Kassab, o Robin Hood às Avessas

Prefeitura corta R$ 461 da merenda dos abrigos

Adriana Ferraz
do Agora

Desde 1º de julho, as entidades que abrigam menores carentes da capital estão obrigadas a economizar a verba da merenda.

No começo do mês, a Secretaria Municipal da Assistência Social cortou o repasse extra da alimentação, de R$ 461,14. O dinheiro era usado,  principalmente, para pagar o lanche da noite, composto por leite com chocolate e bolachas ou bolo.

Segundo a prefeitura, a redução não acarreta prejuízo aos abrigados. A gestão Gilberto Kassab (PSD), no entanto, não levou em conta os índices de inflação dos últimos 12 meses, que revelam outra realidade. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a alta de preços registrada de junho de 2010 a junho de 2011 foi de 8,89% –acima da média geral, de 6,71%.

Com o corte, a prefeitura vai “economizar” R$ 59.469 por mês –R$ 713.628 por ano. O valor anual representa 0,17% da isenção fiscal concedida pelo município ao Corinthians, para a construção do Fielzão, estádio que deve abrigar a abertura da Copa do Mundo de 2014.

Via Agora São Paulo, dica Alexandre Amaral

Relacionados

Redução não é explicada

Nota

Não há razões para o povo não ir as ruas protestar contra isto. Nós estamos falando de um prefeito que de um lado da corda dá isenção fiscal para projetos privados e tira do povo pobre do outro lado.

Aquele provérbio popular que diz que quem ajoelha ante aos poderosos mostra a bunda aos oprimidos, cai muitíssimo bem neste capítulo desta história IMUNDA.

Até quando nós vamos ficar sentados, assistindo a tudo isso, passivos, sem fazer nada ?

***(*) ******(*)

Anúncios

16 Respostas to “Kassab, o Robin Hood às Avessas”

  1. Finorio Says:

    Deve estar bem forrado por fora, porque ele deve saber muito bem que não vence mais eleições em São Paulo.

  2. Luiz Ferreira Says:

    Se fosse pra sair no trio elétrico tinha um monte disponível.

  3. CURICANO 7-0-1/2 Says:

    Tira o Curintias daí !

  4. Radar Soberano Says:

    PRONTO-SOCORRO
    Na semana passada, médicos tiveram que ir para a porta do Hospital Universitário da USP avisar as grávidas de que a maternidade estava lotada. Pediam às mulheres que procurassem outro hospital. O HU diz que a prática evita a precarização do atendimento.

  5. Radar Soberano Says:

    Kassab, o brinquedo assassino.

    O prefeito Gilberto Kassab é um fenômeno político. Criou um modelo de gestão que consiste em não fazer absolutamente nada sério pela cidade de São Paulo, a não ser destruí-la. Conseguiu se reeleger assim.

    Em um requinte de nulidade, criou um partido assumidamente sem ideologia: “Não é de direita, nem de centro, muito menos de esquerda”. Tamanha sinceridade poderia até merecer elogios, se ignorássemos o que isso quer dizer. Sabiamente, o tal PDB já foi apelidado em Brasília de Partido da Boquinha.

    Enquanto isso, Kassab avança em seu projeto de tornar a vida do paulistano ainda mais insuportável. Enquanto as enchentes não voltam, ele se ocupa em bancar o Estádio do Corinthians com dinheiro público, numa das maracutaias mais indecentes da história da República.

    Não bastasse São Paulo ser uma metrópole árida e feia, a prefeitura decidiu doar uma área verde de 20 mil metros quadrados, com diversos equipamentos sociais e de lazer num bairro nobre da cidade. A empresa que assumir o terreno, provavelmente para erguer espigões e impermeabilizar o solo, terá que construir 200 creches em contrapartida.

    Aí fica clara a dupla incompetência da gestão Kassab. Além de ser incapaz de manter um terreno que empresta alguma dignidade urbanística à capital, assume de público ser incompetente para construir creches. É um atestado de inépcia, arrogância e burrice que vai entrar para a história da falência do poder público neste país.

    Como só está para brincadeira, Kassab, o boneco Chucky da administração municipal, na mesma semana, conseguiu que a Câmara reajustasse o salário do próprio prefeito e de seus secretários. O cara é um Highlander, um Freddy Krueger, um Coringa!

    Nada mal, para quem veio do nada, chegar assim a lugar nenhum. Ainda bem que ele não pode mais se reeleger. Era até capaz. O paulistano, quando vai às urnas, é um pesadelo. Só elege vilões.

    O Provocador, R7

  6. Tri-Mundial Says:

    Na rua da minha casa, tem 3 buracos.
    A prefeitura tapa com pedra e pixe, sabe o que acontece ?
    O remendo dura até outra chuva.
    O pior prefeito que São Paulo já teve.

    • Hexa Único Says:

      Por que você não faz cimento e tampa ?
      Se esperar o prefeito vai ficar do jeito que está.
      Ele não está nem ai pras tuas necessidades e nenhum político.

  7. Marcelo Abdul Says:

    Prefeito vagabundo e filha da puta.

    Sem mais.

  8. Henrique Soberano Says:

    E a galinhada diz que o estádio tem que sair de qualquer jeito.
    Eu não sei o que é pior, os corruptos ou os aproveitadores.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: