Heraldo e Seu Ritual

Morumbi, quarta-feira, 16.05.2012, por volta de 22h00, 18ºC.

Tá ai o Heraldo, como sempre, marcando presença no jogo entre São Paulo e Goiás.

Em um estádio que comporta 65 mil torcedores, havia 21.300 em uma disputa que pode levar o São Paulo pra semi-final do torneio mais importante do semestre.

E os outros ?

-Mas estava frio Lina.

Crédito da imagem: Bruno Quaresma.

***(*) ******(*)

Anúncios

11 Respostas to “Heraldo e Seu Ritual”

  1. Guedes Says:

    Mas 21 mil torcedores em uma quarta-feira a noite não é um público fraco.
    Concordo que o estádio poderia ter mais gente, mas dadas as circustâncias, acho que o torcedor prestigiou.

    Lina: Pode ser.

    • Paulo Says:

      cara, 21 mil em uma quarta-feira onde o jogo acaba meia noite, uma quarta fria e infelizmente um estádio de dificil acesso. Não tem metro, trem e linha de onibus praticamente acaba depois das 0h. Se o jogo fosse no pacaembu eram 40 mil pois tem o acesso facil. Temos que elogiar, não ta facil não, fui contra a ponte, apanhei da policia, entrei aos 28 do primeiro tempo e para ir embora foi foda.

      Lina: O acesso sempre foi complicado lá. Mas apanhou da polícia ? Que história é essa ?

  2. Barman Says:

    Este é o calcanhar de Aquiles do maior clube das Américas.

    Lina: É cultural, mas precisa mudar.

  3. Jorge Tri-Hexa Says:

    Acredito que isto vai mudar quando o metrô e o VLT estiverem prontos.
    Acho que até por causa disso, o inimigo do Morumbi, aquele velho gagá, luta contra a construção do VLT.
    Como ele está a mando de alguém, eles sabem que o público no Morumbi vai melhorar muito.
    Mas como disseram ai em cima, 21000 não é um público ruim.

    Lina: Já pensou quando todas essas facilidades estiverem disponíveis ? Cara, vai ser imperdoável não encher todo jogo.

  4. Edu Tricolor Says:

    Lina, sugestão de post.
    Escreve sobre a importância do torcedor no fechamento de patrocínio master, do impacto que a sua presença no estádio tem sobre as finanças do clube e consequentemente do time, afinal venda de ingresso é dinheiro pra fazer um time mais forte e etc.
    Venda de camisas, venda de produtos oficiais e outros.
    É tudo muito óbvio mas não me lembro de alguém ter falado a respeito.

    Lina: Obrigado pela sugestão Edu, vale um post esse tema sim. Abrassss

  5. Renato Soares Says:

    Linão, eu vou quando posso.
    Não estive na quarta, mas estive contra a Ponte.
    Mas concordo com você que pela importância do jogo, pelo menos 35 a 40 mil deveriam estar presentes.
    Abraços

    Lina: Não é ?

  6. Tri-Mundial Says:

    Vai chapar na semi e na final da copa do Brasil se a gente chegar.

    Lina: É o mínimo.

  7. Helder Says:

    Heraldo é um EXEMPLO.

    Lina: É emocionante ver esse cara no Morumbi.

  8. Marcelo Abdul Says:

    Só quem vai ao Morumbi para saber as enormes dificuldades de se locomover até lá. Estacionamentos e flanelinhas criminosos que pedem 50 reais para não riscar o seu carro, filas em ingressos pagos na internet que esperam horas e ainda apanham da polícia, Transporte deficitário pós meia-noite. Torcedor é apaixonado mas não é besta. 21.000 pessoas? Depois da palhaçada dos ingressos da Zecks no jogo contra a Ponte foi muito. Fica o alerta pra diretoria tratar o torcedor como gente e não gado. Se continuar com essa merda nem na final enche.

    Lina: Concordo. E teve torcedor que apanhou da polícia no jogo contra a Ponte. Mas o lance dos flanelinhas é problema da polícia. Quem sabe tudo melhora com o tal VLT e metrô por perto…

  9. Sãopaulino Says:

    Lina, se o dep de marketing do SPFC enxergasse um pouquinho, torcedores abnegados como esse teriam o devido valor no morumbi.

    Esse cara mora aqui no ABCD Paulista – e parece que vai em todos os jogos do tricolor no morumbi. Antes do setor térreo azul passar por reformas assisti à varios jogos naquele setor e sempre o via. Detalhe: NUNCA vaia o time, incentiva o tempo todo independente do resultado.

    Esse cara é meu ídolo. Não faz parte e nem utiliza nenhum adereço de facções uniformizadas, leva as cores do tricolor na pele.

    Em 2006 tirei uma foto de minha filha (7 anos) ao seu lado, estou tentando colar aqui mas não consigo.(como faço?). Depois passei a utilizar o setor visa (cadeiras vermelhas) e não o vi mais.

    Abraço.

    Lina: Se a foto estiver na internet, vc só precisa linkar ela aqui, se não estiver me manda por email que eu coloco no teu comentário. Mas vc tem a mesma dúvida que eu, porque eu já me questionei várias vezes se o Heraldo tem algum tipo de tratamento diferenciado no estádio, se não tem, deveria. Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: