Archive for janeiro \31\UTC 2010

Nilmar negociando ?

31/01/2010

Depois de Fred, Robinho, Adriano, Ronaldo, R. Carlos etc, quem não está feliz e quer estar em plena evidência, é Nilmar. O Inter chegou a tentar trazê-lo, mas Nilmar quer jogar em São Paulo pela evidência que traz o futebol paulista. Tanto que contratou K. Pereira. E não se esqueçam, Nilmar é são paulino.

O Santos angariou fundos para trazê-lo, mas destinou-os por Robinho. JJ agiu como se bobo fosse quando perguntado por Luciano Borges: “Onde ele está jogando?”.

http://borgesluciano.blog.terra.com.br/

JJ acompanha tudo e sabe muito bem onde está Nilmar.E negocia com o próprio.

O Palmeiras também quer o jogador. Não tem dinheiro e a Traffic quer ver gente dela no time e não jogador de fora, o que atrapalha e muito a situação como foi com Kléber Cotovelo.

E aí, JJ? Agora rola tirar um dinheiro do bolso?

Seria fechar o elenco com chave de ouro.

Blog do Zanquetta

***(*) ******(*)

Anúncios

Sertãozinho 2×2 São Paulo

31/01/2010

“Mistão” do São Paulo empata com Sertãozinho com gol contra no final.

O São Paulo tinha a possibilidade de embalar no Campeonato Paulista. Vinha de dois triunfos consecutivos e tinha pela frente um adversário que ocupava a zona da degola e ainda não havia vencido. Nada disso convenceu Ricardo Gomes. Priorizando a estreia na Libertadores, o técnico mandou para campo um”mistão” e, graças a um gol contra nos acréscimos da etapa final, apenas empatou com o Sertãozinho por 2 a 2, na noite deste domingo, em Ribeirão Preto

Com isso, o time do Morumbi soma oito pontos e desperdiça a oportunidade de encerrar a quinta rodada entre os quatro melhores. Já o Sertãozinho, que ainda não venceu, soma apenas três e permanece na zona de rebaixamento. Por outro lado, somente hoje marcou a mesma quantidade de gols que havia anotado nas outras quatro rodadas.

O resultado, aliás, foi relegado ao segundo plano. O foco do time do Morumbi é o primeiro jogo na competição sul-americana (10 de fevereiro). Ricardo Gomes quer utilizar os jogos contra o São Caetano e diante do Santos para dar ritmo à equipe titular. Por isso, decidiu poupar boa parte dos principais jogadores. Apenas três titulares (Rogério Ceni, Miranda e Hernanes) começaram a partida de hoje.

E, como já era esperado, o que se viu no primeiro tempo foi uma equipe desentrosada. Errava muitos passes e quase não chegava ao gol do Sertãozinho. Marlos e Roger, por exemplo, levavam pouco perigoso. O rival do interior paulista aproveitou essa aparente apatia do adversário e criou algumas oportunidades.

Na principal, aos 18min, Pablo acertou uma cabeçada na trave. Ao final do primeiro tempo, a torcida são-paulina vaiou a postura da equipe. “Com as mudanças, é natural a falta de entrosamento. Por isso, precisamos ter paciência e esperar a equipe do Sertãozinho sair um pouco para encontrarmos espaços”, comentou o volante Hernanes.

Não foi o que aconteceu no início do segundo tempo. Logo aos 9min, Thiago Silvy recebeu de Mendes e abriu o placar para o Sertãozinho. O São Paulo tentou “acordar”. Dois minutos mais tarde, Léo Lima deixou tudo igual. Ricardo Gomes tentou melhor a postura ofensiva da equipe e colocou em campo o titular Marcelinho Paraíba.

Teve pouco tempo para saber se alteração daria resultado. Aos 17min, Mendes driblou Rogério Ceni e fez o segundo dos rivais. Gomes colocou mais um titular: Jorge Wagner. Nada adiantava. O time do Morumbi encontrou muitas dificuldades para superar a marcação do adversário. No entanto, nos acréscimos, Marcus Vinícius marcou contra, e os visitantes alcançaram um suado empate.

As duas equipes voltam a jogar pelo Campeonato Paulista na próxima quarta-feira. O São Paulo pega o São Caetano, em Barueri, enquanto o Sertãozinho recebe o Rio Claro, no estádio Frederico Dalmazo.

SERTÃOZINHO 2 X 2 SÃO PAULO

Sertãozinho
Luiz Henrique; Ricardo Lopes, Erivelton, Pablo e João Paulo (Rafael Mineiro); Magal, Marcus Vinícius, Everton e Harison (Cascata); Thiago Silvy e Mendes
Técnico: Márcio Araújo

São Paulo
Rogério Ceni; Renato Silva (Marcelinho Paraíba), André Luis e Miranda; Adrian González, Carlinhos Paraíba (Jorge Wagner), Hernanes, Léo Lima e Junior Cesar; Marlos (Sérgio Mota) e Roger
Técnico: Ricardo Gomes

Data: 31/01/2010, domingo
Horário: às 19h30 (de Brasília)
Local: estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Auxiliares: Celso Barbosa de Oliveira e Giovani Cesar Canzian (ambos de SP)
Cartões amarelos: Magal (Sertãozinho)
Gols: Thiago Silvy, aos 9min, Léo Lima, aos 11min, Mendes, aos 17min, e Marcus Vinícius (contra), aos 48min do segundo tempo.

UOL Esporte / Globo Esporte

***(*) ******(*)

Nota do blog: No final do jogo, o Marcello Lima na Jovem Pan informou que o André Dias fechou com a Lazio por EUR 2.5 mi. A janela italiana fecha na segunda às 15:00hs de Brasília. Minha opinião é que se vender por tão pouco vai fazer cagada. Afinal com essa grana consegue comprar outro igual ?

Sobre o Merdinha

30/01/2010

Este é o ante-penúltimo post que eu vou escrever sobre esse projeto de judas, esse lixo mercenário, sem personalidade e mal-caráter; o tal de Oscar. Ante-penúltimo porque eu acho que essa luta ainda tem mais dois rounds: o São Paulo ganha a próxima ( um post ), e depois o caso vai pra FIFA ( outro post ).

Esse muleque, anda dizendo dentro do CT do São Paulo que não quer mais jogar no Tricolor. Vem peitando a diretoria em entrevistas a repórteres ávidos por matérias sensacionalistas, que sem pena da imagem de nosso clube e do mal estar que pode causar entre os jogadores da base, têm publicado tais declarações.

O merdinha diz que acredita que na audiência de conciliação marcada para abril, vai conseguir o seu passe livre pra negociar com qualquer equipe do Brasil ( as GALINHAS ), ou do exterior.

Há quem defenda a tese, que o São Paulo deve fazer um acordo com ele em abril pra conseguir levantar algum dinheiro, ao invés de correr o risco de sair com as mãos abanando da FIFA, para o deleite do Bloco da Inveja.

Jamais.

Meu amigo, imagina que um ladrão, pilantra e safado rouba teu carro. Ai o cara te liga querendo fazer um acordo pra devolver por uma “graninha”, o bem que você ralou pra conseguir. Você faria algum acordo ? Acharia melhor pagar do que perder a caranga ?

Bom, se isso acontecesse comigo, eu ia encarar. Eu jamais vou jogar o jogo do ladrão, do vigarista, do mal-caráter. Nunca.

Eu espero que o São Paulo faça o mesmo.

Vai pra cima desse merdinha, e detona ele e o seu STAFF.

E paro aqui com esse papo, porque esse lixo não merece nossa audiência.

Saudações Tricolores

***(*) ******(*)

Queridinhos da Mídia ?

30/01/2010

O SPFC E A MÍDIA / Coluna do Denilson Martins

-Na final da Copinha, o comentarista Márcio Guedes insinuou que o SPFC costuma “se dar bem” com as arbitragens, o curioso é que o mesmo não teve opinião semelhante, quando no final de 2009, o STJD negou efeito suspensivo para Borges e Dagoberto e concedeu o benefício para Juninho, zagueiro do Avi-negro carioca.

– A BANDida, tem adotado uma postura mais imparcial ao se referir ao SPFC. No ano passado, a emissora cujo diretor de esporte é também diretor e conselheiro do Sujeiras, tudo fez para denegrir o SPFC e condicionar arbitragens contra o clube.  Estranhamente, esse ano ao menos neste mês de janeiro, os testas de ferro da direção estão mais imparciais. Que seja assim o ano todo. Em compensação, a emissora através do preposto que atende pela alcunha de Dr. Osmar, tem feito campanha para que o meia Oscar consiga a liberação na justiça, do contrato firmado com o SPFC. Perguntar não ofende: Será que esse escroque tem levado alguns de seus amigos da Máfia Russa para pressionar a opinião pública contra o SPFC?

– O site globoesporte.com tem procurado ignorar o SPFC o máximo possível, todas as vezes que entramos no referido, temos matérias com destaque para clubes “bem mais populares e importantes” que o SPFC, como o Bostafogo, o Santos, o Fluminense, etc. A única referência ao Tricolor autorizada a ganhar destaque naquele site, é o volante Richarlyson. Depois querem acusar a torcida de homofobia…

– A Franga Andrez, juntamente com a Periquete BeLOSER, convocaram a imprensa para promover o Derby do final de semana. Como não poderia deixar de ser, o assunto principal foi o…  isso mesmo, o Soberano.  Depois querem nos convencer de que esse amor entre “machos”, é uma rivalidade. Francamente!

***(*) ******(*)

Nota do Blog: Inauguramos hoje a coluna do Denilson Martins, no blog. O Denilson é um fanático TRICOLOR ( assim como eu ), que eu conheci na blogosfera. Se você quiser enviar seu texto para ser publicado neste espaço, clique na minha foto e envie seu email com seu texto.

Dagoberto se redime, São Paulo vence por 3 a 0 e encosta no topo

28/01/2010

Na primeira exibição do São Paulo em sua nova e provisória casa, a Arena Barueri, Dagoberto recuperou a sua imagem. Depois de ter sido expulso na estreia da temporada, e deixar o Morumbi vaiado, o atacante brilhou, e a equipe tricolor venceu o Paulista por 3 a 0, na tarde desta quinta-feira.

Com a vitória, a segunda seguida no Campeonato Paulista, o clube tricolor soma sete pontos e encosta no topo da tabela. Ocupa a quinta colocação, atrás de Santos e São Caetano, pois leva desvantagem nos critérios de desempate. Palmeiras e Corinthians têm oito pontos.

Dagoberto abriu o placar com um golaço, no primeiro tempo, fez 2 a 0 na etapa final e sofreu a falta que originou o terceiro gol, marcado por André Dias. Além disso, ocasionou a expulsão de dois jogadores do time de Jundiaí.

Sem um lateral de ofício pelo lado direito, já que Adrian González cumpria suspensão, o técnico Ricardo Gomes optou pelo esquema com três zagueiros e escalou Xandão ao lado de Miranda e André Dias, com Jean e Jorge Wagner como alas.

“Fiz isso para não improvisar. É importante agora ter uma sequência de jogos, e resolvi dar um tempo maior de jogo para o Xandão. É uma variação que vai ser utilizada, sim”, justificou o comandante são-paulino, antes de a bolar rolar.

Em campo, houve uma variação do 3-5-2 para o 3-4-3, pois Marcelinho Paraíba atuou bem avançado, ora como atacante, ora como meia.

Entretanto, logo aos 3min a zaga do time da capital deu mole, e Felipe Azevedo apareceu sozinho na cara do gol. Rogério Ceni saiu bem, fechou o ângulo e defendeu.

O São Paulo demorou para criar jogadas ofensivas. A primeira finalização com perigo ocorreu somente aos 23min, com Washington, mas o goleiro Felipe Alves evitou o gol.

Aos 29min, Dagoberto anotou um golaço. Dominou a bola na intermediária, fez fila na retranca adversária e bateu na saída do goleiro. “É um forte meu o arranque e, graças a Deus, consegui fazer um belo gol. Tomara que a fase continue assim”, comentou o camisa 25, na saída para o intervalo.

Em vantagem no placar, o time tricolor manteve o domínio da partida e desperdiçou duas oportunidades de ampliar, a mais clara delas com Hernanes, que chutou por cima da meta.

A superioridade aumentou quando Rai foi expulso após falta dura em Dagoberto. O meio-campista sequer levou o amarelo e viu o vermelho direto.

Os atletas do interior reclamaram muito da arbitragem. “A gente só quer que ele apite igual para todos. Apitar só contra o Paulista é muito fácil”, resmungou o capital Baiano, veterano com passagens por Santos e Palmeiras.

“A gente criou algumas ocasiões de gol. Agora, com um homem a mais, pode facilitar. Precisamos ir para cima e fazer mais gols, porque 1 a 0 é um resultado perigoso e o saldo de gols é importante”, analisou Jorge Wagner.

O pedido do camisa 7 foi atendido logo aos 9min, e o lance teve início nos seus pés, com uma assistência para Dagoberto. O atacante invadiu a área e finalizou sem chances de defesa.

O Paulista sofreu uma segunda expulsão, quando Dema fez falta em Dagoberto. O terceiro gol não demorou, com André Dias em uma sobra na área, sem goleiro.

Depois, o conjunto de Ricardo Gomes só administrou o placar.

SÃO PAULO 3 X 0 PAULISTA

SÃO PAULO
Rogério Ceni; Jean, André Dias, Miranda (Carlinhos Paraíba) e Junior Cesar; Richarlyson, Hernanes, Jorge Wagner e Marcelinho Paraíba (Sérgio Mota); Dagoberto e Washington
Técnico: Ricardo Gomes

PAULISTA
Felipe Alves; Lucas, Dema, Eli Sabiá e Julinho; Baiano, Rai, William Rocha e Marquinhos (Bruno Martins); Felipe Azevedo (Barbosa) e William Sarôa (Negreiros)
Técnico: Aarão Alves

Data: 28/01/2010, quinta-feira
Local: Arena Barueri, em Barueri (SP)
Árbitro: Rodrigo Martins Cintra (SP)
Assistentes: João Bourgalber Nobre Chaves e Giulliano Neri Colisse (ambos de SP)
Cartões amarelos: Jorge Wagner (SP); Dema (P), Baiano (P), Felipe Azevedo (P)
Cartões vermelhos: Rai (P), Dema (P)
Gols: Dagoberto, aos 29min do primeiro tempo; Dagoberto, aos 9min, André Dias, aos 21min do segundo tempo

Uol Esporte

***(*) ******(*)

Nota do blog: Hoje foi legar de assistir. Tá ficando bom…

Dagoberto – A Redenção

28/01/2010

Eu falei, vocês não me ouviram…  O cara é foda.

***(*) ******(*)

E Pra Ganhar do Monte Azul…

28/01/2010

Inventaram um penalty inexistente !!!

Note que o jogador Mauro, que tomou o cartão amarelo, subiu de costas no lance, e inventaram claro, pra que o timinho da federação ganhe o paulistinha pelo amor de deus…

***(*) ******(*)

Ver o quê ?

27/01/2010

“Eles apoiam o Giuliano Bertolucci porque não têm capacidade para criar algo como [o CT de] Cotia”

De MARCO AURÉLIO CUNHA, superintendente de futebol são-paulino, sobre o corintiano Andres Sanchez defender as ações de atletas da base, agenciados por Bertolucci, contra o clube do Morumbi

***

“O vereador deveria andar a cidade toda e ir a Itaquera ver como é o nosso CT”
Do presidente corintiano, ANDRES SANCHEZ, sobre o vereador são-paulino Marco Aurélio Cunha dizer que o Corinthians não tem capacidade para ter um CT como o do time do Morumbi em Cotia

*** 

Ct das galinhas

CFA Cotia

***(*) ******(*)

10 Passos Para Sua Iluminação Espiritual

26/01/2010

Como atingir o Nirvana

1) Sinta inveja, despreze o MAIOR DAS AMÉRICAS,

2) Depois de tanto vê-lo vencer tantas vezes, e ver uma nação tão feliz, passe a admirá-lo,

3) Arrependa-te, peça perdão, passe em uma loja e compre o MANTO TRI-MUNDIAL,

4) Visite Meca, a Meca do futebol brasileiro: o Morumbi,

5) Comemore um gol de deus, o deus DO GOL,

6) Entõe o mantra: PQP, o maior goleiro do BRASIL, Rogério,

7) Do alto serás cheio de alegria contagiante quando na frente dos seus olhos o juiz apitar fim dos 90 minutos que te coroarão com mais uma LIBERTADORES, porque o seu caminho é este: LIBERTAR os fracos e oprimidos, e pra isto nascestes, entenderás quando tiveres atingido este ponto,

8 ) Permita que seus olhos se encham de água e seu coração da emoção mais LINDA e CELESTIAL que um campo de futebol já presenciou,

9) A salvação virá no dia da GRANDE BATALHA, o mundo ligado na TERRA DO SOL NASCENTE, quando nós os santos iremos lutar em desigualdade contra UM GRANDE ESQUADRÃO cheio de soldados habilidosos, enviados pelo inimigo rico do norte,

10 ) Quando então derrubarmos o GRANDE DRAGÃO, saberás enfim: QUE ESTÁS NO CÉU.

http://www.youtube.com/watch?v=7FPpU4X4wbE

***(*) ******(*)

O Libertador

26/01/2010

Quero libertar os jogadores dos empresários, diz Juvenal

Presidente do São Paulo diz que clube investirá ainda mais nas categorias de base

Terra

  Foto: Wander Roberto/VIPCOMM/Divulgação

Após a conquista da Copa São Paulo de juniores de 2010 pelo São Paulo, o presidente do clube, Juvenal Juvêncio, desabafou. Depois que três jogadores considerados promessas entraram na Justiça pedindo o desligamento do clube, o dirigente usou o título para voltar ao assunto.

Juvenal disse que o São Paulo pretende investir mais ainda nas categorias de base e que, para ele, os jogadores são “escravos” dos empresários.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

“O investimento em Cotia está só no começo. Vou investir mais. É algo que sempre vale a pena”, contou.
 
“O jogadores são escravos (de empresários). São vítimas. Quero libertá-los. Se vierem para o São Paulo, que é a casa deles, vão jogar. O título mostra que nosso trabalho é claro e transparente”, disse Juvenal

***(*) ******(*)

Confirmado: Cleber Santana é Tricolor

25/01/2010

Conforme publicado no GE.net e no twitter do São Paulo, falta apenas a assinatura para o TRICOLOR oficializar o contrato.

O São Paulo comprou 50% dos direitos federativos do jogador.

Cleber pode atuar como volante e meia de ligação.

Agora só falta o Cicinho…

***(*) ******(*)