Reforços ? Podem Estar Dentro do Próprio Clube

Reforços Ocultos

Com perda de jogadores para a Seleção, Tricolor pode ter reposições de dentro do próprio clube

Por Jonatan Androwiki @Craque_J

Você sabia que o São Paulo tem uma equipe B? Ela treina em Cotia, sob o comando do ex-treinador da equipe sub-20, Marcos Vizzolli, onde diariamente se preparam.

Mas não se preparam pra jogos, torneios, nem nada disso. Apenas treinam. A espera de uma oportunidade, mas não no São Paulo.

Esta equipe é composta por atletas que não têm mais idade para jogarem nas categorias de base do clube, e que não serão aproveitados também na equipe principal e também por aqueles atletas que voltam de empréstimo. Ainda possuem vínculo com o São Paulo, e treinam, ou ‘cumprem horário’ como alguns costumam comentar, à espera de propostas para novos empréstimos, até retornarem, serem novamente emprestados, e assim sucessivamente, até que o extenso vínculo com o Tricolor -assinado ainda quando eram promessas juvenis- se termine.

Eles sequer residem em Cotia (moram num hotel na própria cidade, que pertencem ao clube), por motivos internos, e são chamados de “Time super20” do São Paulo.

Só que de “super”, não tem nada. Raramente participam de amistosos contra os reservas do clube ou mesmo contra a equipe de juniores. Sempre sem nenhuma atenção, ou intenção de observa-los com mais precisão. Estão desenganados dentro do clube.

Em determinadas épocas do ano, quando alguns atletas conseguem a chance de irem se aventurar em centros inóspitos do futebol, os que ficam, as vezes sequer conseguem montar um time de 11 jogadores para jogarem um coletivo. Como se diria no popular, vão ao CFA apenas para ‘bater cartão’.

E o mesmo vale para Vizzolli. Sem ter as vezes um time completo para comandar, e nenhuma competição para colocar em prática (e avaliar) o seu trabalho, cabe a ele, além de aplicar treinamentos simples como físicos e técnicos, observar e fazer análises a respeito de seus atletas que estão em empréstimo. Trabalho este que não é executado.

Um desses próprios jogadores confidenciou ao blog que em nenhum de seus quatro empréstimos (aos 21 anos), viu um mandatário sequer do clube acompanhando seus jogos. Relatórios, consultas com as respectivas comissões técnicas? Nem pensar! No máximo, aconteciam telefonemas bimestrais por parte do já desligado dirigente Marco Aurélio Cunha.

Nem os diretores da Barra Funda, nem os de Cotia (sim, há divisão) se preocupam em saber como estão indo os seus atletas nos empréstimos. Tratam o empréstimo mais como um alívio na folha salarial do clube – já que os clubes que recebem os jogadores na maioria das vezes pagam parte dos salários – do que uma oportunidade de dar experiência, rodagem e colocar na vitrine aqueles jogadores que eles acreditam para o futuro, só que não tem espaço no atual elenco principal do São Paulo.

Não haverá um novo Hernanes. Nem um novo Jean.

Sempre quando indagados sobre o empréstimo de algum atleta do clube, a resposta é praticamente sempre a mesma: “Eles vão ser emprestados para voltarem melhores, assim como foi com Jean e Hernanes”. Só que a história não foi bem assim.

Hernanes foi reserva no Santo André. Quando entrava, mostrava qualidades, mas empre numa posição em que nunca atuou no Morumbi: meia-atacante, ou até mesmo como segundo atacante. Posição em que, aliás, atuava nas categorias de base do clube, onde também era reserva. No clube andreense, se lesionou e perdeu certo espaço é verdade, mas não se pode qualificar como boa sua passagem pelo clube do ABC.

Foi chamado então, no início de 2007, para completar um grupo de encostados que começaria a fazer excursões por vários países, divulgando o São Paulo pelo Mundo afora e tentando reaproveitar quem não tinha “cacoete” para participar do grupo principal do Tricolor Paulista, que era o atual campeão brasileiro. Quem se destacasse, teria a chance de integrar o elenco do exigente Muricy Ramalho.

Com nomes de mais “nome” na época, como Marco Antônio, Francisco Alex e Chumbinho, e que teriam que ser observados, Hernanes se viu sem espaço no meio e foi deslocado pelo inteligente técnico Zé Sérgio -que comandou o São Paulo naquela ocasião- para a volância, atuando muitas vezes até mesmo como primeiro volante. Na nova função, nasceu ali um outro jogador, acima da média, conseguindo a proesa de chamar até mesmo a atenção dos desanteciosos dirigentes tricolores.

Jean foi outro que rodou. E bem mais do que o companheiro e amigo da Lazio. Jogou uma Copa São Paulo de forma apagada, e era coadjuvante de nomes como Chumbinho, Carlinhos, Arthur e Thiagão. E com essa geração (que tinha Alex Silva no plantel) que o São Paulo teve talvez o maior fiasco na Copa São Paulo dos últimos tempos: foi eliminado na primeira fase, num grupo que tinha ‘potências’ como Brasiliense e Moto Club-MA. Totalmente sem espaço, Jean rodou por América-SP e Marília, sem destaque algum. Estava fadado ao anonimato, assim como outros das gerações /85/86/87 do Tricolor.

Mas, num terceiro empréstimo, ao Penafiel, da Segunda Divisão Portuguesa, foi onde o volante/lateral conseguiu ganhar sobrevida. Fez alguns gols em pouco menos de 15 partidas e retornou ao Morumbi, assim como o atacante Tiago Biriça, companheiro de clube português, mas ficou em Cotia, treinando, com os outros encostados do elenco Tricolor.

A chance veio na última rodada do Brasileirão 2006, quando vários jogadores ganharam férias antecipadas, e Jean foi chamado por Muricy para completar o banco de reservas com outros três jogadores (Arthur, Pablo e Allan).

Porém, ali não era sua hora. Jean só voltaria a receber chances em 2007, de forma um tanto quanto misteriosa. A mesma coisa com Hernanes. Após se destacar na excursão, teve promoção exigida pela diretoria Tricolor, vista a carência do clube nas ausências de Mineiro e Josué. A diretoria descobriu estes dois grandes jogadores’por acaso’, pode-se dizer, e o discurso aos emprestados é tão falso, que os próprios dirigentes começaram a acreditar nele.

Jean e Hernanes parecem só ter recebido oportunidades ”na marra”. Outros, porém, não tiveram a mesma sorte.

Hoje, as excursões não existem mais. O bom projeto do falecido ex-presidente Marcelo Portugal Gouvêa foi por água abaixo, juntamente com outros de parcerias e até mesmo um São Paulo B em Santa Catarina (idéia cogitada por Marco Aurélio Cunha), também.

Os casos de Jean e Hernanes mostram que, não é necessário ”arrebentar” no empréstimo para ser aproveitado. O empréstimo é para a rodagem do jogador. Se arrebentar, ótimo. Mas nem sempre quem joga bem é aproveitado, como será citado logo abaixo.

Emprestados ao léu

A diretoria não toca no assunto. Desde a ‘fracassada’ parceria com o Toledo, do araná, não aposta mais em atletas acima dos 19 anos. Por mais que se destaquem em empréstimos, os atletas que retornam não ficam, e são repassados, como Rafinha, destaque em quase todos os clubes em que foi emprestado e que hoje defende o Coritiba (‘cansado’, rescindiu com o Tricolor) e os atletas do LA Galaxy-EUA, como o zagueiro Leonardo Ribeiro (mais ‘pronto’ e muito forte no jogo aéreo) e principalmente o volante Juninho, eleito um dos melhores do campeonato e com características que os volantes do atual elenco não possuem, como um ótimo chute de longa distância.

Não há acompanhamento. Se jogam, se não jogam, se estão se destacando…ninguém sabe ou procura saber, o São Paulo já cravou que não quer mais os atletas, e ainda assim, insiste na argumento mentiroso de que poderão ser “novos Jeans ou novos Hernanes, e que estão dentro de um planejamento”. Não é verdade. Vide Mazola, que recentemente arrebentou com as camisas de Paulista e Guarani, e foi repassado novamente agora ao futebol japonês. Para o São Paulo, eles não servem. Preferem repassar, até os contratos acabarem. Emprestam para quem vier pela frente, para quem quiser. Até pagam os salários. Não fazem um plano de carreira para aqueles atletas que, há pouquíssimo tempo, eram apostas do clube e que não tiveram oportunidade por infelicidades ou falta de espaço.

Todos tiveram excelente formação. Estudaram na escola São Paulo Futebol Clube. Sabem jogar bola. Poderiam sim ser peças úteis num elenco carente em certas posições, ou produtos de lucro para o clube com vendas dos direitos federativos. Não acontece nem um, nem outro. Hoje, apenas treinam, para serem repassados a clubes de séries C e D. Atletas com nível de São Paulo Futebol Clube. Mereciam mais. Merecem mais.

Afinal, eles são o produto do clube, e tem que ficar em evidência para serem vendidos, assim como o Cruzeiro fez com Bernardo, sua jovem promessa, passando-o para Goiás e Vasco, dois times tradicionais e que jogam (jogaram) na primeira divisão.

Mas, esta incômoda situação pode mudar nos próximos dias.

O São Paulo teve quatro atletas convocados para a Seleção sub-20, e Lucas Moura, para a Seleção Principal. No mês de julho o técnico Paulo César Carpegiani terá imensas dificuldades e carências em montar sua equipe, pois contará com um elenco extremamente reduzido, vide as possíveis saídas de alguns jogadores e as já acertadas saídas de Miranda e Alex Silva.

Alguns atletas devem ganhar espaço, ou melhor, seqüência. Dentre eles, o jovem volante Rodrigo Caio, grande aposta do treinador, e até mesmo Zé Vitor, que finalmente poderá mostrar seu valor, se tiver a oportunidade. Bruno Catanhede também deve figurar mais entre os relacionados para as partidas.

Claramente mais preparados  -pois já tem aquela tão pedida ‘rodagem’- e fisicamente mais completos dos que os recém-juvenis, obviamente, os jogadores do super20 podem ser mais uma alternativa para quebra-cabeças que Carpegiani terá que montar.

Por isso o “É Fera” dá outra alternativa ao treinador: Apostar em quem já está lá, tem talento, é mais experiente e está com ‘fome de bola’.

Veja os atletas do time “B” Tricolor que poderiam ajudar o técnico são-paulino:

Richard

Posição: goleiro

Idade: 20 anos

Contrato: Dez/2011

Situação: Com a saíde de Fabiano para Portugal e de Bosco no meio do ano, o Tricolor passa a ter apenas 4 goleiros no elenco, sendo que Leonardo Vieira (3º goleiro) tem contrato somente até o final de 2010. É extremamente técnico, mas sua baixa estatura para um goleiro o faz ter restrições dentro do São Paulo.

Rafael Lopes

Posição: Lateral-direito

Idade: 25 anos

Contrato: set/2012

Situação: Após seguidos empréstimos a Toledo, Santo André, Mogi Mirim, Fortaleza e Corinthians-AL, Rafael está de volta ao São Paulo, mas segue sem perspectivas. É extremamente habilidoso e cairia como uma luva no esquema de três zagueiros de Carpegiani, finalmente deixando Jean voltar a jogar como volante. Nunca teve sequência, mas merecia a oportunidade.

Jackson Souza

Posição: Zagueiro

Idade: 21 anos

Contrato: jan/2012

Situação: Com as saídas de Miranda e Alex Silva, Bruno Uvini na Seleção sub-20 e o impasse com Coates, o firme zagueiro que disputou a Copinha 2009 deverá ter chances no elenco. Joga sério e fez um bom Paulistão pelo Ituano.

Fabiano

Posição: Zagueiro

Idade: 20 anos

Contrato: out/2012

Situação: Campeão da Copinha 2010 ao lado de Uvini, Fabiano nunca teve chances dentre os profissionais. Ainda na equipe sub-20, é considerado um dos líderes do elenco. Atuando pelo lado direito da zaga, é outro que pode ter chances devido as circunstâncias atuais da zaga Tricolor.

Bruno Formigoni

Posição: Volante

Idade: 21 anos

Contrato: dez/2012

Situação: O ‘capitão’ é talvez um dos maiores injustiçados das safras /88/89/90. Líder desde que chegou ao São Paulo, jogou muito bem no Paulista de Jundiaí mas não foi aproveitado. Depois, rodou por Japão, Figueirense e Paulista novamente. Espera ter chances com a ausência de Casemiro e a possível saíde de Rodrigo Souto. É um jogador pronto e mais preparado do que Rodrigo Caio, por exemplo.

Léo Gonçalves

Posição: Meia/Atacante

Idade: 22 anos

Contrato: dez/2012

Situação: Habilidoso e dono de bom passe, Léo Gonçalves pode jogar tanto de meia como de segundo atacante. Foi o 12º titular no desvalorizado vice-campeonato da Copinha 2007 e teve a promessa que iria subir. Nunca aconteceu. Teve rápidas passagens por Toledo, Mogi Mirim e Rio Branco, mas contusões e falta de sequência o atrapalharam. São Paulo não tem um jogador como ele no plantel. Merece a chance.

Eric

Posição: Atacante

Idade: 21 anos

Contrato: dez/2012

Situação: Comparado à Luís Fabiano, Eric sempre foi artilheiro em todas as categorias que passou no São Paulo. Pelos profissionais, teve uma chance, num jogo da Copa Sul-Americana contra o Atlético-PR. Rodou por Toledo, Vila Nova-GO e Catanduvense, mas foi neste ano pelo Sertãozinho em que teve sucesso e mostrou seu potencial, marcando 5 gols em 10 jogos na série A2. Boa alternativa nas ausências de Willian José e Henrique, pois é melhor do que Bruno Catanhede.

Tiago ‘Biriça’

Posição: Atacante

Idade: 23 anos

Contrato: jul/2012

Situação: Autor do gol na final da Copa São Paulo 2007, Tiago chegou a ter chances com Muricy, mas sempre com poucos minutos em campo. É rápido e sabe jogar tanto dentro como fora da área. Rodou por Penafiel, Toledo, Ituano, Colo-Colo-BA, São Carlos e Paulínia, e agora está de volta a Cotia. Poderia ter nova chance.

Hernane

Posição: Atacante

Idade: 24 anos

Contrato: dez/2011

Situação: Pelos números, talvez seja o maior merecedor de oportunidade. Pelo Toledo, foi o maior destaque, anotando 6 gols. Em 2010, marcou consideráveis 10 gols e levou o Paulista até ao título da Copa Paulista. Já no Paulista deste ano, foi o artilheiro da sua equipe, com 7 gols.  Seu contrato acabaria em julho, mas com um suposto interesse do Corinthians no  centroavante, a diretoria renovou seu contrato por mais….6 meses (?).

Outros atletas: Gustavo Cazão (23, zagueiro), Rodrigo Barros (23, zagueiro), Renato Albas (21, lateral-esquerdo), Cristiano (22, volante), Rafinha Oliveira (21, meia), Bruno Anjos (20, atacante) e Júlio Cézar (21, atacante).

No final das contas, o São Paulo acaba por ter gastos (por mais que estes atletas ganhem pouco em relação a outros do elenco principal) sem custo-benefício algum, pois não permite que estes atletas atuem e mostrem seu potencial.

A tão falada equipe B seria uma alternativa, vide o sucesso do Barcelona B na Espanha, mas que ainda não vingou no Brasil com Internacional e Palmeiras.

Via Blog É Fera, Lancenet!

***(*) ******(*)

Nota: A reportagem foi feita na época em que o PCC ainda era técnico do clube, mas com as carências do elenco como as que temos na zaga, o assunto ainda é atual. Por quê não olhar para estes valores encostados em Cotia ?

Anúncios

23 Respostas to “Reforços ? Podem Estar Dentro do Próprio Clube”

  1. Radar Soberano Says:

    Zagueiros voltam e são problema a menos para o São Paulo

    Os problemas de Adilson Batista para a zaga estão próximos do fim. Os beques Xandão e Rhodolfo, e o volante Rodrigo Caio, que já jogou improvisado na posição, treinaram normalmente na manhã desta quarta-feira e estão liberados para a partida contra o América-MG, nesta quinta-feira, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

    A tendência é que o treinador escale um dos dois zagueiros liberados. Rodrigo Caio, então, formaria dupla com Xandão ou Rhodolfo.

    A preocupação de Adilson é escalar dois zagueiros que estão voltando de lesão e correr o risco de perdê-los para o clássico contra o Palmeiras, domingo. Nessa partida, ele terá o retorno de João Filipe, que está suspenso.

    Mas nem todo mundo voltou. Luiz Eduardo, que se recupera de uma fratura na mão, e Denilson, com estiramento na coxa, ainda não têm previsão de retorno.

  2. Radar Soberano Says:

    Reforçado com trio, Tricolor aprimora treino com zagueiros

    Auxiliar-técnico Ivair comandou uma atividade na manhã desta quarta-feira, no CT

    Após o tradicional rachão que antecede as partidas do time, na manhã desta quarta-feira, o auxiliar-técnico Ivair fez um trabalho específicos com os zagueiros do elenco. No campo 2 do CT da Barra Funda, Xandão, Rhodolfo, Rodrigo Caio, João Filipe, Zé Vitor e Luiz Eduardo participaram da atividade.

    “É um trabalho muito importante, pois treinamos situações de jogo”, ressaltou Ivair. O grupo treinou reposição de bola, saída de bola e rebatidas. Depois, cruzamentos dentro da área. Ao longo de todo trabalho, Ivair não economizou na voz e orientou bastante os zagueiros.

    “Muito bom um trabalho assim. O zagueiro precisa ter tempo de bola e isso é importante. O Ivair fez um trabalho excelente com a gente”, ressaltou Rodrigo Caio, que fica à disposição do técnico Adilson Batista após se recuperar de uma lesão no ligamento colateral medial do joelho esquerdo

    Além do garoto, o treinador terá mais dois reforços para encarar o América-MG, nesta quinta-feira, fora de casa. Xandão (estiramento na coxa direita) e Rhodolfo (edema na coxa esquerda) estão de volta. A dupla viaja com o restante do elenco, mas a escalação ainda não está definida por Adilson.

  3. Radar Soberano Says:

    Portuguesa revela desejo de contar com Henrique, do São Paulo

    Por ter sido convocado para a Seleção, negociação foi adiada, porém, era o nome escolhido para suprir a falta de Jael

    Em março deste ano, após ser protagonista do jogo contra o Grêmio Prudente, o atacante Henrique mostrou que não estava totalmente satisfeito. Ele queria jogar, e a falta de perspectiva de ser titular tricolor lhe incomodava. Tanto que ele cogitou a hipótese de sair do Morumbi para buscar espaço. O próprio clube pensou em negociá-lo, mas nada foi concretizado. Mesmo na reserva, o jogador foi convocado para o Mundial Sub-20 e está brilhando com a camisa da Seleção Brasileira, o que causa olhares atentos de outros clubes. A Portuguesa é um deles.

    Aos 19 anos, Henrique faz parte da nova safra de talentosos jogadores formados pelo São Paulo. É da mesma geração do meia Lucas, do volante Casemiro e do zagueiro Bruno Uvini. No entanto, atua numa posição cuja concorrência é muito dura. No ano passado, pelo mesmo motivo, ele foi emprestado ao Vitória e disputou o Brasileirão pelo clube baiano.

    Atualmente, Dagoberto, Fernandinho, Willian José, Luis Fabiano e Bruno, vindo da base, fazem parte da lista de atacantes do técnico Adílson Batista, além de Henrique. Com isso, hoje há quatro jogadores na frente do jovem atacante em questão.

    Em programa comemorativo pelos 91 anos da Portuguesa, na Web Rádio Lusa, o presidente do clube, Manoel da Lupa, foi questionado sobre o atacante, e não escondeu o desejo de contar com o jogador, dizendo até que tem o aval do técnico Jorginho e tentou trazer o jogador para o lugar do atacante Jael, que agora está no Flamengo. Mas a Sub-20 atrapalhou os planos ou, pelo menos, adiou.

    “Na realidade cogitamos isso, mas como ele estava na seleção Sub-20 não sabíamos quanto tempo ele iria demorar, já que o Brasil pode chegar até as finais. Queríamos ele para substituir o Jael, mas a convocação atrapalhou. Agora estamos negociando outro atacante, está mais ou menos acertado, não sei como vai ficar, mas o Jorginho já havia aprovado, e não é o São Paulo que quer que o atacante tenha experiência, a gente queria ele, fomos atrás. Temos que privilegiar também jogadores da nossa base, estamos vendo isso com mais atenção”, disse o mandatário, que está próximo de contratar Vandinho, ex-Flamengo.

    Questionado pela reportagem, o vice-presidente de futebol do São Paulo, João Paulo de Jesus Lopes, rechaçou qualquer chance de o São Paulo liberar o atacante neste momento. Para o dirigente, o Tricolor não está em condições de perder atletas, ainda mais em alto nível, como vem apresentando Henrique na seleção de base, uma vez que o segundo semestre tem uma agenda apertada de jogos. “Se eu liberar um atleta desses a torcida vem aqui me matar”, brincou o dirigente.

  4. Radar Soberano Says:

    a suprir ausências, São Paulo vai na base da conversa

    Ainda sem saber qual zagueiro vai para o jogo contra o América-MG, apesar Xandão, Rhodolgo e Rodrigo Caio terem treinado na manhã desta quarta-feira, os são-paulinos se dizem preparados para suprir os desfalques.

    Wellington, que provavelmente será recuado como primeiro volante, já que Denilson, com um estiramento na coxa esquerda, está vetado, está pronto para marcar ainda mais.

    – Os que estão fora seguem preparados e em treino para pegar ritmo de jogo e suprir as faltas. Temos de conversar nos jogos e treinamentos. Improviso na zaga é complicado, mas temos de ajudar – afirmou Wellington.

    – Os volantes têm de marcar de qualquer jeito, mesmo com zagueiros de ofício – completou o camisa 5.

    Juan, único que tem se mantido na defesa, já que não teve problema de lesão e foi suspenso apenas duas vezes na competição, é outro que se diz pronto a ajudar. Para ele, também é preciso falar:

    – Temos de conversar, jogando um próximo ao outro. Estar ali com o pessoal, cobrando, incentivando e sendo cobrado também. Temos de posicionar, caso algum jogador seja improvisado para podermos ajudar o companheiro.

    Até 14h o site oficial do Tricolor vai divulgar os jogadores que serão relacionados para o confronto. Em seguida, a delegação segue para Sete Lagoas-MG. Só assim é que o mistério de quais defensores vão viajar será desvendado.

  5. Radar Soberano Says:

    Meia Cícero treina improvisado na zaga

    Sem opções para montar o sistema defensivo no treino desta terça, Adílson Batista testou o meia Cícero na zaga. Durante a atividade, o treinador também utilizou o lateral-direito Piris e volante Zé Vitor no setor. A falta de opções, fez o treinador improvisar até o auxiliar Ivair Júnior no time reserva.

  6. Radar Soberano Says:

    Rhodolfo, Xandão e Rodrigo Caio podem retornar ao time

    Adílson Batista está perto de ganhar importantes reforços para o confronto desta quinta, contra o América-MG, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. Os zagueiros Xandão e Rhodolfo e o volante Rodrigo Caio devem ser liberados pelo departamento médico para participar do treinamento desta quarta.

    Caso não sintam nenhum tipo de desconforto durante a atividade, eles ficarão à disposição do treinador para a partida.

    O retorno dos jogadores ao time será fundamental. Na última rodada, contra o Atlético-PR, o zagueiro João Filipe tomou o terceiro cartão amarelo. Por isso, o ex-beque do Botafogo cumprirá suspensão diante dos mineiros.

    Por outro lado, o volante Denilson, que atuou em dois jogos improvisado como zagueiro, sofreu estiramento na coxa esquerda e deve desfalcar o São Paulo de duas a quatro semanas.

  7. Radar Soberano Says:

    Zagueiros participam de rachão e animam Adilson Batista

    Rhodolfo e Xandão, além de Rodrigo Caio, não sentiram dores no treino desta quarta-feira

    O técnico Adilson Batista recebeu três reforços no treino em campo desta quinta-feira, no CT da Barra Funda. Os zagueiros Xandão e Rhodolfo e o volante Rodrigo Caio, que também pode atuar mais recuado, participaram normalmente do rachão com os outros jogadores, não sentiram dores e devem ser relacionados para o jogo desta quinta, contra o América-MG, em Sete Lagoas.

    Fora das últimas quatro partidas, Xandão se machucou contra o Vasco e está recuperado de um estiramento na coxa direita. Já Rhodolfo, ausente do último duelo contra o Atlético-PR, tinha um edema na coxa esquerda. Já o volante Rodrigo Caio está fora desde o jogo contra o Bahia por conta de uma lesão ligamento colateral medial do joelho esquerdo.

    A presença dos três veio em boa hora para o comandante, que já não terá João Filipe, suspenso, para o jogo em Minas Gerais. Além dele, o volante Denilson está lesionado e não viaja com o grupo. Em contrapartida, Adilson conta com o retorno de Carlinhos Paraíba ao time. O volante estava suspenso contra o Atlético-PR.

  8. Papito Says:

    Por que será que sempre acontece isso lá meu ?
    Por exemplo, o tal de Formigoni sempre foi elogiado, será que é problema de comportamento ?
    Aquele meia com cabelo de miojo da seleção, esqueci o nome, era da base do SP, Rafinha, Sérgio Motta, Lucas Gaúcho, não acredito que estes caras não mereçam chance no time.
    O projeto do São Paulo B, poderia ser uma sobrevida para estes jogadores que merecem chance.

    Lina: Acontece porque não querem fazer um time B, como tem o Barcelona, o Inter e as porcas.

    • Jonatan Androwiki Says:

      Que meia com cabelo de miojo da Seleção? sub-20 ou sub-17?

      O Rafinha é exemplo dos maus empréstimos.

      E o Bruno Formigoni é um exemplo de comportamento, não é a toa que sempre foi chamado de ”capitão” em Cotia, e doi líder desde que chegou muito novo ao São Paulo. Simplesmente foi injustiçado.

      Lina: Eu sempre ouço falar do Formigoni, até hoje em fóruns sobre o São Paulo ele é lembrado, realmente está sendo injustiçado.

  9. Finorio Says:

    E o São Paulo sem zagueiros.
    É cada uma que vou contar.

    Lina: Pode contar, tem 2 aqui dando sopa, vai entender.

  10. Marcelo Abdul Says:

    Isso tem um nome: má adminstração.

    Prova de que o Juvenal só pegou carona nos louros do Marcelo Portugal Gouveia.

    Agora estamos vendo quem é o Juvenal. É o mesmo de 1989/90.

    E parece que a cobertura do Morumbi foi pro telhado.

    Que surpresa não?

    Lina: O MPG foi tão bom presidente que até hoje tem legado dele no clube, impressionante…

  11. guinablog Says:

    Esse é o Legado Juvêncio, uma das piores administrações do JJ. Mas deste grande post, deixo minhas observações positivas ao Formigone, ao léo Gonçalves e ao Hernani. Mas com o JJ totalmente perdido é dificil eles terem oportunidades. Eu falei e avisei que o JJ ia chutar toda a sua história de grande comandante no lixo apenas pelo poder. E a torcida ainda vaia o Adilson. Vái entender!

    Lina: Alguém tem que chamar o AB pra que ele veja esses caras. Ele provavelmente nem sabe que eles existem. O treinador não tem culpa. E as vaias que ele toma no Morumbi são injustas sim.

  12. Tri-Mundial Says:

    Injustiça muito grande trazer um jogador do Botafogo pra reforçar a zaga tendo estes ai encostados.
    Se fosse eu pedia recisão na hora.

    Lina: Não é ?

  13. Marcos Tricolor Says:

    Sabe o que isto parece ?
    Aquele cara que se esforçou por uma promoção e vê o lugar que é seu por direito, ser ocupado por alguém menos gabaritado.
    Nem sei se é essa é questão, mas tempo de casa também deveria valer alguma coisa.
    Estão queimando uma geração em detrimento de outra.

    Lina: Perfeito. Os empresários dos mais novos devem ser melhores que os mais antigos.

    • Jonatan Androwiki Says:

      Perfeito os comentários, Marcos e Lina.

      O que aconteceu mais ou menos foi que a geração que foi vice da Copinha 2007 e semifinalista de 2008 e 2009 (sem contar os títulos da Copa Dallas com gol do Sérgio Mota do meio campo contra o Real Madrid) não foi reconhecida pela diretoria, coisa que foi a geração de 2010 (91/92/93) que foi campeã da Copinha.

      Entendem? Parece que só por que ganharam são melhores. Atiturde oportunista, de resultado.

      Algo no mesmo sentido aconteceu com o Lucas Gaúcho quando foi rejeitado pelo São Paulo logo após ser cortado da Seleção sub-20, e os que ficaram (Willian José e Henrique) foram valorizados. Costumo afirmar que o corte da sub-20 tirou Lucas Gaucho do São Paulo, e pra mim, ele é melhor que os outros dois.
      Abraços

      Lina: Jonatan, até hoje não entendi porque abriram mão do Lucas Gaúcho. O cara é goleador e vai fazer sucesso em breve, é só ele pegar um time melhor que a Portuguesa.

  14. olheiro Says:

    é o seguinte, eu vi esse Casão zagueiro duas temporadas aqui na A3, pelo XV de Jaú, anos de 2008 e 2009, quer saber? Prá quem tem que aturar Xandão, o cara seria uma alternativa excelente…

    Lina: Ai, tá vendo ? Valew Olheiro ! Agora vou te falar, o Xandão nem é ruim, eu vi um jogo dele que ele comeu a bola, mas tinha ao lado, Miranda e Alex Silva. A fase está ruim, mas quem tem Xandão em fase ruim, pode muito bem tentar o Casão. Abraços !

  15. José Roberto Says:

    Lina.
    Nem vou falar nada sobre esse assunto porque me dá coceira, já te contei o que aconteceu com meu primo que ra titular daquele na zaga do São Paulo quando foi campeão da Copinha quando o Kaka era reserva e o juju presidente.
    Só sacanagem.

    Lina: O quê acontece afinal ? Só os apadrinhados tem vez ? Vamos por a boca no trombone cara ! O clube não é deles !

  16. Jorge Tri-Hexa Says:

    Se tem esses caras ai, pra que trazer refugo do Botafogo com contrato de 5 meses ?

    Lina: O zagueiro que o São Paulo contratou é bom, então não é refugo, o problema é que veio pra ficar 5 meses, ai é sacanagem com estes ai que tem contrato…

  17. Henrique Soberano Says:

    Pode mandar alguns do time principal embora e chamar estes ai que estão encostados pra ver se a vontade não é outra.
    Uns com a barriga cheia e outros com fome de bola.
    Acorda diretoria !

    Lina: Com certeza mostrariam mais vontade. Quem tá de barriga cheia não corre…

  18. Felipe 6-3-3 Says:

    Será que não tem um lateral esquerdo encostado lá em Cotia ?
    Ou vamos ter que aturar o Juan até o Henrique Miranda voltar ?
    Tá foda

    Lina: O PCC já estava escalando o Miranda de titular, o foda é que o muleque se machucou…

  19. Guedes Says:

    Como que o clube pode dizer que tem um dos melhores trabalhos de base do mundo, se desperdiça talentos desse jeito.
    E se depois algum destes ai estoura em outro clube ?
    Com que cara a gente vai ficar ?

    Lina: Como chama aquele meia da seleção que joga na Inglaterra ? Esqueci o nome, mas tem um lá que foi dispensado pelo São Paulo.

  20. Jonatan Androwiki Says:

    Fala Lina, beleza?

    Aqui é o Jonatan Androwiki (@Craque_J), o autor deste texto. Fiquei muito feliz e honrado de você publicá-lo no seu blog e ainda mais por dar os créditos. Valeu mesmo!

    Tô à disposição pra qualquer coisa, parceria, ou mesmo pra um bate-papo! Sou são-paulino, e embora não escreva sempre sobre o Tricolor, quando quiser, pode pegar algo no meu blog que lhe interessar.

    Abraços!
    Jonatan Androwiki

    Lina: Fala Jonatan ! Cara eu que tenho que te parabenizar por aquele brilhante post. Repercutiu bastante aqui viu ? Você está de parabéns. Vou colocar seu link entre os meus parceiros aqui a direita. Benvindo e saudações ! _X_

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: