O Livro do Juca

Confessar o pecado mitiga ou elimina o pecado?

Essa dúvida me ocorreu depois de ler, no iPad, a coluna de Juca Kfouri na Folha. Juca louvou um livro de luxo que celebra o Corinthians, uma extravagância futebolística e literária de 35 quilos. Entre parênteses, ele disse que iria ganhá-lo de presente.

Preço do livro: 6 000 reais.

Há no jornalismo esportivo uma certa complacência em relação a brindes. Em programas como “Bem Amigos”, do Sportv, é comum os participantes mostrarem, sem pudor, presentes recebidos ao vivo, a começar por camisas dos times. Sorriem como se tivessem acabado de fazer um gol, ou como se fossem gente humilde a quem é dada alguma coisa que jamais poderia ser comprada.

Mas Juca é, ou deveria ser, um caso à parte.

Ele se comporta como um Catão do futebol brasileiro, um caçador infatigável de cartolas maldosos e corruptos. Se Ricardo Teixeira recebe presentes caros, está errado. Mas Juca pode receber presentes caros, e tudo bem. O rigor que ele aplica para os outros não serve para ele mesmo.

Tentei, na Editora Globo, estabelecer uma política de brindes que governasse os jornalistas. Não havia nenhuma regra quando cheguei lá, em 2006. Fiquei particularmente irritado quando o diretor da revista Época Negócios, Nelson Blecher, foi a uma boca livre pseudoempresarial e de lá voltou com uma dezena de brindes. Por incrível que pareça, este episódio acabou se virando contra mim. (Mal eu deixei a Editora Globo, Blecher foi a uma nova edição da mesma boca-livre, desta vez na companhia do diretor geral Frederic Kachar. Foi uma mamata internacional: o local do encontro foi Portugal.)

Minha intenção era, basicamente, reproduzir na Globo o que a Editora Abril faz: um teto de uns 200 reais no valor dos brindes.

O livro de Juca é 30 vezes acima desse teto.

Não sei se as escolas de jornalismo ensinam ética jornalística. Deveriam. O caso de Juca e seu livro de 6 000 reais e 35 quilos daria uma excelente discussão entre os alunos.

Via Diário do Centro do Mundo

Relacionados

Começa o segundo século

***(*) ******(*)

Anúncios

10 Respostas to “O Livro do Juca”

  1. Guedes Says:

    Pimenta nos olhos dos outros é refresco.

    Lina: Naum é ?

  2. Papito Says:

    No mínimo interessante.

    Lina: Eu achei.

  3. Marcelo Abdul Says:

    Lina. Se lembra do caso da coletiva de lançamento do novo cd da Maria Rita em que os jornalistaa ganharam um Ipod? Esse lance de brindes está institucionalizado no jornalismo. Já vi muitos releases de empresas aparecerem em jornais e revistas como matérias. Uma vergonha. Quanto ao Juca Kfoura dois pesos e duas medidas. Critica quem recebe e não diz nada quanto ganha.

    Agora vamos falar a verdade. 6 mil reais num livro? Depois é são paulino que é burguês. Ah tá.

    Lina: Naum lembro cara. Mas se rolou brinde é estranho…

  4. Henrique Soberano Says:

    Sinceramente, não tem nada demais ganhar brindes.
    O problema é achar-se imputável quando os outros são culpados pela mesma coisa.
    Como o caso do gandula, que é algo que todo mundo faz, mas como foi no São Paulo vira novela.

    Lina: Esse é o problema.

  5. Marcos Tri Says:

    Você desce o pau na globo aqui e agora usa alguém da globo pra falar do JK ?
    Essa eu não entendi.

    Lina: Você não entendeu porque não leu o post.

    • Guedes Says:

      Não sou advogado mas o jornalista foi algum tipo de chefe na editora globo.
      Foi, não é mais.

      Lina: Exatamente.

  6. Sidney Says:

    Quanto a brinde fico até quieto, mas quando o Jornalista recebe salário para falar bem do time e mal dos outros, ai a coisa fica feio, e olha que tem bastante, e não somente no Futebol, na politica em geral tem bastante, com maior número em Brasilia, a maioria dos jornalista são funcionários de Deputados, Senadores, Ministros, isso é Brasil uma vergonha.

    Lina: Verdade.

  7. carlos luchetta Says:

    “Para os amigos tudo, para os inimigos a lei”.
    Esse é o juquinha.
    Segunda-feira liguei a tv, estava na espn e esse trolha estava falando do São Paulo.
    Logo que vi a cara dele fui mudar de canal, mas deu tempo de ouvir esse sujeito falando mal do São Paulo. Segundo ele, o “São Paulo o decepcionou mais uma vez”.
    Acho que ele falava do gandula. Mas veja a arrogância dele: o São Paulo o decepcionou. É Lina, nós estamos decepcionando o juquinha. Fiquei deveras preocupado.
    Juquinha está decepcionado com a gente.
    Ah, vá a merda juquinha.
    (Saiu um merda aí, mas esse sujeito merece).
    O São Paulo cada dia mais forte. Um negócio que acontece sempre virou um terremoto. É isso, respeito é bom e a gente gosta.
    Mudando de pato pra ganso: Lina, se nós não ganharmos este brasileiro, manda todo mundo embora. Já era pra ter aberto no minimo uns 5 pontos do 2º colocado. Ainda dá se o time jogar um pouquinho de bola. Só um pouquinho.
    Abraço,

    Lina: O São Paulo o decepcionou ? Mas ele naum torce pros travecos ? Esse pessoal não esquece o Tricolor.

  8. Finorio Says:

    Que chute no saco ein ?

  9. Tri-Mundial Says:

    Uma bela argumentação que não pode passar sem a devida atenção.
    Quem escreveu isso Lina ?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: