Rapidinhas do Lina

Alex Silva – Mesmo o presidente dizendo via imprensa que contrataria o jogador, o xerifão não é unanimidade entre a diretoria do clube. Um dos argumentos contra a sua permanência, é o fato do jogador ter três operações em um dos seus joelhos e que de tempos em tempos ele tem que parar para fazer fortalecimento muscular no Reffis.

Twitter – Isto somado ao questionável comportamento do jogador que desrespeitou o presidente via twitter, pode selar sua saida do Morumbi. Ainda que tivesse razão – afinal o JJ chamou o jogador de mentiroso, ao dizer que a proposta do Sporting não existia – não deveria ter sido ali o canal de comunicação entre as partes.

Raça – Só que mesmo assim, com o joelho inchado, o jogador já avisou que quer ir para o jogo contra o Santos. E é esse espírito que fez o São Paulo ganhar a maioria dos seus títulos. Na minha opinião, tem que manter o zagueiro.

Arbitragem – Três penalties não marcados para o São Paulo contra a Portuguesa meus amigos, TRÊS ! Isto é uma vergonha, indecência, putaria franciscana. Agora o que enche, é que ninguém toma nenhuma providência contra o árbitro, o cara lesa um clube e se vacilar ainda ganha prêmio.

Arbitragem 2 – Alguém consegue explicar por quê o árbitro Guilherme Ceretta apitou duas partidas seguidas do Guarani da Turiassú na copa do Brasil ?

Arbitragem 3 – Alguém consegue explicar como que a informação adiantada pelo jornal da Tarde, a de que o árbitro Paulo César de Oliveira teria sido o escolhido em comum acordo entre Travestis e Fasci Clube, se confirmou no “sorteio” de árbitros de ontem na sede da FPF ? Leia mais aqui, aqui e aqui

Lucas – O STJD deu “apenas” uma advertência para o jogador segundo os jornais. Ninguém falou mais nada, ficou por isso mesmo. O muleque do gol foi expulso injustamente, ficou fora de um jogo automaticamente e ainda recebeu uma advertência ?!?!?!? E o ladrão que expulsou o menino sem motivo, recebeu alguma punição ? Sabe o que aconteceu com ele ? Nada !

Gramado – Falaram tanto do gramado do Morumbi para o jogo contra o Goiás e ontem o que se viu parecia um tapete. Até o reporter Márcio Spimpolo da Jovem Pan confirmou que apesar de algumas falhas, poucas diga-se de passagem, o gramado estava surpreendemente bom e que existem estádios com gramados em piores condições pelo Brasil. A imprensa gambá adora encher o saco…

Exposição – Um dos argumentos dos clubes aliados a TV Lixo, “era” que em outras emissoras a exposição aos seus patrocinadores seria menor e a pedido deles ( os parceiros ), os clubes deveriam fechar com a emissora carioca. Até faz sentido essa argumentação. Só que eu acabo de ler que os naming rights das arenas que alguns clubes estão planejando construir ou reformar, não faz parte do contrato que tais agremiações fizeram com a TV do monopólio, ou seja, se alguém investir em um estádio, não vai ouvir o narrador chamar a arena pelo nome da sua empresa, mas pelo nome original. Bem feito.

Arena 25 – Isso não afeta em nada as negociações do São Paulo para a Arena 25, afinal apenas parte do estádio terá este nome, que é a área destinada a shows atrás de um dos gols, o templo continuará a ser chamado de Morumbi. Cícero Pompeu de Toledo.

Outra vitória – Mais uma do JJ na oposição do São Paulo. As eleições realizadas quarta-feira passada foram confirmadas pela justiça. Mas cabe recurso.

Muricy – Pela primeira vez o São Paulo vai encontrar o seu antigo técnico do outro lado. É a primeira decisão em que o treinador vai enfrentar seu ex-clube. Desculpe Muriçoca, mas você vai levar a pior.

DaGODberto – 13 gols na temporada e subindo. O Museu que se cuide…

 ***(*) ******(*)

Anúncios

18 Respostas to “Rapidinhas do Lina”

  1. Hannibal Says:

    Cara de Areia Mijada levou os trouxas na conversa, acabou ferrando com tudo, pau mandado dá na função dele, porém e os outros presidentes que assinaram correndo com a tv dos Marinhos? Não sabiam?!

    Outra coisa, O Cara de Areia Mijada tá alugando o Parmera? O cara conseguiu que as porcas não transferissem o jogo do Pacaembu e ainda indicou o juiz e elas disseram amém? Rapaz que decadência!

    Lina: Lamentável…

    • GUINA SP10 Says:

      Caro hannibal, o Chan$es não levou ninguém na conversa não! Há muitos intere$$es por traz desta história, meu caro. Infelizmente “eles” estão vencendo a guerra, o Brasil faz de tudo para comprovar a tese internacional de que somos o país da corrupção. Só uma guerra civil da jeito no Brasil! Infelizmente.

      • José Roberto Says:

        País da corrupção?
        Talvez isso explique.

        21/04/2011 – 09:25 – Atualizado em 21/04/2011 – 17:17

        COMPANHEIROS DE TOGA

        O governo nomeia para o STJ Antônio Ferreira, advogado sem currículo – mas ligado ao PT
        Diego Escosteguy e Murilo Ramos

        APARELHAMENTO

        A carreira de Antônio Carlos Ferreira, advogado próximo ao PT e ao Sindicato dos Bancários, deslanchou quando Lula assumiu a Presidência. Agora, essa proximidade o levou ao STJO advogado Antônio Carlos Ferreira formou-se numa faculdade que nem sequer consta da lista das 87 recomendadas pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Não fez mestrado. Em 30 anos de carreira, nunca publicou um artigo jurídico. Só teve um grande cliente: a Caixa Econômica Federal, onde entrou há mais de 25 anos. Nas poucas e magras linhas de seu currículo oficial, porém, não há menção ao dado mais relevante de sua trajetória: desde 1989, ele é filiado ao Sindicato dos Bancários de São Paulo, entidade alinhada com o Partido dos Trabalhadores. Militante informal do partido, Antônio Carlos fez carreira na Caixa com a ajuda dos companheiros. Em 2000, a pedido do atual tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, tornou-se chefe do setor jurídico do banco no Estado de São Paulo. Quando Lula assumiu a Presidência, três anos depois, o PT emplacou Antônio Carlos no comando da Diretoria Jurídica da Caixa – uma posição para lá de poderosa, da qual dependem todos os grandes negócios do banco.

        Antônio Carlos, um companheiro discreto e disciplinado, nunca criou problemas para o partido. Deu aval a contratos tidos como ilícitos pelo Ministério Público Federal, como no caso da multinacional de loterias Gtech, e testemunhou silenciosamente ações ilegais, como a quebra ilegal do sigilo bancário do caseiro Francenildo. No caso da Gtech, acusada pelo MP de pagar propina ao PT para renovar por R$ 650 milhões um contrato com a Caixa, Antônio Carlos e sua equipe mudaram o entendimento jurídico sobre o assunto – o que permitiu a renovação exatamente nos termos pedidos pela multinacional, ainda no começo do governo Lula.

        Anos depois, em 2006, ele jantava com o então presidente da Caixa, Jorge Mattoso, quando um assessor do banco entregou a Mattoso um envelope com os extratos bancários do caseiro que denunciara malfeitorias do ministro Antonio Palocci. O misterioso perdão milionário concedido pela Caixa ao grupo Bozano e ao Banco Santander, revelado por ÉPOCA na semana passada, também passou, sem nenhum questionamento, pelo crivo da turma de Antônio Carlos. (Por meio de sua assessoria, ele negou participação nos casos que passaram por sua área e disse não ter visto o conteúdo do envelope com os extratos bancários do caseiro.)

        Antônio Carlos permaneceu na diretoria da Caixa até agosto do ano passado. Na última terça-feira, a presidente Dilma Rousseff o nomeou para uma vaga no Superior Tribunal de Justiça, o STJ, a segunda corte mais importante do país. Para ocupar esse cargo, a Constituição exige que o candidato detenha “notório saber jurídico” e “reputação ilibada”. Caberá agora ao Senado sabatiná-lo. A reputação foi colocada em xeque por sua atuação na Caixa. Com relação ao notório saber jurídico, é difícil encontrar lentes para enxergar esse atributo em Antônio Carlos – a não ser lentes vermelhas, partidariamente embaçadas.

        Na Caixa, o novo ministro do STJ aprovou contratos irregulares, como o da multinacional Gtech
        Ao comparar-se seu currículo ao dos demais 29 ministros da corte ou aos de seus concorrentes ao posto, as credenciais de Antônio Carlos parecem frágeis. Todos exibem cursos de pós-graduação ou, no mínimo, longa carreira no Judiciário. Foi, portanto, preciso muito lobby para que o nome de Antônio Carlos chegasse à mesa da presidente Dilma – lobby do PT e de ministros que foram ligados ao partido, como Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF). Foi uma espécie de retribuição. Como sempre tratou muito bem o poder, pelo poder também foi muito bem tratado. Quando Antônio Carlos era diretor jurídico da Caixa, o banco concedia generosos patrocínios para eventos do Judiciário. O banco deu R$ 40 mil para financiar a festa promovida para Dias Toffoli, quando ele conseguiu ser nomeado para o STF, em outubro de 2009. Antônio Carlos foi à festa, claro.

        A indicação de Antônio Carlos veio de uma lista sêxtupla da OAB. Na votação entre seus pares, ele ficou em sexto. Encaminhou-se essa lista ao STJ. Antônio Carlos pulou para o primeiro lugar na lista enviada ao governo. Os dois competidores finais de Antônio Carlos apresentavam cursos de pós-graduação – mas pouca simpatia político-partidária. Em Brasília, é essa a linha que conta mais no currículo.

        SERÁ QUE JULGARÁ ALGUM CUMPANHERO COM ISENÇÃO?

      • José Roberto Says:

        País da corrupção?

        Veja isso

        Revista Época

        Atualizado em 21/04/2011 –
        17:17

        COMPANHEIRO DE TOGA

        O governo nomeia para o STJ Antônio Ferreira, advogado sem currículo – mas ligado ao PT
        Diego Escosteguy e Murilo Ramos

        APARELHAMENTO
        A carreira de Antônio Carlos Ferreira, advogado próximo ao PT e ao Sindicato dos Bancários, deslanchou quando Lula assumiu a Presidência. Agora, essa proximidade o levou ao STJO advogado Antônio Carlos Ferreira formou-se numa faculdade que nem sequer consta da lista das 87 recomendadas pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Não fez mestrado. Em 30 anos de carreira, nunca publicou um artigo jurídico. Só teve um grande cliente: a Caixa Econômica Federal, onde entrou há mais de 25 anos. Nas poucas e magras linhas de seu currículo oficial, porém, não há menção ao dado mais relevante de sua trajetória: desde 1989, ele é filiado ao Sindicato dos Bancários de São Paulo, entidade alinhada com o Partido dos Trabalhadores. Militante informal do partido, Antônio Carlos fez carreira na Caixa com a ajuda dos companheiros. Em 2000, a pedido do atual tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, tornou-se chefe do setor jurídico do banco no Estado de São Paulo. Quando Lula assumiu a Presidência, três anos depois, o PT emplacou Antônio Carlos no comando da Diretoria Jurídica da Caixa – uma posição para lá de poderosa, da qual dependem todos os grandes negócios do banco.

        Antônio Carlos, um companheiro discreto e disciplinado, nunca criou problemas para o partido. Deu aval a contratos tidos como ilícitos pelo Ministério Público Federal, como no caso da multinacional de loterias Gtech, e testemunhou silenciosamente ações ilegais, como a quebra ilegal do sigilo bancário do caseiro Francenildo. No caso da Gtech, acusada pelo MP de pagar propina ao PT para renovar por R$ 650 milhões um contrato com a Caixa, Antônio Carlos e sua equipe mudaram o entendimento jurídico sobre o assunto – o que permitiu a renovação exatamente nos termos pedidos pela multinacional, ainda no começo do governo Lula.

        Anos depois, em 2006, ele jantava com o então presidente da Caixa, Jorge Mattoso, quando um assessor do banco entregou a Mattoso um envelope com os extratos bancários do caseiro que denunciara malfeitorias do ministro Antonio Palocci. O misterioso perdão milionário concedido pela Caixa ao grupo Bozano e ao Banco Santander, revelado por ÉPOCA na semana passada, também passou, sem nenhum questionamento, pelo crivo da turma de Antônio Carlos. (Por meio de sua assessoria, ele negou participação nos casos que passaram por sua área e disse não ter visto o conteúdo do envelope com os extratos bancários do caseiro.)

        Antônio Carlos permaneceu na diretoria da Caixa até agosto do ano passado. Na última terça-feira, a presidente Dilma Rousseff o nomeou para uma vaga no Superior Tribunal de Justiça, o STJ, a segunda corte mais importante do país. Para ocupar esse cargo, a Constituição exige que o candidato detenha “notório saber jurídico” e “reputação ilibada”. Caberá agora ao Senado sabatiná-lo. A reputação foi colocada em xeque por sua atuação na Caixa. Com relação ao notório saber jurídico, é difícil encontrar lentes para enxergar esse atributo em Antônio Carlos – a não ser lentes vermelhas, partidariamente embaçadas.

        Na Caixa, o novo ministro do STJ aprovou contratos irregulares, como o da multinacional Gtech
        Ao comparar-se seu currículo ao dos demais 29 ministros da corte ou aos de seus concorrentes ao posto, as credenciais de Antônio Carlos parecem frágeis. Todos exibem cursos de pós-graduação ou, no mínimo, longa carreira no Judiciário. Foi, portanto, preciso muito lobby para que o nome de Antônio Carlos chegasse à mesa da presidente Dilma – lobby do PT e de ministros que foram ligados ao partido, como Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF). Foi uma espécie de retribuição. Como sempre tratou muito bem o poder, pelo poder também foi muito bem tratado. Quando Antônio Carlos era diretor jurídico da Caixa, o banco concedia generosos patrocínios para eventos do Judiciário. O banco deu R$ 40 mil para financiar a festa promovida para Dias Toffoli, quando ele conseguiu ser nomeado para o STF, em outubro de 2009. Antônio Carlos foi à festa, claro.

        A indicação de Antônio Carlos veio de uma lista sêxtupla da OAB. Na votação entre seus pares, ele ficou em sexto. Encaminhou-se essa lista ao STJ. Antônio Carlos pulou para o primeiro lugar na lista enviada ao governo. Os dois competidores finais de Antônio Carlos apresentavam cursos de pós-graduação – mas pouca simpatia político-partidária. Em Brasília, é essa a linha que conta mais no currículo.

        SERÁ QUE ESSE MINISTRO VAI JULGAR ALGUM CUMPANHERO COM ISENÇÃO?

        ISSO É BRASIL.

        EMBORA TORÇA MUITO PARA QUE O GALINHEIRO NÃO SEJA CONSTRUIDO, LENDO NOTÍCIAS COMO ESSA, DUVIDO QUE O CURICA NÃO GANHE SEU MONUMENTO A CORRUPÇÃO.
        SE ALGUM CIDADÃO INDIGNADO RECORRER A JUSTIÇA JÁ SABEMOS DE ANTE-MÃO QUAL SERÁ O RESULTADO FINAL.

        QUE VERGONHA TENHO DE SER BRASILEIRO!

      • José Roberto Says:

        Mas a sociedade continua pressionando a Dilma.

        OAB QUER MÃO FORTE DE DILMA EM TODA A ORGANIZAÇÃO DA COPA E DAS OLIMPÍADAS.

        O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, defendeu hoje que a presidenta Dilma Roussef determine com urgência a entrada do governo federal na condução de todo o processo de organização para a realização da Copa do Mundo e das Olimpíadas no Brasil.

        “O que a sociedade está detectando é que falta uma mão forte do governo, em conjunto com a sociedade civil e de uma forma transparente, encaminhar todas as demandas que são inerentes para a realização dos dois eventos esportivos”.

        Na opinião de Ophir, é necessário que neste momento os brasileiros tenham essa resposta porque do contrário “vão continuar dúvidas em relação à condução desse processo em todos os estados da federação”.

        A reação do presidente nacional da OAB ocorreu em virtude da denúncia feita hoje pela pela relatora especial da ONU para a Moradia Adequada, Raquel Rolnik, de que as autoridades de várias cidades-sede da Copa do Mundo e do Rio de Janeiro, que receberá a Olimpíada de 2016, de praticar desalojamentos e deslocamentos forçados que poderiam constituir violações dos direitos humanos.

        “A denúncia demonstra a necessidade da presidenta Dilma determinar que o governo federal assuma definitivamente a condução do processo em relação à preparação do país para a realização dos dois eventos esportivos”.

        Segundo Ophir, o que a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) propugnou em ofício encaminhado recentemente à presidenta Dilma Roussef foi justamente que se constituísse um grupo de trabalho, ligado diretamente à Presidência da República, com a participação da sociedade civil, do Tribunal de Contas da União, entre outros órgãos. O objetivo – disse – é que o governo federal possa ter um controle social efetivo de todas as ações tomadas em relação aos dois eventos, principalmente da Copa do Mundo que vai acontecer dois anos antes das Olimpíadas: desapropriações, construções de estádios etc…

        A Copa do Mundo é essencial para o Brasil, deve ser realizada para o desenvolvimento do país, mas não podemos cometer erros como o ocorrido anteriormente na preparação dos Jogos Pan-Americanos, afirmou o presidente da OAB. “Por não existir este controle social, os Jogos no Brasil custaram muito mais para os cofres do país do que se deveria gastar.

    • José Roberto Says:

      José Roberto Disse:

      25/04/2011 às 22:01
      A porca prostituta da casa da noite eterna já abriu as pernas para o curica, abrir mão do seu mando de jogo é ser muito sem vergonha.
      O que é muito bom para o São Paulo as duas torcidas, lixos que são iam mijar nos muros, depredar banheiros, arrancar torneiras rabiscar paredes,quebrar lâmpadas, enfim iam acabar com a reforma que foi feita, melhor para nós, sabemos da luta do Juju e do São Paulo e da grana que estão gastando, para abrir os portões para essa gentalha farofeira fazer sujeira na nossa casa.
      Xô galinhas, Xô porcas vão duelar em outro chiqueiro.
      O kassab agora vai ver com quem está lidando.

      joão paulo Disse:

      22/04/2011 às 02:55 | Responder
      la pelo ano de 2000 escutava muita gente falando o mesmo do mustafa kkkkkkkkk

      Essa resposta da porquinha foi incrível, querem apostar que se for garfado contra o curica ela vai berrar ou melhor grunhir?

      José Roberto Disse:

      19/04/2011 às 05:33
      O fdp do del nero vai entrar em ação, alguém tem dúvida que daqui pra frente o São Paulo será roubado, monitorado, punido, jogador suspenso por nada?
      Como temos certeza que o palmerda aquele timico que envenena adversário com gás de pimenta para tirar proveito, terá todos os benefícios e mazelas a seu favor.
      Aguardem!!!!

      Lina: Zé, já estão falando em punir o Carpegiani porque ele disse que quem fez o regulamento brincou de boneca até os 30 anos…

      joão paulo Disse:

      19/04/2011 às 09:50
      quem aprovou o regulamento?

      vcs são mesmos engraçados kkkkkkkk

      se ganham foram fantasticos, se perdem, já existe uma desculpa pronta.

      Vamos aguardar!

      joão paulo Disse:

      18/04/2011 às 12:35

      vcs jamais poderão sentir uma emoção desse tipo, é isso que da torcer para um clube sem alma, e ter uma torcida glacial.

  2. Ross Geller Says:

    Tem coisa errada aí. O Ceretta não apitou duas partidas seguidas, foi o Rodrigo Braghetto que foi árbitro em uma e quarto árbitro na seguinte, no Paulista há quase dois meses. Isso é mais comum do que você imagina.

  3. Calixto Says:

    Pela visto as galinhas assassinas conseguiram tirar o Blog do Moto Boy da net .

    O crime está cada vez mais forte e imune na sociedade .

  4. GUINA SP10 Says:

    O mundo do futebol está cada dia mais deplorável… Lina DaGODberto foi hilário. rsrsrsrsrs

  5. LUCAS HEXA Says:

    WTorre e Palmeiras tiveram duas reuniões nesta semana. A construtora falou das dificuldades que tem encontrado para gerar receitas com o projeto nessa fase, apesar de assegurar ter recursos para honrar o compromisso. O naming right não foi negociado. A venda de cadeiras cativas e camarotes não saiu do papel. A verba a ser gerada com essas comercializações ajudaria a empresa a tocar a obra.

    A WTorre deixou o Palmeiras à vontade para trocar de construtora, desde que a reembolse. Walter Torre afirma ter investido até aqui R$ 40 milhões.

    Blog do Perrone

    hahahaha a porcada nem precisa de inimigos, dá até dó.. moeram o estádio deles e ainda tem que pagar 40 milhões por isso… haja incompetência do matador Babyluzo.

    Lina: Esse é o maior negócio do futebol brasileiro de todos os tempos: eu te dou meu estádio, você destrói uma parte e eu ainda te dou R$ 40 milhões pela “terra arrasada”. Aposto que o João Paulo não aparece por aqui hoje…

    • Hannibal Says:

      Que maravilha!

      Quem vai investir em estádio no Brasil? Ninguém confia nos clubes brasileiros, veja o C13, acabou o que resta de credibilidade.

      Vão ter que ser virar com eles mesmo, senão largam a obra e fodem com o Guarani da Turiassú de vez!

    • José Roberto Says:

      LUCAS HEXA.
      Não seja maldoso, está tudo sendo tocado de acordo com o padrão fifa.
      Estará pronto para a Copa América.
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      A Joaninha vai mesmo ficar um bom tempo sem aparecer, quando voltar vai dar a desculpa que estava procurando a receita do pão de quijo da vovó.
      Depois dizem que porcas não acreditam em Papai Noel.
      rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs

      • José Roberto Says:

        ENQUANTO ISSO, DO OUTRO LADO DO MURO.

        BALANÇO DE 2010 MOSTRA AUMENTO DE GASTOS COM CONTRATAÇÕES E GRANDES INVESTIMENTOS EM REFORMAS.
        MORUMBI CONTINUA DANDO LUCRO

        Hoje foi divulgado o Balanço de 2010 do São Paulo, com informações bastante interessantes sobre a gestão do clube.

        1. Morumbi gerou receita de R$ 34.650 milhões

        O estádio são-paulino proporcionou ao clube uma receita de R$ 34.650 milhões. Descontando as despesas de manutenção do estádio, chegamos a um faturamento líquido de R$ 23.850 milhões, valor bastante expressivo.

        Se considerarmos ainda os ganhos líquidos com bilheteria (R$ 10.094), este valor subiria para impressionantes R$ 33.944. Nada mal para um estádio que até 2003 era deficitário.

        Na composição do faturamento do estádio, chama atenção os ganhos com aluguéis para shows: R$ 8.400 milhões, um aumento de R$ 4.695 milhões em relação à 2009. Isso mostra porque a Diretoria quer investir na Arena 25, de modo a explorar ainda mais essa importante fonte de receita.

        2. Clube investiu alto em reformas. Só no Morumbi foram quase R$ 30 milhões.

        Já se sabe que o São Paulo vem investindo pesado na melhoria e ampliação de sua estrutura física, mas agora temos os valores exatos desses investimentos.

        Só na parte social e no CT da Barra Funda, o clube gastou quase R$ 10 milhões. Para o CFA Laudo Natel, do qual Juvenal tanto se orgulha, foram destinados R$ 30.783, investimento essencial para o futuro do clube.

        E por fim, temos a modernização do Morumbi. Quanto à parte interna da reforma, já se sabe que o clube concluiu 40% do projeto, dentre melhorias de sanitários, instalação e elevação de assentos, construção de camarotes, dentre outros.

        Parte do custo foi bancado por empresas parceiras do clube, e a outra parte pelo próprio São Paulo, no valor de R$ 29.895. Ou seja, Juvenal está investindo pesado na melhoria do nosso querido estádio.

        3. Meta ousada de patrocínio custou caro. Mas clube teve boa evolução com licenciamento da marca

        Uma questão que chamou atenção – negativamente – foi a queda dos ganhos com publicidade e patrocínio. Em 2009, o clube obteve R$ 31.344 milhões. Em 2010, esse número caiu para R$ 17.884 milhões, uma diminuição de mais de 40%, fruto da demora em acertar um patrocinador master.

        Recapitulando: o clube decidiu não renovar com a LG, e traçou a meta de conseguir R$ 40 milhões com patrocinador master e das mangas do uniforme.

        O problema é que o clube, tal como o Flamengo, que ainda conta com Ronaldinho Gaúcho como trunfo, não conseguiu atingir sua meta.

        Com isso, o clube foi ‘quebrando o galho’ com alguns patrocínios de ocasião, até acertar com o BMG no 2º semestre. O problema é que, nesse meio tempo, o clube ficou sem um grande patrocinador, o que acarretou essa diferença.

        Menos mal que ao menos hoje o São Paulo tem excelente desempenho nesse quesito, com os maiores valores de patrocínio do futebol paulista.

        Por outro lado, o clube teve ótima evolução com o licenciamento da marca, passando de R$ 6.943 milhões para R$ 8.649 milhões, um aumento de 25%, graças a 80 novos contratos de licenciamento que foram fechados. É o marketing tricolor mandando brasa!

        4. Despesas com o futebol profissional

        Outro importante fator da gestão de um clube de futebol é o controle das despesas, de modo a não permitir que a instituição perca o seu equilíbrio financeiro.

        As maiores despesas do clube, como não poderia deixar de ser, residem no futebol profissional e amador – e nesse quesito, verifica-se um incremento de 15,9%.

        Se Juvenal tinha a fama de ‘mão fechada’ na hora de reforçar o time, agora talvez isso mude: houve um aumento de 70% com a aquisição de jogadores.

        O lado negativo, contudo, foi o aumento da folha salarial, que passou de R$44,6 milhões para 50,7 milhões. São gastos correntes e que sobrecarregam as contas do clube, não podendo ser desfeitas de uma hora para outra. Por esse motivo é essencial se livrar de jogadores caros e improdutivos como Cléber Santana e Fernandão.

        De qualquer forma, mais importante do que o controle dos gastos é assegurar que as receitas cresceram mais do que as despesas. E isso aconteceu.

        5. Resumo da ópera

        O clube mais uma vez teve excelentes resultados, com aumento significativo de praticamente todas as receitas. Com o Morumbi, houve um aumento de 10,83%; com a parte social, um incremento de 16,9%.

        O saldo final foi positivo: faturamento total de R$ 194.708 milhões, com R$ 454 mil de superávit. Ou seja, as contas novamente fecharam ‘no azul’.

        Com exceção do decréscimo com os valores de patrocínio (problema que não ocorrerá em 2011), o clube apresentou excelentes números. Não é a toa que o SPFC é referência de gestão profissional no futebol brasileiro.

        Esse post teve o auxílio indispensável do tricolor Danilo Garcia (@danilocascaldi).
        Tirei do Blog do Navarro.

  6. José Roberto Says:

    Lina.
    Não sei mais o que fazer para controlar a inveja que tenho da gestão feita nas porcas prostitutas da casa da noite eterna da Rua: Turiassú.
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Lina: HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

  7. Hannibal Says:

    michaelserra Michael Serra

    Que feio hein, Palestra. (Detalhes, Folha da Manhã era dos Matarazzo e Delmanto era presidente deles). http://twitpic.com/4r7ajh

    http://twitpic.com/4r7ajh

    Que feio hein, Palestra. (Detalhes, Folha da Manhã era dos Matarazzo e Delmanto era presidente deles).
    ___________________________________________________________

    Sempre contra tudo e contra todos! kkk

    Lina: Você tem twitter Hannibal ? Essa história ai é sinistra…

    • Hannibal Says:

      Recebi de um amigo por e-mail Lina, ele segue o Michel Serra, ele pesquisa a História do Tricolor, eu não gosto muito dessa parada de twitter, facebook, mas estou repensando tem muita informação que rola por aí e a gente não fica sabendo…

      Lina: O MS é gente boa. Faz o teu perfil no TT vamos trocar uma idéia qq hora meu brother. Perdemos pro Santos agora há pouco e não vou fazer post hj. Vou tomar minhas Brahmas pra refrescar as idéias. Grande abraço e bom domingo ! PS. Serei TRICOLOR mesmo que a bola não entre, mesmo que o manto desbote. SEREI TRICOLOR ENQUANTO VIVER ! E depois se puder… _X_

      • Hannibal Says:

        Vou fazer cara, é foda… PCC deu motivo hoje, mas o time perdeu um caminhão de gols também, fora que os desfalques fazem a diferença e o caras de o diferencial do Ganso… o jeito é levantar, sacudir a poeira e dar a volta por cima na CB, abraço!

      • José Roberto Says:

        Aturar o Marlos é foda, o cara parece uma enceradeira, roda, roda e nada.
        O time do São Paulo é muito tico-tico, já o Santos pegava a bola e partia pra cima.
        Temos que admitir viramos fregueses de carteirinha.
        Acho que o PCC já deu o que tinha que dar, deveria ter tirado o enceradeira e ter colocado o Rivaldo logo no começo do segundo tempo.
        Uma coisa que gosto na torcida do São Paulo, sabe reconhecer e homenagear quem trabalhou bem e com amor pelo nosso clube, aplaudiram e cantaram o nome do Muriçoca no final do primeiro tempo, como sempre fazem com o nome do Telê Santana.
        Que outras torcidas aprendam.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: