Uma Pequena História Corporativa

Por Marcelo Abdul

João Amélio Ribeiro trabalhava na mesma empresa há mais de trinta anos. Durante todo esse período o empregado foi um funcionário exemplar, mas nunca recebia o que achava que tinha direito. João tinha doze outros amigos que trabalhavam no mesmo lugar e estavam cansados do modesto salário que aumentava regularmente, mas não com a quantia que eles tanto desejavam.

João havia cansado de tudo aquilo e com os outros doze funcionários resolveram fundar uma cooperativa que prestava os mesmos serviços da empresa em que trabalhavam. Eram experientes e já haviam sido contatados por companhias rivais para realizar os trabalhos por uma quantia muito maior do que ganhavam. Parecia que finalmente os treze funcionários iriam ganhar a sua independência financeira.

Mas o patrão deles era invejoso e manipulador. Percebeu o movimento de independência e não queria perder os seus funcionários para que eles virassem os seus futuros concorrentes. O maldoso chefe tratou então de dividi-los. Primeiro, começou a convidar os empregados rebeldes para churrascos em sua casa e viagens para acompanhá-lo em convenções internacionais. Algo que nunca havia feito com aqueles treze empregados. Depois passou a bajular alguns deles concedendo títulos de “funcionário do ano” a eles depois de trinta anos de casa. Alguns receberam a contenta oito vezes em apenas um mês.

Com tantos “mimos” alguns do grupo começaram a cair fora do projeto de emancipação. O chefe inventou um “bônus” que deveria ser dado ao melhor funcionário do mês de julho, mas devido a um problema criado pelo próprio patrão, ele foi injustamente condedido a outro funcionário dos treze homens. O grupo começou a se acusar mutuamente e se separou. Cada um resolveu seguir o seu lado e o sonho de uma vida melhor se esvaiu como um castelo de areia.

Os treze funcionários continuam na empresa e recebem exatamente aquilo que o patrão quer. Endividados, alguns empregados lamentam desiludidos pelas falsas promessas de seu patrão que lhes prometeu um aumento maior, mas que gratificou apenas alguns com uma família maior. Outros ficaram a ver navios embasbacados pelas viagens até Londres ou pelos títulos e premiações que na prática não valiam nada, pois eles sabiam que eram bons profissionais há muito tempo.

Caíram vítimas de suas próprias ambições pessoais e de seu individualismo barato. Se desuniram e foram conquistados pela esperteza dos fascínoras e dos sacripantas que se jactam de sua desonestidade. Se tornaram escravos de seu orgulho e da sua própria incapacidade de se unir em prol de um bem maior. Perdidos, os treze funcionários olham o seu holerite e as contas para pagar e se perguntam.

“Que futuro eu deixarei para meus filhos se aceitei o convite do diabo para me ajoelhar e não me levantei sozinho”?

Ps – Qualquer semelhança com a vida real NÃO é mera coincidência

Via Blog do Abdul

***(*) ******(*)

Anúncios

22 Respostas to “Uma Pequena História Corporativa”

  1. Michel Toniato Says:

    Complicado cara, e cada dia que passa fica mais difícil de enxergar alguma melhora, algum avanço.
    Ps. que bosta essa convocação do Lucas hein, não jogará o clássico contra a gambazada, Mano Menezes maldito

    Lina: Estão usando todas as armas possíveis pra derrubar o Soberano, e mesmo assim não conseguirão… O mano dos travestis é terceira opção na seleção. Leonardo não quis, Muricy não quis ai o mano dos travestis aceitou. Que merda… Vamos ganhar delas sem o garoto. Abrassss

    • José Roberto Says:

      FOI OFERECIDO AO BARÃO DA CASA MALDITA PELO NÃO MENOS MALDITO, CARA DE AREIA MIJADA, O PEREBENTO SÓ PELO PRAZER DE AGRADAR O CHEFE.
      FERROU O CURICA NO BRASILEIRO E LIBERTADORES 2010, AGORA, COMO PRÊMIO SACANEIAM O TRICOLAÇO PARA COMPENSAR O ATO DE SUBMISSÃO DO PUXA SACO.
      rEALMENTE NÃO VAI ADIANTAR, O rIVALDO VAI DAR UM SHOW NESSE JOGO DO DIA 27/3.
      a MENTIRA TEM A PERNA CURTA DISSO TODOS SABEMOS, VAMOS VER SE DEPOIS CONTINUARÁ CONVOCANDO O GAROTO, EMBORA ELE ESTEJA MERECENDO JOGAR NA PRINCIPAL.
      sÓ QUE TEM UMA COISA, A FACA TEM DOIS LEGUMES COMO DIZIA O GRANDE POETA VICENTE MATHEUS.
      HÁ A POSSIBILIDADE DO SÃO PAULO RECEBER OFERTA PARA VENDA DO LUCAS, ESTA CONVOCAÇÃO VALORIZA AINDA MAIS O PASSE DO GAROTO, O SÃO PAULO ESTÁ SENDO BENEFICIADO.
      AGORA, É A TAL HISTÓRIA, CONTRA O BEM O MAL NUNCA VENCE, VEJAM O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM O CONTRATO DA TRANSMISSÃO DO BRASILEIRO PARA 2012/14, O JUJU ESTÁ DANDO UM BAILE NESSA TURMA, RT, GLOBO E PEEBENTO NÃO SABEM MAIS O QUE FAZER, VAI TERMINAR EM PROCESSO E MULTA MILIONÁRIA PARA A GLOBO.

  2. LUCAS HEXA Says:

    O Morumbi foi excluído porque o São Paulo falou a verdade à Fifa! O “Fielzão” na Copa de 2014 é uma nova versão do “Zveitão 2005”!
    Publicado por MarcioSPFC 03/03/2011 20:47:55

    Fonte: Blog do Milton Neves

    O São Paulo foi punido por falar a verdade à Fifa.

    Existia projeto, mas não tinha dinheiro público, muito menos reformas de R$ 500 milhões e tudo, seria tudo pago pelo clube.

    Talvez tenha incomodado não haver dinheiro público.

    E o tal estádio “Fielzão”? O que existe?

    Nem o terreno é do Corinthians.

    É uma concessão da prefeitura.

    Há tubos da Petrobrás no local.

    O projeto foi feito em semanas, com um único intuito: alijar o Morumbi de 2014.

    E por quê?

    Porque a diretoria são-paulina não concorda com o “autoritarismo” da CBF, que é riquíssima e os times paupérrimos, falidos, sempre com o pires na mão, a pedir míseros trocados.

    Não houve critérios claros e concisos para a escolha do estádio da Copa do Mundo de 2014, ditados pelo comitê organizador do Mundial, que por coincidência é presidido por Ricardo Teixeira, inimigo Tricolor, ou pela Fifa.

    Portanto a escolha do tal “Fielzão” para ser o estádio da possível abertura da Copa do Mundo no Brasil, foi uma “atrocidade” dos “regulamentos” comparada à mudança do regulamento do “Brasileirão de 2005”, cujo agremiação do Parque São Jorge faturou e ficou conhecido popularmente como “Zveitão”.

  3. Sidney Says:

    Tem alguem postando no seu nome no Blog do Paulinho. você sabe quem é.

    Geraldo “Jason” Lina Resposta:
    março 4th, 2011 as 10:06

    Mimimiimimimimimiimimiiimiiimm!

    Vão levar a Taça das Bolinhas embora! mimimimmimimimimmi

    Justo agora que eu já estava me acostumando com o tamanho dela…

  4. HAHAHAHAHAHA Says:

    Jogo do Palmeiras dá recorde negativo de audiência para a Globo

    Elano fez o único gol santista no ano

    A opção da Rede Globo em transmitir o jogo entre Palmeiras x Comercial, do Piauí, pela primeira fase da Copa do Brasil não rendeu bons frutos para a emissora. Ao abrir mão de Santos e Cerro Porteño pela Libertadores, o canal carioca registrou a pior média de audiência de quarta-feira no ano.
    O duelo que acabou 5 a 1 para o Palmeiras e garantiu a classificação do time de Felipão rendeu apenas 18 pontos de média no Ibope. Esse número foi um ponto a menos do alcançado no jogo de ida do alviverde e no duelo entre São Paulo e Treze da Paraíba, pela mesma competição.

    Outra a ter uma audiência muito baixa foi a Band. Com o duelo, a emissora paulista teve somente quatro pontos, mesmo número da última semana, quando havia registrado o pior índice do ano de quarta-feira. Em relação ao jogo do São Paulo, a queda foi de dois pontos.

    Nas duas únicas oportunidades que a Globo optou pela Libertadores no ano, a emissora registrou seus maiores índices. Na ocasião, com Corinthians e Tolima, o canal carioca teve 24 pontos, no jogo de ida, e 30 no de volta.

    Cada ponto no Ibope é equivalente a 58.300 domicílios sintonizados. Os dados da medição consideram apenas a audiência da grande São Paulo, região utilizada como referência para o mercado publicitário.

    http://www.spfc.net/news.asp?nID=50942

    • Franklin Says:

      hahahahahahahahaha
      É pra rir mesmo.

      Puta timinho ridículo.

    • joão paulo Says:

      SP faz Globo marcar pior Ibope em 09

      A quinta rodada do Campeonato Brasileiro rendeu a pior média de audiência da Globo no ano. Com o confronto entre Avaí e São Paulo, a emissora carioca registrou apenas 16 pontos, contra sua média geral de 25 no ano.

      O baixo rendimento ratifica, por si só, o fracasso do Campeonato Brasileiro entre os telespectadores até o momento. Depois de chegar a 35 pontos nos dois jogos finais do Campeonato Paulista, entre Corinthians e Santos, a Globo tem de se contentar com a média de 19,6 pontos.

      Até agora, somente Fluminense e São Paulo e Santos e Corinthians, pela 1ª e 4ª rodadas, respectivamente, passaram a casa dos 20 pontos. O recorde é do clássico paulista, que rendeu 23 pontos.

      O fracasso na Globo, porém, toma proporções contrárias na Band, que também exibe a competição. O canal paulista tem média geral de 5,8 pontos, contra 6,4 pontos somente com os jogos do Campeonato Brasileiro. No último domingo, por exemplo, o mesmo Avaí e São Paulo lhe garantiu 6,3 pontos de média.

      O fim de semana de baixa audiência para a emissora carioca ficou completo com os índices da seleção brasileira. A vitória por 4 a 0, fora de casa, contra o Uruguai, rendeu somente 20 pontos no Ibope, o pior índice em jogos das Eliminatórias em 2009. Até então, Equador e Brasil e Brasil e Peru tinham gerado, respectivamente, 25 e 24 pontos à Globo.

      SPFC : 16
      SEP : 18

    • José Roberto Says:

      O clubica poreca velha, está numa draga danada que dá até pena daquele lixo.
      Estádio, não tem.
      Dinheiro não tem.
      Título decente no campo de jogo não tem, o último ninguém sabe a data.
      Dignidade? Ah, isso não tem mesmo!!!!
      Vai fechar as porta logo-logo.

  5. LUCAS HEXA Says:

    Garotinho diz que proporá CPI para investigar CBF Imprimir E-mail
    Sex, 04 de Março de 2011 09:35

    Confira

    O deputado federal Anthony Garotinho (PR-RJ) diz que, após o Carnaval, vai propor uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), em Brasília, para investigar a CBF. Ele afirma ser necessário “moralizar o futebol”.

    A informação é da coluna Painel FC, assinada por Bernardo Itri e Eduardo Ohata e publicada na edição desta sexta-feira na Folha.

    A confederação já foi alvo de investigação no Congresso. No início da década passada, a presidente da entidade, Ricardo Teixeira, teve que enfrentar duas CPIs, sofreu problemas cardíacos por causa da pressão e quase deixou o cargo no auge das apurações.

    Após a derrota da seleção brasileira na Copa-1998, deputados usaram as exigências feitas pela fornecedora de material esportivo Nike como argumento para abrir CPI na Câmara –que só decolou, porém, após novo fiasco, o de Sydney-2000.

    O trabalho não teve relatório votado, mas foi a base para outra CPI, no Senado. Por unanimidade, foi aprovado o relatório do senador Geraldo Althoff, que acusava Teixeira de crimes fiscais, apropriação indébita e evasão.

    Em dezembro de 2010, o cartola conseguiu trancar a última ação movida pelo Ministério Público Federal baseada na CPI.

    Folha

    ai sim, fomos surpeendidos novamente.

  6. Franklin Says:

    Mas o patrão manipulador não vai ganhar esta, desta vez.

  7. Hannibal Says:

    http://blog.jovempan.uol.com.br/fernandosampaio/geral/mano-convoca-lucas-e-dunguistas/

    Lucas não jogará o clássico contra o Corinthians.

    Mano deu uma mãozinha ao amigo Andres Sanchez?

    Não acredito, mas não descarto. Só o tempo dirá. Depois desta lista, Lucas terá que aparecer nas próximas, caso contrário ficará a duvida. Convocar agora para ficar na reserva e depois não chamar ficará estranho. No passado, Mano foi questionado porque convocou Jucilei e deixou Elias fora. Na época, o Corinthians estava com dificuldade para renovar com Elias. A troca agradou o clube. Valorizou um, desvalorizou outro.

    Jucilei nunca mais voltou, assim como Renan, dois atletas do Carlos Leite, empresário do Mano Menezes. Renato Augusto segue firme, está bem no Bayern Leverkusen, mas não vejo como jogador de Seleção. Se é para ficar na reserva, melhor levar um garoto. André Santos é outro que não me convence como Seleção.

    Lucas Leiva é outro do Carlos Leite, mas neste caso é justificável, pela idade e futebol inglês.

    Os mais polémicos são os JJJ: Jefferson, Jonas e Jadson.

  8. Hannibal Says:

    O que vcs acham, fazer caridade faz bem! kkk, mas ajudar a pagar NÃO.

    http://blogdoperrone.blogosfera.uol.com.br/sem-categoria/apos-conversa-com-felipao-sao-paulo-estuda-emprestar-fernandao/

  9. Hannibal Says:

    Maravilha o texto, dureza hein “Grupo dos 13” mais uma oportunidade perdida, acho que só vão ter paz quando o patrão morrer e como vaso ruim não quebra vão amargar anos na mão desse grande filho da puta.

    • José Roberto Says:

      Hannibal é verdade isso?
      Coitado do Fernandão, embora não esteja bem nunca fez mal ao São Paulo é um jogador correto, manda-lo para a Casa das Prostitutas da Noite Eterna só se for para castiga-lo porque, sabe-se de antemão que vai ficar sem receber salários, direitos de imagens, 13º, férias, assistência médica, vai apanhar dos maloqueiros paga pau da diretoria, nos estacionamentos de bancos e restaurantes da vida.
      A esposa no Fernandão vai ficar uma arara, vai ter que levantar mais cedo todos os dias para preparar a marmitinha para o coitado levar, o lixo não fornece refeições aos atletas.
      Coração bom que é o Fernandão, além de não ver a cor do dinheiro, vai desembolsar algum para auxiliar funcionários a pagarem seus aluguéis, contas de luz, água, e cesta básica, pois pagamento no chiqueiro é como cabeça de bacalhau, todos sabem que existe mas nunca viram.

      Não estou entendendo porque o São Paulo faría isso.
      Tem mais, pegar quem em troca?
      Ficar com um crédito para o futuro? Desde quando a Prostituta Rósea cumpre acordo feito e assinado por ela?
      É só perguntar ao pai do Vendívia, que cogitam devolve-lo porque não tem dinheiro para pagar seu ex clube.

      • Hannibal Says:

        Segundo o Perrone é verdade José Roberto, mas consta que eles acharam caro demais, kkkk

  10. José Roberto Says:

    PARA QUE CONHEÇAM MELHOR O TIME CASA DAS PROSTITUTAS DA NOITE ETERNA VAI AQUI O TRECHO DE UMA ENTREVISTA DADA PELO OBERDAN CATANNI, MAIOR ÍDOLO DAQUELE LIXO, VEJAM O QUE O PASCHOAL GIULIANO (BOLA 7), FEZ COM ELE.

    Entrevista Oberdan Cattani2
    Ir para: navegação, pesquisa
    Entrevista com Oberdan Cattani, 2ª parte

    P: Conte um pouco da sua relação com o Paschoal Giuliano (antigo diretor do Palmeiras) que acabou na sua saída do clube.

    OC: Olha, eu só lamento. Ele viajou com a Seleção Brasileira em 45, quando nós fomos disputar o Sul-americano, no Chile. Só eu estava na Seleção representando o Palmeiras e eu tinha uma proposta fabulosa do Colo-Colo naquela época. Me ofereceram quase 500 mil para ir pra lá. Eu cheguei para ele e falei “olha Dr. Giuliano, a diretoria do Colo-Colo está interessada em me contratar”. Ele respondeu “não, de jeito nenhum. Você vai encerrar a carreira, vai ficar no Palmeiras”. Chegou em 52 nós fomos para o México e ele foi como chefe da embaixada. Um olheiro do México me ofereceu perto de 1 milhão para ir pra lá. Eu cheguei novamente e falei da proposta. “Não, já te falei que você não vai sair do Palmeiras, vai encerrar a carreira lá”. Aí ele entrou como presidente.

    P: Ele já não era presidente na época ?

    OC: Não. Ele era conselheiro, como eu sou hoje. Aí acabou meu contrato, tinha completado 36 anos e ele me chamou. Mandaram uma carta aqui em casa e pediram para comparecer numa terça-feira e eu fui. Cheguei lá, sentei na mesa onde realizei meu casamento, e ele sentado na ponta. Ele pegou e me deu outra carta. Pedi licença e fui ler lá fora. “O sr. está dispensado, aí está o passe livre e o sr. pode procurar outro clube. O Palmeiras não se interessa mais por você”. Aquilo foi um choque para mim. Eu fiquei com vontade de pegar uma cadeira e quebrar na cabeça dele, viu ? O que ele falou lá fora e quando chega na gestão dele, me manda embora. Eu vim para casa, sentei no carro e comecei a chorar. Cheguei em casa, falei pra minha patroa “taí, me deram o passe livre para ir embora”. Ela me incentivando mas fiquei aborrecido. Fiquei uns dias aqui, para lá, para cá. Veio um diretor da Ponte e perguntou se eu queria fazer um teste.

    P: Fazer um teste ? Mas o sr. já era consagrado.

    OC: Pois é. Eu fui lá e estava o Ciasca, que jogou no gol do Palmeiras, e era o goleiro da Ponte Preta. Fiz um treino muito bom e eles quiseram me contratar. Não queria ir todo dia para Campinas para treinar, pra mudar de onde estava, não fui. Aí veio o Athiê Jorge Coury (presidente do Santos) querendo me levar lá pra Santos, ele gostava muito de mim. Não fui. Aí veio o Modesto Mastrorosa (presidente do Juventus). Sentou aí onde você está e eu aqui. “Vamos lá para o Juventus” ele disse. “Ah, não quero mais jogar”. Me encheu, meu encheu, peguei e fui para o Juventus. E fiz um campeonato maravilhoso, bem dizer, porque sair de um time grande e ir para um pequeno não é fácil. Você vê que teve sete pênaltis e eu peguei cinco, no Juventus. Cláudio (Cláudio Cristovão Pinho) nunca tinha perdido um pênalti e nós estávamos ganhando de 1 a 0 do Corinthians e o Luizinho empatou. Depois houve um pênalti que o Arnaldo fez e o Cláudio foi bater. Eu brinquei com ele “você não vai fazer não, baixinho”. Porque ele jogou comigo no Palestra. E ele bateu e eu peguei. Saí até carregado pelos jogadores do Juventus. Aí acabou meu contrato e eles queriam renovar mas eu não queria jogar mais. Aí parei.

    Acervo pessoal de Oberdan Cattani. Foto: Fabio Tatu
    P: E como foi jogar contra o Palmeiras ?

    OC: Foi horrível, puxa vida. A torcida me aplaudia mais que os jogadores do Palmeiras. Lá no Pacaembu nós perdemos de 3 a 2 com um gol de pênalti. No Parque Antártica 0 a 0 no 1º tempo e eu pegando bola, nossa senhora. No 2º tempo fui para o gol da piscina e pegando bola, pegando bola, com Jair (Rosa Pinto), com Rodrigues (Tatú), com Humberto (Tozzi). Faltava uns 5 minutos para terminar o jogo e o Arnaldo fez um pênalti. Nós perdemos de 1 a 0, de pênalti. Eu saí aplaudido pela torcida do Palmeiras e xingavam o (Paschoal) Giuliano porque tinha me mandado embora.

  11. José Roberto Says:

    DEFINITIVAMENTE.

    O FERNANDÃO NÃO MERECE TANTA SACANAGEM!!!!

  12. José Roberto Says:

    POR FALAR EM HISTÓRIA DO CLUBE DAS PROSTITUTAS DA CASA DA NOITE ETERNA, ESTA EU JÁ CONTEI AQUI NO BLOG MAS VALE A PENA RELEMBRAR, JÁ QUE ESTÃO QUERENDO O FERNANDÃO, VEJAM O QUE ESPERA O JOGADOR.

    VOCÊS LEMBRAM DO EDIVALDO PONTA ESQUERDA QUE JOGOU PELO SÃO PAULO NA DECADA DE 80, DEPOIS FOI PARA O MÉXICO E VOLTOU PARA JOGAR NO PARMERA.
    POIS É NAQUELA ÉPOCA COMO ATÉ HOJE O CT DO PARMERA NÃO TEM COZINHA, OS ATLETAS TEM QUE FAZER AS REFEIÇÕES FORA DO CLUBE.
    PARA NÃO PERDER MUITO TEMPO INDO ALMOÇAR EM CASA E VOLTAR CORRENDO PARA O TREINO DA TARDE O QUE O PEPE LEGAL (ESSE ERA SEU APELIDO) FAZÍA? PULAVA O MURO PARA O CCT DO SÃO PAULO, COMO ERA MUITO QUERIDO NOTRICOLOR E CONTAVA COM A AMIZADE DOS FUNCIONÁRIOS IA ATÉ O REFEITÓRIO ALMOÇAR COM NOSSOS ATLETAS, ASSÍM TINHA TEMPO DE DESCANSAR.
    ESSE FATO AINDA FOI LEMBRADO PELO WANDERLEY NOGUEIRA NO PROGRAMA FUTEBOL EM DISCUSSÃO DA JOVEM PAN NESSA ÚLTIMA 6ª FEIRA.
    ESSE É O CLUBE DO NOSSO AMIGO JOÃO PAULO EXIGENTE TORCEDOR QUE PELO JEITO POUCO CONHECE DOS BASTIDORES DO SEU CLUBE.
    É MANÉ NÃO ESQUEÇA DESSA HISTÓRIA QUANDO PENSAR EM DIFAMAR O TRICOLAÇO, LEMBRE QUE ATÉ JÁ ALIMENTOU ATLETA COM CONTRATO VIGENTE COM O TEU PARMERINHA.

    Lina: Que merda hein ? KKKKKKKKKKKKKKK. Eu me lembro desse jogador, pelo que eu sei ele faleceu em um acidente de carro. Uma pena.

  13. José Roberto Says:

    Lina essa é da época da minha juventude.
    Procol Harum.

    Lina: Bom gosto ! Eu conheço a música gravada por outros artistas, é bem conhecida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: