Pinóquios da imprensa moderna

Estou preocupado com o atual momento da imprensa brasileira, inclusive e principalmente a esportiva. Parece que cada vez mais os profissionais da área estão lutando arduamente pelo direito de mentir. O uso das informações falsas, ou distorcidas está cada vez maior e o pior é que se qualquer leitor, ou outro, reclamar de tal, é escorraçado pelos péssimos jornalistas e seus comparsas de sensacionalismo, que estão sempre por ai, como skinheads, prontos para bater naqueles que preferem defender a verdade a defender uma venda maior de jornais.

Citei sensacionalismo mesmo. Por um sensacionalismo barato e que gere muitos cliques (moderno né?) ou, muitas vendas de jornais, os “profissionais” preferem adulterar a informação obtida. Que prazer se tem em dar um furo de noticia, que nem é furo e nem é noticia? Eu realmente não entendo, mas é algo meio masoquista. Porque essa história de que mentira repetida vira verdade, infelizmente é apenas mais uma mentira contada há tempos.

Não importa se saiu no Globo Esporte, no Estado de São Paulo, ou em qualquer outro lugar. Sempre alguém vai prestar atenção e perceber a inverdade do texto, do vídeo, ou do que quer que seja. E ai as porradas vão vir de todos os lados e surge aquele sórdido prazer de reunir os comparsas da mentira para tentar limar os defensores da verdade e da boa imprensa. Inclusive aqueles leitores que são lesados pelas noticias falsas.

Por falar em Estado de São Paulo, é impressionante como este se tornou o pior jornal paulistano. Não sei se tenho dó, ou vergonha dos jornalistas que trabalham nesse veículo. Imagina trabalhar sobre a pressão de ter uma manchete espetacular para evitar a falência do jornal? Para isso, antes mesmo do projeto Morumbi 2014 ser avaliado, o Estadão o vetou da Copa. Uau, não sabia que era o jornal quem tomava esta decisão, jurava que era a FIFA. Mas enfim, curioso foi ver o total desconhecimento do projeto pelos jornalistas do criticado veículo. Poxa vida, eles pagam os setoristas do São Paulo apenas para plantar picuinhas? Não é tão difícil trocar duas palavras com qualquer dirigente do clube e descobrir como funcionam as coisas.

Fora do futebol, faz pouco tempo que entrei no site do Estadão e havia uma matéria sobre Roberto Podval e Francisco Cembaranelli, respectivamente advogado e promotor do caso Isabella Nardoni. O evento foi importante e tive a oportunidade de cobri-lo. Ambos foram homenageados, um como advogado e outro como promotor do ano na Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Evento bonito e que deixou muitos alunos com os olhos brilhando. Algo normal quando se vê ídolos da profissão que se quer seguir.

Engraçado, mas a matéria do Estadão nem mencionava direito a homenagem e a alegria dos estudantes. Em vez disso, o artigo parecia conversa de cozinha. Falava do vestuário dos estudantes e até da beleza da mulher do bem sucedido Podval. Por outro lado, menosprezava ridiculamente a homenagem e o trabalho dos dois e terminava citando o valor da mensalidade na FMU. Senti vergonha alheia na hora e o resultado não foi outro. Chuva de comentários devolvendo as ofensas subentendidas do fraco jornalista, que não se identificou apesar de eu tê-lo visto no evento e cá entre nós, tinha pouquíssima moral pra falar de roupa.

Mais recente ainda, semana passada bombaram, mas explodiram as manchetes tirando Didier Drogba da Copa do Mundo. O Estadão e o Globo Esporte estão inclusos nessa. Não quero me vangloriar, mas tenho alegria dos ouvintes que confiam em mim. Uma semana antes publicarem as matérias sensacionalistas, eu já havia falado na rádio sobre a cirurgia do atleta e explicado, nas palavras do médico do Chelsea, que a cirurgia de hérnia abdominal tem rápida recuperação e não tira o atacante da Copa.

É lógico que a minha noticia não teve a repercussão que teve a que cortava Drogba da Copa. Tanto que na semana seguinte eu nem lembrava dela, pois não era noticia mais. Até tomei uma bronca de uma pessoa que acreditou no besteirol publicado em diversos jornais. Mas eu tenho que entender né? Afinal, quantos jornais venderia a noticia de que Drogba fará cirurgia no abdômen, mas não ficará fora nem da Premier League e nem da Copa do Mundo? Agora, nesta semana, surgiu o problema na virilha, mas ai são outros quinhentos.

Quando estou quase esquecendo do lixo que está se espalhando pelo jornalismo brasileiro (mentira, todo dia tem uma matéria ridícula pra cornetar). Abro o http://www.globoesporte.com e me deparo com o título de uma matéria: “São Paulo amarga 11 eliminações seguidas em torneios de mata-mata”. É claro que essa manchete chama mais atenção do que a verdade, que seria dizer que o São Paulo não ganha torneios em mata-mata desde 2005. Afinal, faz o time parecer muito pior, assim como sua história. Mas não cabe uma pesquisa não? Basta lembrar que em 2007 o São Paulo eliminou o Boca Juniors da Copa Sul americana e que em 2008 eliminou o Nacional de Montevidéu da Libertadores. É pouco, não justifica o São Paulo ser muito melhor, mas coloca menos pressão sobre os atletas e ao menos fala a verdade.

A omissão dessas informações gera conseqüências. Não para o Globo Esporte, que faz tempo que parece não estar nem ai com pesquisa e veracidade de informações. Mas para os citados na matéria, que tiveram suas glórias escondidas por um jornalista, que talvez estivesse sem pauta e precisasse atualizar a pagina do clube no website, muita pressão.

A pressão é complicada mesmo. E por conta dela, os jornalistas estão cada vez mais unidos pelo direito de aumentar as histórias e torna-las mais espetaculares. Vão chutando noticias antes delas serem confirmadas, pelo puro e simples prazer de poder falar: “O primeiro a dar as ultimas.” Infelizmente sem a glória de Herón Dominguez que confirmava e não aumentava as suas informações. Afinal, os pobres leitores, que acreditam em tudo que os profissionais da imprensa falam, que se danem. Ludibria-los é a lei, e se eles reclamarem, a gente dá na cara.

Aposto que muitos jornalistas vão gostar dessa matéria, vão falar que eu não defendo a classe e muito mais, mas entre defender os colegas e defender a verdade, acredito que eu já dei a entender qual parte eu escolhi. Sei que vão tentar me esculachar, mas podem me bater a vontade, porque sei que essa verdade sempre vai doer bem mais.

Gabriel Fuhrmann Tranquilli Barbosa

Via Botecão do Futebol

***(*) ******(*)

Anúncios

19 Respostas to “Pinóquios da imprensa moderna”

  1. João paulo Says:

    vc também não deve em nada no quesito sensacionalismo

    Lina: Meu amigo, eu não vendo jornal, não posso ser sensacionalista. Blog não dá dinheiro, pelo menos esse aqui não dá. Tudo que eu escrevo aqui, é por que eu amo meu time, nada além disso. Portanto, esse blog não tem nada de sensacionalista…

    • João paulo Says:

      para falar a verdade está dando é nojo ver, ouvir e ler coisas relacionadas ao futebol, conversinha fiado e sensacionalimos dominou

      Lina: Pra você ver como a midia palestrina enche o saco.

  2. João paulo Says:

    povo maldoso lina

    Lina: Classe a, mas o goleirinho do teu time é bem mais caçador de borboletas…

  3. Vinícius Says:

    Sinceramente não entendi a lógica das 11 eliminações contra “desde 2005”, onde está a mentira neste caso? O que importa então é a forma como a informação foi passada? Se depreciou o São Paulo é mentirosa, se glorifica é verdadeira?

    Lina: Ignorantão !!! Presta atenção no que o cara escreveu animal !!!

    • Barman Says:

      O que esse palhaço tá falando aqui Lina ?
      Você tá liberando o blog pra galinhada ?

      Lina: Deixa falar meu camarada. A nossa soberania incomoda os imbecis…

  4. Denilson Says:

    Texto perfeito.

    Só otários acreditam em tudo que a imprensa publica.

    Eles tudo fazem para vender jornal, ou obterem cliques, e nessa ânsia, passam bem longe da verdade dos fatos.

    Lina: É o desespero pra vender jornal…

  5. Henrique Soberano Says:

    Cara, esse texto é maravilhoso.

    Lina: Achei legal também.

  6. Tri-Mundial Says:

    Detonou com aquele jornalizinho o tal de Estadão e seu reporterzinho, panfleteiro das galinhas e da CBF.

    Lina: Engraçado que tudo que o cara falou que ia acontecer: o Morumbi seria tirado da copa, o Valcke viria pra anunciar isso, o plano b da cidade de São Paulo seria anunciado, nada aconteceu; e o estadão não deu uma dura ou mandou o cara embora. Que merda não ?

  7. Wellington Says:

    Puta bicuda na cara !!!!!!!
    Acho que a presidencia do SPFC deveria atuar do mesmo modo que o redator do texto.

    Contra tudo e contra todos sempre!

    Lina: NOI_X_ !!! 8)

  8. Jorge Tri-Hexa Says:

    Muito lucido e esclarecedor.

    Lina: Valew.

  9. Felipe 6-3-3 Says:

    Midia imunda, suja e mal-cheirosa.
    Fedem a gambá.

    Lina: E como fedem, principalmente, Band, Gambazeta e Globosta.

  10. eu ja sabia Says:

    eu presto muita atencao em quem eu leio, e principalmente onde
    nao adianta vir dizer que o jornalista e bom carater se trabalhar na globo
    todo mundo sabe que ali tem um editorial a seguir, uma linha de pensamento
    idem na band, idem no estadao, e outras midias

    fico com os blogs por ai, e com a jovem pan, folha e uol
    coincidentemente sei que e o que o lina costuma se informar a julgar pelos links ao lado

    Lina: Boa

    • Finorio Says:

      Tem que tomar cuidado pra saber quem é que fala.
      Senão acaba ouvindo e depois falando merda.

      Lina: É verdade.

  11. Franklin Says:

    O cara que escreveu a maldita matéria no Estadão é do Rio.
    Não critico por ser carioca, isso não tem nada a ver, mas porque deve ter contatos suspeitos, compreende a ligação que eu quero lembrar ?

    Lina: Lógico.

  12. Renato Soares Says:

    Um chute no saco da imprensa chapa branca, aquela que vende o espaço pra quem tiver $$$$$. Que paisinho de merda esse.

    Lina: Boa.

  13. Henrique Soberano Says:

    O cara falou tudo que estava engasgado na garganta de muito torcedor.

    Lina: Verdade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: