São Paulo 2×0 Santa Cruz

Salve Soberania !

Primeiro vamos colocar as coisas no lugar.

Tirando as obviedades como: Deus, pai e mãe, esposa, namorada, filhos, entes queridos e amigos, ninguém é maior que o São Paulo. Ninguém.

Nem mesmo o capitão, o M1TO, a lenda, a revolução que veio do gol. O Rogério perdeu um penalty por displicência, em um momento que não poderia errar.

A sorte é que o time estava ligado e a jornada da noite terminou bem, senão estaríamos discutindo a competência do técnico, da diretoria, do elenco e outras coisas envolvidas.

Na semana passada perdemos o jogo de ida. O São Paulo mostrou um futebol medíocre e teve sorte de não perder a classificação lá.

A razão de tudo isso é excesso de festa.

Toda semana tem uma novidade. Recorde disso, recorde daquilo, fulano que faz 200 jogos e ganha camisa, ciclano que joga tantas partidas ininterruptas, apresentação de jogador e etc.

Agora chega né ?

A copa do Brasil é um torneio diferente, esses timinhos jogam como se fossem o jogo da vida deles e tirar um gigante do caminho tem claro, um gosto especial.

Portanto, time e jogadores do São Paulo, joguem como hoje, joguem como guerreiros e honrem nossa camisa. Se vocês fizerem isso, a derrota e a vergonha – que não veio hoje graças a Deus e raramente vem quando este é o espírito – não importará.

Lucas – meu pai do céu, alguém pode me explicar por quê aquele LADRÃO IMUNDO expulsou o garoto ? Aquele lixo do jogador do Santa Cruz, desceu a porrada no menino sem revide e o atacante Tricolor toma vermelho, sinceramente, as vezes dá vontade de pegar um cara desce e descer a pancada.

DaGODberto – Os desafetos do preferido da mulherada ficam na bronca, mas o time com ele é outra coisa. Mas mais do que isso é o comportamento e inteligência do jogador. No final do jogo quando perguntado sobre o que aconteceu com o Lucas – pergunta feita pra polemizar o ambiente do clube – ele fugiu do assunto e falou apenas do jogo, como que dando a entender que isso não importa, o que interessa é a vitória. Parabéns Dagol, mais uma bola dentro.

O jogo

Primeiros 30 minutos de engarrafamento no meio de campo. Os times estavam nervosos. O visitante porque não podia ficar na defesa pra não tomar gols, e o dono da casa, porque não podia levar gols e precisava fazer 2.

Aos 9 minutos, em cobrança de Dagoberto, Rhodolfo ( que tremendo jogador ), abre o placar com um golaço de cabeça, meio de costas para o gol. 1×0 Soberania !

Aos 15, o defensor do Santa Cruz tirou Fernandinho do jogo, em seu lugar entrou o Marlos.

Depois disso o Tricolor, como tem sido comum nos últimos jogos, colocou a bola no chão e foi pra cima. E quando isso acontece, aliado a raça e a vontade de fazer o resultado, o Tricolor fica imbatível.

Lucas, Marlos, Jean e Rhodolfo tiveram boas chances após os 30 minutos de jogo, mas desperdiçaram. Na verdade, por mérito do sistema defensivo do Santa.

Pouco antes do final do primeiro tempo, Dagoberto foi agarrado na área, o juiz marcou penalty e expulsou o defensor visitante. Então acontece o lance polêmico do jogo. O capitão foi fazer a tal cavadinha e errou. A atitude do M1TO foi reprovada por um jogador do time nordestino a ponto de soltar impropérios na orelha do capitão por achar que foi menosprezo.

Complexo de inferioridade é foda, em todo caso, FAIL master do capitão, irritou geral.

No segundo-tempo, com um jogador a mais, o São Paulo esteve ainda mais envolvente, mas com pouco perigo.

Aos 25, o Carpa mexeu no time, trocou Alex Silva pelo Willian José. E daí veio o gol da vitória.

Ilsinho avançando pela direita fez uma triangulação com o WJ e chutou cruzado para fazer o gol da classificação. 2×0.

Depois disso virou baixaria, o Santa Cruz teve mais um expulso, o juiz inventou a expulsão do Lucas junto com outro jogador.

Lucas aliás que teve que ser contido pra não dar umas porradas no ladrão !

2×0, vamos pras oitavas e pega ladrão !

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 2 X 0 SANTA CRUZ

Local: Arena Barueri, em Barueri-SP
Data: 06 de abril de 2011, quarta-feira
Horário: 21h50 (horário de Brasília)
Árbitro: Gutemberg de Paula Fonseca (Fifa/RJ)
Assistentes: Márcia Lopes Caetano (Fifa/RO) e Wagner de Almeida Santos (RJ)

Renda/público: R$ 529.051,00 / 21.066 pagantes
Cartões Amarelos: Casemiro, Rhodolfo, Marlos (SPA); André Oliveira, Landú, Gilberto, Thiago Matias, Everton Sena, Natan (STA)
Cartões Vermelhos: André Oliveira, Renatinho e Everton Sena(STA); Lucas (SPA)
Gols:
SÃO PAULO: Rhodolfo, aos 9 minutos do primeiro tempo, e Ilsinho, aos 27 minutos do segundo tempo

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Rhodolfo, Alex Silva (William José), Miranda e Juan; Casemiro (Ilsinho), Carlinhos Paraíba, Jean e Lucas; Fernandinho (Marlos) e Dagoberto
Técnico: Paulo César Carpegiani

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso; André Oliveira, Thiago Matias e Everton Sena; Cléber Goiano, Jeovânio (Mário Lúcio), Weslley, Natan (Marcus Vinícius) e Renatinho; Gilberto e Landú (Tiago Pereira)
Técnico: Zé Teodoro

Ficha técnica via Lance

Melhores Momentos

Relacionados

Ilsinho salva ‘cavadinha’ errada de Ceni, São Paulo faz dois no sufoco e avança

São Paulo sofre, mas bate Santa Cruz e avança na Copa do Brasil

Rogério Ceni é xingado por Jeovânio e responde: “nem sei em que posição ele joga”

Chateado, Lucas dispara: “Foi injusto”

Grupo defende garoto Lucas de expulsão

Ceni explica pênalti perdido na Arena Barueri

Tricolor bate o Santa Cruz e avança na Copa do Brasil

Carpegiani e Ilsinho se destacam na sofrida classificação são-paulina contra o guerreiro Santa Cruz 

Funcionário da FPF fura pneu de dirigente do São Paulo, e clube registra ocorrência

***(*) ******(*)

Próxima Partida: Noroeste x São Paulo, Paulista 2011, Alfredo Castilho, Bauru, domingo, dia 10.04 às 16h00.

Anúncios

13 Respostas to “São Paulo 2×0 Santa Cruz”

  1. João paulo Says:

    POBRE SANTA CRUZ, 2 JOGOS E 4 EXPULSOES

  2. Marcelo Abdul Says:

    O Funcionário da FPF só imitou o chefe. Fez merda para depois sair correndo como um rato. Quanto ao jogo. Foi na raça. A chave do São Paulo nessa Copa do Brasil é a mais complicada. Que venha o Goiás!

  3. Hannibal Says:

    E teve um pau mandado do presidente suíno aprontando em Barueri, que lástima, realmente faz jus ao apelido que tem: Marco “Porco” Del Nero…

  4. Hannibal Says:

    O pessoal complica demais jogo fácil, o Santa após o gol do Rhodolfo estava mortinho, cansamos de perder gols e o cúmulo foi a cobrança infeliz do Rogério Ceni, foi patético e totalmente desnecessário, mas enfim o que importa é que saímos classificados.

    Rhodolfo, Jean, Ilsinho e Carlinhos Paraíba, jogaram muito! Carpegiani mexeu muito bem também, escalou o time bem e soube trocar os jogadores de acordo com a necessidade do jogo.

  5. José Roberto Says:

    Que time fdp deram cacetada o tempo todo, fizeram cera até não poder mais, depois sairam reclamando.

  6. José Roberto Says:

    Lina veja a que ponto chegou o futebol paulista.
    Ontem ouvi o jogo pela ESPN no final da partida houve umk tumulto danado no estacionamento, inclusive com o Athaíde Gil Guerreiro quase saindo a via de fatos com um sujeito que foi pego pelos seguranças do clube, esvaziando os pneus do carro do Adalberto Batista.
    Sabe quem era o meliante?
    Um fiscal da Federação Paulista de Futebol.
    Será que a gente consegue advinhar quem mandou o pilantra fazer isso?

  7. william Says:

    chupa pros secadores de plantão !! estamos nas oitavas que venha o goiás

  8. Jair Says:

    Esse Gutemberg de Paula Fonseca é um safado , permitiu que os jogadores do Sta Cruz abrissem a caixa de ferramentas .

    Permitiu que o time pernambucano parasse o São Paulo na porrada , não deu a penalidade ( legitima ) em cima do Lucas ao ser puxado vergonhosamente pela camisa .

    Expulsou o Lucas por ter sido agredido , não por ter sido o agressor .

    Foi muito vidente que o Sta veio com o propósito de dar porrada contando com a conivência desse juiz safado e ladrão .

    As reclamações do jogadores do time pernambucano fazem parte do teatro montado , quem tem que reclamar é o São Paulo .

  9. Sãopaulino Says:

    Desculpem-me, mas estou muito pessimista com o time e, principalmente, com este técnico do SPFC.

    Quem sabe com a estréia do Luís Fabiano as coisas melhorem, mas o time simplesmente não consegue sair da marcação. O fato é que o “professor” só têm esquema para contra-ataques. E o Fernandinho não sai do D.M.

    E o pior é que mesmo jogando com um à mais um tempo inteiro o time não se impõe em campo como deveria. Já havia sido um sufoco contra as frangas também com um jogador à mais.

    Sei não…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: