A Blitzkrieg Tricolor na Era Leão

Por Ricardo Flaitt (MTb 40.939)

O primeiro tempo de São Paulo versus Santos serviu para findar qualquer questionamento das arquibancadas sobre o trabalho que a diretoria e Émerson Leão vem implantando, gradativamente, no Morumbi para a temporada 2012.

A diretoria mandou embora quem não estava comprometido, trouxe reforços de alto nível, manteve Leão no cargo e deu tempo para que um novo ciclo se formasse.

E o resultado desse trabalho começou a aparecer no segundo tempo da partida entre SPFC versus Portuguesa e, com mais intensidade, na extraordinária partida frente ao Santos, atual campeão paulista e da Libertadores.

No San-São a equipe foi uma mescla de garra, determinação, comprometimento conciliados à técnica, padrão/postura tática definida e ofensividade.

A BLITZKRIEG LEONINA

Blitzkrieg (termo alemão para guerra-relâmpago) foi uma doutrina militar em nível operacional que consistia em utilizar forças móveis em ataques rápidos e de surpresa, com o intuito de evitar que as forças inimigas tivessem tempo de organizar a defesa. Seus três elementos essenciais eram a o efeito surpresa, a rapidez da manobra e a força no ataque, e seus objetivos principais eram: a contenção do inimigo e a desorganização de suas forças (paralisando seus centros de controle).

Considerando os gramados como um campo de batalha, Leão implantou uma verdadeira blitzkrieg contra o Santos. Sufocou a equipe da Vila desde a saída de bola. Todos jogadores tinham função tática definida e marcavam sem proporcionar espaços.

O São Paulo com alma tanto deu certo que logo aos 8 minutos abria o placar com Casemiro chegando de trás. E a verdade é que o São Paulo poderia ter encerrado o primeiro tempo vencendo tranquilamente por uns quatro gols.

Vale lembrar que muitos jornalistas esportivos chegaram a zombar da diretoria Tricolor diante da contratação de Émerson Leão. Referiam-se a Leão como “o ex-técnico” e até mesmo com a frase “resgataram um técnico que estava aposentado”.

Outros afirmaram que Leão não entende de tática e está ultrapassado. Agora, fica a pergunta: o que Leão fez com a equipe do também consagrado Muricy não foi um “nó tático”?

Mas Leão mostrou (e vem mostrando) que não é à toa que levou o Sport Recife ao título nacional de 1987, conquistou o Brasileirão 2002 com uma equipe de garotos geniais, e chegou a comandar a Seleção Brasileira.

Leão foi fritado na Seleção, mas no curto período em que ficou tentou implantar um futebol bailarino.

Na verdade, futebol bailarino significa futebol arte, dos tempos passados (e não ultrapassados) quando Leão conviveu com grandes gênios da bola como Rivelino, Ademir da Guia, etc…

Muitos não enxergam (ou não querem enxergar), mas fato é que Leão arma equipes com forte marcação, de garra, mas também sempre privilegia o futebol jogado de forma vistosa, pra frente, ofensivo e objetivo.

O São Paulo 2012 só perdeu uma partida. Com Leão e os novos jogadores o SPFC não é mais aquela baba do ano passado…

Ricardo Flaitt é jornalista e historiador.
Colunista do site www.tricolorpaulista.net
Facebook: Ricardo Flaitt
Twitter: @ricardo_flaitt

***(*) ******(*)

Anúncios

10 Respostas to “A Blitzkrieg Tricolor na Era Leão”

  1. Finorio Says:

    Até os 30 minutos de jogo, o Santos não deu um chute a gol.
    O São Paulo foi espetacular no primeiro tempo Lina.
    Este é um daqueles jogos históricos.

    Lina: Concordo. O primeiro tempo foi mágico. Jogaço mesmo.

  2. Franklin Says:

    O Leão matou o Santos.
    A melhor partida do São Paulo em muitos anos.
    Acho que o último jogo que assisti com essa vontade, foi naquele 3×3 contra o Internacional no Beira Rio em 2006.
    Na volta, no aeroporto, apesar da desclassificação, o São Paulo foi recebido com coros de time de guerreiros.

    Lina: Nó tático do ultrapassado Muricy no tão badalado “espetáculo é no teatro”. Chupa !

    • Helder Says:

      Leão entende muito de futebol, quem não reconhece ou é burro ou tem problemas pessoais com ele.

      Lina: Verdade. E como ele distribui porrada na imprensa, ou pelo menos fazia isso antigamente, ele tem vários desafetos por ai.

  3. Felipe 6-3-3 Says:

    Gostei da análise deste cara.
    Concordo com ele.

    Lina: Também gostei.

  4. José Roberto Says:

    Logo que o Leão foi contratado comentei aqui no Blog que as cisas mudariam dentro de campo porque os times treinados por ele sempre fizeram marcação forte, lembro daquele time de 2005 que pegava o adversário ainda no seu campo de defesa, tá certo que tinhamos Josué e Mineiro, dois carrapatos, mas vejam o que jogou o Rodrigo Caio, enquanto esteve em campo o neymar não viu a cor da bola, todos marcaram muito bem em pelo menos duas oportunidades quase tomamos a bola do goleiro santista que teve que dar chutão para a frente em bolas recuadas pelos zagueiros santistas que sem outra alternativa davam para o goleiro.
    Lembro do Leão com a camisa do Palmeiras, nunca admitiu perder sem luta.

    Lina: Me lembro. Eu também defendi a contratação. É realmente um bom técnico, bom caráter e conhece.

  5. José Roberto Says:

    Lina.
    Essa é muito legal.
    Nosso patriocinador ( Lenovo Computadores ) o das Galinhas ( De novo sem libertadores)

    Lina: KKKKKKKKKKKKKKKKKK. Malluuucccoooo !

  6. Helder Says:

    Ultrapassada é nossa mídia esportiva “moderninha”.

    Lina: Verdade.

  7. Adonis Says:

    Alguém aí da irmandade tricolor pode votar na minha enquete sobre clubes europeus?
    http://fenixdefogo.wordpress.com/2012/03/17/para-que-time-europeu-vc-torce-3/
    Gosto de fazer enquetes, mas não sei como divulgá-las.
    Obrigado.

    Lina: Valew !

  8. Luiz Ferreira Says:

    E foi exatamente isto.
    O São Paulo impôs uma blitz no Santos, que não viu a cor da bola no primeiro tempo.

    Lina: O chamado vareio de bola.

  9. Hexa Único Says:

    Muito bom artigo.
    É quase um resumo dos melhores momentos da carreira do Leão.
    Ótimo treinador um tanto quanto incompreendido.

    Lina: Concordo. É que ele é temperamental, e as pessoas assim sofrem na vida viu ? rsrsrsrs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: