Atlético-GO 4×3 São Paulo

Foram dois tempos bem distintos. No primeiro, um São Paulo irreconhecível que tomou quatro gols em 45 minutos. No segundo tempo, uma reação tardia que custou a derrota para o Atlético-GO por 4 a 3, na noite desta quarta-feira, no Serra Dourada, pelo Campeonato Brasileiro.

Com o revés, o Tricolor Paulista ficou com 19 pontos e viu seus adversários acima da tabela pontuarem. Em campo, o Atlético-GO começou melhor e abriu 3 a 0 no placar. Ademilson marcaria no fim do primeiro tempo, mas os goianos ainda fariam o quarto antes do intervalo.

Após conversa com Ney Franco no intervalo, além das mudanças táticas do treinador, o São Paulo ensaiou uma reação na segunda etapa e diminuiu para 4 a 3. A equipe seguiu pressionando em busca do empate, mas já era tarde. Derrota que freou a reação do Tricolor dentro do Brasileiro.

TEMPO PARA ESQUECER

O São Paulo entrou em campo com a mesma equipe que venceu o Figueirense. A única mudança foi Edson Silva no lugar de João Filipe, suspenso. Mas não deu nada certo no primeiro tempo para o Tricolor. Logo aos 16 minutos, Marino aproveitou cruzamento da esquerda e abriu o placar para o Atlético-GO.

Na tentativa do empate, os são-paulinos viram o árbitro dar um pênalti inexistente aos 25 minutos. O goleiro Márcio bateu com segurança e ampliou. O que parecia ruim para a equipe paulista, ficou ainda pior com o gol do atacante Patric, aos 30 minutos da etapa inicial.

Depois de uma boa troca de passes na entrada da área, Ademilson teve tranquilidade para receber dentro da área, tirar o zagueiro e bater de esquerda. O gol parecia ser o início da reação. Só parecia. Dois minutos depois, Wesley apareceu sozinho na frente de Denis e aumentou para 4 a 1, antes do intervalo.

FALTOU UM

Na volta do intervalo, Ney Franco mudou em dose dupla. Rodrigo Caio e Casemiro entraram nos lugares de Douglas e Edson Silva, respectivamente. Aos três minutos, Casemiro fez boa jogada pela direita e foi derrubado dentro da área. Pênalti. Na cobrança, Jadson fez o segundo do Tricolor na partida.

Casemiro apareceria minutos depois em jogada feita por Rodrigo Caio pela direita. O camisa 28, por muito pouco, não fez de cabeça. Enquanto isso, Rafael Toloi se arriscou ao ataque e soltou um petardo de fora da área, aos 17, para colocar o São Paulo ainda mais no jogo. Neste momento, 4 a 3 para o Atlético.

Embalado com o terceiro gol, o Tricolor seguiu com mais posse de bola, mas faltava encaixar um bom ataque. Jadson, com um chute de longe, e Rodrigo Caio, de cabeça, foram os que chegaram mais próximos do quarto gol. Mas não era dia do São Paulo. Derrota em Goiânia.

REAPRESENTAÇÃO

O elenco são-paulino retorna para a capital paulista nesta quinta-feira. Às 15h30, Ney Franco já comandará um treino no CT da Barra Funda. No próximo domingo, o São Paulo receberá o Flamengo, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro. João Filipe, suspenso em Goiânia, retorna ao time.

Via Site Oficial

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-GO 4 X 3 SÃO PAULO

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 25 de julho de 2012, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Público: 6.256 pagantes
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Assistentes: Márcio Eustaquio Santiago (MG) e Marrubson Melo Freitas (DF)
Cartões amarelos: Eron (Atlético-GO); Douglas, Ademilson, Casemiro e Rafael Toloi (São Paulo)

Gols: ATLÉTICO-GO: Marino, aos 16, Márcio (pênalti), aos 25, Patric, aos 30, e Wesley, aos 43 minutos do primeiro tempo – SÃO PAULO: Ademilson, aos 41 minutos do primeiro tempo; Jadson (pênalti), aos quatro, e Rafael Toloi, aos 17 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-GO: Márcio; Marcos, Reniê, Gabriel e Eron; Marino (Dodó), Ernandes, Joilson e Wesley; Patric (Diogo Campos) e Ricardo Bueno (Gustavo) Técnico: Jairo Araújo

SÃO PAULO: Denis; Rhodolfo, Rafael Toloi (Rafinha) e Edson Silva (Casemiro); Douglas (Rodrigo Caio), Denilson, Maicon, Jadson e Cortez; Ademilson e Willian José Técnico: Ney Franco

Via Gazeta Esportiva

Melhores Momentos

Relacionados

Bastidores de Atlético-GO 4 x 3 São Paulo

Ney Franco: “Quem quer entrar no G4 não pode oscilar”

Rhodolfo: “Temos de ter a consciência que erramos muito”

Após golaço, Toloi acredita em reação no Morumbi

Denis enaltece reação, mas lamenta primeiro tempo em Goiânia

***(*) ******(*)

Próxima Partida: São Paulo x Flamengo,  Brasileirão 2012,  Morumbi, São Paulo, domingo, 29.07 às 16h00.

Anúncios

11 Respostas to “Atlético-GO 4×3 São Paulo”

  1. ROBERTO DIAS 1935 Says:

    TIME SER VERGONHA, DIRETORIA E PRESIDÊNCIA FRACASSADA, JOGADORES E COMISSÃO TÉCNICA MEDÍOCRES. ENQUANTO A DITADURA DO ENCOLHE DO LIDER SUPREMO DO BLOCO DO FRACASSO JUVENAL JUVENCIO PREVALECER NO MORUMBI A TORCIDA DO SPFC CONTINUARA VENDO O CLUBE MAIS VENCEDOR DO BRASIL SE TORNAR PEQUENO, MEDIOCRE E FRACASSADO, VESTIMOS DE VEZ A CARAPUÇA DA VERGONHA PELA SUBMISSÃO DE MANTER ESTÁ ESCÓRIA PARASITA DAS GLORIAS QUE NÃO CONQUISTARAM NO COMANDO DO CLUBE.
    SAUDADES E MUITO RESPEITO AO DR. MARCELO PORTUGAL GOUVEA, UM SÃO PAULINO QUE AMAVA O CLUBE E NÃO O PODER, O SR.PLANEJAMENTO DO SPFC, ESTE SIM FEZ DO TIME DO SPFC O SOBERANO.JUVENAL E SUA ESCÓRIA ESTÁ FAZENDO DO SOBERANO UM PROVINCIANO TAL QUAL A SUA ATITUDE E IMAGEM.

  2. Fausto Mello Says:

    Ta feia a coisa heim Lina. Quando penso que vai melhorar voltamos a estaca zero. Nunca vi um time tão covarde como esse , olha que ja vi muito jogador ruim vestindo a camisa do SP. Quem sabe com a volta do Ceni,Wellington e Fabuloso melhore alguma coisa. Uma coisa boa pelo menos e esse Ademilson o muleke é bom sabe das coisas. Abraço

  3. Felipe 6-3-3 Says:

    Assim tá foda, não dá pra entender este time.

  4. Goiano Tri-Hexa Says:

    Eu já dava como mais 3 pontinhos na conta do São Paulo.
    Quem é o culpado por isso ?
    Jogadores, técnico, diretoria ?

    • Clóvis Says:

      Amigo Goiano, acho que a culpa é quase que totalmente dos jogadores, com o Ney Franco acho que devemos esperar mais um pouco para podermos julgá-lo.

      Agora francamente o Dênis é fraco hein? Puta goleiro inseguro…

      abraço

    • SPFC 1935 Says:

      Nem pensar em culpar o técnico, o cara acabou de chegar e mesmo que tivesse há tempos no clube, é hora de parar de trocar treinador, chega.
      Deixa o Ney Franco em paz, quem perdeu o jogo foram os jogadores.

  5. Edu Tricolor Says:

    O Ney Franco está puto com a arbitragem.
    Aquele penalti foi esquisito.

  6. SPFC Tri-Mundial Says:

    Que vexame.

  7. Rafael Toloi Says:

  8. SPFC 1935 Says:

    Que fase.
    Inexplicável.

  9. Jorge Tri-Hexa Says:

    Time sem vergonha !
    FORA JUVENAL !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: