno, os paulistas venceram no Morumbi com gol do atacante Luis Fabiano.

Via Site Oficial

FICHA TÉCNICA
SANTOS 0 X 0 SÃO PAULO

Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 9 de setembro de 2012 (domingo)
Horário:  16h (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Assistentes: Márcio Luiz Augusto e Anderson Moraes Coelho (ambos de SP)
Cartões amarelos: Felipe Anderson (Santos); Denilson e Cícero (São Paulo) Cartão vermelho: Denilson (São Paulo)

SANTOS: Rafael; Bruno Peres, David Braz, Durval e Léo; Éwerthon Páscoa, Adriano (João Pedro), Gerson Magrão (Bernardo) e Felipe Anderson; Patito Rodríguez (Victor Andrade) e André Técnico: Muricy Ramalho

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi e Rhodolfo (Ademilson); Douglas, Casemiro, Denilson, Jadson (Wellington) e Cortez; Osvaldo (Cícero) e Luis Fabiano Técnico: Ney Franco

Via Gazeta Esportiva

Melhores Momentos

Relacionados

Para são-paulinos, Tricolor foi superior e merecia vencer na Vila

Ney Franco: “Perdemos a chance de vencer”

Rogério Ceni: “Vitória seria o placar mais justo”

Bastidores de Santos 0 x 0 São Paulo

***(*) ******(*)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: