São Paulo 3×0 Ceará

O São Paulo pediu e a torcida atendeu. Para quem esteve no Morumbi na noite desta quarta-feira, a sensação foi de voltar à Libertadores. Foi este o espírito demonstrado na partida contra o Ceará, pela Copa Sul-Americana.

Com grande apoio dos torcedores, além de um belo futebol no segundo tempo, o Tricolor superou o time cearense por 3 a 0, com gols de Cícero, Lucas e Dagoberto, e se classificou para as oitavas de final da competição continental.

De fato lembrou a Libertadores. Um sentimento que o torcedor são-paulino adora. Em campo, após um primeiro tempo abaixo do esperado, o time deu à torcida o que ele mais gosta: gols e uma boa atuação. E o Tricolor segue firme no “projeto América”.

NADA DE GOL

Precisando da vitória, o técnico Adilson Batista armou uma equipe ofensiva para encarar o Ceará. Lucas, Fernandinho e Dagoberto formaram o trio de ataque. Logo aos cinco minutos de jogo, o lateral-esquerdo Juan chutou forte de fora da área e assustou o time cearense.

Apesar disso, o São Paulo errou muitos passes ao longo da primeira etapa e não conseguiu acertar um ataque de perigo. Só aos 23 minutos, quando Fernandinho, em sua jogada habitual, chutou e a bola bateu na rede pelo lado de fora.

A participação do camisa 12 acabou por aí. Aos 29, depois de levar uma pancada na perna direita, Fernandinho deixou o jogo para a entrada do meia Cícero. Com isso, Lucas atuou ao lado de Dagoberto, que buscou bastante o jogo durante o primeiro tempo.

GOLS E BOM FUTEBOL

A torcida, sabendo da importância da partida, voltou empolgada para o segundo tempo e apoiando bastante o time. Aos dois minutos, Cícero, após jogada ensaiada, soltou a bomba de fora da área e quase marcou. Lance que empolgou ainda mais os torcedores.

E a noite estava reservada para Cícero. Ele saiu do banco de reservas para marcar um golaço no Morumbi. Aos dez minutos, o camisa 16, no melhor estilo centroavante, dominou de peito dentro da área e tocou na saída do goleiro Diego.

Foi só o começo. Pois aos 16 minutos da etapa final, o meia Lucas mostrou que é o mesmo de outrora e marcou um belo gol de fora da área para alegria das arquibancadas. Minutos depois, Lucas deu passe milimétrico para Dagoberto marcar o 19° gol na temporada.

Aos 24 minutos, muito ovacionado, Lucas deixou o jogo para a entrada de Rivaldo, que também é muito querido pelos torcedores. Com o placar garantido, o Tricolor tocou a bola ao som de “Olé, olé, olé” da torcida. Uma vitória que empolga o time na Sul-Americana e para o clássico de domingo contra o Santos.

REAPRESENTAÇÃO

O elenco são-paulino se reapresentará na tarde desta quinta-feira, no CT da Barra Funda. A equipe voltará as atenções para o Campeonato Brasileiro. No próximo domingo, o Tricolor vai à Vila Belmiro enfrentar o Santos, pela última rodada do primeiro turno.

Via Site Oficial

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 3 X 0 CEARÁ

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 24 de agosto de 2011, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Público: 23.344 pagantes
Renda: R$ 319.440,00

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa-RJ)

Assistentes: Dibert Pedrosa Moisés (Fifa-RJ) e Marcelo Van Gasse (Fifa-SP)
Cartões amarelos: Dagoberto (São Paulo); Heleno e Edmilson (Ceará)

Gols: SÃO PAULO: Cícero, aos 11, Lucas, aos 17, e Dagoberto, aos 20 minutos do segundo tempo

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Piris, João Filipe, Rhodolfo e Juan; Wellington, Carlinhos Paraíba e Casemiro (Jean); Lucas (Rivaldo), Fernandinho (Cícero) e Dagoberto Técnico: Adilson Batista

CEARÁ: Diego; Boiadeiro (Felipe Azevedo), Fabrício, Anderson Luís e Egídio; Edmilson (Roger), Heleno, Michel e Thiago Humberto; Osvaldo e Marcelo Nicácio
Técnico: Vagner Mancini

Via Gazeta Esportiva

Melhores Momentos

Relacionados

Ceni se rende a João Filipe: ‘Foi o melhor em campo’

Rivaldo dedica vitória no Morumbi à torcida: ‘Estávamos precisando’

Rogério diz que São Paulo mudou de atitude em campo

Após fraco 1º tempo, São Paulo exalta calma para reverter desvantagem

90 minutos de domínio e 2º tempo perfeito

Em jogo com gols de atacantes, Ceni elege João Filipe como craque

De volta à reserva, Rivaldo evita polêmica e convoca a torcida

Após goleada, Adilson se empolga: ‘Merecíamos mais gols’

São Paulo acorda no segundo tempo, bate o Ceará com folga e avança na Sul-Americana

São Paulo goleia o Ceará em casa e está nas oitavas  !

Tricolor acorda e define classificação em nove minutos contra Ceará

Adilson exalta o 2º tempo do São Paulo e já pensa no Santos

***(*) ******(*)

Próxima Partida: Museu x São Paulo, Brasileirão 2011, Chinelândia, Santos, domingo, dia 28.08 às 16h00.

Anúncios

10 Respostas to “São Paulo 3×0 Ceará”

  1. Guedes Says:

    No segundo tempo mostrou bom futebol.
    Já no primeiro, foi a mesma porcaria de sempre, sorte é que o Ceará veio pra empatar.

  2. Radar Soberano Says:

    Fernandinho, Dagoberto e Casemiro sentem pancadas e são dúvida contra o Santos

    O São Paulo pode ter três problemas importantes para o clássico contra o Santos. Fernandinho, Dagoberto e Casemiro reclamaram de dores por conta de pancadas no jogo contra o Ceará, não treinam com o restante do elenco e passam a ser dúvidas para o clássico contra o Santos no domingo.

    De todos, a situação que mais preocupa é a do camisa 12. Substituído no duelo da Sul-Americana, Fernandinho reclama de muitas dores na perna direita, local onde já sofreu duas fraturas e tem maior sensibilidade.

    Dagoberto ainda reclama de dores em decorrência de um pisão sofrido no pé esquerdo contra os cearenses, mas foi poupado por precaução e tem boas chances de jogar. Mesma situação vive Casemiro, que acabou levando uma paulistinha e está com a coxa esquerda dolorida.

    “Dagoberto está um pouco melhor, o Casemiro levou uma paulistinha e o Fernandinho está com muitas dores e é o que mais preocupa. Se melhorarem clinicamente, serão liberados para o clássico sem nenhum problema”, explicou o médico do clube, José Sanchez.

    Os titulares realizam nesta quinta-feira trabalho de recuperação muscular na piscina do CT da Barra Funda. Enquanto isso, os reservas realizam um jogo-treino contra os juniores no campo sob a supervisão do técnico Adilson Batista.

    De contrato novo, Henrique participa normalmente da atividade. O atacante se reapresentou nesta quinta após ganhar folga pela participação no mundial sub-20 com a seleção.

  3. Radar Soberano Says:

    Diretoria do São Paulo aposta em volta “breve” de Luis Fabiano

    A diretoria do São Paulo segue a linha de discurso do técnico Adilson Batista e aposta na volta de Luis Fabiano em breve aos jogos oficiais. No clube, já há uma expectativa pelo aproveitamento do atacante no próximo mês, quando será realizada, inclusive, a segunda fase da Copa Sul-Americana.

    O vice-presidente de futebol do Tricolor, João Paulo de Jesus Lopes, elogiou a evolução do atacante, mas não marcou data para a reestreia.

    – O Luis Fabiano está trabalhando bem. Ontem [quarta-feira, 28], eu acompanhei a sua movimentação, a sua evolução é nítida, acreditamos que, em breve, estará em campo, só não podemos precisar quando.

    Mesmo em recuperação de uma série de problemas referentes a uma lesão em um tendão próximo ao joelho direito, Luis Fabiano já está inscrito na Copa Sul-Americana. Na lista de 25 atletas, o técnico Adilson Batista preferiu a presença do Fabuloso a contar com jovens como Henrique e Willian José, que também podem ser inscritos na próxima fase – o clube tem direito a fazer três mudanças na lista original.

    Jesus Lopes ainda afirmou que a presença do camisa 9 entre os 25 inscritos era fundamental, e deixou para Adilson Batista futuras mudanças nos inscritos.

    – Não poderíamos abrir mão do Luis Fabiano na Copa Sul-Americana. Ele deve permanecer inscrito. Sobre outras mudanças, fica sob a responsabilidade da comissão técnica.

    Na Copa Sul-Americana, o São Paulo ainda aguarda o próximo adversário, que sairá do confronto entre Libertad, do Paraguai, e o classificado de uma chave preliminar que será decidida nesta quinta-feira (25) entre Juan Aurich, do Peru, e La Equidad, da Colômbia. O time do Morumbi já está nas oitavas de final do torneio internacional.

  4. Radar Soberano Says:

    Sem estrear, Adilson diz que chance de Cañete chegará

    Cañete (Foto: Tom Dib) Cañete ainda não fez sua estreia pelo São Paulo (Foto: Tom Dib)

    LANCEPRESS!
    Publicada em 25/08/2011 às 14:24
    São Paulo (SP)

    Contratado no final do último mês para reforçar o São Paulo , o meia Marcelo Cañete ainda não estreou em sua nova casa. Após a vitória sobre o Ceará, nesta última quarta-feira, o técnico Adilson Batista disse que, apesar da ansiedade da torcida de vê-lo em campo, a oportunidade virá na hora certa.

    O meia chegou ao clube com um pequeno problema muscular e já está recuperado. O comandante disse que nesta quinta o argentino participará de um jogo treino.

    – Respeito todos os atletas, independentemente do país. Ele chegou em um período de recuperação. Amanhã (quinta-feira) vai ter um coletivo contra os juniores e gostaria que vocês observassem. Não é função de grito. Daqui a pouco ele tem a sua oportunidade. Não é porque o jogo contra o Santos que tenho que colocar. Observo e vejo ao longo do jogo o que precisa – explicou.

    Após longa negociação, o Tricolor desembolsou US$ 3 milhões (R$ 4,6 milhões) ao Boca Juniors (ARG) para contratar o camisa 14.

  5. Radar Soberano Says:

    Diretoria evita estipular data, mas crê na volta de Fabuloso em breve

    A diretoria do São Paulo segue a linha de discurso do técnico Adilson Batista e aposta na presença de Luis Fabiano em breve nos jogos oficiais. No clube, já há uma expectativa pelo aproveitamento do atacante no próximo mês, quando será realizada, inclusive, a segunda fase da Copa Sul-americana.

    “O Luis Fabiano está trabalhando bem. Ontem (quarta-feira), eu acompanhei a sua movimentação, a sua evolução é nítida, acreditamos que, em breve, estará em campo, só não podemos precisar quando”, explica o vice de futebol João Paulo de Jesus Lopes.

    Mesmo em recuperação de uma série de problemas referentes a uma lesão em um tendão próximo ao joelho direito, Luis Fabiano já está inscrito na Copa Sul-americana. Na lista de 25 atletas, o técnico Adilson Batista preferiu a presença do Fabuloso a contar com jovens como Henrique e Willian José, que também podem ser inscritos na próxima fase – o clube tem a chance de fazer três mudanças.

    “Não poderíamos abrir mão do Luis Fabiano na Copa Sul-americana. Ele deve permanecer inscrito. Sobre outras mudanças, fica sob a responsabilidade da comissão técnica”, despista João Paulo de Jesus Lopes.

    Na Copa Sul-americana, o São Paulo ainda aguarda o próximo adversário, que sairá do confronto entre Libertad, do Paraguai, e o classificado de uma chave preliminar que será decidida nesta quinta-feira entre Juan Aurich, do Peru, e La Equidad, da Colômbia. O time do Morumbi já está nas oitavas de final do torneio internacional.

  6. Radar Soberano Says:

    Após renunciar Atlético-PR, Henrique teve promessa de jogar no R.Madrid

    Artilheiro e melhor jogador do Mundial sub-20 vencido recentemente pela seleção brasileira, o atacante Henrique tem uma história rica em categorias de base, chamando, inclusive, a atenção de personalidades internacionais. Ao brilhar com a camisa do São Paulo na conquista do Mundial de Clubes juvenil de 2008, ele ouviu uma promessa curiosa de um dos organizadores da competição, Manuel Sanchis, nome histórico do Real Madrid como jogador e com ligação nos bastidores do futebol europeu.

    “Eu me recordo que o Henrique foi chuteira de ouro nesse torneio na Espanha e o troféu foi entregue pelo Manuel Sanchis, que avisou: o dia que fosse presidente do Real, ele iria vir ao Brasil para contratá-lo junto ao São Paulo. É para ver que lá atrás o pessoal já percebia a competência do jogador”, revela José Geraldo de Oliveira, gerente do departamento de futebol de base do Tricolor.

    Mas antes de chegar ao São Paulo, Henrique também foi alvo de um questionamento, quando defendeu o Atlético-PR na categoria infantil e já vinha apresentando suas qualidades. A reportagem conversou com pessoas ligadas ao departamento de base da agremiação de Curitiba que alegam que o atleta, pouco antes de aparecer no Morumbi, notificou uma doença da mãe, pediu um período de licença e nunca mais voltou à capital paranaense. Como não havia contrato firmado, o Furacão não pôde fazer nada. No Tricolor, José Geraldo de Oliveira pondera que foi procurado pela mãe do atacante para abrir as portas do CT de Cotia.

    “Um belo dia, uma senhora ligou para mim e quis saber como o filho que jogava no Atlético-PR poderia fazer um teste, pois a família (de Brasília) entendia que estavam muito distantes. Eu perguntei o ano de nascimento, ela disse 1991. Eu falei: qual o nome dele? Ela respondeu: Henrique. Eu questionei se era o Henrique Caixeta. Ela disse sim e perguntou se eu o conhecia. Falei que não conhecia pessoalmente, mas sabia as informações e avisei que não precisaria fazer teste. Eu já tinha o relatório e avisei que ela precisava ter a liberação dele no Atlético-PR, mas que nunca deveria fechar as portas lá. Com todas as providências, avisei que poderíamos marcar um dia para trazê-lo. E, na verdade, ele já ficaria admitido”, relata o gerente da base tricolor.

    No São Paulo desde 2005, Henrique sempre carregou a fama de artilheiro. Ele chegou ao clube do Morumbi com 15 anos e logo foi incorporado ao grupo de atletas sub-17. E o menino de Brasília não se intimidou com a missão junto aos mais velhos. “Ele é de uma família estruturada, uma família muito boa, um menino com comportamento adequado, sabia se colocar na dele. Na primeira semana, não se mostrou tímido, fez boas amizades com os outros. O grupo que ele ingressou tinha uma excelente relação”, recorda José Geraldo de Oliveira.

    Henrique fez parte de uma geração que traz orgulho aos dirigentes são-paulinos. Ele cresceu no badalado Centro de Treinamento de Cotia ao lado de nomes como Lucas, Wellington, Zé Vitor, Bruno Uvini, Casemiro, todos integrantes do grupo profissional do Tricolor, além de Oscar, seu companheiro de seleção sub-20 que deixou o clube através da Justiça e atualmente defende as cores do Internacional.

    “Alguns meninos têm talento para o futebol. Claro que as coisas são aprimoradas, no caso do Henrique foi trabalhado muito a questão do posicionamento. Mas ele teve uma evolução muito boa, tanto que renovamos com ele três vezes. Algumas pessoas questionam quando o clube faz um contrato de cinco anos com um menino, mas os relatórios vindos da comissão técnica indicavam a evolução”, justifica José Geraldo de Oliveira. “O faro de gol do Henrique chama a atenção de qualquer um. As pessoas não imaginam. Dentro da área, ele tem o gol na mente, na base sempre foi talentoso demais na posição”, emenda.

    Depois do auge na categoria sub-20, Henrique tem a missão de alcançar a afirmação entre os profissionais. No São Paulo, ainda não conseguiu apresentar os mesmos números da base, tanto que chegou a ser emprestado ao Vitória no Brasileirão do ano passado. A propósito, o atacante deixa saudades em Salvador após ter marcado quatro gols no torneio nacional de 2010.

    “Ele veio para cá porque sabia que não teria chances no São Paulo. É um excelente garoto, só tenho que dar os parabéns, merece sucesso, não tivemos nenhum problema, sempre foi um menino alegre, prestativo, disposto a ajudar o grupo. Só não tentamos uma renovação porque tivemos o rebaixamento, problemas de verba, acho que foi um erro da nossa parte não insistir na sua permanência. Aliás, acho que deveria ter sido titular durante todo o Campeonato Brasileiro do ano passado, mas alguns treinadores não achavam isso”, lastima o presidente do Vitória, Alexi Portela.

    Agora, de volta ao São Paulo, Henrique finalizou os detalhes de um novo contrato – com um aumento substancial de salário e uma multa de R$ 50 milhões para o mercado externo – e clama por uma sequência para mostrar o seu futebol. Mas o próprio José Geraldo de Oliveira, que trabalha no Tricolor paulista desde 1981, alerta para as futuras dificuldades do jovem que retorna aos treinos nesta quinta-feira após uma breve folga. “O detalhe é que sempre há muita concorrência no São Paulo. É um clube que exige times fortes. Os jogadores da posição dele também são altamente competentes. Ele vai ter de lutar para ocupar o espaço. Se teve calma até aqui, pode ter um pouco mais de paciência. Qualidade técnica ele possui”, finaliza o representante são-paulino.

  7. Radar Soberano Says:

    Elogiado por Ceni, João Filipe enaltece início arrasador no Tricolor

    Com boas atuações, zagueiro caiu nas graças da torcida, diretoria e jogadores do São Paulo

    Por Rubens Chiri / saopaulofc.net

    O São Paulo se rendeu ao futebol de João Filipe. Após a ótima atuação na vitória sobre o Ceará por 3 a 0, no Morumbi, o zagueiro recebeu elogios de todas as partes. Torcida, diretoria, jogadores… o camisa 21 está em alta no clube e assumiu a condição de titular do Tricolor.

    “O melhor em campo foi o João Filipe, que jogou muito”, elogiou o capitão Rogério Ceni.

    João Filipe chegou ao clube em um momento conturbado da defesa são-paulina. Ele foi apresentado no sábado e, no domingo, já foi titular na vitória sobre o Avaí por 2 a 1, na Ressacada, pelo Campeonato Brasileiro.

    Desde então, ele disputou cinco partidas pelo São Paulo, todas como titular. João Filipe credita este início arrasador ao apoio que recebeu do técnico Adilson Batista.

    “No início foi complicado, difícil, pois estava sem ritmo de jogo. Mas agradeço o reconhecimento do Adílson, que me deu força. O Milton (Cruz) também sempre me apoio. Está dando tudo certo neste início”, ressaltou o zagueiro.

    Como já citado, quando João Filipe chegou ao São Paulo, Adilson Batista não tinha à disposição quatro jogadores para o setor: Bruno Uvini estava na Seleção Sub-20, enquanto Xandão, Luiz Eduardo e Rodrigo Caio no REFFIS.

    “Tinham muitos jogadores no mercado e fui o escolhido por uma grande equipe. Não contratariam qualquer zagueiro. Precisavam de um jogador para jogar e ter estabilidade. Consegui trabalhar forte e consegui o meu espaço aqui”, completou João.

    Diante dos cearenses, o zagueiro foi muito aplaudido pela torcida. “Estou trabalhando com responsabilidade. A torcida tem me ajudado bastante. A cada desarme eles gritaram o meu nome e isso é importante. Dá motivação”, concluiu o defensor.

  8. Radar Soberano Says:

    Bruno Uvini tem tudo acertado para renovar com o São Paulo i

    Zagueiro só espera retorno de seu empresário para assinar contrato de cinco anos

    Bruno Uvini terá dificuldades para entrar no time titular do São Paulo (Foto: Miguel Schincariol)

    Depois de renovar os contratos de Denis, Henrique e Casemiro, a diretoria do São Paulo já tem tudo acertado para estender o vínculo de Bruno Uvini. O acordo ainda só não foi selado porque Juan Figer, empresário do zagueiro, está em viagem internacional. Assim que ele retornar, um novo contrato será assinado.

    Como aconteceu nos outros três casos, o Tricolor garantirá o zagueiro pelos próximos cinco anos. O atual vínculo se encerra em abril de 2014. Uvini receberá um bom aumento salarial e sua multa para o exterior será estipulada em torno dos 50 milhões de euros (R$ 116 milhões), semelhante a dos outros garotos formados em Cotia e que estão em destaque no profissional.

    Bruno Uvini se valorizou na disputa do Mundial Sub-20 que ocorreu na Colômbia neste mês. O zagueiro foi titular e campeão da Seleção Brasileira, que terminou o torneio como campeã.

    No entano, o camisa 34 do Tricolor voltou com um entorse no tornozelo direito e está em tratamento no Reffis. Ele deve ficar mais algumas semanas fora do time de Adilson Batista. Quando tiver condições, terá trabalho para conseguir uma vaga entre os titulares, que hoje são Rhodolfo e João Filipe.

  9. Tri-Mundial Says:

    Agora sim. Vamos ganhar das sereias dentro da vila belmiro.

  10. Papito Says:

    Tá fraco a bolinha desses caras.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: