Rapidinhas do Lina

Mando de campo – O Leco tocou na ferida quando comentou sobre a perda de mando de campo do São Paulo na fase final do regionalzinho. Se o clube a beira da falência, que jogou gás nos vestiários do São Paulo em 2008, pegou um jogo ( quando na verdade deveria ter o estádio (?)  interditado ), por quê o São Paulo pegou dois por um copo de refrigerante ? Com a decisão de ontem fez-se justiça e o São Paulo joga contra a Lusa em Barueri. Que sirva de lição para o babaca que atirou objetos em campo: se não sabe se comportar em eventos esportivos, fica em casa ! No mais,  se você torcedor Tricolor presenciar outro torcedor atirando alguma coisa no gramado, procure a polícia e denuncie na hora. Você estará ajudando o São Paulo.

Não vale nada ! – Ridículo. Essa é a palavra que define melhor essa competição. O time que termina a primeira fase em primeiro lugar, não tem vantagem nenhuma: não ganha troféu e não joga por empate. O clube a beira da falência perdeu para a Ponte Preta. Quem garante que a derrota não foi para escapar da Portuguesa ? Se a primeira-fase valesse um troféu simbólico, será que o Guarani da Turiassú teria perdido na última rodada ?

Maguou – O projeto de imperador não gostou das reclamações sobre o regulamentozinho ! Disse que o tribunal deve estar atento e tomar as devidas providências. Ahhhh, não fica assim, vai brincar com tua boneca vai !

Reforços – Depois de desistir do Guiñazu, o São Paulo vai atrás do Josué, pelo menos é o que diz o Zanquetta em seu blog. O cão de guarda da zaga Tricolor pode estar de volta. Outros nomes também foram mencionados pelo bem informado blogueiro.

Uva passa – O diretor de marketing dos travecos é sãopaulino, dá pra acreditar ? Se o Morumbi é o panetone caro orelhudo, você é a uva passa que caiu no chão e foi pro ninho das baratas. Vai te catar !

CPI da CBF – Quando começou o movimento, por volta de um mês atrás, todo mundo repercutiu a notícia da CPI e foi criada até a tag #cpidacbf no twitter, mas o tempo passou e aquela empolgação toda diminuiu. É assim que age o político no Brasil, deixa cair no esquecimento, até engavetar projetos e propostas que interessam ao coletivo. Não se deixe vencer pelo cansaço e nem pela memória, faça a sua parte, mande uma mensagem para seu deputado federal.

Perdeu a batalha – O São Paulo pode estar  fechado com a vênus enferrujada e deve receber R$ 5 milhões a menos que Flalido e Travestis na divisão de cotas. Se isso for verdade será uma pena, não pelos valores – que são ótimos se estas forem as cifras, mas porque isso transcendeu a questão financeira, é uma questão ética e política. O São Paulo luta contra forças que dominam o país, organizações que elegem e derrubam presidentes e que querem monopolizar o esporte do povo. Pra quem acha que não se deve misturar ideologia com esporte, sugiro que procure a respeito das olimpíadas de Berlim em 1936 e Jesse Owens; sobre o boicote aos jogos olímpicos de 1980 em Moscou; sobre a copa do mundo de 1978 na Argentina, comprado pelos militares do pais vizinho para acalmar os hermanos; ou mesmo sobre a copa de 1970 e seu “vamos todos juntos, pra frente Brasil”. Política e esporte tem muita coisa em comum e algumas vezes ( se não em todas ), um reverbera no outro…

Mas não perdeu a guerra – A esperança de ver uma reviravolta neste provável final favorável a TV Lixo, está nas mãos do C13, que deve fazer uma representação ao MP por uso desigual de poder econômico/financeiro e do CADE que está investigando o processo de negociação da vênus enferrujada com os clubes.

Eleições – Finalmente esta novela vai acabar, dia 20/04 às 19h00 no salão nobre do Morumbi. Não aguento mais gente oportunista publicando bobagens do meu São Paulo. Gente que quer transformar o clube Soberano em lugar comum. Eu sinto satisfação nos torcedores de outros clubes quando falam a respeito da briga pública que se tornou esta eleição, aquele sorriso amarelo que diz sem ter que falar: o São Paulo é igual aos outros. Isto, enfim, termina amanhã. Eu não preciso nem desejar que o JJ vença essa eleição, porque todo mundo sabe que é barbada. Apenas desejo que Deus dê discernimento e saúde a ele pra manter o São Paulo no caminho da vitória, da honra e da dignidade, e se for possível: longe da TV Lixo.

Novidades – Depois das eleições, no mesmo dia ou em coletiva a ser agendada, o JJ deve anunciar o parceiro que bancará a cobertura do Morumbi e detalhes do projeto. Pode ser até que reforços também sejam anunciados.

Enquanto isso – A oposição diz que é contra o monotrilho e a construção do estacionamento…

***(*) ******(*)

Anúncios

29 Respostas to “Rapidinhas do Lina”

  1. Radar Soberano Says:

    Sem poder de fogo, parlamentares combatem jogos às 22h

    Deputados e senadores querem que os jogos às quartas e às quintas comecem antes das 22h. Devem pressionar CBF e representantes das emissoras de TV na audiência da próxima semana no Senado sobre a venda dos direitos de transmissão do Brasileirão.

    Eles já demonstraram que abraçaram a popular causa na semana passada, quando bombardearam o corintiano Andrés Sanchez e o são-paulino José Francisco Manssur com perguntas sobre os horários das partidas. Saíram decepcionados, após ouvirem respostas como essa de Andrés: “quem paga escolhe o horário”.

    Perceberam que os cartolas nada farão para que os jogos comecem mais cedo e prometeram agir. “As TVs são concessões públicas. Podemos enviar para Globo uma recomendação, uma sugestão para que os jogos não comecem depois das 21h”, disse ao blog a senadora Lídice da Mata.

    Ao falar em sugerir, ela reconhece que o Senado não tem como impedir que as partidas comecem quando a televisão bem entender. Assim, por mais que deputados e senadores façam barulho, dificilmente seus protestos passarão de uma medida que pode render a simpatia dos eleitores. Nada além do famoso “jogar para a torcida”.

    Blog do Perrone, Uol

    http://blogdoperrone.blogosfera.uol.com.br/sem-categoria/sem-poder-de-fogo-parlamentares-combatem-jogos-as-22h/

  2. Radar Soberano Says:

    Referência em 2011, Dagoberto pode deixar São Paulo de graça

    São Paulo – Adaptado por Paulo César Carpegiani à função de principal atacante no esquema do São Paulo, com liberdade para se movimentar por todo o setor ofensivo, Dagoberto se firmou como líder de gols e assistências da equipe em 2011. Apesar do ótimo desempenho, o jogador ainda não foi procurado pela diretoria para estender seu vínculo com o clube, que termina em 18 de abril de 2012 – em novembro deste ano, ele já estará livre para assinar um pré-contrato com outro time.

    Questionado sobre a chance de “imitar” o zagueiro Miranda, que já tem acerto com o Atlético de Madrid (ESP) e vai deixar o São Paulo no meio do ano sem compensação financeira ao clube tricolor, Dagoberto não descartou a possibilidade.

    “Acho que você tem que cumprir seu contrato. Eu assinei por cinco anos, então o mínimo que eu tenho que fazer é ficar por cinco anos. Depois disso, a vida segue para cada um”, desconversou.

    O atacante já teve propostas para deixar a equipe do Morumbi mais de uma vez durante seu contrato, mas o clube nunca chegou a um acordo para liberá-lo. “Vamos esperar, que o futuro ainda vai dizer muita coisa” afirmou o jogador, que não sabe se conseguiu conquistar a todos no São Paulo em seus quatro anos no clube: “É difícil falar. Mas conquistar, eu já conquistei a minha mulher”, brincou.

    Apesar da nova função em campo estar rendendo ótimas atuações no ano, Dagoberto não vê problemas em atuar ao lado de um centroavante mais tradicional – no caso, Luís Fabiano, que fará sua estreia na partida de volta contra o Goiás, no Morumbi, pela Copa do Brasil. “Sempre joguei me movimentando, saindo da área, e ainda jogo assim no esquema de hoje. Até prefiro jogar com uma referência”, minimizou.

    http://esportes.terra.com.br/futebol/noticias/0,,OI5085134-EI17402,00.html

    • Papito Says:

      Miranda 2.

      • Guedes Says:

        Ele já falou o que vai acontecer, todo esse texto está resumido nisto.

        “Acho que você tem que cumprir seu contrato. Eu assinei por cinco anos, então o mínimo que eu tenho que fazer é ficar por cinco anos. Depois disso, a vida segue para cada um”, desconversou.

        É outro que não merece vestir esta camisa.

      • Hannibal Says:

        Que cumpra o contrato e adeus.

  3. Radar Soberano Says:

    Direitos de transmissão: Globo paga menos e exige mais

    Com contrato assinado com a Globo, clubes têm de ceder mais e recebem menos

    O contrato que o Clube dos 13 assinou com a RedeTV! para a cessão dos direitos de TV aberta dos próximos Campeonatos Brasileiros é mais favorável aos clubes do que os que as próprias agremiações assinaram com a TV Globo.

    O LANCENET! conseguiu cópias dos dois contratos, bem como de outros contratos com a Globo – o C13 só promoveu até agora uma licitação.

    A partir desta terça-feira começará a explicar os documentos que irão reger as transmissões do Campeonato Brasileiro pelos próximos três anos, caso o C13 vença a disputa, ou quatro, caso a Globo seja a vitoriosa – hoje o mais provável.

    As diferenças entre os dois contratos de TV aberta são gritantes em vários pontos.

    A primeira vantagem do contrato do C13 é o prazo. Com um acordo por três anos, em 2015, já estaria em vigor um novo contrato, com valores um pouco ou muito maiores do que o atual. Desde que a Globo assinou o primeiro contrato de transmissão do Brasileiro, em 1987, o valor jamais cresceu menos do que o índice de inflação do período. A maior variação de um triênio para outro foi de 100%. Assim, com o vínculo com a Globo, os clubes em 2015 deixarão de ganhar entre 15% e 100% a mais.

    O vínculo mais longo e mais forte é a marca do contrato desenhado pela Globo e entregue aos clubes só para assinar. A única cláusula que esteve em discussão foi o valor. O contrato da RedeTV!, ao contrário, foi feito pela entidade de clubes.

    O contrato da Globo, basicamente, faz mais exigências e oferece menos dinheiro e menos garantias do que o da RedeTV!

    Uma das coincidências é o valor da multa em caso de atraso do pagamento de parcelas: apenas 2% de multa e 1% de juros ao mês. Isso significa que entre pagar a parcela e pagar um empréstimo, certamente a emissora vai optar por atrasar o primeiro.

    Por fim, por todos os valores divulgados até agora, a Globo não pagará aos clubes o mesmo que eles conseguiriam caso tivessem ficado com o Clube dos 13. Para começar, o acordo da Globo mira apenas 18 clubes. Guarani e Portuguesa estão fora. E condenados a viver com as migalhas dos clubes menores.

    ‘Globo é real’, diz Paulo Odone

    O Grêmio, um dos primeiros clubes a assinar o contrato de direitos de transmissão com a Globo, levou em consideração, especialmente, um pedido de seus patrocinadores.

    – O contrato com a Globo é real. Tanto que já recebemos as luvas. Não dá para considerar só o valor direto, tem também fatores indiretos, como a visibilidade dos parceiros – diz o presidente Paulo Odone.

    Apesar da explícita rivalidade com Fábio Koff, dada a influência no Tricolor gaúcho, Odone afirma que a decisão foi técnica.

    – Ele foi irresponsável por assinar com a Rede TV!, que não apresentou garantias bancárias – frisa.

    Bate-Bola – Aod Cunha (Ceo do Internacional)

    Qual contrato parece mais vantajoso para você?
    Defendemos desde o início a negociação coletiva, o melhor para o futebol. Tomamos por base ligas europeias, que extraíram valores maiores e melhor distribuíram os recursos.

    Melhor a Rede TV!?
    Houve um movimento e uma avaliação que não pôde se concretizar. Independentemente de quem teve culpa. Mas a licitação cumpriu o seu papel. Os valores, no fim das contas, são maiores e mais próximos do que todos queriam.

    Marcelo Damato e Alessandro da Mata, Lancenet

  4. Radar Soberano Says:

    Longe de polêmicas, Dagol afirma: ‘Sou muito feliz aqui’

    Atacante são-paulino não fala de saída e garante que vai cumprir seu contrato até o final

    Prestes a completar quatro anos de São Paulo, Dagoberto vive dias felizes no clube. Gols e assistências fazem do jogador peça importante no time de Paulo César Carpegiani. Podendo assinar um pré contrato com outra equipe a partir de novembro, o camisa 25 disse não saber ao certo do seu futuro.

    – Tenho mais um ano de contrato, quero cumprir até o ultimo dia. Não sei o que vai acontecer, mas sou muito feliz aqui. Isso é uma valorização de uma pessoa que sempre buscou fazer o melhor. Às vezes eu não consegui, mas isso não me tira o sono. Agradeço a torcida que sempre me deu muita força – afirmou.

    Questionado se este tempo de clube foi o suficiente para convencer a torcida e os dirigentes para uma suposta renovação de contrato, Dagoberto não se mostrou muito preocupado e ressaltou os títulos que conquistou pelo Tricolor.

    – Difícil eu falar se eu convenci, tem que fazer essas perguntas para outras pessoas, eu faço meu melhor. Eu tinha que conquistar minha esposa e isso consegui (rs). Ganhei dois títulos brasileiros e agora estou em excelente grupo, sou muito agradecido por isso – concluiu.

    Depois de longo imbróglio na sua saída do Atlético-PR, o atacante foi apresentado no São Paulo no dia 20 de abril de 2007.

    Lancenet

  5. Radar Soberano Says:

    Diego, ex-Santos, estaria ‘apalavrado’ com o São Paulo

    Segundo o repórter Marco Bello, da rádio Transamérica, o meia Diego estaria apalavrado com o São Paulo. A informação vai ao encontro do que disse Juca Kfouri, de que o jogador poderia vir a atuar no tricolor do Morumbi.

    Faz tempos que o elenco carece de um meia, e a Diretoria havia se comprometido a tentar sanar essa necessidade. Diego não é um jogador extraordinário, mas também não é ruim (e cá pra nós, jogadores fora de série na posição de meia, como Ronaldinho Gaúcho, não tem feito grande coisa, apesar do salário milionário).

    Diego fez sucesso com o Santos em 2002 (quando inclusive se criou uma expectativa que se mostrou superestimada), teve ótima passagem pelo Werder Bremen, e acabou fracassando na Juventus, até chegar ao Wolfsburg. Na seleção brasileira também não foi bem sucedido.

    Em síntese: é um bom jogador, para uma posição carente no mercado para a qual o time precisa se reforçar.

    O problema seria a rejeição da torcida ao jogador, que, num ato de infantilidade e desrespeito, comemorou um gol contra o SPFC no Morumbi sobre o escudo do time – muito embora ele tenha torcido para o tricolor quando criança.

    Caso fosse contratado, a situação não seria inusitada. Em Pernambuco, por exemplo, Carlinhos Bala foi contratado pelo Sport, mesmo tendo feito gestos obscenos para a torcida rubro-negra em uma decisão de campeonato atuando pelo rival do clube. Quando foi contratado, seguindo o protocolo, pediu desculpas e ajudou o Sport a conquistar a Copa do Brasil.

    Na visão deste blogueiro, apesar de reprovar a conduta desrespeitosa do jogador, creio que seria válida sua contratação. Veja um exemplo: hoje, você torcedor são-paulino, aceitaria o Kaká de volta? Acredito que sim. Mas ele também teve uma postura não lá muito correta quando deixou o clube. E ele era jogador do SPFC, ao contrário do Diego.

    Portanto, vejo com bons olhos eventual contratação. O time precisa de um meia e Diego é uma boa alternativa no mercado, cujas opções para a posição são escassas. Resta saber apenas se a notícia de fato procede.

    Aproveite e vote dê sua opinião na enquete ao lado.

    http://blogdonavarro.com/2011/04/18/diego-ex-santos-estaria-apalavrado-com-o-sao-paulo/

  6. Papito Says:

    A única vantagem que o São Paulo tem, que é a vantagem do mando de campo, tiraram no tapetão e depois devolveram, mas olha o detalhe.
    Os jogos seguintes ao jogo com o curintia, foram Mirassol e Oeste em casa, no meio destes teve o Noroeste fora.
    Estes jogos é que deveriam ser usados para punir o São Paulo.
    O tribunal demorou pra julgar e aplicou a pena “logo” no jogo contra a Portuguesa.
    Agora resolveram aceitar o efeito suspensivo apenas para poder dizer que não prejudicam o clube.
    É assim que funciona.

  7. Papito Says:

    Lina, dá uma olha nessa jogada.
    Brincadeira.

  8. Radar Soberano Says:

    Ricardinho, de novo.

    Dorival fala em traição de Ricardinho e Zé Luis; veterano rebate
    Por Redação Yahoo! Brasil

    As saídas de Ricardinho e Zé Luis do Atlético-MG, neste mês, não tiveram seus reais motivos revelados. No entanto, em uma entrevista do programa “Bem, Amigos”, do canal Sportv, o técnico Dorival Júnior deu a entender que os dois foram dispensados por falta de profissionalismo e uma traição.

    Saiba as últimas do Yahoo! Esportes no Facebook

    “Foi uma decepção muito grande. Falei tudo o que tinha que falar para meus jogadores, e na frente dos dois. Quando percebi o que estava acontecendo no elenco, comuniquei à diretoria. Não gostaria de falar (o motivo), porque isso pode prejudicá-los profissionalmente, mais até do que já prejudicou. Aconteceram fatos muito desagradáveis. Tinha uma consideração muito grande pelos dois. Não é fofoca. Caracterizou uma falta de profissionalismo e uma traição. Foi apurado e muitas foram as fontes de dentro do próprio clube”, explicou Dorival.

    Em 2001, no Corinthians, Ricardinho teria sido acusado por Marcelinho Carioca de trair o grupo, supostamente ‘entregando’ as conversas privadas e atitudes dos atletas aos cartolas e à comissão técnica do time.

    Ricardinho se defende

    Ouvido pelo programa Redação Sportv, da mesma emissora, nesta terça-feira de manhã, o meia Ricardinho respondeu às acusações de Dorival, dizendo que não sabe até agora a razão de ter sido dispensado do Atlético-MG.

    “Nunca houve um bate-boca com o Dorival. Sempre procurei em alguns momentos questionar certas situações para melhorar nossa produção, como fiz em todos os clubes, mas sempre respeitando o comando do treinador. Fiquei muito triste com tudo isso, não era uma situação pela qual esperava passar. Acredito que algumas coisas devem ter chegado ao Dorival, mas não sei do que foi. Participo, tenho minha opinião, personalidade e não me omito. Só assim conseguimos os resultados. Se isso é ou foi um problema, é outra situação”, explicou o meia.

    Ricardinho também disse que não faltou com profissionalismo em nenhum momento, algo que foi dito pelo técnico no mesmo programa.

    “A dispensa me deixou chateado, nunca tinha sido dispensado de um clube. Depois de ver as colocações do Dorival, era hora de me colocar, senão fica só um lado da história. Nunca faltei com profissionalismo e nunca tive problemas com treinamentos e horários. Joguei duas Copas do Mundo e em muitos clubes grandes sendo um profissional exemplar e vou continuar assim até encerrar a carreira. Não tive uma oportunidade de me defender, simplesmente fui comunicado que estava dispensado”, disse o veterano jogador.

    http://br.esportes.yahoo.com/colunas/dorival-fala-em-traicao-de-ricardinho-e-ze-luis-esportes-1601.html

  9. Guedes Says:

    Não vai rolar uma cutucada nesse lance ai do presidente gambá se queimar na sauna ?

    Sauna ?

    Aaaaaaa se fosse o Richarlyson…

  10. joão paulo Says:

    http://www.lancenet.com.br/sao-paulo/Juvenal-consegue-bilhoes-entornos-Morumbi_0_465553620.html

    olha o dinheiro publico ai geeeente

    Lina: Via pública, dinheiro público.

    • joão paulo Says:

      do jeito que o fuhrer falou parece que é para o spfc

      to curioso para saber quanto vai ser gasto nas vias proximas a arena palestra.

      • Hannibal Says:

        O bairro é só um detalhe, dinheiro público a favor do contribuinte.

        Tem metro perto da Arena Ultragás? Se tiver foi feito com dinheiro público…

    • Hannibal Says:

      Suinada, paguem os impostos direito aí, perdão de dívida é embolsar dinheiro público! Faz falta.

  11. joão paulo Says:

    descobri aqui no seu blog que copo de refrigerante explode kkkkkkk

  12. Hannibal Says:

    http://www.lancenet.com.br/sao-paulo/Juvenal-consegue-bilhoes-entornos-Morumbi_0_465553620.html

    No fim da manhã desta terça-feira, em sua sala, no Morumbi, o presidente Juvenal Juvêncio, que nesta quarta-feira vai tentar continuar no poder pelo terceiro mandato, atendeu a reportagem do LANCENET!. Pouco antes, por volta das 9h, ele deu andamento ao que faz parte das suas prioridades para os próximos anos, caso se mantenha no poder: o Morumbi.

    – Hoje (terça-feira) foi homologada nossa obra de mobilidade urbana do Morumbi. De R$ 3,1 bilhões. Tenho impressão que quando falo assim vocês se espantam, estão acostumados com dirigentes arcaicos. Hoje foi homologada a concorrência e a vencedora chama-se Andrade & Gutierrez, com tecnologia da Malásia. Com Serra (governador) e Lula (ex-presidente), garimpei essa verba – explicou o mandatário.

    – A consolidação do Morumbi se dá nessa obra (nos entornos). Vocês não sabem, e não vou dizer, o que lutei para que essa obra se perenezasse – completou.

    Com a homologação, Juvenal agora aguarda que as obras no entorno do Morumbi comecem em até 30 dias. O prazo inicial, que provavelmente não será cumprido, é de que tudo esteja pronto em, no máximo, 30 meses.

    Entre as obras, está garantida uma calçada de 25 metros, revitalização da praça, monotrilho e canalização do córrego que passa por baixo do estádio. Tudo para melhorar e facilitar o acesso nos arredores. Outra garantia, esta já em execução, é o metrô.

    Outro projeto do presidente para o estádio será por conta do clube. Ainda estão sendo estudadas duas propostas, de uma empresa coreana e outra japonesa, para cobertura do Morumbi. O custo é de cerca de R$ 150 milhões e engloba uma arena para shows de menor porte, que vai comportar 25 mil pessoas.

  13. GUINA SP10 Says:

    (Mas não perdeu a guerra) Pode ser a maior vitória do JJ, se o SP representado pelo Justus fechar com a globo por valores próximos a Corinthians e Flamengo. Apesar de achar que o Sp precia fazer jogo duro, pois infelizmente a globo (com uma ajuda providencial do AS e Ricardo teixeira) vai ganhar a batalha contra o C13. Como os clubes são sesunidos e idiotas, pois o contrato com a globo não é tão proveitoso financeiramente como a midia pintou Lina!
    Lina vencer nem sempre é possível, mas que é bom lutar pela ética, ah isso é! Vai SP.

  14. joão paulo Says:

    VERGONHA

    Rádio Bandeirantes flagrou dirigente do time da Vila Sônia, alcunhado de Leco, perguntando ao diretor do Oeste da possibilidade de contratar Cicinho, que está no Palmeiras

    ÉTICA

    Os dirigentes do Oeste – pequeno mas honrado – bateram no figado. “Só falamos no assunto no final do ano e SE o Palmeiras desistir de contratá-lo”.

    • Fernando Says:

      Ah vai tomar no seu cu Jp. Vc já deu no saco sua putinha da turiassu. Teu time tá uma merda e ainda acha que pode vir tentar tirar um sarro da gente. Tenta comparar os dois times rapá. Vc merece levar uns tapas.

    • Hannibal Says:

      http://www.jornalpequeno.com.br/2007/6/23/Pagina58728.htm

      Santos ‘atravessa’ negociação do Palmeiras e anuncia maranhense

      http://esportes.terra.com.br/futebol/brasileiro/2010/noticias/0,,OI4432337-EI15406,00-Fluminense+atravessa+Palmeiras+e+acerta+com+Carlinhos.html

      http://www.parana-online.com.br/editoria/esportes/news/247075/?noticia=SANTOS+ATRAVESSA+PALMEIRAS+E+CONTRATA+TRES+REFORCOS

      Camarão que dorme a onda leva… e porco que dorme vira bacon.

    • Hannibal Says:

      http://blog.jovempan.uol.com.br/quartarollo/futebol/fecharam-o-gas/

      O caso do gás nos vestiários do São Paulo no Palestra Itália na final do Paulistão parece encerrado. Parou de vazar. O Tribunal de Justiça Desportiva puniu o Palmeiras com a perda de dois mandos de jogos que só serão cumpridos no ano que vem e uma multa de 10 mil reais. Ficou barato. Se a Federação Paulista de Futebol tivesse mais coragem teria interditado o estádio para as finais do Campeonato Paulista. O clube é responsável pela segurança no seu estádio, é lei e não dá para discutir. Tanto é que o Tribunal nem levou em consideração o laudo da Polícia que dizia que o Palmeiras nada teve a ver com o gás. Não teve, mas alguém com acesso aos vestiários teve. Outro laudo diz que o gás foi levado até os vestiários e não jogado para dentro do local. Não discuto a tese, mas ocorre que nas entrelinhas tentaram incriminar o São Paulo pelo gás no seu próprio vestiário. Dúvido. Só pode ter sido um espírito de porco que quis bagunçar a vida do adversário. O que o São Paulo lucrou com isso? Perdeu o jogo e ainda chorou com o gás entrando pelas narinas e olhos da sua delegação. Chegaram a levantar a tese conspiratória que o São Paulo queria desqualificar a futura Arena do Palmeiras porque seria mais um estádio concorrente para a Copa de 2014 aqui na capital paulista. Desculpe, mas é ver fantasma demais. Deve ter sido o mesmo que levou o gás para os vestiários.

      http://blog.jovempan.uol.com.br/quartarollo/futebol/tjd-tenta-fechar-o-gas/

      O gás está vazando desde o dia 20 de abril. A Federação Paulista de Futebol poderia ter interditado o Palestra Itália em ato administrativo, mas não quis ser acusada de tirar a final do estádio palmeirense. O gás vazou nos vestiários do São Paulo e o Palmeiras até hoje não teve a coragem de pelo menos pedir desculpas. Não precisa nem admitir que era culpado, até porque não acredito que a diretoria palmeirense tenha algo a ver com isso. Mas aconteceu lá, no seu estádio. Hoje o Tribunal de Justiça Desportiva julga o Palmeiras pelo vazamento de gás. Pode haver punição com a perda de mandos de jogos, pena que só será cumprida em 2009. Até lá, o Palmeiras tenciona fechar o estádio para reforma e não mandaria mesmo seus jogos no Palestra. O que pode pegar é a pena pecuniária que seria alta. Enquanto isso, o gás continua vazando.

  15. Goiano Tri-Hexa Says:

    Olha o pessoal de preto que vai apitar as quartas do paulista:

    Santos x Ponte Preta (sábado, às 16h, na Vila) – Rodrigo Braghetto
    Corinthians x Oeste (sábado, às 18h30m, no Pacaembu) – Sálvio Spínola Fagundes Filho
    São Paulo x Portuguesa (domingo, às 16h, na Arena Barueri) – Aurélio Sant’Anna Martins
    Palmeiras x Mirassol (domingo, às 18h30m, no Pacaembu) – Guilherme Cereta de Lima

  16. Hannibal Says:

    Presidente do Galo falando algumas verdades…

    http://www.lancenet.com.br/multimidia/?vid=2c9f94b62f21c77f012f2356d7cf0115&tit=V%C3%8DDEO%20Andr%C3%A9s%2C%20Zez%C3%A9%2C%20C13…%20sobrou%20para%20todos%20na%20coletiva%20de%20Kalil.%20Veja!

    Lina: Achei demais essa do Kalil: Eles queriam a presidência do C13, como perderam as eleições, resolveram destruir a liga. Pura verdade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: