O Povo Foi Pra Rua e Saiu no JN… E Agora Cagalhão, Tá Preocupado ?

 

Relacionados

Manifestantes queimam boneco de Ricardo Teixeira em protesto em São Paulo

Fotos Manifestação Fora Ricardo Teixeira

JN: Polícia investiga fraude na contratação de amistoso da seleção em 2008

***(*) ******(*)

Anúncios

22 Respostas to “O Povo Foi Pra Rua e Saiu no JN… E Agora Cagalhão, Tá Preocupado ?”

  1. Guedes Says:

    Ele não vai poder dizer que não.

  2. Luiz Ferreira Says:

    A gente ajudou o cara Lina, agora ele tá com prisão de ventre.
    kkkkkkkkkkk

  3. Papito Says:

    Teixeeeeeiraaa ! Teixeeeeeiraaa ! Teixeeeeeiraaa !
    Vergonha brasileira !

  4. Goiano Tri-Hexa Says:

    Se tiver um trem desse aqui em Goiânia, vai pegar porque a maioria aqui é de são paulino.

  5. LUCAS HEXA Says:

    Teixeira se esquece de que o SPFC tem a 3ª maior torcida do pais, acrescida de homens dignos como Juca Kfouri mesmo torcedores de outra agremiação.. a pancada pode ser pesada, é só ele esperar para ver. Farei questão de visita-lo onde for que ele estiver preso.

  6. Radar Soberano Says:

    Andrés considera exagerada manifestação contra Teixeira e não descarta comandar a CBF
    Do UOL Esporte
    Em São Paulo

    Comentários [79]

    Andrés Sanchez jamais escondeu sua amizade com o presidente da CBF, Ricardo Teixeira. Em participação no programa Belas na Rede, da Rede TV!, neste domingo, o dirigente corintiano considerou exagerada a manifestação ocorrida na Avenida Paulista, no sábado, em protesto à gestão Teixeira.

    Pelo menos 300 manifestantes pediram a saída de Teixeira da CBF, queimando um boneco simbolizando o dirigente da entidade que comanda o futebol nacional.

    Ver em tamanho maior

    Manifestantes pedem a saída de Ricardo Teixeira em São Paulo

    Foto 1 de 23 – Manifestantes protestam na Avenida Paulista pedindo a saída de Ricardo Teixeira da CBF Mais Rodrigo Capote/Folhapress

    “As pessoas exageram um pouco. O Ricardo tem que ser olhado de outra maneira. Se exagera [na cobrança a Ricardo Teixeira]. Ninguém merece esse tipo de perseguição. Se está insatisfeito, tem que ir à Justiça e cobrar”, disse Andrés.

    RIO TEVE MANIFESTAÇÃO CONTRA TEIXEIRA EM JULHO

    LEIA A NOTÍCIA COMPLETA

    Além da pressão popular, Teixeira encontrou resistência na Rede Globo, algo que ele considerava improvável. O Jornal Nacional dedicou 3 minutos da programação para veiculação de matéria sobre suposta irregularidade no contrato de realização do amistoso Brasil 6 x 2 Portugal.

    A empresa destacada pelo presidente da CBF para promover o amistoso, Ailanto Marketing, foi criada um mês antes do jogo e sequer tinha telefone. O jogo custou R$ 9 milhões ao governo do Distrito Federal.

    Ricardo Teixeira já adiantou que pretende se aposentar pouco após o Mundial de 2014. Indagado sobre a possibilidade de suceder Teixeira, Andrés Sanchez evitou resposta definitiva, deixando o assunto “nas mãos de Deus”.

    “Eu estou no meio. Não trabalho [em busca da presidência da CBF], não tenho projeção e não quero, mas o futuro só Deus sabe”, respondeu o cartola do Corinthians.

    A relação entre Andrés e Teixeira é estreita. O dirigente do Corinthians foi o chefe da delegação da seleção brasileira que disputou a Copa do Mundo de 2010. A escolha do Itaquerão como sede do Mundial de 2014 é tida como uma grande vitória de Andrés nos bastidores.

    O dirigente acredita que o estádio estará pronto até setembro de 2013.

  7. Radar Soberano Says:

    Painel FC

    No contrapé. A reportagem do “Jornal Nacional”, veiculada sábado, sobre os gastos públicos irregulares do governo do DF no jogo entre Brasil e Portugal, realizado em 2008, estremeceu a relação de Ricardo Teixeira com o jornalismo da Globo. A matéria irritou o presidente da CBF. Na visão da confederação, a grande motivadora da reportagem foi a mudança nos horários dos jogos do Brasileiro, que excluiu partidas às 21h aos sábados.

    Negócios à parte. A reportagem foi publicada após Ricardo Teixeira ter dito recentemente à revista “piauí” que só se incomodaria com denúncias veiculadas no “Jornal Nacional”. Mesmo após o programa, as relações comerciais entre CBF e Globo permanecem vigentes.

    Isenção. Dentro da CBF, o discurso é de que a Globo quer mostrar independência de seu jornalismo, mesmo com um de seus braços trabalhando em setores da organização da Copa do Mundo.

    Ligações estreitas. A Geo Eventos, empresa ligada à Globo, foi, inclusive, a responsável pela organização do sorteio das eliminatórias da Copa-2014, que ocorreu em julho, no Rio de Janeiro, e custou R$ 30 milhões aos cofres públicos do Estado e da prefeitura.

  8. Travecus Tristes Says:

    Ai, tô com medinho.
    Se a casa d o padrinho cair, a minha também cai, quer dizer, nem sai do chão.

  9. eu ja sabia Says:

    igual o impeachment, começou assim

  10. Marcos Tricolor Says:

    Ele contou para o Brasil inteiro como pressionou a Globo.
    Depois da pressão popular, a Globo não poderia ficar calada.
    Resta saber se vai continuar na mesma linha ou se o cartola vai fazer outro amistoso no horário da novela das 8.

  11. Radar Soberano Says:

    Teixeira vê velhos aliados cada vez mais distantes
    Matéria na Globo, cerco de Romário e distância de Dilma evidenciam novo momento do cartola

    Fonte: LANCENET!

    Antes intocável, Ricardo Teixeira tem encontrado dificuldades com aliados tradicionais e não tem transitado com desenvoltura em terrenos em que antes tinha passe livre.

    As relações de Teixeira com o governo federal são um exemplo disso. Enquanto Lula ocupou a presidência, Teixeira teve acesso livre ao Palácio do Planalto, onde frequentementre participava de reuniões e eventos ao lado do presidente. Desde a posse de Dilma Rousseff não é mais visto por lá.

    O ministro do Esporte, Orlando Silva, tenta uma aproximação entre as partes. Mas a resistência da presidente é clara. O último e silencioso golpe foi a nomeação de Pelé como embaixador da Copa. Desafeto do dirigente, o Rei roubou os holofotes no sorteio das Eliminatórias. E Teixeira sequer entrou na área privada destinada a Dilma.

    No sábado, uma reportagem de três minutos no “Jornal Nacional” levou o presidente da CBF de volta ao noticiário policial da TV Globo. Em uma recente entrevista à revista “Piauí”, ele havia dito que só quando as denúncias contra ele chegassem ao principal telejornal do pais ficaria preocupado. Aconteceu.

    A reportagem mostrou que a Polícia do DF cumpriu mandado de busca e apreensão na sede da empresa de marketing Ailanto. Pouco mais de um mês após sua fundação, a empresa recebeu de Teixeira cessão de direitos de uma um amistoso Brasil x Portugal. O evento custou R$ 9 milhões aos cofres públicos.

    O deputado federal Romário tornou-se um dos maiores opositores de Teixeira no Congresso. Chegou a convidar o cartola a prestar esclarecimentos sobre denúncias. Romário havia sido um dos destaques na cerimônia que ratificou o Brasil como país-sede da Copa. Semana passada, o tetracampeão lançou site que fiscalizará o Mundial.

    A bajulação de políticos também rareou. Antes paparicado com honrarias em cidades Brasil afora, Teixeira viu comissão da Assembleia Legislativa do Amazonas rejeitar entrega de título de cidadão amazonense a ele. O deputado Marcelo Ramos (PSB) disse:

    – Ele merece receber medalha do presídio.

    • Barman Says:

      Vai começar.
      Primeiro, isolam o doente.
      Depois investigam a doença.
      Ao descobrir que não tem cura, o enfermo é eliminado para que não ocorra contágio.
      E o problema não é o medo da doença, mas o temor que os outros tem de serem igualmente eliminados.
      Sistema falido

  12. O Rei da América Says:

    O dia que esse senhor sair da boquinha que ele tem há 22 anos, até carnaval precisa ter pra comemorar. O futebol não é dele, e a massa finalmente acordou.

    Quando o povo acorda, as coisas mudam.

    Sempre.

  13. Radar Soberano Says:

    15/08/2011

    Na CBF, reportagem da Globo é considerada prova boba de independência

    Na CBF, a reportagem do Jornal Nacional no último sábado, envolvendo Ricardo Teixeira, foi classificada como uma tentativa de mostrar independência. A tese é de que a emissora precisava contrariar as palavras do presidente da CBF à revista Piauí e demonstrar não estar sob o controle do cartola. Tinha que dar uma resposta à sociedade.

    Porém, na confederação brasileira, a matéria foi considerada boba, com poder de fogo inofensivo, e chegou a ser comparada à série feita recentemente pela Record, ironizada na entidade. Os aliados do cartola sustentam que ele não é o alvo da investigação sobre o uso de dinheiro público no amistoso entre Brasil e Portugal. E, já que o manda-chuva da CBF foi citado na reportagem, o mesmo deveria ter sido feito com o presidente da Federação Portuguesa.

    Ao mesmo tempo em que a turma da CBF nega haver estremecimento com a Globo, a emissora agora é alvo de comentários jocosos. Um deles é o seguinte: “É fácil mostrar independência quando a Globo não está negociando nenhum contrato com a CBF. Por que não mostram independência no meio de uma negociação?”

    Fora da CBF, aliados do presidente do COL (Comitê Organizador Local da Copa) também avaliam que a emissora escolheu um tema lateral, que não atinge o Mundial, para fingir que bateu no dirigente.

    Leia mais:

    Globo dedica 3 minutos do Jornal Nacional à reportagem contra Ricardo Teixeira

    http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2011/08/13/globo-dedica-3-minutos-do-jornal-nacional-a-reportagem-contra-ricardo-teixeira.htm

    Tags: CBF, globo, Ricardo Teixeira

    por Perrone às 13:51

  14. Radar Soberano Says:

    15/08/2011 – 09h41

    Reportagem na TV estremece relação entre Globo e CBF

    Publicidade

    DE SÃO PAULO

    A reportagem sobre os gastos públicos irregulares do governo do Distrito Federal no amistoso entre Brasil e Portugal, em 2008, divulgada pelo “Jornal Nacional” da TV Globo, no sábado, estremeceu a relação entre o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, e a emissora.

    Veja vídeo de como ficará o Itaquerão
    Veja o especial da Copa-2014

    A informação é da coluna Painel FC, assinada por Eduardo Ohata e Bernardo Itri, publicada nesta segunda-feira pela Folha. A íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha.

    De acordo com o texto, a CBF entende que a motivação para a reportagem foi a mudança nos horários dos jogos de sábado do Campeonato Brasileiro –tirou as partidas das 21h.

    Recentemente Teixeira disse à revista “piauí” que só se incomodaria com denúncias veiculadas no “Jornal Nacional”. Mesmo após o programa, as relações comerciais entre CBF e Globo permanecem vigentes.

    Desde a entrevista, o presidente da CBF virou alvo de protestos. No dia 30 de julho, durante o sorteio preliminar da Copa-2014, no Rio, manifestantes pediram a saída de Teixeira e o fim dos gastos públicos no Mundial. No dia 13 de agosto, movimento semelhante foi organizado na capital paulista.

  15. guinablog Says:

    Lina e amigos, essa posição da Globo de só agora mostrar alguma matéria a respeito do Ricardo Teixeira, é muito estranha. Isso não me cheira bem!
    Mesmo porque RT e Globo na mesma frase é sinal de muita merda e o cheiro não é dos melhores!
    Há algo muito perigoso sendo planejado nos corredores do projac.
    E plagiando Shakespeare:
    “Há algo de muito estranho, no reino do João Sorrisão…”
    Não caiamos nas armadilhas do 4º poder.

  16. Sidney Says:

    Há algo de estranho na midia esportiva contra as contas em dia do São Paulo Futebol Clube…
    Publicado em 15 15UTC agosto 15UTC 2011 por mccast

    Muito bem informado, o setorista da rádio Jovem Pan, Marcello Lima, diz hoje em seu blog que a diretoria do São Paulo “torceu” ontem pela eliminação do Brasil contra a Espanha no Mundial Sub-20, diante dos problemas médicos enfrentados pelo elenco.

    Custo a acreditar na especulação, a não ser que a diretoria do São Paulo esteja realmente enxergando apenas um palmo além do nariz.

    Com a classificação diante da Espanha – e principalmente pelo que estão jogando – o valor a que chegaram os passes de Casemiro, Bruno Uvini e Henrique somados atingiram algo próximo de 30 milhões de euros.

    Com a passagem para as finais, esse valor vai subir consideravelmente.

    E essa valorização é mais uma prova do acerto e do sucesso do CT- de Cotia, num momento em que essa Diretoria – mais do que criticada – vem sendo boicotada pela midia paulista.

    Aliás, esse é um tema à parte.

    Tendo sido jornalista de veículos como Rádio Jovem Pan, TV Globo e Folha de São Paulo, mesmo fora da midia há bastante tempo (por iniciativa própria e demissionário da Rede Globo em cargo de chefia, saliento antes que me acusem também de “despeitado”) acompanho de perto esse trabalho há mais de trinta anos.

    Só posso imaginar que algo de muito grave deva ter ocorrido dentro do São Paulo Futebol Clube no trato com a imprensa esportiva .

    Digo isso em relação a jornalistas decentes, pois grande parte da midia desportiva vai na base da “boca livre” e da bajulação, vide o apoio ao notório presidente corintiano Andrés Sanches, que precisou ser desmascarado por veículos não especializados. Pois se depender da maioria da midia esportiva vai continuar fazendo o que quiser.

    Para minha surpresa, até mesmo jornalistas costumeiramente equilibrados e isentos como Wanderley Nogueira entraram nessa ladainha e demonstram uma má vontade extrema.

    Há um boicote generalizado – e que parece até mesmo orquestrado – contra o que se faz no Morumbi e a tônica é chamar a todos do São Paulo, ironicamente de “diferenciados”, alegando soberba por parte de tudo e de todos do Morumbi.

    Sinceramente, acredito que o São Paulo Futebol Clube passou a pagar este preço por ter conquistado uma Libertadores, um Mundial e três Brasileirões em seguida num espaço de apenas quatro anos. Explico:

    Ao ver sua canção “Águas de Março” vencer uma pesquisa e ser eleita nos anos 80 para estrelar a primeira campanha mundial da Coca-Cola (concorrendo com Beatles&Cia. dentre milhares mundo afora!), o gênio Tom Jobim sofreu enorme campanha contrária da “intelligentzia” tupiniquim, que passou a chamá-lo de “vendido”…

    Que fique bem claro: ao invés de ser louvado, acredite, jovem, Tom Jobim, reverenciado mundialmente, foi duramente criticado no Brasil. “Criança, não verás pais como este…”

    Tom Jobim cunhou então a Máxima: “Fazer sucesso no Brasil é ofensa pessoal”; e complementou: “No Brasil, quem se destaca imediatamente é taxado de corno, viado ou ladrão”.

    Seguindo a linha de pensamento do genial Maestro, que sofreu isso na pele, para os tricolores sobraram os epítetos de “bambi” e “arrogantes” após todas essas conquistas imperdoáveis.

    Com as contas divulgadas e em dia (coisa rara no futebol), peitando corajosamente as máfias da CBF e da Federação Paulista, e lutando tenazmente pela criação de uma Liga Independente que seria a redenção dos clubes, eis o São Paulo sendo massacrado na midia esportiva…

    Certa vez o genial Marco Aurélio Cunha levou números de penaltis marcados contra e a favor ao São Paulo nos últimos anos, em relação a Corinthians, Santos e Palmeiras: a diferença em alguns casos chegava a 10×1. Fruto do “amor” de nossas Federações pelo trabalho do São Paulo.

    Números. Incontestáveis.

    O tricolor do Morumbi se vê enxovalhado pela mesma midia esportiva que dá enorme abrigo e espaço aos amigos de Ricardo Teixeira, como o notório Andrés Sanches e o atual presidente do Santos, cujo maior feito até o momento foi dar calote na dívida do clube junto a bancos, prejudicando a vida do Avalista, que é o presidente anterior. Nem um jornalista se colocou na pele de Marcelo Teixeira, para ver o que é bom.

    Como se não bastasse, esse presidente do Santos está deixando um rombo para os sucessores, pois – a exemplo de Corinthians e Palmeiras -vem antecipando e comprometendo as quotas de televisão de… 2012!

    E qual foi o único clube paulista que não fez isso? Sim, o São Paulo Futebol Clube, superavitário.

    Mas há um prêmio para a inadimplência: não contente em premiar esses homens com “chefias de delegação” da seleção brasileira cuja identidade solapou em vinte anos, Ricardo Teixeira presenteia com conquistas “via fax” os seus apoiadores. O Palmeiras chegou a receber digitalmente dois títulos num mesmo ano d1 1968 (!) para seu currículo, embora o Campeonato Brasileiro só viesse a ser criado em 1971…

    E os vigilantes jornalistas esportivos “investigativos”… Nada…Nem sequer uma palavra… (apenas honrosas exceções, diga-se).

    Dentre outras coisas, o São Paulo é punido pela mida por fazer um espetacular trabalho de base.

    O que esses jornalistas não apontam – por exemplo – é quantos craques o Palmeiras teria revelado nos últimos…digamos…vinte anos. E se falarmos no nível de Kaká, Lucas e Casemiro, o Corinthians entra na roda, pois não sai nada melhor que Dentinho por lá…

    Enquanto isso o São Paulo mantém um Centro de Formação em Cotia que zela por “Homens” antes de “Jogadores”, dando até mesmo educação e formação no idioma inglês.

    O que recebe da Midia em troca: vem pagando um altíssimo custo por esse trabalho bem feito.

    Mas já era de se esperar, quando a Fundação Casper Líbero (onde me formei), um legado deixado por esse jornalista para o futuro – foi invadido e hoje tem como “Chefe de Reportagem” alguém do nível de “Chico Lang”, não dando chance aos próprios alunos lá formados (como preconizado no testamento milionário do jornalista-mecenas Cásper Líbero, que deixou Rádio e Jornal para dar emprego aos jovens. O jornal e a rádio os usurpadores já afundaram; a TV ficou pro Chico Lang fazer apologia do Andrés Sanches).

    Bem, esse “Chico” mencionado não me espanta. Assim como inúmeros jornalistas-medalhões que pedem emprego nas redações para seus “filhotes”, em claro mau exemplo de nepotismo (repare nos sobrenomes recorrentes…)

    Mas gostaria de saber qual a motivação de um Wanderley Nogueira, sinceramente. Devem ter feito muito mal a ele e a tantos outros lá pelas bandas do Morumbi…

    Portanto, para terminar, volto ao início do artigo: acho que Marcello Lima estava certo e a diretoria do São Paulo torceu pela eliminação do Brasil, mesmo contabilizando prejuízo.

    Seu pensamento reflete o de toda uma torcida indignada com o que ocorre na CBF e magoada com a perseguição a um trabalho sério e bem feito. Aquilo que não se perdoa no Brasil.

    No Brasil de José Sarney, Andrés Sanches, Ricardo Teixeira e de “jornalistas” isentos como Chico Lang.

    Lina: Valew a dica, foi publicado. Abraços

  17. Franklin Says:

    Lina, o cartolão está ficando isolado.

    http://blogdoperrone.blogosfera.uol.com.br/sem-categoria/afastamento-de-dilma-incentiva-cacada-a-ricardo-teixeira/

  18. Marcelo Abdul Says:

    Já é um começo. Mas se tratando da Rede Globo eu não boto fé em nada dos que eles fazem. Tem caroço nesse angu. Será que essa será a primeira e a única reportagem em mais de 10 anos da Globo contra o Barão da CBF?

    A reportagem falou mais do Arruda e o ditador da CBF só é citado nominalmente uma vez. Não sei. Difícil crer que eles vão fazer algo contra uma entidade que lhes deu 30 milhões de reais de mão beijada.

    Afinal negócios são negócios não é família Marinho?

  19. Radar Soberano Says:

    17/08/2011 – 09h01
    Organizadas protestarão juntas contra Teixeira em clássicos, diz jornal
    Do UOL Esporte
    Em São Paulo

    Comentários [3]

    Isolado politicamente e sem moral com a presidente Dilma Rousseff, Ricardo Teixeira deve sofrer mais um duro golpe nos próximos dias. O mandatário da CBF e do Comitê Organizador Local (COL) da Copa de 2014 será alvo de um megaprotesto das principais torcidas organizadas do país.

    POPÓ ENTRA NA RODA E VAI FISCALIZAR

    O ex-boxeador e hoje deputado Acelino Popó Freitas lançou uma frente com 301 deputados que vai cobrar os legados da Copa e das Olimpíadas

    LEIA A ÍNTEGRA DA NOTÍCIA NO UOL
    ITAQUERÃO FICARÁ PRONTO EM FEVEREIRO DE 2014
    MINISTRO PEITA MALDADES DE TEIXEIRA

    De acordo com o diário Lance!, a Confederação Nacional das Torcidas Organizadas (Conatorg) definiu a manifestação para a 19ª rodada do campeonato. A escolha aconteceu porque nela serão disputados os maiores clássicos regionais.

    “Uma de nossas bandeiras será a luta contra Ricardo Teixeira. Queremos uma gestão transparente, com ética”, afirmou o presidente da Conatorg e dirigente da Gaviões da Fiel, Wildner Rocha, o Pulguinha.

    Além dos torcedores da série A, outras agremiações estarão envolvidas como a Força Jovem (Goiás), Eterno Coral (Santa Cruz) e Fanáutico (Náutico). A Conatorg distribuirá panfletos e aumentará a propaganda nas redes sociais para disseminar o protesto.

    Para o jogo Palmeiras e Corinthians serão confeccionadas dez mil faixas de mão contra Teixeira. Mesmo o artigo sendo proibido por lei, Pulguinha promete que elas estarão lá no dia do jogo.

    “Acreditamos que em uma manifestação contra um dirigente como ele, a Polícia Militar não vai permitir que entremos. Mas essa é uma de nossas bandeiras e daremos um jeito de entrar”, prometeu.

  20. Radar Soberano Says:

    Este é o clube ético

    Última oferta do Corinthians para Ganso foi de R$ 1,5 mi mensais

    No início de agosto, a cúpula do Corinthians marcou uma reunião com representantes de Ganso para fazer a última oferta ao jogador do Santos. Quem acompanhou as negociações afirma que o clube do Parque São Jorge surpreendeu garantindo R$ 1,5 milhão mensais. O acordo seria válido por cinco anos.

    Pela mesma versão, o alvinegro afirmou que estava disposto a pagar a multa rescisória de 24 milhões de euros para o mercado nacional e ainda dar uma compensação para a DIS, dona de parte dos direitos. Os cartolas explicaram que reservaram entre 20% e 25% da receita do novo contrato com a Globo (cerca de R$ 100 milhões anuais) para gastar num só reforço de peso.

    Ganso, que hoje recebe R$ 130 mil mensais, cortou a conversa dos corintianos afirmando que não aceitaria a proposta. Desde o início da novela, ele demonstrou receio em jogar pelo rival, acreditando que a torcida teria pouca paciência com um ex-santista.

    No Santos, o interesse do Corinthians sempre foi visto como um instrumento de pressão da DIS para tentar forçar o Peixe a vendê-lo para o exterior por um valor inferior à multa de 50 milhões de euros.

    por Perrone às 07:00

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: