Archive for julho \28\UTC 2011

Coritiba 3×4 São Paulo

28/07/2011

Salve Soberania !

Esse foi o jogo do respeito ou da falta de.

Carlinhos Paraiba e Juan, tão contestados e vaiados em quase toda partida que jogam, ontem fizeram o seu, e no desabafo pós gol pediram respeito. O CP meteu um petardo no ninho da coruja e fez um dos gols mais bonitos do campeonato. A torcida deveria rever seu comportamento. Durante o jogo deve apoiar e no final fazer seu protesto. Torcida não deve vaiar jogador durante a  partida.

Lucas e Dagoberto trataram a bola com todo carinho e respeito do mundo, dois golaços sensacionais. O gol do Dagoberto foi o final apoteótico de um toque de bola a la Barcelona. O gol de Lucas foi qualquer coisa de petulante e atrevido, mas no bom sentido das palavras.

4 golaços que mostram que o TRICOLOR é um time de respeito – apesar de estar em formação-  e é um grande candidato ao título.

A defesa não respeitou o Coritiba e se acomodou com os 4×0. Levou 3 pra aprender que futebol é coisa séria, o jogo só acaba quando o juiz apita o final.

O Rafinha não quis nem saber das suas origens e jogou demais, desrespeitando quem lhe abriu as portas para o futebol. Mas cá entre nós, quem gosta de futebol bem jogado nem ligou. Tivesse ele mostrado esta disposição nos tempos do São Paulo, poderia estar do lado de cá. Em todo caso, Deus quis assim, que seja feliz.

O Denilson fez uma falta comum e tomou amarelo, ficou puto e falou alguma palavra desrespeitosa para o juiz ladrão e tomou vermelho. Agora precisa saber o que o meliante vai relatar na súmula, contra nós normalmente ela vem carregada de inveja.

Ninguém fez a patética dança do João Sorrisão, chupa Globo ! Chupa Glenda !

Eu já falei isso aqui antes mas vou repetir, a diretoria “precisa” respeitar a história do clube e arrumar um zagueiro pra jogar com o Rhodolfo, o Xandão ontem falhou de novo…

***

No começo dos anos 90, o saudoso Telê Santana fez do São Paulo um time mágico. Ofensivo, vistoso e tático são apenas alguns adjetivos para definir tanto brilhantismo. Na noite desta quarta-feira, em memória ao Mestre, que completaria 80 anos na última terça se estivesse vivo, o Tricolor fez o torcedor voltar ao passado, mesmo que por alguns minutos.

No Couto Pereira, o Coritiba pressionou nos primeiros minutos. Mas com a calma e frieza de outrora, o São Paulo abriu 4 a 0, no ínício do segundo tempo, com gols de Carlinhos, Juan, Dagoberto e Lucas. No entanto, sofreu três, passou sufoco, mas no fim suportou a pressão adversária e venceu fora de casa.

Não dá para definir qual o gol mais bonito. Cada um teve seu estilo e eficiência. Mas uma coisa é certa. Um resultado importante visando o futuro da equipe no Campeonato Brasileiro. Com 25 pontos, o Tricolor encostou de vez no líder Corinthians. Um jogo atípico, como o próprio placar já define. Porém, uma grande atuação tricolor, principalmente no primeiro tempo.

SHOW TRICOLOR

Pela primeira vez na temporada, o Tricolor conseguiu repetir a escalação. Sorte do técnico Adilson Batista. Apesar disso, o São Paulo sofreu pressão do Coritiba nos primeiros 15 minutos. Natural para quem joga fora de casa. Com menos de um minuto, Rogério Ceni teve uma bola na trave.

O time da casa seguiu pressionando, mas aí o Tricolor tomou conta do jogo. E o primeiro gol saiu após bobeira da zaga adversária. Aos 17, o São Paulo roubou a bola, Wellington achou Lucas, que tocou para Carlinhos. E o volante soltou a bomba para abrir o placar diante de sua ex-equipe.

Não bastasse esse, o São Paulo chegou ao segundo gol. Aos 23, após ótimo lançamento de Rhodolfo, Juan tocou por cobertura na saída de Edson Bastos e fez seu primeiro gol com a camisa do Tricolor. Mas o melhor estava guardado para os 30 minutos da etapa incial.

No melhor estilo Telê Santana, os jogadores do São Paulo trocaram passes, deixaram o Coritiba na roda e Dagoberto tocou para o fundo do gol após assistência precisa de Wellington. Antes do intervalo, o meia Davi foi expulso e complicou de vez a vida dos anfitriões.

GOLAÇO DO CRAQUE

Na volta do intervalo, Adilson colocou Cícero no lugar de Juan, já que o camisa 6 já havia recebido um cartão amarelo. Com isso, Carlinhos foi deslocado para a lateral esquerda. O show tricolor seguiu. Aos nove, após saída de jogo errada do Coritiba, Lucas ficou com a bola, percebeu Edson Bastos adiantado e marcou um golaço no Couto Pereira.

Com o placar praticamente definido, Adilson Batista resolveu poupar Rivaldo e colocou Marlos em campo. Mesmo com a vantagem no placar e também numérica, o Tricolor não se desligou da partida, seguiu atacando e criou boas oportunidades para ampliar a goleada. Mas, em três vacilos, Rafinha e Bill, duas vezes, descontaram, Contudo já era tarde para o resultado ser diferente. No fim do jogo, Denilson também recebeu o cartão vermelho.

O São Paulo jogou como o São Paulo de Telê, principalmente no primeiro tempo. Mas também não se pode esquecer da parcela de “culpa” que Adilson tem no resultado. Em grande estilo, o treinador conquistou a primeira vitória no clube e ganha ainda mais moral para levar o Tricolor de volta aos títulos.

REAPRESENTAÇÃO

O elenco são-paulino retorna para a capital paulista nesta quinta-feira. Na parte da tarde, Adilson Batista comanda um treinamento no CT da barra Funda. O Tricolor voltará a campo no próximo domingo, às 16h, diante do Vasco, no Morumbi.

Via Site Oficial

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 3 X 4 SÃO PAULO

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 27 de julho de 2011, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Antonio de Carvalho Schneider (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Pereira Joia (Fifa-RJ) e Luiz Muniz de Oliveira (RJ)
Cartões amarelos: Rafinha, Davi, Jonas e Maranhão (Coritiba); Wellington, Juan, Lucas e Denilson (São Paulo) Cartões vermelhos: Davi (Coritiba); Denilson (São Paulo)

Gols: CORITIBA: Rafinha, aos 22 minutos e Bill, aos 29 minutos e aos 41 minutos do segundo tempo SÃO PAULO: Carlinhos Paraíba, aos 17 minutos, Juan, aos 23 minutos e Dagoberto, aos 30 minutos do primeiro tempo; Lucas, aos nove minutos do segundo tempo

CORITIBA: Edson Bastos; Jonas, Pereira, Emerson e Eltinho (Éverton Ribeiro); Léo Gago, Gil (Maranhão), Davi e Rafinha; Marcos Aurélio (Anderson Aquino) e Bill Técnico: Marcelo Oliveira

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Jean (Luiz Eduardo), Xandão, Rhodolfo e Juan
(Cícero); Denilson, Carlinhos Paraíba, Wellington e Rivaldo (Marlos); Lucas e Dagoberto Técnico: Adilson Batista

Via Gazeta Esportiva

Melhores Momentos

***(*) ******(*)

Próxima Partida: São Paulo x Fiasco, Brasileirão 2011, Morumbi, São Paulo, domingo, dia 31.07 às 16h00.

MegaTwittaço #ForaRicardoTeixeira

26/07/2011
___
Chegou a hora de o torcedor brasileiro mostrar a força do grito
#FORARICARDOTEIXEIRA!
                                
Então, vamos, convoque os seus amigos e familiares para participar do MEGATWITTAÇO que vai rolar a partir da zero hora de quarta-feira, dia 27/07, e se estenderá por 24 horas, até à zero hora do dia 28/07.
Vamos mostrar que o brasileiro está de olho no que o senhor Ricardo Teixeira está aprontando dentro e fora das quatro linhas na Confederação Brasileira de Futebol.
Mais do que um movimento pela transparência administrativa nesta instituição, o que buscamos é fazer com que este assunto não seja, MAIS UMA VEZ, abafado por aqueles que tiram proveito da falta de informação de todos nós brasileiros.
                                       
Como participar:
                                                                     
No Twitter:
                    
Divulgando o link: http://foraricardoteixeira.com.br/megatwittaco
Divulgando a hashtag #FORARICARDOTEIXEIRA
Convocando seus amigos para participar do MEGATWITTAÇO
Seguindo e divulgando os perfis @foraoficial e a fan page
#FORARICARDOTEIXEIRA http://on.fb.me/qazU7r
                                                        
Você foi convocado. Entre em campo com gente!
Acompanhe a contagem regressiva para o MEGATWITTAÇO #FORARICARDOTEIXEIRA através do link:
http://foraricardoteixeira.com.br/megatwittaco
                                               
Participe. Divulgue. Contamos com você!
                                                   
***(*) ******(*)

Luis Fabiano Fala Sobre Sua Contusão e Retorno

26/07/2011

Via Jovem Pan

***(*) ******(*)

Mestre Telê Santana * 26.07.1931

26/07/2011
Ilustração Queco – SPNet

Salve Soberania !

Se o Mestre estivesse vivo, hoje completaria 80 anos.

Há 5, Deus o tomou pra si e desde então o futebol arte rola solto entre aquela galera do bem que conseguiu bilhete de entrada para os gramados celestiais…

Não tem mais chutão no céu.

Aqui vai este post homenagem, com todo amor do mundo.

Bom descanso Mestre.

Quanta saudade !

_X_

Relacionados

Telê Santana – WikiSPFC

Homenagem ao mestre Telê

Confira fotos de Telê Santana, que completaria 80 anos nesta terça-feira

26 de julho de 1931: o nascimento de um grande ídolo

Mestre Telê, 80

***(*) ******(*)

Por Quê Não Reagimos?

25/07/2011

A propósito do momento político, econômico, esportivo institucional brasileiro, é oportuna a leitura do artigo abaixo, publicado na terça-feira passada, na Folha de S.Paulo.

FERNANDO DE BARROS E SILVA

Por que os brasileiros não reagem à corrupção? Por que a indignação resulta apenas numa uma carta enviada à Redação ou numa coluna de jornal? Por que ela não se transforma em revolta, não mobiliza as pessoas, não toma as ruas? Por que tudo, no Brasil, termina em Carnaval ou em resmungo?

A pergunta inicial não foi feita por um brasileiro -o que é sintomático. Foi Juan Arias, correspondente do jornal “El País” no Brasil, quem a formulou num artigo recente.” Es que los brasileños no saben reaccionar frente a la hipocresía y falta de ética de muchos de los que les gobiernan?”. Y entonces???

Não existe resposta simples aqui. Em primeiro lugar, a vida de milhões de brasileiros melhorou nos últimos anos, mesmo sob intensa corrupção, e apesar dela. Ninguém que leve o materialismo a sério pode desconsiderar esse dado básico. Além disso, o PT, na prática, estatizou os movimentos sociais. Da UNE ao MST, passando pelas centrais sindicais, todos recebem dinheiro do governo. Foram aliciados. São entusiastas e sócios do poder, coniventes com os desmandos porque têm interesses a preservar, como o PR de Valdemar e Pagot.

Há ainda um terceiro aspecto, menos óbvio, que leva muita gente progressista a se encolher diante da corrupção. É a ideia introjetada de que qualquer movimento político ou mobilização contra a bandalha acaba sendo uma reedição do espírito udenista, coisa da direita ou que serve a seus propósitos. O lulismo soube explorar esse enredo, como se estivesse em jogo no mensalão uma disputa entre Vargas (o pai dos pobres nacionalista) e Lacerda (o moralista a serviço das elites).

Lula nunca moveu uma palha para mudar o sistema político podre que o beneficiou. Com a corrupção sob seu nariz, preferiu posar de vítima da imprensa golpista. Enquanto isso, seus aliados, no PT ou à direita, golpeavam os cofres da Viúva, exatamente como sempre neste país. Está aí a gangue dos Transportes, na estrada há 10 anos.

Via Blog do José Cruz

***(*) ******(*)

Kassab, o Robin Hood às Avessas

25/07/2011

Prefeitura corta R$ 461 da merenda dos abrigos

Adriana Ferraz
do Agora

Desde 1º de julho, as entidades que abrigam menores carentes da capital estão obrigadas a economizar a verba da merenda.

No começo do mês, a Secretaria Municipal da Assistência Social cortou o repasse extra da alimentação, de R$ 461,14. O dinheiro era usado,  principalmente, para pagar o lanche da noite, composto por leite com chocolate e bolachas ou bolo.

Segundo a prefeitura, a redução não acarreta prejuízo aos abrigados. A gestão Gilberto Kassab (PSD), no entanto, não levou em conta os índices de inflação dos últimos 12 meses, que revelam outra realidade. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a alta de preços registrada de junho de 2010 a junho de 2011 foi de 8,89% –acima da média geral, de 6,71%.

Com o corte, a prefeitura vai “economizar” R$ 59.469 por mês –R$ 713.628 por ano. O valor anual representa 0,17% da isenção fiscal concedida pelo município ao Corinthians, para a construção do Fielzão, estádio que deve abrigar a abertura da Copa do Mundo de 2014.

Via Agora São Paulo, dica Alexandre Amaral

Relacionados

Redução não é explicada

Nota

Não há razões para o povo não ir as ruas protestar contra isto. Nós estamos falando de um prefeito que de um lado da corda dá isenção fiscal para projetos privados e tira do povo pobre do outro lado.

Aquele provérbio popular que diz que quem ajoelha ante aos poderosos mostra a bunda aos oprimidos, cai muitíssimo bem neste capítulo desta história IMUNDA.

Até quando nós vamos ficar sentados, assistindo a tudo isso, passivos, sem fazer nada ?

***(*) ******(*)

Não Compre da China

24/07/2011

Tanta coisa por fazer pra mudar esse mundo cruel e sujo…

Quando a gente se depara com certas coisas tão horríveis, parece que tudo perde o sentido. Porque importa se o São Paulo atual tem ou não uma zaga decente quando se vê uma coisa dessa ?

Alguém disse certa vez que o futebol é a coisa mais importante dentre as menos importantes.

Como isso faz sentido. Quanta felicidade teve o autor da frase.

Não assista se você tem estômago fraco.

No You Tube tem muito mais. Procure Cruelty Footage, Animals in China, Animal Cruelty, Animal Abuse e veja os resultados.

Dois tipos de pessoas tem que desaparecer: gente que maltrata animais e corruptos.

Eu desejo o fim de todos eles.

Para assinar a petição que o vídeo menciona em seu final, basta preencher o formulário no link abaixo. Faça isso.

http://www.ptroa.co.il/petition/

***(*) ******(*)

São Paulo 2×2 Atlético-GO

24/07/2011

Salve Soberania !

O que parecia ser um caminho fácil nas próximas rodadas, com três jogos em casa e um fora:  Atlético-GO (C), Coritiba (F), Vasco (C) e Bahia (C), começou esquisito.

O time do meio pra frente é bom. Denilson veio pra resolver a carência de um primeiro-volante. Wellington e CP ótimos roubadores de bola. Na frente Rivaldo, Lucas e Dagoberto dão a tônica deste time: contra-ataques mortais. Mas não pode perder tantos gols assim.

Temos um problema. E mais uma vez a responsabilidade é da diretoria que dormiu no ponto. O sistema defensivo é fraco, mais especificamente a defesa do lado esquerdo.

Por quê culpa da diretoria ? Porque vacilou na renovação do contrato do Miranda – a história vocês sabem – e não teve habilidade pra fechar a negociação com o Coates. Resultado, sobrou pro Xandão.

Ontem, o jogador falhou bisonhamente no primeiro gol dos goianos, e no segundo, se perdeu entre dois atacantes do Atlético, não marcou nenhum e tomamos o gol de empate em jogada aérea.

Não é pessimismo, mas ainda há um agravante. É sabido que o Adilson é bom pra armar times ofensivos, mas peca pra arrumar a defesa dos times que dirige. A diretoria tem que se mexer e encontrar algum zagueiro brasileiro, de bom nível, dando sopa por ai, tarefa fácil essa…

Rafael Tolói seria o nome da vez ?

***

Tudo conspirava a favor do São Paulo. A equipe vinha de duas vitórias no Campeonato Brasileiro e ainda contava com as estreias de Adilson Batista e Denilson, sem contar o retorno do meia Lucas. O gol logo no início marcado por Rhodolfo deu a sensação de que seria uma noite tranquila para a torcida.

Mas só pareceu. Mesmo com uma boa atuação na maior parte do jogo, o Tricolor Paulista ficou duas vezes na frente do placar, perdeu ótimas chances, mas cedeu o empate para Atlético-GO, neste sábado, no Morumbi, e ficou no 2 a 2, pelo Campeonato Brasileiro.

Foi o primeiro empate da equipe na competição. Com 22 pontos em 11 jogos, o São Paulo segue na vice-liderança do Brasileiro, mas pode ver o líder Corinthians se distanciar na ponta da tabela, caso o rival vença o Cruzeiro neste domingo.

GOL ANIMADOR

O técnico Adilson Batista entrou em campo com a escalação já esperada. O volante Denilson, outro estreante da noite, foi titular no meio de campo são-paulino. Desde o apito inicial, a torcida ficou com a sensação de que seria um jogo tranquilo para o São Paulo.

E de fato o começo foi. Aos oito minutos de partida, o atacante Dagoberto cruzou na cabeça de Rhodolfo, que não teve dificuldade para abrir o placar no Morumbi. Com mais posse de bola e controle do jogo, o Tricolor seguiu no ataque e Rogério Ceni era um mero espectador.

Dagoberto, por muito pouco, quase não ampliou o marcador. Mas o futebol é mesmo uma cixa de surpresa. E os são-paulinos foram surpreendidos aos 44 minutos, quando o Atlético-GO cobrou falta do meio de campo e Bida invadiu a área para deixar tudo igual no Morumbi.

FICOU NO EMPATE

No início do segundo tempo, uma alteração tática interessante. Lucas recuou para o meio de campo, enquanto Rivaldo foi ao ataque. E a mudança surtiu efeito. Aos oito minutos, Dagoberto, mais uma vez, cruzou na área e o camisa 10 cabeceou para o fundo da rede adversária.

O gol animou ainda mais o São Paulo. Primeiro Wellington, depois Dagoberto. A dupla quase ampliou o placar para delírio dos torcedores. Rivaldo, livre dentro da área, chutou muito alto e perdeu uma chance clara. E, aos 23, Anselmo pegou o Tricolor de surpresa mais uma vez e empatou o jogo.

Adilson, que já tinha colocado Rodrigo Caio na vaga de Denilson, também promoveu a entrada de Fernandinho no lugar de Carlinhos. Aos 31, Juan tabelou com Fernandinho e, sozinho na área, isolou. Minutos depois, Cícero entrou, Rivaldo saiu. Aos 47, Fernandinho fez linda jogada invidual e quase marca um golaço. E ficou nisso. Empate no Morumbi.

REAPRESENTAÇÃO

O elenco tricolor está de folga neste domingo e voltará aos treinamentos na próxima segunda-feira, às 15h30, no CT da Barra Funda. Na quarta-feira, fora de casa, o Tricolor visitará o Coritiba. Para esta partida, Adilson Batista não tem problemas na escalação.

Via Site Oficial

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 2 X 2 ATLÉTICO-GO

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 23 de julho de 2011, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Público: 23.487 pagantes
Renda: R$ 604.454,00
Árbitro: Alicio Pena Júnior (MG)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Guilherme Dias Camilo (MG)
Cartões amarelos: Carlinhos Paraíba (São Paulo); Leonardo, Vitor Júnior e Thiago Feltri (Atlético-GO)

Gols:
SÃO PAULO: Rhodolfo, aos oito minutos do primeiro tempo; Rivaldo, aos nove minutos do segundo tempo
ATLÉTICO-GO: Bida, aos 45 minutos do primeiro tempo; Anselmo, aos 24 minutos do segundo tempo

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Jean, Xandão, Rhodolfo e Juan; Denilson (Rodrigo Caio), Carlinhos Paraíba (Fernandinho), Wellington e Rivaldo (Cícero); Lucas e Dagoberto
Técnico: Adilson Batista

ATLÉTICO-GO: Márcio; Rafael Cruz, Gilson, Anderson e Thiago Feltri; Agenor, Rômulo (Felipe), Bida (Joílson), Thiaguinho (Leonardo) e Vítor Júnior; Anselmo
Técnico: Jairo Araújo

Via Gazeta Esportiva

Melhores Momentos

***(*) ******(*)

Próxima Partida: Coritiba x São Paulo, Brasileirão 2011, Couto Pereira, Curitiba, quarta-feira, dia 27.07 às 21h50.

Pequeno de Torcida Grande

19/07/2011

Imagina que você é jornalista esportivo nos Estados Unidos e tem que escrever sobre a oferta que o Corinthians fez ao Manchester City pelo Tevez.

Como não tem expressão internacional, o jornalista americano não sabe quem é, por isso tem que fazer uma pesquisa na internet e é direcionado aos sites de federações e confederações onde o tal clube é associado.

Então encontra o seguinte:

Títulos Mundiais – Nenhum
Títulos Continentais – Nenhum
Títulos Internacionais – Nenhum
Brasileiros – 3
Paulistas – Vários
Patrimônio/Estrutura – Nenhum
Dívidas – R$ 200 milhões de reais 

Com este currículo pobre, o jornalista conclui através da lógica que trata-se de um clube pequeno. E solta esta tira, nada mais nada menos que na “CNN”:

“You might be surprised to know who’s trying to buy Tevez. Not sheiks or oligarchs, but a small club from São Paulo, Brazil – Corinthians. They´re offering $55 million to buy back this soccer superstar. And that’s just the transfer fee”

Você pode se surpreender ao saber quem está tentando comprar Tevez. Não sheiks ou oligarcas, mas um pequeno clube de São Paulo, Brasil – Corinthians. Eles estão oferecendo US$ 55 milhões para comprar de volta essa estrela do futebol. E esta é apenas a taxa de transferência”

Porque a verdade é esta mesmo. É um clube pequeno, sem expressão internacional, sem estrutura, com torcida grande. E por isso, só por isso, é colocado no Brasil no mesmo patamar dos verdadeiros gigantes brasileiros do futebol mundial:

São Paulo, Santos, Flamengo, Internacional, Grêmio, Cruzeiro e Vasco.

Tanto aqui quanto lá, as empresas de comunicação vivem de audiência. Só que a massa que dá audiência aqui, não dá audiência lá, assim a CNN não precisa fazer média como fazem certas emissoras brasileiras.

Deste ponto de vista, conclui-se então que a reportagem da CNN é imparcial, sem interesses corporativos e serve muito mais do que ferramenta para tiração de sarro clubistica, mas como um “ponha-se no seu lugar”.

Relacionados

Ao citar caso Tevez, CNN chama Corinthians de clube pequeno

Não Vale Nada

***(*) ******(*)

Central Tricolor de Produções

17/07/2011

Meu Pai do céu !

Incrível como o São Paulo FC está se aperfeiçoando em criar novelas e indefinições. As três mais recentes são estas:

Cañete

Estava praticamente acertado, veio e fez exames médicos, foi aprovado. Então seu empresário – gente gananciosa criada pela legislação esportiva – quer receber um dinheiro do clube que contratou. Você já comprou alguma coisa e ainda teve que pagar comissão pela compra ? Isso não existe ! Quem paga comissão é quem vende ! Em entrevista a um jornal argentino, o jogador disse que não vem mais, entretanto a TV que transmitiu o jogo de hoje “afirmou” que o jogador se apresenta amanhã.

Coates

Essa aqui já virou vergonha. Primeiro prazo era depois do fim da participação do Nacional na Libertadores. Esfriou. Disseram então que seria depois da copa América. O jogador quer vir, já declarou isso e segundo alguns diretores do clube, ele recusou proposta da europa porque “quer” jogar no São Paulo. O Nacional, seu clube, parece que não quer mais vendê-lo porque espera a valorização do jogador após a disputa da copa América. Tenho a impressão que eles querem usar a oferta do Tricolor e seu parceiro como um piso, ou seja, para um europeu levá-lo, terá que pagar mais. Se for este o caso, o São Paulo deveria se retirar do negócio.

Informações do Marca.br, dão conta que o diretor de futebol Adalberto Baptista está na Argentina, tratando de resolver estas duas pendências.

Agora vem o pior. O M1TO, em entrevista no final do jogo no Beira Rio, disse o seguinte: “- Mesmo não dando certo as contratações dos uruguaios e argentinos, o São Paulo continua com um grupo forte, ainda mais com a volta do Lucas da Seleção Brasileira.”

É mole ? Se a informação do capitão se confirmar, melhor esquecer daqui pra frente o que diz a imprensa especializada, que no afã de dar furos, comete erros que prejudicam a sua própria credibilidade.

Luis Fabiano

Foi apresentado e deram um prazo para ficar a disposição do treinador, na época o PCC. Sentiu dores durante um treinamento e então decidiram operar o jogador. Desde então já li três prazos para sua volta. A partir da operação deram algumas semanas, depois mais alguns dias e agora dizem que não vão mais dar previsão para “não criar ansiedade no jogador“. Acho justo. Mas por quê não foi assim desde o início ?

Enquanto isso quem fica na neurose é a torcida, afinal o prazo para inscrições de jogadores vindos do exterior se encerra dia 20.07, quarta-feira.

Essa é a semana. Ou vai ou racha.

***(*) ******(*)

#CagueideRir

17/07/2011

***(*) ******(*)