À Beira da Falência: Nem Almoço e Nem Café

Não bastasse cortar o cafezinho dos funcionários, os atletas da velha guarda do clube da Turiassu tiveram o “beneficio” do almoço gratuito no restaurante do clube cortado. Dentre eles: Fábio, China, Adhemir e outros, que de vez em quando aparecem lá. Até o velho OBERDAN CATTANI que é uma lenda viva da Paçoca, o último jogador vivo que jogou com a camisa da Paçoca Itália, teve que começar a pagar uma porcaria de almoço.

Agora me fala, esses caras comem no máximo 6 ou 7 reais, uma vez por semana, que diferença isso faz para um clube desse tamanho ? ( A porcada pensa que é grande )…

Se nem um almoço eles querem pagar para seus “heróis históricos” , imagina para os coitados dos funcionários !

Trecho de um comentário retirado de um fórum da porcada na internet.

***(*) ******(*)

14 Respostas to “À Beira da Falência: Nem Almoço e Nem Café”

  1. Hannibal Says:

    Puta merda… se for verdade parei.

    WTORRE – estadio

    C13 – Felipão

    TRAFFIC – Futebol

    Quer mais o quê? Agora nem café e nem almoço pros funcionários?

    Como querem o Ronaldinho Gaúcho se nem o direito dos funcionários
    conseguem dar?

    Lina: É uma piada sem graça esse clube sujo !

  2. joão paulo Says:

    ta ai uma coisa que apoio do belluzzo, um clube é uma empresa e nao a casa da mae joana , nao se pode dar porra nenhuma de graça para ninguem.
    duvido que exista uma empresa que fique pagando almoço para funcionarios aposentados

    e vc anda vizitando bastante foruns palestrinos ein ?

    e mais uma coisa, ate quando viveremos a censura filhote de hitler?

    Lina: Até sempre.

    • Hannibal Says:

      Wallita, Café Milton Neves, manda o Belluzzo dar um toque nos caras que ele financiam a bóia!

      Lina: KKKKKKKKKK 8)

  3. LUCAS HEXA Says:

    Lenda viva??? é um bostão traidor da patria isso sim… ousou jogar com as cores da itália enquanto nossos irmãos morriam no front de batalha… é um bosta isso sim… vai se foder como os outros filhjos da puta que torcem para o titme nazifacista, que apelam para jogar gás no time adversário para ganhar uma merda de paulistinha.

    Lina: Um frangueiro que tomou gol do Leônidas a torto e a direita.

    • João paulo Says:

      os brasileiros na italia combateram apenas alguns frangalhos alemaes , os italianos ja tinha matado mussolini nessa epoca, se os praçinhas brasileiros pegassenm o exercito nazista para valer nao aguentava nem meia hora de batalha, se nao fosse o stalin que por sinal era muito pior que hitler o mundo estava na merda, ou vc acredita que foram os americanos que derrotaram os nazistas? eles apenas bateram em um moleques da juventude hitlerista, graças aos sovieticos o mundo se livrou dessa corja que goza da simpatia de lina

      Lina: Da minha simpatia não, mas de muita gente do seu clube é fato e eu já provei aqui.

      • Hannibal Says:

        Enlouqueceu, o passado condena…

        Lina: Passado bem sujo aliás…

  4. LUCAS HEXA Says:

    Derrubem o presidente

    http://colunistas.ig.com.br/copa2010flaviogomes/2010/07/05/derrubem-o-presidente/#comment-8309

    Por FLAVIO GOMES

    Ricardo Teixeira é presidente da CBF há 21 anos.

    Não foi eleito por ninguém a quem devamos alguma consideração.

    Foi eleito pelos patetas dos presidentes das federações estaduais.

    São 20 e poucos, que podem ser comprados com jogos de camisas e bolas.

    É bem fácil ser eleito presidente da CBF quando se tem dinheiro para comprar jogos de camisas e bolas.

    Ricardo Teixeira é um mau elemento.

    Não precisa me processar, presidente.

    Mau é antônimo de bom, e elemento é apenas um substantivo, como abacaxi ou jarra.

    Mau porque não é um bom presidente, porque na Copa de 1994 a Receita Federal o pegou no pulo trazendo muamba, não sou eu que acuso, não precisa me processar, presidente.

    Mau porque escolheu Lazaroni e Dunga, porque foi sacana com Falcão e Leão.

    Mau porque preside uma confederação de um esporte, o futebol, e aqui quer realizar uma Copa do Mundo de futebol, e o país cuja confederação ele preside não tem um estádio decente onde se possa jogar futebol.

    Não precisa me processar, presidente, digo isso baseado no fato de que todos os estádios da Copa de 2014 estão por ser construídos ou reformados.

    Em 21 anos como presidente da confederação de futebol, portanto, Ricardo Teixeira não conseguiu que seu esporte tivesse um palco sequer apropriado para a prática do esporte cuja confederação ele preside.

    Não se trata, aqui, de tabular resultados.

    Foram seis Copas das quais o Brasil participou sob sua gestão, ganhou duas, chegou a uma final, em outras três se deu mal.

    Isso tudo é normal, no esporte ganha-se e perde-se, não importa.

    Mas foi sob sua gestão que o futebol do interior do Estado de São Paulo morreu, e isso me parece preocupante, foi na sua gestão que a Fonte Nova desabou, foi na sua gestão que o Campeonato Brasileiro virou Copa João Havelange porque os clubes estavam brigando com não sei quem, foi na sua gestão que as torcidas uniformizadas viraram gangues de criminosos, foi na sua gestão que as bandeiras foram proibidas nos estádios paulistas, foi na sua gestão que se viu o maior êxodo da história de jogadores para a Europa, para a Ásia, para o Oriente Médio, foi na sua gestão que desapareceu o futebol do Norte e do Centro-Oeste, foi na sua gestão que pegaram juízes vendendo resultados, foi na sua gestão que os empresários-urubus invadiram os clubes para tomar deles os garotos em começo de carreira.

    Assim, sinto-me à vontade para dizer que Ricardo Teixeira é um mau elemento, ou um mau presidente, ou um mau dirigente, como queiram, e sinto-me mais à vontade ainda para não gostar dele e, portanto, de nada do que sai de sua cabeça, porque o futebol brasileiro, resumindo, é uma merda: não tem estádios, os melhores jogadores não ficam aqui, a violência das torcidas é uma mazela, os horários dos jogos são o fim da picada e mais um monte de coisas.

    Para mim, está na cara que tudo é culpa do Ricardo Teixeira.

    É ele o presidente da confederação que cuida do futebol.

    Se o futebol está uma merda, dou-me o direito de achá-lo um m… um mau elemento que não cuida do futebol.

    Ele cuida de contratos.

    Com a Nike, com a Globo, com o Itaú, com a Brahma, com a Seara, com a TAM, com a Gillette, com a puta que o pariu.

    Não me interesso por contratos.

    A CBF virou uma empresa que administra contratos e que tem um produto, a seleção brasileira.

    Não passa disso.

    Caga para o futebol.

    Agora há pouco, aliás, a CBF acabou de devolver o comando da gestão midiática de sua seleção à TV Globo, numa melosa entrevista no canal Sportv, conduzida por Galvão Bueno, Renato Maurício Prado, Paulo César Vasconcelos e Arnaldo César Coelho, que passaram uma hora lambendo Ricardo Teixeira, depositando toda a culpa da má Copa em Dunga (que, se bem me lembro, foi escolhido por Ricardo Teixeira), que só virou vilão na Globo porque não deu privilégios à Globo, a única coisa que prestou em sua gestão.

    Por isso, enquanto Ricardo Teixeira for o presidente da CBF, nada vai acontecer.

    E ele será, enquanto quiser.

    A não ser que…

    A não ser que as pessoas de bem que militam no futebol reajam.

    É preciso que as pessoas de bem que militam no futebol se manifestem.

    Assim: Felipão é chamado para a seleção; não aceita, e diz porquê.

    Leonardo, o do Milan, idem: convoca uma coletiva e diz que não quer, porque não pode servir a alguém como Ricardo Teixeira.

    Mano Menezes é convocado: responde que não pelo Twitter, para todo mundo saber que não tem a menor intenção de ser funcionário de uma empresa que administra contratos e não liga para futebol.

    E jogadores poderiam recusar convocações, e torcedores poderiam se recusar a comprar camisetas amarelas, e as emissoras de TV poderiam se recusar a transmitir os jogos do time da CBF, e aí o Ricardo Teixeira iria à falência, ou entregaria o cargo.

    E aí o governo federal poderia baixar uma norma através de seu Ministério de Esportes proibindo qualquer confederação esportiva de ter presidentes que permaneçam no cargo por mais de duas gestões, algo fácil de se fazer, para que o futebol, quem sabe, caia nas mãos de gente boa, honesta, respeitada.

    Para que um dia, quem sabe, a CBF possa ser presidida pelo Zico, ou pelo Sócrates, ou pelo Raí, ou pelo Rogério Ceni, ou pelo Marcos, ou pelo Paulo Autuori, ou pelo Mano Menezes, ou pelo Tostão, ou pelo Xico Sá, por gente que vive ou viveu do e no futebol, e não por alguém como Ricardo Teixeira, que só está lá há 21 anos porque era genro de João Havelange, outro elemento que adora o poder eterno, para que a seleção brasileira volte a ser formada por jogadores do Flamengo, do Corinthians, do Palmeiras, do Galo, do Inter, do São Paulo, do Santos, do Fluminense, para que a seleção brasileira use camisetas da Penalty ou da Lupo, jogue no Maracanã, no Morumbi, no Beira-Rio, no Couto Pereira, no Mineirão, e não em Londres, para onde não posso ir com tanta frequência assim.

    Lina: Muito bom esse texto.

  5. Finorio Says:

    HAHAHAHAHAHAHAHAH
    Puta vexame.

    Lina: De vexame em vexame até a falência total.

  6. Jorge Tri-Hexa Says:

    Mas nem na Portuguesa de Desportos isso acontece.

    Lina: Porque a Portuguesa é um clube sério.

  7. Franklin Says:

    Que merda hein ?

    Lina: Merda por todos os lados no guarani da turiassu.

  8. Henrique Soberano Says:

    Olha eu não daria risadas assim não.
    Os caras vão achar alguma empresa que queira fornecer café para a portuguesinha da turiassú e ai arrumam espaço na camisa também ou então arrendam a copa, se tiver, pra Nescafé por exemplo por 35 anos.
    Como fizeram com o estádio, com o futebol e quando contrataram o novo técnico.
    A questão do almoço pode ser resolvido arrendando a cozinha para a Tia Joana marmitex, assim os velhos poderãos se encontrar e comer a sua gororoba de graça, pelos próximos 35 anos também, se durarem claro.

    Lina: KKKKKKKKKKKKKK, boa idéia. 8)

  9. José Roberto Says:

    LIna.
    Sugestão ao blog, já que estão enxotando os velhinhos do puteiro que tal nós SãoPaulinos em consideração ao passado dos nossos fregueses nos cotizarmos e oferecermos um lanchinho semanalmente?
    Vamos ligar para o parmera, perguntar quantos almoçam ou tomam lanche de graça, mandamos comprar um tanto mortandela (refeição preferida de curicano, é assim que eles falam), uns paezinhos, mandamos uma garrafa de café, outra de chá, copinhos descartáveis, umas cestinhas com biscoitinhos (Aymoré ou Duchem) da época deles, só pros velhinhos matarem a saudade, cesto de lixo para recolher os guardanapos, juntamos todos eles numa pracinha do bairro e pronto.
    Não é por causa de mixaria que deixaremos de homenagear o passado dos sugismundos entreguistas.
    o palmerda é mesmo um crubinho sem tradição, não respeita o passado.

    Lina: Pra fazer um lanchinho pra elas, eu posso levar terra e água, afinal nada como lama pra deixar os porquinhos felizes…

    • João paulo Says:

      o dia que vc me mostrar uma empresa que alimenta ex-funcionarios eu te dou um premio

      ja estava na hora de acabar com essa farra, que eu tenho certeza que tambem nao tem no lado purpurinado do muro

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: