São Paulo 1×0 Figueirense

Com gol no fim, Lucas salva São Paulo contra Figueirense

Sob temperatura de 13ºC, nove mil torcedores assistem a um Tricolor pouco inspirado, até Lucas marcar gol da vitória aos 47

O São Paulo sofria com o frio e com a defesa bem postada do Figueirense. Mas, na base da superação, o Tricolor contou com um gol de Lucas aos 47 minutos da segunda etapa e venceu o Figueira por 1 a 0, no estádio Morumbi, na noite deste sábado.

Com o resultado, o São Paulo chega aos 100% de aproveitamento em duas rodadas no Campeonato Brasileiro, já que, na partida inaugural da competição, havia vencido o Fluminense em São Januário por 2 a 1. Já o Alvinegro de Florianópolis, que batera o Cruzeiro por 1 a 0 na rodada anterior, se mantém com 3 pontos.

Neste sábado, no entanto, os dois times não encontravam criatividade para vencer a defesa adversária até o minuto final de jogo. Foi quando Lucas surpreendeu, chutou de fora da área, marcou o gol da vitória e salvou o São Paulo de um resultado ruim dentro de casa.

QUE FRIO!

A estreia do São Paulo em seus domínios no Campeonato Brasileiro contou com o fator frio no extracampo: o termômetro apontava 13ºC na capital  paulista neste sábado. Mesmo assim,mais de 9 mil torcedores compareceram ao palco do jogo, número considerado acima da média para uma partida realizada no horário das 21h, no sábado.

Mas em campo, diante do frio, o Tricolor mostrava timidez. No começo, só mesmo Lucas parecia não se importar com a baixa temperatura. Aos 6 minutos, o jogador chamou a marcação para dançar pela ponta direita e cruzou para Fernandinho que, com o pé direito, mandou para fora.

Dez minutos depois, Dagoberto tentou quebrar o gelo: chamou a responsabilidade, cortou para o meio e chutou à direita do gol de Wilson.Mas o Tricolor fazia pouco. Quando tentava emplacar tabelas pela direita, com Jean, Lucas e Casemiro, a “gelada” defesa do Figueirense levava a melhor.

eutralizou as ações tricolores na primeira etapa e até levou perigo aos 35 minutos, quando Wellington Nem cobrou falta com o pé esquerdo e Rogério mergulhou para fazer a defesa.

RIVALDO ESQUENTA TORCIDA

Como o Tricolor não fazia boa partida, Carpegiani tirou da manga uma novidade para tentar esquentar o jogo: Rivaldo, que substituiu Fernandinho no intervalo. Sob aplausos da torcida, o meia tent cara nova ao São Paulo. Mas não era só ele.

Carpa também promoveu a entrada de Henrique Miranda, lateral-esquerdo de apenas 17 anos, que estreou com personalidade na equipe de cima. Contando com as investidas do jovem lateral, o Tricolor se insinuava pelo lado esquerdo.

Só que a noite ainda esquentaria depois de uma série de ataques são-paulinos. Primeiro, Jean arriscou de muito longe, aos 20 minutos, e quase surpreendeu Wilson. Na sequência, Casemiro cabeceou na trave direita do goleiro do Figueira, pegou o rebote e tocou em cima da zaga.

O “calor” tricolor não parou por aí: aos 25 minutos, Marlos limpou o lance pela esquerda e tirou de Wilson, mas acertou a trave do adversário. Seis minutos mais tarde, Rhodolfo teve boa chance na entrada área e perdeu.

Faltava Lucas para incendiar o jogo. Até então apagado, o camisa 7 fez grande jogada e exigiu grande defesa de Wilson.

Nos acréscimos, Lucas, de novo, jogou o frio para escanteio. O craque chutou de fora da área e marcou o gol da vitória, quando as primeiras vaias já eram ouvidas no Morumbi. Assim, com o golaço salvador, o São Paulo livrou-se de um tropeço na estreia no Morumbi. E graças a Lucas!

Agora, o Tricolor vai à Minas enfrentar o Atlético-MG na Arena do Jacaré, no dia 8. Já o Figueirense joga de novo no próximo sábado (4), contra o Atlético-GO, no Orlando Scarpelli.

FICHA TÉCNICA:
SÃO PAULO 1X0 FIGUEIRENSE

Estádio: Morumbi, São Paulo (SP)
Data/hora: 28/5/2011 – 21h
Árbitro: Felipe Gomes da Silva (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Pereira Joia (Fifa-RJ) e Rodrigo Henrique Correa (RJ)

Renda/público: R$ 234.431,00 / 9.931 pagantes
Cartões amarelos: Wellington (SPO); João Paulo, Aloísio, Túlio (FIG)
Cartões vermelhos: –
GOLS: Lucas, 47’/2ºT (1-0)

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Jean, Xandão, Rhodolfo e Juan (Henrique Miranda, intervalo); Wellington, Casemiro, Carlinhos (Marlos 19’/2ºT) e Lucas; Fernandinho (Rivaldo, intervalo) e Dagoberto. Técnico: Paulo César Carpegiani.

FIGUEIRENSE: Wilson, Bruno, João Paulo, Edson Silva e Juninho; Ygor, Túlio (Pittoni 32’/2ºT), Maicon e Wellington Nem (Coutinho 11’/2ºT); Reinaldo (Rhayner 11’/2ºT) e Aloísio. Técnico: Jorginho.

Via Lance!

Melhores Momentos

***(*) ******(*)

Próxima Partida: Atlético Mineiro x São Paulo, Brasileirão 2011, Arena do Jacaré, Sete Lagoas, quarta-feira, dia 08.06 às 21h50.

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: