Parem Tudo, Eu Quero Descer

Sujeiras reverte punição e terá D. Souza no início do Paulista

O Sujeiras contará com Diego Souza em seus primeiros jogos no Campeonato Paulista. O meio-campista havia sido suspenso por oito partidas após se envolver em confusão com o zagueiro Domingos, então no Santos, na semifinal do torneio em 2009. No entanto, a pena foi “transformada” em uma doação de cestas básicas.

O clube alviverde recorreu da suspensão imposta ao camisa sete e foi bem sucedido. Agora, em vez de acompanhar os oito jogos iniciais do Sujeiras no Paulista-2010 pela televisão, Diego Souza terá que doar cem cestas básicas para instituições de caridade.

“Conseguimos reverter em cesta básica a suspensão imposta ao Diego. Ele está livre para jogar, como qualquer outro atleta”, afirmou Luiz Roberto Castro, advogado do Sujeiras.

Antes de obter a liberação de Diego Souza, o Sujeiras cogitou a hipótese de inscrevê-lo no time B. Como a punição se aplica em uma competição organizada pela Federação Paulista, o meia a cumpriria nas partidas da Copa Paulista, da qual o Sujeiras B participou.

No Campeonato Brasileiro, Diego Souza se tornou um dos destaques da campanha do Sujeiras na competição. Devido às boas atuações, o camisa sete foi convocado por Dunga para a seleção brasileira. No entanto, o jogador terminou o ano em baixa, com a queda de produção do time alviverde – que não conseguiu se classificar para a Libertadores.

Diego Souza havia sido punido pela expulsão no segundo jogo da semifinal do Paulista-09. O camisa sete se desentendeu com Domingos durante o segundo tempo. Após a discussão, os dois foram expulsos. O zagueiro santista caiu no gramado, alegando uma agressão. O jogador sujeirense, que se encaminhava para os vestiários, voltou e deu uma rasteira no adversário.

***(*) ******(*)

Nota do blog: Foi liberada a pancadaria. Podem descer a porrada a vontade, podem entrar armados em campo que não vai dar em nada. Ao que parece os desmandos do STJD estão servindo de exemplo para a FPF e o TJD, que aliás tem em seus quadros o “delegado-conselheiro” que forjou o laudo.

Anúncios

16 Respostas to “Parem Tudo, Eu Quero Descer”

  1. Boleiro Verde Says:

    uzar o que a de pior em nosso beneficio aprendemos com vc6

    Lina: Pow velho, naum viaja. Conchavo com tribunal só vocês tem. Isso ai é uma vergonha. São Paulo sempre foi exemplo pro Brasil, por causa da escória até a justiça aqui esta sendo achincalhada… Realmente torcer hoje em dia é uma aventura de idiotas.

  2. William Says:

    Fala sério são uns sem vergonhas mesmo .
    Por isso não da para confiar em quem está no tribunal !

    Lina: Enquanto for o Del Nero, vai ser pró-puta todo ano.

    • joão Says:

      que chororo a federação paulista por acaso nunca teve presidente tricolorido, se fosse jogador do spfc ou sccp teria sido feito a mesma coisa.

      Lina: Eu não me lembro de presidente ligado ao São Paulo na Federação, veja bem, estou dizendo que não me lembro, não que não houve. Mas o caso aqui é a favor do PUTEIRO, e não a favor do São Paulo. Mas fala aqui pra mim, você acha isso natural, um cara que tinha 8 jogos não ter mais nenhum ?

      • joão Says:

        isso é uma vergonha mesmo mas se fosse jogador do spfc ou sccp ia ser a mesma coisa.

  3. joão Says:

    laudo natel o governador bandido da ditadura sentava no banco de resrvas do spfc para pressionar arbitragem

    Lina: Cara, não sei se isso é verdade, mas temos que ver o ano que você está falando. O Bloco da Inveja não faz questão de investigar datas corretamente quando é pra falar do Tricolor. Dizem que o Laudo Natel construiu o Morumbi, mas enquanto o Morumbi era construido ele nem era governador. Mas vamos considerar que ele tenha sentado no banco do São Paulo, se é que sentou, no tempo em que era governador. Eu prefiro muito mais ele no banco do meu time, do que outro governador agindo nos bastidores como uma serpente, se é que você consegue entender.

    • Marcelo Abdul Says:

      O Laudo Natel “sentava no banco” e o Palmeiras era o maior detentor de títulos no inicio dos anos 70. Quando ele saiu do governo o Palmeiras ficou 17 anos na fila.

      Que “armação” os são paulinos tinham hein?

      Perdemos duas finais contra o Palmeiras sendo uma de brasileiro e os caras reclamam de roubo.

      Vai ser torcedor chato assim lá no inferno.

      Lina: E agora ? Rsrsrsrsrs

      • joão Says:

        essas partes sãe de lascar

        Que nas semi-final do brasileiro de 1981 o Bambis contratou 3 seguranças da Ponte Preta, Brandão, Maurinho e Chitão, para um trabalho especial no Morumbi. Jogavam Bambis e Botafogo. O Botafogo havia vencido o jogo de ida no maracanã, e vencia novamente o Bambis, em pleno Morumbi, por 2 a 0. No intervalo, os 3 seguranças tiveram o acesso facilitado ao vestiãrio dos árbitros, que foram agredidos e receberam ameaças ainda maiores para o final do jogo. No segundo tempo o Bambis virou a partida, se classificou, e os seguranças foram levados de volta para Campinas… O árbitro Bráulio Zannoto, declarou ao longo da semana que foi agredido no vestiário por homens armados, e admitiu ter errado ao não paralisar o jogo ou ao menos relatar o ocorrido na súmula, por medo das consequências…

        Com uma história propositadamente mal contada, envergonhados do próprio passado, os dirigentes lutam por criar uma identidade que não existe, um clube sem alma e sem história de superações e heroísmos de seus antepassados, restando criar o simbolismo de “clube da moda”, de embalo, na eterna luta de tentar transformar “simpatizantes” em “torcedores reais”.

        – O verdadeiro vínculo, a verdadeira paixão, o marketing não consegue resolver, pois é na adversidade que se criam e fortalecem os vínculos reais e eternos. Não por acaso, o Bambis faz campanha na TV para que seus “simpatizantes” tentem transformar seus filhos em sãopaulinos, em uma ação que os rivais fazem por identidade, alma e paixão !!

    • joão Says:

      http://colunistas.ig.com.br/jogoquaseperfeito/2009/04/17/rogerio-ceni-vai-jogar/

      =================== A MARACUTAIA DO MORUMBI===============

      Voce sabia ?

      – Que em dezembro de 1950 a Imobiliária Aricanduva [cujo dono era o Adhemar de Barros] conseguiu empréstimo do Governo do Estado [o governador era o próprio Adhemar] para terraplanar e criar toda a infraestrutura em uma gleba na região do Morumbi ? Um escândalo de corrupção na época, dentre vários do Adhemar, que viria a ser cassado anos depois. O bairro com todas as benfeitorias passa a se chamar justamente JARDIM LEONOR, nome da esposa do Ademar de Barros.

      – Que em dezembro de 1951, um ano depois, o Bambis convidou Laudo Natel [político ligado a Adhemar de Barros] para tesoureiro e este negociou a compra de 68 mil m2 na região, e “ganhou” (!!) do Governo do Estado mais 90 mil m2, isso mesmo GANHOU do Governo do Estado 90 mil metros quadrados !!

      – Que em 1955, três anos depois, o Bambis VENDEU ao Governo do Estado o terreno do Canindé [aquele que ganhou 11 anos antes], sem qualquer benfeitoria adicional. O Governo comprou e repassou à Portuguesa que se viu obrigada a construir campo e arquibancada para começar a usar, pois estava completamente abandonado.

      – Que em 1966, em pleno regime de ditadura militar, Laudo Natel, o ex-secretário da Maracutaia já havia se tornado Presidente do Bambis, e ao mesmo ocupava o posto de vice-Governador do Estado quando o seu chefe, Adhemar de Barros, foi cassado por corrupção. O clube passava a contar com um Presidente que ao mesmo tempo era Governado do Estado, em plena Ditadura.

      – Que o tal Governador da ditadura, que acumulava as funções de Presidente do Bambis, determinou que os estudantes da rede pública vendessem carnês chamados “paulistão”, para ajudar nas suas formaturas, e ao mesmo tempo coletando parte do dinheiro para a construção do Estádio.

      – Que é justamente neste período da ditadura, da censura aos jornais, que sem explicar a origem do dinheiro, sem um clube de associados que pudesse gerar receita, sem rendas pois jogava em estádios praticamente vazios pela péssima campanha, que construiram um estádio que custou uma fortuna, que nem nos dias atuais de direitos de TV, patrocínios, venda de atletas, conseguiriam construir algo parecido… de onde veio o dinheiro ?!

      – Que para as festas de inauguração do estádio, com mêdo de um vexame, pediram emprestados 2 jogadores do Palmeiras (Julinho e Djalma Santos), 2 do gambazada (Almir e Ari) e 1 do Santos (Pelé que contundiu não compareceu), para reforçar o time em partida contra o Nacional do Uruguai.

      – Que O Palmeiras foi o primeiro campeão do Morumbi, pelo Brasileiro de 1969…

      – Que no início dos anos 70, o Governador biônico Laudo Natel, não-eleito, imposto pela Ditadura, acumulava o cargo de Presidente do clube, e se sentava no banco de reservas nas partidas para ajudar a tirar o time da fila, na pressão aos árbitros e Federação.

      – Que nos dois jogos entre Bambis e Ponte Preta pelo Paulista de 1970, o Governador teve participação decisiva no resultado ? No primeiro jogo, em Campinas, o Bambis perdia e no intervalo o Governador chegou de helicóptero, pousou no meio do gramado, foi ao vestiário dos árbitros, e no segundo tempo o Bambis “virou” com uma sucessão de erros da arbitragem… e no segundo turno no Morumbi, Arnaldo Cesar Coelho “operou” a Ponte, com Laudo Natel supervisionando o esquema na beira do gramado.

      – Que em 1971 esta pressão fez tanto efeito que o gaveteiro Armando Marques cometeu um dos maiores assaltos na final do Campeonato Paulista, contra o Palmeiras. A atuação foi tão escandalosa que é comentada até hoje nos sites oficiais do próprio Bambis.

      – Que em 1972 o Presidente do Palmeiras comprou a briga e fez com que a final – novamente entre as duas equipes – fosse transferida para o Pacaembu, pagando anúncio de página inteira nos principais jornais da cidade explicando que o Morumbi nunca foi nem nunca será um campo neutro, e que abdicava da renda maior pelo direito de ter um jogo justo. E que graças a esta histórica e corajosa decisão, o Palmeiras conquistou mais este título.

      – Que na final do brasileiro de 1977, o Bambis conseguiu nos bastidores a suspensão do atacante Reinaldo do Atlético Mineiro, artilheiro do campeonato, e entre outros acontecimentos, viu o volante Chicão quebrar a perna do meia Ângelo do Atlético. Não satisfeito, Chicão ainda pisou na perna quebrada do jogador enquanto este rastejava para fora do gramado…

      – Que nas semi-final do brasileiro de 1981 o Bambis contratou 3 seguranças da Ponte Preta, Brandão, Maurinho e Chitão, para um trabalho especial no Morumbi. Jogavam Bambis e Botafogo. O Botafogo havia vencido o jogo de ida no maracanã, e vencia novamente o Bambis, em pleno Morumbi, por 2 a 0. No intervalo, os 3 seguranças tiveram o acesso facilitado ao vestiãrio dos árbitros, que foram agredidos e receberam ameaças ainda maiores para o final do jogo. No segundo tempo o Bambis virou a partida, se classificou, e os seguranças foram levados de volta para Campinas… O árbitro Bráulio Zannoto, declarou ao longo da semana que foi agredido no vestiário por homens armados, e admitiu ter errado ao não paralisar o jogo ou ao menos relatar o ocorrido na súmula, por medo das consequências…

      – Que em 1986 o Bambis teve novamente a ajuda decisiva da arbitragem [Aragão] na conquista do Campeonato Brasileiro, não somente no penal não marcado para o Guarani, mas pela inversão de faltas, provocações e pressão sobre os jogadores do Guarani, conforme depoimento dos jogadores que atuaram aquela partida.

      – Que em 1990 o Bambis foi rebaixado para a segunda divisão do Campeonato Paulista, mas com o apoio dos dirigentes da FPF, conseguiram reverter no tapetão a fórmula de 1991. Disputaram a divisão inferior, mas conseguiram fazer com que esta indicasse vaga para as finais, e ainda considerasse esta campanha da segunda divisão para os critérios de desempate na finais de 1991.

      – Que em 1994, irritada com o ostracismo provocado pela rivalidade Palmeiras e gambazada, e principalmente pela supremacia do Palmeiras, bi-campeão paulista e brasileiro daqueles anos, a Diretoria do Bambis mandou esburacar o gramado do Morumbi para impedir que o último jogo do campeonato, de entrega de faixas, entre Palmeiras e gambazada, fosse realizado no Morumbi.

      =========================== E Sabia também…====================

      – Que o Bambis nunca disputou a Taça Brasil, pois este torneio admitia somente os campeões estaduais…

      – Que o Bambis é o único clube grande da capital que NUNCA conquistou a Copa do Brasil…

      – Que o Bambis é o único clube grande da capital que NUNCA vestiu a camisa da Seleção Brasileira…

      – Que o Bambis é o time grande da capital com menor média de público nos últimos brasileiros…

      – Que o recorde do Morumbi é de uma reunião dos Testemunhas de Jeová [162.957 em 1985]…

      – Que o 2º maior público do Morumbi foi quando o gambazada perdeu da Ponte em 1977 [138.032]. Sim, o recorde foi no domingo, quando o gambazada perdeu da Ponte. Na quarta, no jogo em que sairam da fila de 23 anos, a torcida amarelou e o público foi bem menor [86 mil] ou seja, cerca de 50 mil “fiéis” perderam a confiança…

      – Que o 3º maior público do Morumbi foi um Palmeiras e Santos em 1978 [123.318]. – Resumindo, a torcida do Bambis só aparece no próprio estádio, no 8º maior público da história do campo, ainda assim porque jogou contra o gambazada nesta data [1982].

      – E que o Morumbi não é, nem nunca foi o maior estádio particular do mundo. Medido de forma padronizada pela FIFA, o Morumbi com seus 80 mil aparece na 28ª posição no ranking mundial, bem atrás por exemplo do Nou Camp do Barcelona, que comporta 98.787 …

      ========================== E Sabia também…======================
      – O time dos quatrocentões, da extrema direita paulistana, dos políticos sempre relacionados com a ditadura, que sempre cresceram nos piores momentos do País, conseguiu amealhar um bom patrimônio, mas nunca venceu sua maior dificuldade …

      – Com uma história propositadamente mal contada, envergonhados do próprio passado, os dirigentes lutam por criar uma identidade que não existe, um clube sem alma e sem história de superações e heroísmos de seus antepassados, restando criar o simbolismo de “clube da moda”, de embalo, na eterna luta de tentar transformar “simpatizantes” em “torcedores reais”.

      – O verdadeiro vínculo, a verdadeira paixão, o marketing não consegue resolver, pois é na adversidade que se criam e fortalecem os vínculos reais e eternos. Não por acaso, o Bambis faz campanha na TV para que seus “simpatizantes” tentem transformar seus filhos em sãopaulinos, em uma ação que os rivais fazem por identidade, alma e paixão !!

      =============================================================== Bambis, uma história que ainda precisa ser contada. E será !

      http://www.trivela.com/Denuncia.aspx?id=21679&post=nao-quer-ajudar

      • Marcelo Abdul Says:

        É o novo “fenômeno” da internet.

        Chamo de “imbecil esclarecido”. Aquele que pega dossiês de um site de merda qualquer e quer explicar o inexplicável.

        1981 – Veja o gol do Everton. Foi uma das maiores viradas da história são paulina. Então por favor pegue o depoimento dos tais seguranças ponte pretanos.

        Morumbi – O vil elemento não sabe que o estádio demorou praticamente 20 anos para ser construido. O engraçado é que o cidadão se contradiz. Laudo Natel foi governador de São Paulo depois do Morumbi ser construido. Em 1966 Natel não ficou nem 1 ano no poder. Como se governar o estado todo tivesse mais importância que beneficiar um clube. Então por favor nos dê algum comprovante ou documento de que o cimento e os vergalhões do Morumbi eram de propriedade do Estado.

        1971 e 1986 – Erros acontecem. Lembrando que não foi o único pelo qual Armando Marques cometeu em sua carreira. Foram vários. Mas que foi engraçado isso foi. Em 1986 João Paulo era um ponta muito conhecido pelos árbitros em “cavar” penaltis. E há controvérsias de que foi penalti naquele jogo.

        1990 – Só foi rebaixado na sua cabeça de torcedor infame. Veja o regulamento do campeonato daquele ano.

        Já viu? Então perdeu playboy. Vai chorar na cama que é lugar quente.

        1994 – Seria muita burrice o São Paulo perder o aluguel e ferrar o próprio gramado não acha? Se foi alguém lá de dentro merece o troféu “jegue” do ano. Mas nada grave comparado a jogar um gás e tentar assassinar jogadores por exemplo.

        Taça Brasil – Pois é. Sem nenhuma Taça Brasil. Talvez porque toda a grana do clube ia para o Morumbi, “contsrudo com dinheiro público” segundo a sua versão. E tinha um time muito bom naquela época chamado Santos e um jogadorzinho chamado Pelé.

        Quanto ao “brasileiro” de 1969 (chamava-se torneio Roberto Gomes Pedrosa) o importante é quem jogou lá e ganhou primeiro. O São Paulo é o maior detentor de títulos no Morumbi e maior campeão paulista do Pacaembu.

        Copa do Brasil – Como a gente vai ganhar se disputamos a Libertadores todo ano? Acho que você deve estar cansadado de saber que quem disputa a Libertadores não disputa a Copa do Brasil né? Quem sabe se fizermos uma campanha ruim como a do seu time a gente consiga. Alías, boa sorte esse ano…rs.

        Seleção Brasileira – Nunca tivemos a honra de vestir mas temos a honra de ser o clube que mais cedeu jogadores a seleção brasileira em toda a sua história.

        Média de público – Veja a média dos últimos brasileiros e você verá que estamos na frente de muitos times. Inclusive do seu.

        Recorde de público – Que bom. Prova que o estádio tinha maior capacidade do que você afirmou e que era sim o “maior estádio particular do mundo” por muito tempo. O do Palmeiras por exemplo tinha que fazer maracutaia para jogar a final da Libertadores em 1999 porque não cabem nem 40.000 lá.

        Não sou de direita e nem de esquerda. Sou um cidadão e muitos dos “quatrocentões” que você cita eram pessoas de bem e honestas. Algumas delas foram fundamentais na construção da cidade de São Paulo assim como os Matarazzo que ajudaram e muito o seu clube. Se você fala de ditadura, mas seu clube ganhou muitos títulos no período em que ela se instalou. Jogar essas pessoas no mesmo mar de lama é uma atitude canalha. Típica de pessoas como você que tem o ódio estampado na alma.

        Suas bravatas querem tirar todo o mérito dos ganhos dentro de campo e relacioná-los fora dele. Lamentável. Você fala da ditadura mas seu clube não moveu uma palha contra ela. Foi passivo e complacente como todos os outros. Não vi uma única manifestação do seu time contra ela. Uma faixa, uma bandeira. Absolutamente nada. Não venha posar agora de paladino da justiça. Seu clube não carrega e nem nunca carregou esse cajado.

        Quanto a história do meu clube eu tenho uma visão diferente da sua versão “distorcida” e até fascista. Meu time é resultado da fé de muitas pessoas num sonho e que hoje é realidade. Um clube que lutou muito para ser o que é hoje. Um dos maiores do Brasil e do mundo. Que não vai se abalar com mentiras e dossies falsos de um pilantra internauta que não prova absulutamenta nada o que diz.

        A prova maior é que nossa torcida aumenta e a de vocês diminui. Talvez porque nossa torcida não perca tempo em odiar a outra. Apenas em ver nosso clube jogar futebol e vencer. Esse é o nosso legado. Foi o legado que nossos pais e avós nos passaram. E não vai ser um babaca que vai fazer o meu filho deixar de ser são paulino. Nunca vou ensiná-lo a odiar. Nunca vou ensiná-lo a jogar gás no vestiário dos outros ou a matar outra pessoa como no fatídico jogo do Pacaembu em 1995.

        Nunca vou incitar o ódio como fez o presidente do seu clube, ano passado ao dizer várais vezes a palavra “matar”.

        O nosso coração tem 5 pontas. É muito maior do que o ódio inexpressivo dos outros.

        Abraços e saudações tricolores.

        Lina: Sem mais…

      • joão Says:

        palmeiras e spfc se classificaram 15 vezes pra liberta, os classificados pra libertra não disputam a copa do brasil só a alguns anos antes se disputava as duas competições,laudo natel foi tesoureiro do governo anterior ao dele de ademar de barros outro bandido da ditadura que tambem era ligado ao spfc grande parte das dividas da construção do panetone foram pagas no governo de natel com dinheiro desviado da venda do carnê paulistão

      • Marcelo Abdul Says:

        Errado outra vez.

        Grande parte do dinheiro do Morumbi veio do Bradesco e também de uma companhia de bebidas. Venda de cadeiras cativas,Além do carnê do paulistão, que foi uma inciativa inédita e não uma maracutaia como você diz.

        Fora que todo o lucro dos jogos era canalizado para a construção do estádio que demorou 20 anos para ser terminado.

        E dessas 15 vezes que o Palmeiras se classificou a maioria foi antes de 1989. Ano que a Copa do Brasil foi criada.

        Sim amigo. A Copa do Brasil é um torneio novo. Percebeu agora? rss.

        Se formos ver bem o que você diz seu time também ficou mais de 50 anos sem ganhar um título nacional.

        Vocês ganharam só uma Copa do Brasil. E perderam duas. Um dentro de casa. Então a vantagem de vocês nesse torneio não tão grande assim.

        Uma Copa do Brasil vai ser bem vinda em momento oportuno. Por enquanto nos contentamos com os 3 mundiais. Não com “Taças Rios” da vida e faxes da Fifa.

        Saudações tricolores.

        Lina: Fax e taça rio, PQP. KKKKKKKKKK

      • joão Says:

        O carne paulistao era vendido pelos alunos da rede publica de ensino para arrecadar dinheiro para a formatura dos mesmos , entao se foi usado dinheiro dele como vc disse a maracutaia foi declarado como existente por vc mesmo.
        Lucro dos jogos ¿ que lucro cara pálida, veja esta parte :

        Que é justamente neste período da ditadura, da censura aos jornais, que sem explicar a origem do dinheiro, sem um clube de associados que pudesse gerar receita, sem rendas pois jogava em estádios praticamente vazios pela péssima campanha, que construiram um estádio que custou uma fortuna, que nem nos dias atuais de direitos de TV, patrocínios, venda de atletas, conseguiriam construir algo parecido… de onde veio o dinheiro ?!

        Se vc não sabe ate a decada de 80 so participavam dois clubes brasileiros da liberta na década de 60 e parte de 70 so ia um pois a competição era bem mais enxuta e so ia os campeoes da taça Brasil e robertao ou seja era bem mais dificil a classificação pra liberta .
        50 anos sem titulo nacional kkkkkkkkkkkkk que matematica, o palmeiras teve o privilegio de ser campeao brasileiro tendo seus 2 maiores rivais como vice o spfc em 73 e o curintia em 94.

        Lina: Caralho Júnior, esse post mexeu contigo hein manow ? Só dá você comentando…Rsrsrsrsrsrsrs
        Eu sinceramente to por fora do carnê paulistão, então espero que algum sãopaulino mais conectado possa esclarecer sua questão.

  4. José Roberto Says:

    Lina e companheiros o Laudo Natel sentava no banco de reservas para pressionar árbitros. Só que durante esse período o São Paulo não ganhou um título ficou em jejum de 1957 a 1970 que força tinha o governador não?
    Não sei o que é pior um analfabeto de verdade ou quem gosta de fazer para mexer com os outros.
    Bem de qualquer maneira para mim o joão é burro mesmo!.

    Lina: Rsrsrsrsrs

  5. daniel Says:

    pede pro bosta do seu cruz , colocar no dossie dele

    Lina: KKKKKKKKKK

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: