Rapidinhas do Lina

DaGODberto – O São Paulo já teve jogadores problemáticos que deram muito certo no clube: Serginho Chulapa, Mário Sérgio, Valber e Sidney entre outros. Apesar de ser temperamental, o cara anda jogando muito. Esse negócio de jogador com o perfil do clube é uma conversinha nada a ver. O cara tem que jogar bola e bem, afinal, é pra isso que ele recebe.

Lucas – Renovou por EUR 80 milhões de multa recisória, vale mais que a Pequena Sereia tão badalada, e o melhor disso tudo é que o menino ainda tem muito futebol pra mostrar. Só faltava um matador pra jogar com ele e com o Dagoberto. Já pensou: Lucas, Dagoberto e Fabuloso ? No meio Jean, Paraiba, Casemiro e Rivaldo ? Esse time daria o que falar…

Copa 2014 Brasil – O COL, incluiu Cotia e o CFA entre as 37 cidades e CT’s candidatos para receber seleções do mundial. O JJ tem que dizer um sonoro NÃO pra esses manés ! Se o Morumbi não serve então vão pros quintos dos infernos. Quem esmola prêmio de consolação é clubinho que não consegue vencer os Tolimas da vida e quer entrar na Copa do Brasil pela porta de tráz. O São Paulo não precisa dessa porcaria.

Copa 2014 Brasil 2 – Gente dando tiro pro alto no meio da arquibancada. E os caras querem fazer copa do mundo aqui nessa terra abençoada. É muita ganância.

Gustavo Fernandes – Quem é esse bobalhão ? Alguém sabe ? O cara fica mandando textos a respeito dos problemas do clube para o motoblog. Este com a eterna vontade de dar um salto da mediocridade para o estrelato, não perde a oportunidade e publica. Amigo, qualquer site do São Paulo vai te receber tá bom ? E não estou falando deste, pode procurar qualquer um feito por torcedores e com muito mais audiência que você vai ter seu texto publicado. Além do quê, se este é um assunto que diz respeito a torcida do São Paulo, pra que tratar com quem não faz parte da história ? Tá querendo aparecer ?

Cuidado ! – Que você come ? O que você bebe ? O que você fuma ? Lembram dessa música do Barão Vermelho ? O refrão era assim: Cuidado, cuidado, senão você dança ! Pois é. Agora leiam essas linhas escritas tempos atrás pelo autodenominado ícone da credibilidade na blogosfera brasileira: “O trabalho atual do departamento de futebol amador do Tricolor beira a mediocridade. Quem conhece dos bastidores de Cotia diz que os jogadores aproveitáveis não preenchem uma mão.” Então vamos ajudar o rapaz porque ele não sabe contar: Bruno Uvini, Lucas, Casemiro, Jean, Mazola, Henrique, Lucas Gaúcho, Diogo, Juninho, Rafinha, Renan, Sergio Mota, Leonardo, Luiz Eduardo, Henrique Miranda, Zé Vitor, sem contar os meninos que jogaram a copa São Paulo muito bem este ano e  que “ainda” não subiram: Alfredo e Dener. E sem falar também no time que foi campeão do torneio Copa Independência Bicentenário Sub-17 no México no ano passado. Realmente, como se vê, uma mão não dá. Cuidado onde você bebe sua informação diária, você pode estar tomando água suja…

Taça das Bolinhas – Um jogo para decidir quem leva essa porcaria. Seria uma lição pra quem pensa que pode manipular clubes e seus dirigentes. A intenção da bandidagem de colarinho branco em seus escritórios refrigerados no Rio de Janeiro é dividir forças e conseguir manter as transmissões nas mãos da TV Lixo. Façam um jogo. Batizem de o jogo da amizade. Rivaldo x Ronaldinho. Lucas x Willians. Rogério x Felipe. A primeira maior torcida do país contra a segunda maior. Pode ser o próximo jogo do campeonato brasileiro ou da copa do Brasil. Chutem a buzanfa da escória, muita gente ficaria feliz. Eu garanto…

22 Pontos de Alagamento – Quarta-feira estava ouvindo a Jovem Pan no final da tarde, horário de rush, o paulistano querendo voltar pra casa. O repórter informava que o trânsito estava caótico devido a 22 pontos de alagamento na cidade. Logo me veio a mente o desconto que o poder público deu ao clube falido, o Guarani da Turiassú: R$ 22 milhões de reais. Será que R$ 1 milhão em cada ponto deste não resolveria a situação ? Mas pensam que aprenderam a lição ? Não aprenderam.

Travecão  – A prefeitura vai dar 60% de desconto em impostos nos próximos anos para os Travestis. Quer dizer, ao invés de colocar dinheiro vivo na empreitada, dá desconto, ou seja, é doação mas com maquiagem. Dinheiro público do mesmo jeito. Leia mais sobre essa palhaçada aqui e aqui.

2 pra 100 – Amigos, temos 2 jogos no Morumbi: Bragantino e Guarani da Turiassú. Se o capitão marcar um contra o Bragantino no próximo sábado,  o centésimo gol pode sair em cima dos fascistas do goleiro fumante no templo dia 27.02. Sugiro comprar seus ingressos. Nós poderemos ser testemunhas oculares de uma das páginas mais lindas da história do futebol. E daqui alguns anos vamos poder dizer aos nossos filhos e netos: meus queridos eu vi o centésimo gol do capitão, eu estive lá naquele dia santo…

***(*) ******(*)

Anúncios

49 Respostas to “Rapidinhas do Lina”

  1. José Roberto Says:

    Lina e companheiros.
    Nós Sãopaulinos somos contra a reeleição do Juju, mas por outro lado colocar quem, Aurélio Miguel por exemplo?
    Em menos de 1 ano o clube está quebrado e fora de qualquer coisa de seu interesse.
    Não podemos esquecer que político só pensa nele, vejam o que fizeram
    Arnaldo Faria de Sá na Portuguesa quando largou a presidência a Lusa estava completamente quebrada deixou uma herança maldita aos sussessores, nunca mais a Luzinha se aprumou.
    Wadih Helou no curica, enquanto foi presidente o curica amargou a pior fase da sua vida não ganhou campeonatos, não construiu ct muito menos estádio, sempre viveu as custas de doações principalmente do Vicente Matheus.
    Com o deputado federal Athiê Jorge Cury o Santos ganhou muitos títulos com aquele esquadrão, não podia ser diferente, mas em compensação
    Mala com 750 mil dolares caiu do avião, comprou o Parque Balneário, pagou e perdeu por inadimplência, todos ganharam na transação menos o Peixe, e o pior foi o clube que mais arrecadou mas não construiu nada que pudesse aumentar o patrimônio nem uma piscininha de plástico tem para os filhos dos associados, mesa de snooker só na sala no terceiro ou quarto andar da Vila, mas sócio não tem acesso, somente ex-jogadores e diretores.
    O restaurante vive as môscas com Marcelo Teixeira presidente quem explorava era o Alemão, aquele presidente da Sangue Santista que matou torcedor adversário, que amedrontava e espancava quem ousasse criticar o ex-presidente.

    A possível reeleição do Juvenal incomoda muito principalmente os adversários sabem porque?
    O Santos tem um estádio a altura e em condições de abrigar grandes jogos com públicos superior a 30 mil pessoas?
    Lógico que não quem não lembra que na fase semi-final da Libertadores tinha que mandar seus jogos no Morumbi?
    O luiz Alvaro prometeu que se eleito tinha um grupo de investidores que despejaría de cara 40 milhões nos cofres do clube para contratações, sem que o Santos tivesse que pagar juros, tudo isso simplesmente porque eram além de empresários torcedores apaixonados.
    Verdade? investiram quanto até agora? Pior repassou 5%
    do valor do Neymar para seus amigos conselheiros do clube.
    O Juju fez isso?
    NÃO!
    O Santos detem quanto dos passes do Neymar e Ganso 50 e 60% respectivamente? O clube está duro sem grana.
    O chiqueiro tem condições? eté entregaram para uma empreiteira falida em troca de 35 anos para exploração, que dará em troca 5% do lucro somente depois de pronto e pior só depois que tiver a Carta de Habite-se (É o auto de conclusão da Obra Edificada em conformidade com os Projetos aprovados) Portanto vai demorar muito para receber alguma coisa, mas, em compensação está pagado para jogar no que era seu, grande negócio não? e olhe que o Beluzzo é considerado grande economista um dos pais do Real, Tá, me engana que eu gosto.
    O curica, pobre curica, a imprensa vendida cantou em prosa e verso que o perebento deu um chapéu no Juju no caso Morumbi, sem o curica o Morumba ficaría as moscas, perderia dinheiro, era o fim do estádio, Alguém publicou ou comentou o lucro que deu o estádio do Morumbi nos dois últimos anos, justamente depois que o curica graças a Deus foi embora?
    Antes comentavam que o curica lucrava muito com o Pacaembu, que encostou a prefeitura contra a parede porque queria redução no aluguel, caso contrário iría para a Arena Barueri que foi oferecida de graça, sem contar Presidente Prudente que era o paraiso aqui na terra, o prefeito dava estádio, condução, estadia e mais uma grana só para as baratas jogarem em no interor, isto porque levava muita grana para o comércio local então os empresários da cidade queriam a qualquer custo o lixo por lá.
    Pior o Beluzzo caiu nessa bazófia e abriu frente de batalha contra o Juju e o São Paulo, deu com os burros n’água, tomou prejuizo viu que era o cara de areia mijada, voltou com o rabicó retorcido entre as pernas para o lado do Tricolor.
    Com o tempo a mascara caiu do cara de areia mijada caiu, nunca mais foi para Presidente Prudente, porque será, alguém explicou?
    Barueri que era o manjar dos deuses é lá que as baratas tem mandado seus jogos? porque não se lá é tudo maravilhoso e de graça?
    Voltou ou não voltou para o Pacaembu com o rabinho entre as pernas, ah!José Roberto o estádio é pequeno para o curica, tá bom então qual é o público dessa merda no paulistinha? 3 ou 4 mil pessoas?

    Agora vamos as negociações.
    Lucas veio de graça para o São Paulo, porque o curica não dava condições nem mesmo para continuar seus estudos era só promessa em cima de promessa, não respeitava o garoto, até que o pai cansou de tanto lero-lero e levou o filho para Cotia.
    Taí R$ 180 milhões é o valor da multa do Lucas, com 80% do clube, uma bagatela de 114 milhões. Realmente o Juju levou um tremendo chapéu do perebento, kkkkkk.
    Isso sim é que é business.
    Cantavam aos quatro cantos que Cotia dava prejuizo e agora quanto valem Bruno Uvini, Lucas, Casemiro, Jean, Mazola, Henrique, Lucas Gaúcho, Diogo, Juninho, Rafinha, Renan, Sergio Mota, Leonardo, Luiz Eduardo, Henrique Miranda, Zé Vitor, mais os meninos que jogaram a copa São Paulo, mais Alfredo e Dener que se destacaram sem contar os outros.
    Estão falando que o Jucilei pode ser vendido por EU$ 11 milhões mas já se sabe que o curica vai ficar com uma merreca, porque na calada da noite o cara de abacaxi repassou seus direitos para amigos sem que ninguém soubesse, e agora José como fica? ps torcedores vão aceitar numa boa como sempre fizeram.
    O Juju pode ser tudo, mas ninguém acusa de ter roubado o clube, de ter feito maracutaias que dessem prejuizo.
    O Morumbi está sendo reformado se não de forma acelerada mas está ficando cada vez mais bonito, prático e pricipalmente lucrativo.
    Ouçam o Na Geral e comprovem a baita inveja que domina Zé Paulo da Glória e Lélio Teixeira em relação ao mandatário Tricolor, o Lélio todo dia afirma que tem recebido centenas de e-mails de São Paulinos revoltados com o Juvenal só que não lê e muito menso cita os nomes dos que reclamam.
    Juju incomoda muita mais as invejosas que seus torcedores.

    Lina: Aurélio Miguem sem chances. O São Paulo não merece esse retrocesso…

    • Marcelo Abdul Says:

      Zé Roberto. Todo mundo sabe no São Paulo que o Aurélio Miguel não tem condições nem de ser porteiro do Memorial do Morumbi. O são paulino não está protestando contra a situação que hoje comanda o clube por lá. Se por acaso o Leco, JPJL, e outros da situação se candidatassem beleza. Vida que segue. O problema é achar que o clube pertence a uma pessoa só e sem ele “não viverá”.

      Mentira deslavada. A situação ganha fácil a eleição. Por que essa ânsia pelo poder. Por que o cara quer continuar lá? Por que ele ama o São Paulo? Ah tá. Então prova! Vende a fazenda dele em Santa Rosa do Viterbo e contrata o Forlán.

      Lina: KKKKK. Ai eu quero ver. KKKK

  2. José Roberto Says:

    mosca

  3. Lesto Says:

    Lina tu forçou a barra juntar Rogerio Ceni e o felipe na mesma frase é heresia meu chapa.

    Lina: É, eu sei. Mas fazer o quê se o Flalido contratou o mecenas ? Rsrsrsrsrsrs

  4. Lesto Says:

    Lina mandei este coment no Blog do Guedex expressa a minha opinião a respeito deste entrevero da Taça Caixa Econômica Federal.

    Para não misturar as idéias e deixar o mais claro possível a minha opinião e posição final a respeito deste entrevero batizado de Taça das Bolinhas vou dividir O texto em tópicos.

    1º – Lealdade aos clubes e ao Clube dos Treze. Como é de conhecimento de todos torcedores, mídia, cartolas e demais pessoas e entidades que acompanham o futebol em seus bastidores o SPFC sempre foi à voz destoante dentro da CBF por inúmeras vezes o voto solitário contra as mais diversas besteiras, idiotices e malandragens imaginadas, tramadas e executadas pela CBF com a benção de todos os clubes “grandes” do Brasil. O SPFC sem o menor pingo de constrangimento por parte de seus “co-irmãos” sempre foi literalmente corneado, impingindo ao clube toda sorte de prejuízos que vai desde as manobras na montagem de uma tabela até a eliminação inexplicável do Morumbi da copa. Assim na minha humilde opinião o SPFC no quesito lealdade e ética a este amontoado de picaretas não deve absolutamente nada.

    2º – Copa União. Não adianta ficar discursando sem conhecer os verdadeiros fatos ocorridos á época da Copa União e desta forma fico com a Palavra do Aidar que em entrevista ao Juca Kfouri relatou a verdadeiro causador deste imbróglio que simplesmente nunca foi citado ou chamado a responsabilidade que nada mais é do que o Sr. Eurico Miranda que em uma reunião simplesmente beijou a mão do Ricardo Teixeira e concordou em nome do C13 com o cruzamento dos dois módulos para só então declarar o Campeão da entidade. Dizer que o SPFC aconselhou, endossou, solicitou, acordou, assinou ou exigiu que o Flamengo não entrasse em campo contra o Sport é ridículo. Por fim da mesma forma que todos temos de engolir as mazelas (Mundialito de 2000) da Fifa concordemos ou não, também temos de nos resignar com as decisão da CBF.

    3º – Um peso e duas medidas. É incrível como o brasileiro tem facilidade de sustentar duas morais como se isso fosse uma coisa normal. Um dos maiores problemas de nosso país é justamente o desrespeito a ordem publica com ênfase as decisões judiciais. É de ter medo a atitude que formadores de opinião vêem tomando, divulgando e insuflando o povo a ignorar uma decisão judicial já tramitada em julgado que dá ao Sport o direito adquirido em campo de ser declarado o único Campeão Brasileiro de 87.

    4º – O dono do time. Apesar de não achar nada alentador ter um terceiro mandato, assunto que abordarei assim que a eleição realmente se definir, este problema por mais que não queiramos é sim de esfera intima dos conselheiros e cardiais tricolores com direito a voto. E apesar de todos sem exceção tomarem o JJ com um ditador ele não se portou como tal neste episódio. O JJ não poderia sob pena de desrespeito a ordem judicial e principalmente por não ter o direito de abrir mão de um patrimônio moral e material que a Taça representa a nação tricolor. O JJ representou na tarde de segunda feira não somente a sua pessoa, o JJ representou a cada um de nós sãopaulinos que não abrimos mão de nosso direito. Analisando os acontecimentos por este lado se o JJ entregar esta Taça ao Flamengo quem ele estará traindo? O Flamengo, a CBF, O Clube dos Treze ou a nós torcedores do SPFC?

    5º – C13 intimidação e chantagem. Porque a mídia não diz a verdade e informa a opinião publica que o Sport foi intimidado e chantageado para ter direito a entrar no C13? É a mais descarada falta de vergonha na cara o Flamengo dizer que o presidente do Sport assinou uma ata abrindo mão de um direito conquistado em campo e nos tribunais em troca da aprovação de seu ingresso nos quadros desta porcaria de C13 é a institucionalização da bandidagem é a materialização da chantagem como forma de administração. Desta forma não dá para se levar a sério pessoas que tem como hábito esta forma de atitude para atingir seus objetivos.

    Por fim a verdade dos fatos é uma só. Por mais de vinte anos tanto o Sport como a Taça das Bolinhas foi ignorado por todos incluindo o Flamengo. Foi somente o São Paulo ter adquirido o direito de sua posse que o mundo inteiro se lembrou dela, como no caso dos títulos que caíram do céu para alguns clubes, foi somente o SPFC ter chegado ao Hexa que como em um toque de mágica a CBF descobriu os feitos do futebol antes de sua existência. Não passa de retaliação e tentativa de diminuição dos feitos do SPFC pura dor de cotovelo, inveja, despeito.

    Lamentavelmente o que fica de lição nesta historia toda é a covardia dos jornalistas sãopaulinos e a falta de caráter e respeito dos demais.

    Lina: O Eurico Miranda tem a habilidade do Midas ao contrário, tudo que ele põe a mão vira merda. A culpa dessa merda toda é dele sim. Concordo com tudo que você disse.

    • Marcelo Abdul Says:

      Lina, partindo desse pressuposto o Vasco então é uma merda? UHAUAHAUHAUAHAUHAUAHAU!

      Lina: O Fiascú é uma merda. Rsrsrsrs

    • José Roberto Says:

      Lesto.
      Tudo que você falou é a mais pura verdade, no caso da Taça das Bolinhas o Juju realmente estaria traindo a nós torcedores do SPFC, se criaram as regras e o Tricolor foi o que primeiro conquistou ´problema não é nosso.
      Fosse eu o pres. combinaría com a Patyrícia Amorim e ninguém receberia, mas dá para confiar em dirigente do futebol, políticos e imprensa?
      Em 87 o clube dos 13 fechou patrocínio com a Coca Cola, puseram o logotipo da patrocinadora do torneio dentro dos gols e do lado de fora de cada trave, a fifa teve que intervir e proibir, fizeram muitas coisas erradas na época principalmente traindo a Lusa do Canindé que foi deixada de lado na composição do clube dos 13, sendo que foi uma das que mais apoiou a formação do mesmo, tudo para pagar uma cota bem menor na divisão da grana.
      Ficou estabelecido na época que o campeão de cada módulo disputariam em duas partidas e depois penaltis caso houvesse empate, quem roeu a corda foi o Flamengo e os integrantes do clube dos 13, entendiam na época que caso o flamengo saisse perdedor enfraquecería o clube recém formado, tentaram dar uma rasteira no clube do Recife, que entrou com ação na Justiça Comum, com isso foi chantageado, ameaçado pelo clube dos 13 cbf e principalmente pela dona fifa que ameaçou punir o futebol brasileiro com ameaça de deixa-lo fora da próxima copa, daí a imprensa principalmente a do Sudeste fez terrorismo contra o clube nordestino.
      Quanto a reeleição do Juju a maior preocupação é dos adversários que sabem da enorme distância do São Paulo em relação a eles se não fosse essa unificação de títulos levaríam pelo menos uma década para chegarem mais próximo dos feitos do Tricolor. Porque derrubar o Juju, e colocar Aurélio Miguel? Porque ele já provou que é interessante aos inimigos na sua fala contra a Linha Ouro, estacionamento em frente ao Morumbi, logicamente ganhando uma bela comissãopara trair o São Paulo alguém tem alguma dúvida sobre isso?
      Político tem amor a duas coisas, poder e dinheiro.
      Pena que muitos Sãopaulinos estão se deixando levar por essa conversa de que será um mal para o Clube.
      É criticado covardemente inclusive a sua moral pela maldita imprensa vendida.
      Não no atual momento na minha opinião, qual presidente de clube tem lutado tão bravamente para que sua agremiação não seja prejudicada? só ele.
      E mais está reformando com muito esmero nosso estádio, construções em Cotia, Cct com dinheiro próprio e algumas parcerias mas nada que comprometa faturamentos futuros do clube.
      Todos dirigentes, imprensa sem excepção reconhecem sua bela administração em relação ao aumento do patrimônio do São Paulo, basta ver o que faz o invejoso do taxinha em relação a ele e ao são Paulo.
      O mais importante não tem nenhuma acusação de que tenha roubado o clube, ou que tenha praticado coisas estranhas como está acontecendo nas outras agremiações, basta ver o que está fazendo o presidente do Santos repassando percentuais dos jogadores Neymar, Arouca para seus pares do conselho do clube, ou para trazer jogador com carreira mais curta no momento como é o caso do Elano.
      O taxinha nem se fala está descaradamente metendo a mão no curica, o Beluzzo enfiou a porca velha na maior roubada em relação ao estádio, Valdívia e outros jogadores.
      A Patrícia Amorim do nada abriu as pernas para a Globo está abrindo mão da sua bela luta contra os desmandos do ricardo teixeira pressionada pelo J. Hávilla que contratou o Ronaldinho Gaucho para o Flamengo, isto se chama rabo preso.
      Com isso os clubes e o futebol não sairão nunca mais do buraco em que foram metidos.
      Que pena!

  5. LUCAS HEXA Says:

    Lina , tá inaugurada a seção “PITACOS DO LINA”.. hahahaha boa.. gostei, desce a lenha!!

    Lina: NOI_X_ !!! KKKKKKKKKKK

  6. José Roberto Says:

    POSTADO NO BLOG DO DR. MENTIRA

    José Roberto O Verdadeiro Seu comentário está aguardando moderação.

    PARA QUE A CURICADA LEMBRE PARA O RESTO DA VIDA O CHAPÉU QUE O PEREBENTO DEU NO JUVENAL JUVÊNCIO E NO SÃO PAULO.
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    É A MENTIRA TEM A PERNA CURTA!!!!!!!

    Com contrato novo, Lucas agradece e se inspira em Ceni para escrever seu nome na história do Tricolor
    Felipe Espindola

    Imagem: Site Oficial

    Rapidez é uma palavra que se encaixa muito bem na vida do meio-campista Lucas. Foi assim que ele ganhou a Copa São Paulo de Junior e subiu para o profissional.
    Com a mesma velocidade conquistou uma vaga na equipe titular do Tricolor, passou a usar seu nome de batismo e se consolidou como a maior revelação do futebol brasileiro em 2010.
    Do mesmo modo chegou a Seleção Brasileira Sub-20, onde vestiu a camisa 10 e conquistou o Sul-Americano da categoria há quase uma semana, com três gols na última e decisiva partida contra o Uruguai.
    Tão rápidos também são o seu raciocínio e sua explosão dentro de campo. Apesar de tudo isso, tem coisas em que o meio-campista prefere fazer sem tanta rapidez.
    Com contrato renovado até 2015, Lucas garante não ter pressa de ir para o futebol europeu e afirma que quer seguir no clube por muito tempo, escrevendo de vez seu nome na história do São Paulo.
    “Eu sou muito feliz no São Paulo. Quero escrever meu nome na história do clube. Subi para o profissional no ano passado e ainda tenho muita coisa para conquistar aqui, por isso disse tantas vezes que meu objetivo era renovar”, explica.
    Feliz pela assinatura do novo vínculo, o camisa 7 faz questão de agradecer ao clube por todo suporte dado ao longo de sua carreira.
    “O que mais me motiva é tentar retribuir um pouco de tudo que o clube fez por mim. Tudo que tenho devo ao São Paulo. Desde as categorias de base sempre recebi muito carinho e confiança de todos. Isso só me faz ter ainda mais vontade de trabalhar para agradecer”, conta Lucas.

    Imagem: Site Oficial

    Para quem pensa que após a assinatura do novo contrato o meio-campista pode se acomodar, Lucas dá logo a resposta.
    “Estou muito feliz que tudo terminou bem. Essa sempre foi a minha vontade e também a do clube. Agora tenho que trabalhar ainda mais para mostrar que mereço toda essa confiança. A responsabilidade será ainda maior, mas estou pronto”, confia Lucas, que tem no próprio elenco uma grande fonte de inspiração.
    “Não tem inspiração maior do que o Rogério Ceni. Ele é um cara que conquistou tudo o que é possível e se dedica todo dia como se estivesse começando a carreira. Não é a toa que chamo ele de irmão mais velho. Ele é um exemplo pra mim. Espero poder escrever ao menos um pouco da historia que ele conseguiu”, acredita Lucas, que para esse ano tem suas metas bem definidas.
    “A maior meta é ser campeão com o São Paulo. Temos que conquistar o maior número de títulos possíveis. Espero ajudar o time a voltar para a Libertadores, que tenho o sonho de disputar”, revela o meio-campista, sem se esquecer da Seleção Brasileira.
    “Claro que a conquista do Mundial fecharia com chave de ouro o ano com a Seleção Sub-20. Espero estar presente e ajudar o Brasil a chegar ao topo do mundo”, completa.

    SEM FALAR NO MORUMBI QUE IA À FALÊNCIA SEM O CURIQUINHA, AZAR DO jUJU E DO tRICOLOR EM 2010 FATUROU SÓ R$ 40 MILHÕES DE REAIS.
    SÓ PREJUIZO NO TRICOLINO ASSÍM NÃO DÁ.
    VOLTA CARA DE AREIA MIJADA ESTAMOS PRECISANDO MUITO DE VOCÊS.
    E A ESLMOLA QUE O PREFEITO ESTÁ DANDO COM O CHAPÉU DO POVO SOFRIDO DE SÃO PAULO VAI PARA O BOLSO DE QUEM?
    SEI QUE NÃO VAI PUBLICAR AFINAL DE CONTAS TE INCOMODO MUITO COM VERDADES QUE NÃO GOSTA DE OUVIR.
    O NEGÓCIO É ENGANAR OS GAMBALINHAS OU GALIMBAS NEM ME LEMBRO MAIS QUAL A MELHOR DEFINIÇÃO.

    18 de fevereiro, 2011 às 10:29

    Lina: Esse menino vai longe…

  7. joão paulo Says:

    Lucas – Renovou por EUR 80 milhões de multa recisória, vale mais que a Pequena Sereia tão badalada, e o melhor disso tudo é que o menino ainda tem muito futebol pra mostrar. Só faltava um matador pra jogar com ele e com o Dagoberto. Já pensou: Lucas, Dagoberto e Fabuloso ? No meio Jean, Paraiba, Casemiro e Rivaldo ? Esse time daria o que falar…

    kkkkkkkkkkk, é claro que isso ai é só para resguardar o clube. o neymar vale muito mais que ele, é obvio que o neymar vai ser vendido por muito mais grana, alem de ser melhor tem o marketing. o neymar e tipo o ronaldo o lucas o rivaldo

    Gustavo Fernandes – Quem é esse bobalhão ? Alguém sabe ? O cara fica mandando textos a respeito dos problemas do clube para o motoblog. Este com a eterna vontade de dar um salto da mediocridade para o estrelato, não perde a oportunidade e publica. Amigo, qualquer site do São Paulo vai te receber tá bom ? E não estou falando deste, pode procurar qualquer um feito por torcedores e com muito mais audiência que você vai ter seu texto publicado. Além do quê, se este é um assunto que diz respeito a torcida do São Paulo, pra que tratar com quem não faz parte da história ? Tá querendo aparecer ?

    kkkkkkkkkk falar dos outro pode , do spfc nao seu bobo e feiokkkkkkk
    tem muita coisa podre ai no spfc, so que em uma ditadura dificilmente elas aparecem, a hora que ela cair eu quero ver kkk os conselheiros nao comsequem ter acesso a nenhum contarto kkkkkkkkkk e tudo as escondidas, a hora que essa ditadura cair vai parecer tanta merda kkkkkk é ate estranho essa coisa de vc defender tanto o juju

    fascistas do goleiro fumante kkkkkkkkkkkkkkkkkk quanta bobagem

    fascitas kkkkkkkk,entao os alemaes ainda sao todos hitleristas, os italianois fascistas, os espanhois franquistas, os portugueses salazaristas e os brasileiro varguistas
    deixa de doença e para de escrever bobagens

    vc é mesmo um ridiculo critico o marcos so porq ele é um idolo de um rival e pos o rogerio para esquentar o banco do banco , apesar do rg ser de um rival eu o admiro muito
    esse seu problema so tem cura com tratmento

    vc ama o palmeiras tanto que esta rezando para que o jogador de linha frustrado marque o gol 100 contar o verdao

    Lina: Em cima dos fascistas pra calar a boca da parte mais chata do bloco da inveja.

    • joão paulo Says:

      fascitas kkkkkkkk,entao os alemaes ainda sao todos hitleristas, os italianois fascistas, os espanhois franquistas, os portugueses salazaristas e os brasileiro varguistas
      deixa de doença e para de escrever bobagens

      Lina: Você já tinha escrito isso, tá ficando gagá ?

      • joão paulo Says:

        falta de resposta

      • LUCAS HEXA Says:

        Lina, não perde tempo com os covardes da segunda com os derrotados que rvereciavam a Italia em detrimento dos irmão brasileiros que morriam nas trincheiras.. bando de Palestras covardes filhos de uma puta.

        Lina: É isso ai. O representante dos italianos no Brasil chama Juventus !

      • joão paulo Says:

        detrimento dos irmão brasileiros que morriam nas trincheiras.. bando de Palestras covardes filhos de uma puta.

        é muito absurdo isso que vc escreveu

        Qual a diferença entre Hitler, Mussolini, Vargas e Stalin?

        pesquisa mostra relação entre vargas eo nazismo
        http://www.pagina3.com.br/fimsemana/2008/jul/25/9

        Lina: Por quê você quer associar Vargas ao São Paulo ? Não tem nada a ver amigaum ! O cara nasceu no Rio Grande do Sul e era contra os movimentos totalitários da época. Já provamos aqui a relação promíscua entre seu time e Mussolini !

      • joão paulo Says:

        era contra os movimentos totalitários da época kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk o cara sonhava em ser um adolf hitler só não tinha foraça para isso

        a csn por pouco nao foi financiada pelos nazistas

      • José Roberto Says:

        Deixou isso.
        Legado Trabalhista”Trabalhadores do Brasil!” Era com esta frase que, a partir da época do Estado Novo, Getúlio iniciava os discursos. Na visão dos apoiadores de Getúlio, ele não ficou só no discurso.

        A orientação trabalhista do governo de Getúlio, que no ápice instituiu a CLT com o salário-mínimo, limitação da jornada de trabalho, férias remuneradas, a proibição de demissão sem justa causa do empregado após 10 anos no emprego (caída em desuso, posteriormente, com o advento do FGTS em 1966), e o 13º salário instituído pelo seu seguidor João Goulart, fizeram das leis trabalhistas no Brasil, uma das mais protecionistas do mundo.

        Estas leis, quase todas em vigor até hoje, na visão dos apoiadores de Getúlio, são como um legado de proteção ao trabalhador formal, aqueles que possuem a CT (Carteira de Trabalho), criada por Getúlio.

        Se hoje o trabalhador tem alguns direitos deve principalmente ao Getúlio Vargas.

      • joão paulo Says:

        Olga: um belo sacrifício pela causa errada
        Por Sérgio Domingues, agosto de 2004

        O trabalho bem feito do diretor Jayme Monjardim honra a coragem da militante alemã e mostra o carrasco que foi Getúlio Vargas. Só não mostra as semelhanças entre as políticas varguista e stalinista em relação ao nazismo que assassinou Olga.

        O filme de Jayme Monjardim chegou aos cinemas com tudo. As sessões estão lotadas graças a uma divulgação bem feita. A produção é bem cuidada, a ponto de ter sido toda filmada na cidade do Rio de Janeiro, mas reproduzir com perfeição cenários europeus. Os atores estão muito bem. Camila Morgado é convincente e emociona. A cena da separação entre Olga e sua filha Anita no campo de concentração é de cortar o coração dos mais duros marmanjos. Enfim, a produção foi feita para ser mais uma forte concorrente ao Oscar de melhor filme estrangeiro.

        Aos que criticam o tom um tanto novelesco e romanceado da produção, é bom lembrar que o filme se propôs a falar da curta e heróica vida da militante comunista alemã. Principalmente, no Brasil, onde viveu uma apaixonada relação com Luis Carlos Prestes. Exigir mais dosagem política ficaria fora do objetivo escolhido.

        Além disso, no ano em que se completam os 50 anos do suicídio de Vargas, é sempre educativo mostrar que o “pai dos pobres” era muito mais um político calculista que não hesitava em esmagar seus inimigos se lhes fossem dadas as condições. O filme deixa claro o papel de carrasco que Vargas desempenhou, enviando uma mulher grávida para morte nos campos de concentração de Hitler.

        Por outro lado, não poupa Prestes, ao mostrar o caráter completamente aventureiro de sua tentativa de derrubar o governo Getúlio, em 1935. O comandante da famosa Coluna Prestes se mostrara um grande estrategista quando organizou sua marcha de 25 mil quilômetros pelo território brasileiro, de 1924 a 1925. O movimento surgiu da revolta de oficiais do exército inconformados com a corrupção e o monopólio político das elites agrárias dos governos da República Velha. Era o chamado tenentismo, que queria apenas uma moralização da vida política. Mas isso era pedir muito para as oligarquias. A marcha foi uma espécie de fuga heróica da repressão governamental, que se dissolveu na Bolívia sem ter sido derrotada, mas também sem ter sido vitoriosa em seus tímidos objetivos.

        Com essa experiência, e tendo tomado contato com o marxismo durante seu exílio na Bolívia, Prestes avaliava quase 10 anos depois da Coluna que seus contatos entre os meios militares seriam suficientes para preparar um levante revolucionário. A insurreição entre os militares se combinaria com uma grande greve geral dos trabalhadores para derrubar Vargas e implantar o comunismo no Brasil. Na verdade, um delírio, pois o tenentismo que Prestes esperava poder ressuscitar nos quartéis já estava absorvido pelo novo bloco de poder após a “Revolução de 30”. A classe operária, por sua vez, estava em pleno processo de gradual controle e desarmamento de suas entidades através da implantação da legislação trabalhista apenas para entidades sindicais que aceitassem o controle do ministério do Trabalho.

        Prestes errou muito mais do que acertou
        Como o filme mostra, a criação da ANL (Aliança Nacional Libertadora) como fachada legal para o PCB, sem ligação com os movimentos populares, só serviu de pretexto para Getúlio propor e aprovar uma Lei de Segurança Nacional que permitiu o início de feroz repressão contra os comunistas antes mesmo da frustrada tentativa de tomada do poder. Esta só serviu para que Getúlio fechasse o cerco a Prestes e seus camaradas.

        Olga diz no filme que Prestes não merecia aquela derrota. É um juízo que deve ser permitido a quem vive uma paixão, mas Prestes errou muito mais do que acertou em sua vida política. O filme não chega à famosa libertação de Prestes da cadeia, em 1945. Libertado em pleno ambiente de desgaste do governo Vargas, o líder comunista é saudado como herói. No entanto, usa todo esse prestígio para manifestar apoio à continuidade do assassino de sua mulher no poder. Esta atitude é justificada pela orientação do Partido Comunista da União Soviética para que suas seções nacionais mantivessem boas relações com os governos dos países aliados. Não adiantou. Getúlio é deposto. O PCB é legalizado e participa de eleições para a Constituinte de 1946. Mas, em 1947 acaba a lua-de-mel entre os vencedores da guerra e estoura a Guerra Fria. O PCB é colocado novamente na ilegalidade.

        Prestes cometeria um erro parecido ao da tentativa de tomar o poder em 1935, trinta anos depois. Às vésperas do golpe de 1964, ele voltaria a dizer que a combinação entre o “dispositivo militar” e uma greve geral do CGT abortaria qualquer tentativa de golpe. Com os golpistas derrotados, seria só avançar para a implementação das medidas revolucionárias. Não precisamos dizer que o Cavaleiro da Esperança errou feio novamente.

        O que a produção não mostra é a semelhança existente entre as atitudes de Vargas e de Stálin em relação ao nazismo. Em um certo momento do filme, Filinto Muller diz que Olga seria um “presente de Getúlio para Hitler”. É verdade. Getúlio tinha enorme simpatia por Hitler e Mussolini. Só entrou na guerra ao lado dos aliados porque os Estados Unidos não queriam perder uma área importante de influência. Por isso, ofereceram os recursos necessários para que Getúlio iniciasse a criação do parque siderúrgico em Volta Redonda, aprofundando seu projeto de industrialização. Mas os presentes para Hitler também eram oferecidos por aqueles que Olga acreditava serem representantes do “justo, do bom e do melhor do mundo”.

        Os presentes de Stálin e Vargas para Hitler
        Stálin assinou um pacto de não agressão com Hitler em 1939. A justificativa era a de proteger a pátria do socialismo, deixando para potências, como Inglaterra e Estados Unidos, a tarefa de lidar com a política expansionista de Hitler e seus aliados. O problema é que a pátria em construção por Stálin já não tinha nada mais a ver com socialismo. Tal como no Brasil e na Alemanha, o que acontecia na União Soviética era a implantação autoritária e acelerada de relações capitalistas tendo num Estado forte e militarizado sua maior alavanca. No final dos anos 40, a contra-revolução stalinista estava se completando, após coletivizar as terras camponesas à força, condenando milhões a morrer de fome e de matar praticamente toda vanguarda da Revolução de 1917. Alguns dos resultados dessa política contra-revolucionária foram os presentes oferecidos por Stálin a Hitler, mais generosos do que os ofertados por Vargas. Durante a vigência do pacto com Hitler, cerca de 800 comunistas alemães e austríacos, que se refugiaram em território soviético, foram entregues ao ditador alemão (Mike Haynes, “Rússia – Class and Power – 1917 – 2000”).

        Apesar de toda a generosidade da tática stalinista em relação a Hitler, ela não deu certo. Na passagem de ano de 1941, Stálin chegou a brindar em homenagem “ao líder, a quem o povo alemão tanto ama”. Mas, em junho de 1941, Hitler colocou em ação a operação Barba Ruiva, iniciando a invasão do território soviético. O fato é que Stálin sempre subestimou a ameaça nazista. Nos início dos anos 1930, por exemplo, a orientação do PC soviético para os comunistas alemães era a de fazer alianças com os nazistas para atacar os social-democratas, considerados inimigos mais perigosos que os partidários de Hitler.

        Ainda a esse respeito, é emocionante a cena em que Olga está numa reunião na União Soviética e canta o hino da Internacional Socialista, em russo, junto com seus camaradas. Mas, o processo de contra-revolução stalinista já colocava o belo hino fora de contexto. Desde que Stálin inventou a absurda teoria do socialismo num só país, as razões do Estado soviético se colocavam à frente de qualquer luta de trabalhadores em qualquer parte do mundo. O internacionalismo deu lugar à diplomacia tradicional. Por exemplo, outro filme que desperta emoção com o hino da Internacional é “Terra e Liberdade”, de Ken Loach (1995). A produção de Loach mostra a luta de comunistas e republicanos contra os fascistas liderados por Franco, na guerra civil espanhola, entre 1936 e 1939. Não querendo expor a “pátria socialista” a desgastes com as potências ocidentais, Stálin ordenou aos comunistas que evitassem uma saída revolucionária para a guerra. Com isso, o processo de criação de milícias populares armadas e confiscos de propriedades foi interrompido, retirando o apoio popular que poderia ter derrotado as forças franquistas. Quando Olga morreu na câmara de gás, o hino da Internacional já havia sido substituído pelo hino à Grande Mãe Russa, da época dos czares.

        É verdade que Olga lutou por uma causa que já havia se transformado em seu contrário. Mas, a crença que depositava no socialismo manteve a chama que carregava cheia do brilho de que fala belo poema de Maiakovski, recitado pela personagem enquanto sofria torturas.

  8. Marcelo Abdul Says:

    Dabogerto – De fato ele joga muito. Contra o Treze, Americana, Atlético Pindaíba ele é o rei. Quero ver em clássicos e momentos decisivos. Por enquanto a minha opinião sobre ele é a mesma. Bom jogador que se acha o Maradona.

    Copa 2014 – Chute na bunda do COL. Não quiseram o Morumbi? Não vai ter porra nenhuma. Guerra é guerra. Não dá pra ficar fazendo política com o Cururu. Manda esse canalha construir CT na marginal Tietê.

    Gustavo – Concordo com muita coisa do que ele diz. Só não precisava ter sido no blog do elemento. O dito “jornalista com credibilidade” adora uma polêmica e uma confusão. O engraçado é que os posts do São Paulo no blog dele estão diminuindo…diminuindo…Todo mundo sabe que o sujeito não é quem diz ser. Se fosse , respondeira quem paga as suas contas já que nunca vi o sujeito trabalhar em nenhum orgão de imprensa.

    Molecada- O cara que falou mal dos garotos da base do São Paulo deve ter sido o mesmo que disse que Leo Lima e Cléber Santana eram craques. Se apostasse perderia feio. O mula perdeu dinheiro hein?

    Taça das Bolinhas – “Você é senhor do que ouve e escravo do que fala”. O Juvenal assinou duas vezes e não cumpriu. Devia entregar a taça pro Flamengo e acabar com essa palhaçada. Um jogo até que não seria má idéia. Mas acho melhor o tricolor cumprir o que assinou no passado. Essas merdas que a atual diretoria faz estão isolando o tricolor. Coisa que o Cururu Teixeira está adorando.

    Galinhão e IPTU – E alguns torcedores adversários ainda tem a cara de pau de falar do Morumbi. 22 milhões de isenção? 200 milhões do erário público num estádio particular? E os corintianos ainda falam que NÃO VÃO PAGAR o estádio. Claro, que vai pagar somos nós com o tal do BNDES e o nosso amado prefeito Kassab. Um borra bosta que caiu de para quedas na prefeitura e se acha o novo Juscelino. Kassab vai a merda!

    Lina: Valew Abdula !

  9. joão paulo Says:

    22 Pontos de Alagamento – Quarta-feira estava ouvindo a Jovem Pan no final da tarde, horário de rush, o paulistano querendo voltar pra casa. O repórter informava que o trânsito estava caótico devido a 22 pontos de alagamento na cidade. Logo me veio a mente o desconto que o poder público deu ao clube falido, o Guarani da Turiassú: R$ 22 milhões de reais. Será que R$ 1 milhão em cada ponto deste não resolveria a situação ? Mas pensam que aprenderam a lição ? Não aprenderam.

    uma multa pelo esgoto que ficou decadas correndo a ceu aberto tambem ajudaria bastante

    Lina: Então faz o seguinte, entra com uma ação no MP pedindo multa. Afinal a Sabesp demorou bem para levar esgoto e água tratada para aquela região. O Morumbi chegou antes que eles…

    • joão paulo Says:

      o esgoto chegou em 2010?

      porque que foi solucionado depois que teve justiça no meio

      Lina: Joaninha, cadê os fasci-blogs ? Fecharam as portas junto com o clube ? KKKKKKKKKKKK

      • joão paulo Says:

        eu sei la

        mudou assunto

      • joão paulo Says:

        kkkkkkkkkk quando minha familia comprou o terreno onde construiu nossa casa nao existia rede de esgoto o pessoal usava as famosas fossas, quando estavamos para mudar a rede foi instalada. entao quer dizer que deveriamos estar usando fossa ate hoje kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk o respostinha sem noçao kkkkkk

        Lina: Fossa para um estádio de futebol ? Você quer tanto encher o frasco que esquece de raciocinar antes de falar. Ai fala bobagem…

      • joão paulo Says:

        em nenhum monento eu sugere fossa para o estadio, so dei o exemplo de uma coisa que eu passei

        a disculpa nao cola, depois que ja existia a rede de esgoto se passou decadas e o clube nao exerceu seu papel

    • Paulo Londrina Says:

      Esse João deve ser mesmo o João bobo.

      Meu amigo, a questão do esgoto não é com o São Paulo e sim com a Sabesp.

      Ou então vc compra uma casa em um bairro, não existe rede de esgoto no bairro e é vc quem DEVE fazer a rede de esgoto e ainda ligar o esgoto de sua casa na rede??

      explica melhor João BOBO!!

      Lina: Pois é…

      • joão paulo Says:

        quem tem que fazer a ligçao da casa ate a rede é o morador

        Lina: Qual rede se não havia nada quando foi construido o estádio ?

      • joão paulo Says:

        repito, a rede so chegou em 2010?

        Lina: Respeite a ordem cronológica dos fatos. O Morumbi chegou antes que a Sabesp, portanto não havia rede.

      • Hannibal Says:

        joão, o esgoto desemboca na sua casa? Já foi feita a obra cara, calma. Vc sabe quantos domicílios da cidade de São Paulo estão ligados a rede de esgoto? Se a Sabesp não está presente na região vc faz o que?

        http://spfcpedia.blogspot.com/2010/11/uma-prova-de-honestidade.html

        Não tinha nada lá, nem Sabesp, agora por favor pague os impostos que devem! Aposto que se eu pedir um desconto do IPTU devendo o que seu clube deve os funcionários ririam na minha cara e tomariam minha casa…

      • Hannibal Says:

        Volta a falar que queríamos rouba o Palestra, essa história é mais interessante, não venha dar uma de GreenPeace! kkkk

  10. Alemão Says:

    Ainda estou gargalhando.
    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

    SPFC teve 5 propostas pelo Lucas!!!

    Caros tricolores, tricampeões mundiais, levantem e agradeçam aos céus! Sim, Lucas renovou, mas foi por pooouco…

    Choveram propostas depois da atuação contra o Zagallo da Paraíba! Timeco, aliás, hein?!

    Este colunista teve acesso a cinco ofertas pelo garoto. Vejam!

    Do Barcelona para o SPFC: Señor Juvenal, nosotros queremos Lucas y bamos pagar 400 millones de euros más Lionel Messi, Xavi y Villa. Espero la resposta!

    Do Real Madrid para o SPFC: Mr. Juvêncio, soy presidente de los galácticos, pero quiero dar te Cristiano Ronaldo y Kaká em cambio de Lucas. Quieres un brinde? Puede llevar Mourinho!

    De Laor Sardinha para SPFC: Coronel Juvenal, temos interesse no Lucas e estamos dispostos a ceder Neymar (com os colchões que usa pra se jogar), Ganso e 900 mil pares de havaianas, que juntamos ao longo da história aqui no nosso estádio. E aí, aceita?!

    De Direcione Porquinha para SPFC: Queremos que Lucas seja nostro! Mandamos o Felipone, o Marcone, 15 médicos para cuidar dele e a nova Arena Ultragaz…

    De Pasquale Sanchez, o Rei da Gramática, para SPFC: Mano, é o seguinte, dá logo o Lucas aê! Num vô dá nada em troca! Num tenho passaporte, num tenho istádio, num tenho Roberto Carlos nem Ronaldo! Vou dá o quê???

    Pedro Henrique Bueno, Lancenet

    http://blogs.lancenet.com.br/doente-saopaulo/2011/02/17/exclusivo-spfc-teve-5-propostas-pelo-lucas/

    Lina: KKKKKKKKKKKKK

  11. O Rei da América Says:

    Faltou falar do Piazon e do Oscar que mesmo mercenário saiu da base do São Paulo…

    Lina: Bem lembrado.

  12. Hannibal Says:

    http://blogdoperrone.blogosfera.uol.com.br/sem-categoria/ex-presidente-do-palmeiras-diz-que-rescindir-contrato-com-wtorre-e-o-ideal/

    Muita preocupação com o Tricolor, enquanto isso… não adianta culpar ninguém pela derrocada hein.

    Lina: Mais um sem estádio. Culpa do São Paulo, claro.

  13. Hannibal Says:

    Caro Lina, se eu te contar que teve um certo alguém comemorando o pré-contrato do Maicon Leite vc ficaria gargalhando 1 mês! kkkk

    Lina: Ahh é ? Manda o link ai pow ! Deixa a galera rir aqui também. KKKKKKKKKK

  14. LUCAS HEXA Says:

    Vou torcer para M1TO enfiar o mão mole padroeiro do manchester com bola e tudo para dentro do gol.. hahahaha

    • joão paulo Says:

      padroeiro de manchester x padroeiro de porto alegre ao quadrado

      belo confronto

      • José Roberto Says:

        SE VOCÊ GOSTA DE FAZER PAPEL DE BOBO O PROBLEMA NÃO É MEU.
        MAS VOU DAR CORDA.
        AQUI VAI AS CONQUISTAS DO ROGÉRIO CENI, ESPERO QUE VOCÊ COLOQUE TAMBÉM AS DO MARCOS.
        SEM ESQUECER QUE COM O MESMO TEMPO DE CARREIRA ENTRE AMBOS O ROGÉRIO TEM QUASE O DOBRO DE PARTIDAS DISPUTADAS, VEJA QUAL É O MELHOR CUSTO BENEFÍCIO.

        A grande diferença dos padroeiros

        ROGÉRIO CENI.
        Foi contratado pelo São Paulo em 7 de setembro de 1990.
        Começou como reserva de Zetti.
        Ganhou os seguintes títulos só no profissional.

        – Campeonato Paulista: 91
        – Campeonato Paulista: 92
        – Campeonato Paulista: 98
        – Campeonato Paulista: 2000
        – Supercampeão Paulista 2002
        – Campeonato Paulista: 2005

        – Campeonato Brasileiro: 91 – Campeonato Brasileiro: 2008
        – Torneio Rio-São Paulo: 2001
        – Campeonato Brasileiro: 2006
        – Campeonato Brasileiro: 2007

        – Libertadores da América: 92
        – Mundial Interclubes: 92
        – Libertadores da América: 93
        – Mundial Interclubes: 93
        – Supercopa da Libertadores: 93
        – Recopa Sulamericana: 93
        – Copa Conmebol: 94
        – Recopa Sulamericana: 94
        – Supercopa da Conmebol (MT): 96
        – Libertadores da América: 2005
        – Mundial Interclubes: 2005

        Recebeu por seis vezes a Bola de Prata, prêmio este concedido pela revista Placar ao melhor jogador da posição durante o Campeonato Brasileiro, e no ano de 2008, além do troféu de prata, recebeu a Bola de Ouro como o melhor jogador do Campeonato Brasileiro.

        No ano de 2006 foi condecorado com o troféu de ouro concedido para o melhor goleiro do Campeonato Brasileiro, juntamente com o troféu de melhor jogador do campeonato, prêmios concedidos pela CBF em grande festa realizada no Teatro Municipal do Rio de Janeiro. Em 2007, voltou a receber o prêmio de Melhor Goleiro do Campeonato Brasileiro, além de Craque do Brasileirão e Craque da Torcida, todos concedidos pela CBF.

        Rogério entrou três vezes na lista dos dez melhores goleiros do mundo, elaborada anualmente pela IFFHS, Federação Internacional de História e Estatística do Futebol, entidade com sede na Alemanha. Em 2005, foi o nono colocado, em 2006 ficou na sexta colocação e em 2007 ficou na quinta colocação.

        Foi indicado ao prêmio Bola de Ouro, da revista France Football, em 2007, sendo o primeiro e único, até o momento, jogador atuando na América do Sul a concorrer ao prêmio.
        Seu profissionalismo e dedicação ao clube e o carisma que tem junto a torcida são destaques que marcam a carreira do jogador, e determinantes para ter recebido o slogan: “Todos têm goleiros, só nós temos Rogério Ceni”.
        No dia 7 de setembro de 2010, Rogério Ceni completou 20 anos vestindo a camisa do São Paulo, sendo três deles pelas categorias de base.

        Seleção Brasileira.
        Integrou o elenco pentacampeão do mundo pelo Brasil em 2002.

        Recordes:

        No dia 22 de julho de 2007, no empate entre São Paulo e Cruzeiro por 2 a 2 no Mineirão, completou 309 jogos em campeonatos brasileiros atuando pelo mesmo time quebrando o recorde que pertencia a Roberto Dinamite que havia atuado em 308 partidas pelo Vasco.

        No dia 1 de setembro de 2007,com uma goleada de 6×0 sobre o Paraná, no Morumbi, Rogério se tornou o goleiro são-paulino com a maior série de jogos sem sofrer gols em Campeonatos Brasileiros, superando Valdir Peres, que ficou 694 minutos sem ser vazado, em 1983.
        A série foi interrompida aos 47 min do segundo tempo da vitória de 2 a 1 sobre o Santos, em 15 de setembro, após nove jogos inteiros e dois parciais sem ter que ir buscar a bola no fundo das redes. No total, foram 988 minutos sem sofrer gols, que colocaram Rogério à frente da segunda maior sequência invicta da história do Campeonato Brasileiro (perde apenas para Emerson Leão que, jogando pelo Palmeiras em 1973, permaneceu invicto por 1057 minutos).

        No dia 19 de agosto de 2009, com um vitória sobre o Fluminense por 1×0, Rogério Ceni tornou-se o jogador que mais partidas jogou da história do Campeonato Brasileiro, superando Zinho, que jogou por Flamengo, Palmeiras e Cruzeiro, que detinha o recorde com 369 partidas.

        No dia 28 de abril de 2010, completou 900 jogos pelo São Paulo Futebol Clube, no empate com o Universitario, na cidade de Lima.

        É o terceiro jogador que mais vestiu a camisa de um clube na história do futebol mundial, ficando apenas atrás de Roberto Dinamite, que disputou 1065 jogos pelo Vasco e Pelé, que vestiu a camisa do Santos em 1114 partidas.

        No dia 30 de janeiro de 2011, em partida contra o Santos Futebol Clube pelo campeonato paulista, chegou a 73 jogos seguidos pelo clube, superando o seu próprio record anterior de 72 partidas.

        No dia 28 de outubro de 2010, em partida contra o Clube Atlético Paranaense (2 x 1 para o São Paulo) pelo campeonato brasileiro, chegou a marca de 700 jogos como capitão de um time, marca ainda não alcançada por nenhum outro jogador na história do futebol brasileiro. Ele recebeu a tarja de capitão no ano de 1999.

        Goleiro artilheiro
        O primeiro gol de Rogério foi marcado numa cobrança de falta em 15 de fevereiro de 1997, contra o União São João, em Araras, pelo Campeonato Paulista. No dia 20 de agosto de 2006, Rogério tornou-se o maior goleiro artilheiro da história ao marcar, contra o Cruzeiro, em cobrança de falta ensaiada, seu 63º gol em partidas oficiais, superando a marca de 62 gols que antes pertencia ao goleiro paraguaio Chilavert. Nesse mesmo jogo marcou outro, de pênalti, chegando aos 64 gols.

        Além do jogo em que quebrou o recorde, o goleiro-artilheiro fez dois gols numa mesma partida outras quatro vezes. A primeira contra a Inter, na casa do adversário, pelo Campeonato Paulista, em 25 de abril de 1999: vitória de 2 a 1 com um gol de pênalti e outro de falta. A segunda dobradinha veio em 17 de julho de 2004, pelo Campeonato Brasileiro, agora no Morumbi, outra vitória por 2 a 1, esta sobre o Figueirense, também com um pênalti e uma falta. No vitória por 4 a 0 frente ao Tigres, do México, pelas quartas-de-final da Taça Libertadores da América de 2005 fez dois gols de falta. Com um pênalti desperdiçado, Rogério perdeu a chance de marcar pela primeira vez três gols num mesmo jogo. O quarto jogo em que Rogério marcou dois gols em uma só partida foi contra o Vasco, no Morumbi, pela décima sétima rodada do Campeonato Brasileiro de 2008. O placar foi 4 a 0 e o goleiro-artilheiro anotou os dois últimos, um de pênalti e outro de falta.

        O Palmeiras é o time contra o qual mais fez gols (7), seguido pelo Cruzeiro (6) e Vasco (5). 2005 foi o ano em que mais balançou as redes, com 21 gols, sendo o último deles na semi-final do Mundial de Clubes, contra o Al-Ittihad, assim tornou-se o primeiro goleiro do mundo a marcar um gol no Mundial de Clubes.

        É o goleiro que mais marcou gols no Campeonato Paulista, Copa dos Campeões, Torneio Rio-São Paulo, Campeonato Brasileiro, Copa Libertadores e Campeonato Mundial de clubes da FIFA (Atualmente é o único goleiro do mundo que marcou um gol no Campeonato Mundial de clubes da FIFA).

        Um fato curioso é que em todas as partidas em que ele marcou no mínimo um gol, o time do São Paulo só foi derrotado duas vezes. Nos jogos em que marcou gols, Rogério e o São Paulo contam com 68 vitórias, 19 empates e 2 derrotas.

        No dia 25 de fevereiro de 2010, ao anotar, de falta, um gol sobre o Once Caldas na derrota de 2 a 1, tornou-se o maior artilheiro do São Paulo na história da Libertadores isoladamente com 11 gols marcados.

        É um dos maiores jogadores da história do São Paulo e do Brasil, disputou duas Copas do Mundo como goleiro reserva, vencendo uma. Após Rogério fazer o seu gol de numero 96, ele chegou aos 20 maiores artilheiros da historia do São Paulo

        Estatísticas.

        Até 13 de fevereiro de 2011.

        Gols marcados Ver página anexa:
        Anexo:
        Lista de gols de Rogério Ceni
        Total de gols marcados em jogos oficiais: 98
        Total de gols marcados em jogos de competição (padrão IFFHS): 96
        Gols de falta em jogos oficiais de competição: 52
        Gols de bola rolando em jogos oficiais de competição: 1*
        Gols de pênalti em jogos oficiais de competição: 43
        Gols em jogos oficiais amistosos (não listados pela IFFHS) : 2 (ambos de falta* O gol de bola rolando foi marcado contra o Cruzeiro pelo Campeonato Brasileiro no dia 20/08/2006, em bola rolada em uma cobrança de falta.

        Curiosidades:

        Rogério balançou as redes tanto de seu ex-companheiro no São Paulo, Zetti, em 1998, quando este jogava no Santos; do seu ex-reserva, Roger, quando este estava na Portuguesa, em 2000; e de seu atual reserva Bosco, quando este estava também na Portuguesa, em 2002.
        Contra o “rival” Chilavert, o capitão são-paulino leva desvantagem: tomou um gol do paraguaio, de pênalti, em 23 de outubro de 1997, no empate de 3 a 3 ante o Vélez Sarsfield, da Argentina, pela Supercopa Libertadores, resultado que, no entanto, classificou o São Paulo para a próxima fase da competição.
        Em 2008 recebeu uma homenagem da banda de rock Dr. Sin, da qual todos seus integrantes são torcedores do São Paulo. A banda fez uma música chamada ‘Número 1’ especialmente para Rogério.
        É o goleiro que mais marcou gols de falta, 50.
        É o segundo goleiro que mais gols de penalti marcou, 43, atrás apenas de Chilavert que têm 45 gols.
        O jogador que mais partidas fez com a camisa do Tricolor do Morumbi, 950. Mais de 300 partidas a mais que o segundo jogador com mais jogos na história do São Paulo, Waldir Perez.
        No dia 26 de janeiro de 2011 quebrou seu próprio recorde fazendo 73 partidas seguidas o antigo recorde(que era dele mesmo) era de 72 partidas.

        Títulos
        Como titular

        Sinop
        Campeonato Matogrossense: 1990

        São Paulo

        Copa Europeia/Sul-Americana: 1993
        Campeonato Mundial de Clubes da FIFA: 2005
        Copa Libertadores da América: 1993 e 2005
        Supercopa da Libertadores da América: 1993
        Campeonato Brasileiro: 2006, 2007 e 2008
        Campeonato Paulista: 1998, 2000 e 2005
        Supercampeonato Paulista: 2002
        Recopa Sul-Americana: 1993
        Troféu Cidade de Santiago de Compostela: 1993
        Copa Conmebol: 1994
        Copa dos Campeões Mundiais: 1995 e 1996
        Copa Euro América: 1999
        Torneio Rio-São Paulo: 2001
        Categorias de base
        Campeonato Paulista (Categoria Juvenil): 1990
        Copa São Paulo (Categoria Junior): 1993
        Campeonato Paulista (Categoria Aspirante): 1993
        Seleção Brasileira
        Copa do Mundo: 2002
        Copa das Confederações: 1997
        Prêmios individuaisBola de Ouro (Placar): 2008
        Bola de Prata (Placar): 2000, 2003, 2004, 2006, 2007 e 2008
        Bola de Ouro do Mundial de Clubes da FIFA: 2005
        Melhor jogador da final do Mundial de Clubes da FIFA: 2005
        Melhor jogador do Campeonato Brasileiro: 2006 e 2007
        Melhor goleiro do Campeonato Brasileiro: 2006 e 2007
        Rei da Bola do Brasileirão: 2007
        Craque da Torcida: 2007

        Referências.
        Lista em formato PDF
        2. FIFA.com – Rogerio Ceni, the record breaker. Página visitada em 2011-01-28.
        3. Ceni é o quinto melhor goleiro do mundo Globo Esporte.
        4. Le classement du Ballon d’Or 2007 (em francês) (02/12/2007). Página visitada em 05/12/2010.
        5. http://www.universotricolor.com/idolos-rogerio-ceni
        6. São Paulo goleia Paraná e ruma ao penta Globo Esporte.
        7. Todos os gols de Rogério Ceni em vídeo – Site Oficial do São Paulo FC.
        Ver tambémO Wikiquote possui citações de ou sobre: Rogério CeniAnexo:Estatísticas do São Paulo Futebol Clube
        São Paulo Futebol Clube
        Lista de goleiros artilheiros
        Ligações externasSite oficial (em português)
        Estatísticas de Rogério Ceni (em português) na Futpédia
        Sambafoot.com.br (em português)
        National-football-teams.com (em inglês)
        Lista dos maiores goleiros artilheiros do mundo na IFFHS (em inglês)
        Informações sobre o contrato do jogador na CBF

      • joão paulo Says:

        so uma detona todas essas

        titular copa de 2002

        rc reserva do reserva

      • LUCAS HEXA Says:

        So para constar trouxa.. pode ter sido reserva, mas foi campeao do mesmo jeito.. hahahaha anota mais esse titulo ai Zé Roberto.
        Agora JP fala para o mão frouxa igular os feitos do M1TO. Nunca…

  15. Hannibal Says:

    http://www.lancenet.com.br/de-prima/Ronaldo-foco-isencoes-impostos-Fielzao_0_429557157.html

    Políticos que assistiram a homenagem a Ronaldo no Museu do Futebol aprovaram o uso da imagem do atacante para tirar o foco das isenções de impostos e do fundo de investimento que servirão ao Fielzão. Disseram que do contrário, a imprensa destacaria o uso de dinheiro público nas obras do estádio que deve servir à abertura da Copa14.

  16. Hannibal Says:

    http://www1.folha.uol.com.br/esporte/877588-argentina-reinaugura-estadio-mais-moderno-da-america-do-sul.shtml

    A capacidade do estádio será para 36 mil torcedores, terá 5.500 vagas de estacionamento, telão no meio do campo e gramado retrátil.

    A inauguração foi em 2003 e as obras atuais custaram mais de US$ 200 milhões (cerca de R$ 335 milhões).

    A administração ficará a cargo dos governos da província, do município e dos dois clubes da cidade, o Estudiantes e o Gimnasia y Esgrima.
    ____________________________________________________________

    Aqui se não custar 1 bilhão de dinheiro público não vale…

  17. José Roberto Says:

    Lina me tira uma dúvida.
    A porca não paga salários, direitos de imagens, 13º etc…
    O demolidão poderá ser colocado como garantias numa ação trabalhista?
    Xíííííííí acho que os funcionários dançarão nessa.

  18. José Roberto Says:

    Lina e companheiros.

    Toda verdade sobre o Jogo da Barrica.

    Por Thomaz Mazzoni,

    Torre da igreja da Consolação, onde se concentrava metade do time. (Imagem: Dornicke)
    Nessa época o clube não possuía sócios, fonte de renda e sequer patrimônio. Treinavam e jogavam onde deixavam. Não havia nem lugar para fazer a concentração que tinha que ser improvisada com metade do elenco na casa do presidente Frederico Menzen e outra metade nos beliches que havia na torre da igreja da Consolação, paróquia do Monsenhor Bastos, ilustre são-paulino. Os treinos eram por vezes realizados no pátio da própria igreja junto ao local onde os congregados marianos jogavam basquete. Quando havia disponibilidade o time treinava no campo da Várzea do Glicério, mas tinham a condição de desocupar o local assim que os times, donos do campo, chegassem Porém mesmo com toda a força de vontade e fé de seus dirigentes e o forte apelo popular herdado do Paulistano e Palmeiras, a verdade é que os jogadores do São Paulo, com raras exceções, eram fracos tecnicamente. Conseguiu apenas um oitavo lugar no Paulista de 1936 e um sétimo lugar no Paulista de 1937. Porém isso foi resolvido com uma nova fusão. Em 1938 o Clube Atlético Estudante Paulista, fundado em maio de 1935 por dissidentes do São Paulo, fez uma excursão ao Chile e Peru em que o empresário fugiu com o dinheiro arrecadado deixando o clube à porta da falência. O São Paulo, sabendo da situação, resolveu propor uma fusão, pois o Estudante era formado por bons jogadores e possuíam o estádio Antônio Alonso, já o São Paulo possuía torcida, carisma e com as contas em dia. Sobrou a dúvida sobre o nome do clube, os tricolores alegavam que eram mais antigos e que já possuíam uma tradição, além de levar o nome as cores do estado, pois foram esses argumentos que prevaleceram com a condição que o novo presidente fosse alguém neutro, ligado aos dois clubes, Piragibe Nogueira. Outra decisão foi a de que sócios de ambos os clubes teriam seus números de matrícula zerados para facilitar a fusão. O São Paulo então arrecadou o dinheiro para saldar a dívida e acordo foi então fechado e em 25 de agosto de 1938 o novo time estreava já contando em seu quadro de atletas metade do time do Estudante, entre eles Roberto Gomes Pedrosa, futuro presidente do clube. A nova sede ficaria no prédio da rua Dom José de Barros, número 337, na República.
    Curioso notar que semanas antes da fusão, em julho de 1938, o São Paulo promoveu o “Festival do São Paulo FC” que oferecia a Taça Henrique Mündel ao vencedor justamente para arrecadar fundos. Como clube organizador, o São Paulo não participou do triangular entrePortuguesa, Corinthians e Palestra Itália sendo o Corinthians o campeão. Por ser um torneio de cunho amistoso promovido pelo São Paulo, os clubes participantes concordaram que a renda pertencia ao tricolor, não havendo doação, portanto. Esse torneio ficou conhecido como “Jogo das Barricas” pelos torcedores de outras agremiações, pois encaram que a renda ficou para o clube criador do Torneio.
    Após a fusão, e já com um time capacitado, o tricolor chegou ao vice-campeonato do Paulista de 1938 e poderia ter sido campeão não fosse o gol de empate do atacante corintiano Carlinhos feito com a mão e validado pelo juiz de forma polêmica (o empate dava o título ao Corinthians).
    Já no ano de 1939, os jogadores ainda estavam se adaptando, tanto é que conseguiram apenas o quinto lugar no Campeonato Paulista daquele ano.
    Nessa mesma época o clube começou a estimular a prática de outros esportes que não o futebol.
    O São Paulo foi pioneiro em torcidas organizadas. Em 1939 o cardeal são-paulino Manoel Raymundo Paes de Almeida fundou na Mooca o Grêmio são-paulino, que depois se transformaria na Tusp — Torcida Uniformizada do São Paulo. Ela era uma torcida entusiasmada e que fazia comemorações por conta própria com serpentinas e confetes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: