Parabéns Morumbi !

 A Casa é nossa. Quem paga aluguel é OTÁRIO !!!

O Estádio Cícero Pompeu de Toledo, o Morumbi ,que completa hoje 49 anos, é a casa do São Paulo Futebol Clube. O Morumbi é o terceiro maior estádio do Brasil, superado apenas pelo Maracanã e pelo Mineirão. O estádio do São Paulo é também maior estádio particular do Brasil.

História

Nos primeiros anos de sua existência, o São Paulo utilizou como sede e campo a Chácara da Floresta, (localizada à esquerda da Ponte das Bandeiras, junto ao rio Tietê, na zona central da capital paulista). Daí ser empregado o nome de São Paulo da Floresta quando se fala da primeiro período de existência da agremiação, de janeiro de 1930 até maio de 1935.

Quando o clube foi refundado em dezembro de 1935, não tinha um campo próprio, situação que perdurou até 1938, quando a união com o Estudante Paulista rendeu ao São Paulo a posse do campo da Mooca pertencente à Antárctica. Em 1940 passou a usar o Pacaembu.

Cicero pompeu de ToledoEm 1944, o São Paulo comprou o Canindé, que passou a ser o seu campo. Mas o Canindé só era utilizado como sede social e local para treinamentos; a área era pequena para a construção de um grande estádio e então surgiram ideias e projetos para a viabilização de uma praça esportiva em algum outro local da cidade.

O sonho de construir um grande estádio começou a se tornar realidade. A idéia inicial era a área onde atualmente encontra-se o Parque do Ibirapuera, na época uma região alagada, mas o então vereador Jânio Quadros impediu que o clube recebesse a área da prefeitura. O local escolhido foi uma área na região do Morumbi, praticamente desabitado, que estava em processo de loteamento imobiliário. Em dezembro de 1951, a área foi adquirida pelo São Paulo.

Em 1952, o presidente do clube, Cícero Pompeu de Toledo, procurou Laudo Natel, diretor do Bradesco, propondo-lhe que assumisse o clube administrativamente. No dia 15 de agosto de 1952, monsenhor Bastos abençoou os terrenos e foi lançada a campanha Pró-Construção do Morumbi. Foi eleita uma comissão constituída pelo presidente Cícero Pompeu de Toledo e pelos seguintes nomes: Piragibe Nogueira (vice-presidente); Luís Cássio dos Santos (secretário); Amador Aguiar (tesoureiro); Altino de Castro Lima, Carlos Alberto Gomes Cardim, Luís Campos Aranha, Manuel Raimundo Pais de Almeida, Osvaldo Artur Bratke, Roberto Gomes Pedrosa, Roberto Barros Lima, Marcos Gasparian, Paulo Machado de Carvalho e Pedro França Filho Pinto.

Esses seriam os homens que fariam virar realidade o sonho de construir o maior estádio particular do mundo. Iniciava-se então, uma nova fase na vida do São Paulo Futebol Clube. Parte do dinheiro da venda do Canindé (vendido à Portuguesa de Desportos em 1956) foi revertido em material de construção. Toda a receita do clube também foi investida na construção do estádio, ficando o time num segundo plano. As obras para a construção do novo estádio começaram em 1953.

Morumbi constO grande sonho do Tricolor estava sendo construído. O projeto do estádio do Morumbi teve a criação do arquiteto Vilanova Artigas, um dos principais representantes da “escola paulista” da arquitetura moderna.

Alguns números do gigantismo do Morumbi são impressionantes: para o desenvolvimento do projeto foram necessárias 370 pranchas de papel vegetal; cinco meses foram consumidos nas terraplanagens e escavações, com o movimento de 340 mil metros cúbicos de terra; um córrego foi canalizado; o volume de concreto utilizado é equivalente a construção de 83 edifícios de dez andares; os 280 mil sacos de cimento usados, se colocados lado a lado, cobririam a distância de São Paulo ao Rio de Janeiro; 50 mil toneladas de ferro, que daria para circundar a Terra duas vezes e meia.

Num determinado momento, uma troca foi proposta pela prefeitura que ficaria com o Morumbi e o São Paulo, com o Pacaembu. Mas Laudo Natel, apoiado por toda a diretoria, prosseguiu a batalha, após a morte de Cícero Pompeu de Toledo. Tanto esforço para construir o maior estádio particular do mundo, merecia uma grande festa de inauguração.

Estréia

Morumbi InaugA partida que inaugurou o estádio aconteceu no dia 2 de outubro de 1960. O São Paulo venceu o Sporting Lisboa, por 1×0. O árbitro da partida inaugural foi Olten Aires de Abreu. O primeiro gol do Morumbi foi marcado por Peixinho (Arnaldo Poffo Garcia), aos 12 minutos de jogo, diante de 56.448 pessoas que lotavam o estádio ainda inacabado, pois o objetivo era abrigar 120 mil pessoas, com renda de Cr$7.868.400,00, recorde em amistosos na época.

O São Paulo jogou com: Poy; Ademar, Gildésio e Riberto; Fernando Sátiro e Vítor; Peixinho, Jonas (Paulo), Gino Orlando, Gonçalo (Cláudio) e Canhoteiro; técnico Flávio Costa.

O Sporting Lisboa formou com: Aníbal; Lino e Hilário; Mendes, Morato e Júlio; Hugo, Faustino, Figueiredo (Fernando), Diego (Geo) e Seminário; Téc. Alfredo Gonzalez.

A inauguração total do Morumbi ocorreu no dia 25 de janeiro de 1970. A partida de comemoração foi entre São Paulo e Porto, de Portugal, e terminou empatada em 1 a 1. Vieira Nunes abriu o placar para a equipe portuguesa, aos 32 minutos de jogo. Miruca empatou para o São Paulo aos 35 minutos do primeiro tempo. O árbitro da partida foi José Favilli Neto e o público foi de 107.069 espectadores presentes (59.924 pagantes).
O jogo teve a presença do presidente da República, o general Emílio Garrastazu Médici, e do governador paulista, Abreu Sodré.

O São Paulo jogou com: Picasso; Édson, Jurandir, Roberto Dias e Tenente; Lourival e Gérson; Miruca (José Roberto), Toninho, Téia (Babá) e Paraná (Claudinho); técnico Zezé Moreira.

O Porto formou com: Vaz; Acácio, Valdemar, Vieira Nunes e Sucena; Pavão e Rolando; Gomes, Chico (Seninho), Pinto (Ronaldo) e Nóbrega.

Após esta inauguração o Morumbi passou a ser chamado de “o maior estádio particular do mundo”, apesar da redução de sua capacidade de 120 para 85 mil espectadores nos anos 90, por medida de segurança. Entre 1994 e 1996 o estadio passou por uma série de reformas para melhorias na estrutura (que apresentava falhas) e para a colocação de assentos nas arquibancadas e nas chamadas “gerais” e teve a capacidade reduzida em 10 mil pessoas.

O nome oficial é Estádio Cícero Pompeu de Toledo, em homenagem ao ex-jogador, dirigente e presidente do clube. Após a histórica conquista do tricampeonato continental (Copa Libertadores da América) em 2005, é carinhosamente chamado pelos torcedores de Moruntri.

Complexo Social

Complexo MorumbiA inauguração parcial do Estádio do Morumbi foi primordial para o lançamento do Complexo Social do clube. Antes quase ninguém acreditava no projeto, visto como ambicioso. Após, passou-se a acreditar que projetos maiores poderiam ser feitos.

A iniciação da venda dos “Títulos Sociais” foi um sucesso, com vendas estimadas em 7.500 unidades ao preço de cem mil cruzeiros tendo os proprietários de cadeiras cativas 25% de desconto e os associados, 20%. Com a arrecadação foram iniciadas as obras, com custo aproximado de cem milhões de cruzeiros, da sede da praça de esportes (provisória), três piscinas, cinco conjuntos de quadras de tênis, uma quadra de voleibol e futebol de salão, uma de basquetebol, dois paredões duplos para aprendizagem de tênis, playground, campo de futebol, canchas de bocha, além da iluminação do estádio.

Hoje, o complexo social do clube possui uma área total de 85.000 metros quadrados e é considerdo uma das mais imponentes sedes sociais do Brasil. Possui um dos maiores espelhos d’água do país e um tobogã aquático de 40 metros. Possui também uma estrutura impressionante: duas piscinas aquecidas, lanchonetes, restaurante, salão de festas, cabeleireiro, cinco ginásios poliesportivos, sete quadras externas, três campos de futebol para uso dos associados (um gramado e dois sintéticos), duas quadras de paddle, oito quadras de tênis, uma quadra de vôlei de areia, berçário, salas de ginástica e musculação, playground, vestiários masculino e feminino, sauna e área com churrasqueiras.

Dados
Ao todo são 102.904 metros quadrados de área construída, sendo que a área reservada aos espectadores é de 62.450 metros quadrados.

O campo do Morumbi mede 108,25 metros de comprimento por 72,70 metros de largura. O estádio possui 15 cabines para rádio e TV; 81 pontos de vendas para bebidas e lanches; 105 guichês para venda de ingressos; 51 banheiros; centro médico com 5 ambulâncias de plantão.

É um dos poucos estádios do Brasil que possui um setor exclusivo para deficientes físicos. A área tem 470 metros quadrados, espaço para 92 cadeiras de rodas e 108 lugares destinados a portadores de outros tipos de deficiência. Os acompanhantes dos deficientes físicos também têm um local específico dentro do estádio, ao lado do setor especial.

Desde abril de 1999, o Morumbi possui um novo sistema de iluminação. Os antigos painéis com luminárias concentradas foram substituídos por uma iluminação horizontalizada nos dois lados do estádio. As quatro caixas de concreto foram trocadas por duas estruturas metálicas especiais, com 80 metros de extensão cada uma, acompanhando a curvatura do Morumbi.

O estádio foi remodelado por duas vezes, de 1994 a 1996 com uma reforma estrututal total e posteriormente em 2000.

Maiores públicos e rendas
O maior público registrado no Estádio do Morumbi em uma atividade não esportiva, foi em 25 de agosto de 1985, 163.000 pessoas num Congresso Internacional das Testemunhas de Jeová.

O maior público do Morumbi em um jogo de futebol foi registrado no dia 9 de outubro de 1977 onde 146.082 pessoas (138.032 pagantes) assistiram ao jogo entre Corinthians e Ponte Preta, uma das finais do Campeonato Paulista desse ano. A Ponte venceu o jogo (2 a 1).

O maior público numa partida do São Paulo Futebol Clube foi no dia 16 de novembro de 1980, onde o São Paulo venceu o Santos por 1 a 0, em partida válida pelo Campeonato Paulista. Nesta ocasião, estavam presentes 122.209 espectadores.

O recorde de renda do estádio foi alcançado em 21 de novembro de 2007, no jogo das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010 entre Brasil e Uruguai, quando foi arrecadado um montante de R$ 4.321.225,00.

A maior renda envolvendo um jogo entre dois clubes foi o jogo entre São Paulo e Internacional válido pelas finais da Taça Libertadores de 2006 que teve arrecadação de R$3.382.655,00.

Pelo menos 38 partidas realizadas no Morumbi ultrapassaram a marca de 100.000 espectadores presentes e também no mínimo 63 partidas realizadas no estádio do São Paulo ultrapassaram a marca de 80.000 apenas no Campeonato Paulista.

Projeto Copa 2014
O Morumbi foi indicado pela prefeitura e pelo governo do estado para ser o estádio que representará á cidade e o estado no Mundial de 2014.

O projeto para reforma do Morumbi inclui reduzir a capacidade para 69.000 pessoas sentadas (incluindo 4 mil profissionais de imprensa), cobertura das arquibancadas, colocação de assentos novos, ampliação das áreas VIP, camarotes, construção de edifício estacionamento e muitas outras melhorias para atender as exigências da FIFA e melhorar a comodidade dos torcedores.

Imagens do Novo Projeto do Morumbi

Visão Externa
Morumbi por fora

Visão Interna
Morumbi por dentro

Por Fabianosc / Blog do Zanquetta

Pesquisa de Texto: Wikipédia.
Fotos: Google e Blog Morumbi2014

***(*) ******(*)

Anúncios

9 Respostas to “Parabéns Morumbi !”

  1. pelo amor de DEUS marcã não ! Says:

    publica ai que eu quero ver tenho print de jornais da epoca se quiser eu te mando

    ======================= AS FALÊNCIAS =======================

    – Que o Bambis foi fundado em 1930 e faliu em 1935 por dívidas acumuladas ?

    – Que diante da enorme dívida os dirigentes sãopaulinos liderados por Paulo Machado de Carvalho sugeriram extinguir o clube e serem incorporados pelo Clube de Regatas Tietê, que pagaria as dívidas e ficariam com o patrimônio do clube, incluindo a Chácara da Floresta, vizinha ao C.R.Tietê ?

    – Que alguns sócios se rebelaram contra a decisão, mas acabaram aprovando a fusão em Assembléia, pois do contrário teriam que assumir a dívida, e com a incorporação pelo Tietê, se livraram dela ? [Assembélia realizada em 14/01/1935]

    – Que desta forma, o título paulista de 1931 pertence legal e oficialmente ao Clube de Regatas Tietê, que usou o nome de “C.R.Tietê-São Paulo” até 1940 ? e que existindo o clube até hoje, este permanece como detentor oficial do Paulista de 1931 ?

    – Que em 1935 o atual São Paulo foi fundado, sem dívidas, mas também sem qualquer patrimônio ?

    – Que o time era tão fraco que nos dois primeiros anos terminou o Campeonato Paulista em 8º [1936] e 7º [1937] ?

    – Que o que salvou o clube de uma nova falência foi a fusão em 1938 com o C.A.Estudantes da Mooca, que tinha um elenco muito melhor. O novo time titular foi composto com 9 atletas do Estudantes e 2 do Bambis, que passou a mandar seus jogos na Mooca, sede do Estudantes ?

    – Que para “ajudar” financeiramente o São Paulo, em 1938, Palestra e gambazada disputaram o famoso “jogo das barricas”, assim chamado pois colocaram barricas na entrada do Palestra Itália para o povo jogar dinheiro. Os dois clubes nada receberam e ainda doaram a renda para ajudar o Bambis a pagar suas novas dívidas ?

    – Que neste “Jogo das barricas”, Porfírio da Paz – Presidente do Bambis, andou no meio das torcidas adversárias com uma bandeira esticada, para que os torcedores atirassem algumas moedas para ajudar o Bambis ?

    ================================ A TOMADA DO PATRIMÔNIO ALHEIO ================================

    – Que em 1942, com apenas 7 anos de vida e sem patrimônio, foram salvos pela II Guerra Mundial com a entrada do Brasil declarando Guerra ao Eixo ?

    – Que vislumbraram no decreto do governo permitindo a desapropriação de patrimônios de súditos de alemães, italianos e japoneses [1942], a grande oportunidade de obterem o patrimônio que sempre desejaram, mas nunca conseguiram de forma honesta ?

    – Que após a desapropriação de bancos alemães e cias aéreas, a possibilidade de tomar o patrimônio dos italianos se mostrava real ? animando os sãopaulinos e assustando os italianos ?

    – Que tentaram a todo custo se apropriar do Palestra Itália já que o Brasil havia declarado Guerra ao Eixo, e o governo havia baixado decreto permitindo a desapropriação de patrimônios de súditos de alemães, italianos e japoneses ?

    – Que usando a influência e relacionamento com os ditadores que governavam o Estado e o Esporte, exigiram que o “Palestra de Bambis” mudasse de nome, sob a ameaça de tomada do clube, mesmo sabendo ser Palestra uma palavra “grega” ?

    – Que na semana em que o Palestra mudou de nome, de Palestra para Palmeiras, os dois clubes se enfrentaram em final histórica e épica no Pacaembu, valendo o título de “Campeoníssimo”, e que o Bambis acabou fugindo do gramado para não ser goleado pelo Palmeiras ?

    – Que não conseguindo tomar o Palestra, se contentaram com um alvo mais fraco, a “Associação Alemã de Esportes” também conhecida como “Deustsch Sportive”, que ficava na região do Canindé, e com a ajuda da ditadura, ganharam finalmente uma Sede em 29/01/1944, registrando a escritura em Cartório de propriedade de Cicero Pompeu de Toledo.

    ================================ A MARACUTAIA DO MORUMBI ================================

    Voce sabia ?

    – Que em dezembro de 1950 a Imobiliária Aricanduva [cujo dono era o Adhemar de Barros] conseguiu empréstimo do Governo do Estado [o governador era o próprio Adhemar] para terraplanar e criar toda a infraestrutura em uma gleba na região do Morumbi ? Um escândalo de corrupção na época, dentre vários do Adhemar, que viria a ser cassado anos depois. O bairro com todas as benfeitorias passa a se chamar justamente JARDIM LEONOR, nome da esposa do Ademar de Barros.

    – Que em dezembro de 1951, um ano depois, o Bambis convidou Laudo Natel [político ligado a Adhemar de Barros] para tesoureiro e este negociou a compra de 68 mil m2 na região, e “ganhou” (!!) do Governo do Estado mais 90 mil m2, isso mesmo GANHOU do Governo do Estado 90 mil metros quadrados !!

    – Que em 1955, três anos depois, o Bambis VENDEU ao Governo do Estado o terreno do Canindé [aquele que ganhou 11 anos antes], sem qualquer benfeitoria adicional. O Governo comprou e repassou à Portuguesa que se viu obrigada a construir campo e arquibancada para começar a usar, pois estava completamente abandonado.

    – Que em 1966, em pleno regime de ditadura militar, Laudo Natel, o ex-secretário da Maracutaia já havia se tornado Presidente do Bambis, e ao mesmo ocupava o posto de vice-Governador do Estado quando o seu chefe, Adhemar de Barros, foi cassado por corrupção. O clube passava a contar com um Presidente que ao mesmo tempo era Governado do Estado, em plena Ditadura.

    – Que o tal Governador da ditadura, que acumulava as funções de Presidente do Bambis, determinou que os estudantes da rede pública vendessem carnês chamados “paulistão”, para ajudar nas suas formaturas, e ao mesmo tempo coletando parte do dinheiro para a construção do Estádio.

    – Que é justamente neste período da ditadura, da censura aos jornais, que sem explicar a origem do dinheiro, sem um clube de associados que pudesse gerar receita, sem rendas pois jogava em estádios praticamente vazios pela péssima campanha, que construiram um estádio que custou uma fortuna, que nem nos dias atuais de direitos de TV, patrocínios, venda de atletas, conseguiriam construir algo parecido… de onde veio o dinheiro ?!

    – Que para as festas de inauguração do estádio, com mêdo de um vexame, pediram emprestados 2 jogadores do Palmeiras (Julinho e Djalma Santos), 2 do gambazada (Almir e Ari) e 1 do Santos (Pelé que contundiu não compareceu), para reforçar o time em partida contra o Nacional do Uruguai.

    – Que O Palmeiras foi o primeiro campeão do Morumbi, pelo Brasileiro de 1969…

    – Que no início dos anos 70, o Governador biônico Laudo Natel, não-eleito, imposto pela Ditadura, acumulava o cargo de Presidente do clube, e se sentava no banco de reservas nas partidas para ajudar a tirar o time da fila, na pressão aos árbitros e Federação.

    – Que nos dois jogos entre Bambis e Ponte Preta pelo Paulista de 1970, o Governador teve participação decisiva no resultado ? No primeiro jogo, em Campinas, o Bambis perdia e no intervalo o Governador chegou de helicóptero, pousou no meio do gramado, foi ao vestiário dos árbitros, e no segundo tempo o Bambis “virou” com uma sucessão de erros da arbitragem… e no segundo turno no Morumbi, Arnaldo Cesar Coelho “operou” a Ponte, com Laudo Natel supervisionando o esquema na beira do gramado.

    – Que em 1971 esta pressão fez tanto efeito que o gaveteiro Armando Marques cometeu um dos maiores assaltos na final do Campeonato Paulista, contra o Palmeiras. A atuação foi tão escandalosa que é comentada até hoje nos sites oficiais do próprio Bambis.

    – Que em 1972 o Presidente do Palmeiras comprou a briga e fez com que a final – novamente entre as duas equipes – fosse transferida para o Pacaembu, pagando anúncio de página inteira nos principais jornais da cidade explicando que o Morumbi nunca foi nem nunca será um campo neutro, e que abdicava da renda maior pelo direito de ter um jogo justo. E que graças a esta histórica e corajosa decisão, o Palmeiras conquistou mais este título.

    – Que na final do brasileiro de 1977, o Bambis conseguiu nos bastidores a suspensão do atacante Reinaldo do Atlético Mineiro, artilheiro do campeonato, e entre outros acontecimentos, viu o volante Chicão quebrar a perna do meia Ângelo do Atlético. Não satisfeito, Chicão ainda pisou na perna quebrada do jogador enquanto este rastejava para fora do gramado…

    – Que nas semi-final do brasileiro de 1981 o Bambis contratou 3 seguranças da Ponte Preta, Brandão, Maurinho e Chitão, para um trabalho especial no Morumbi. Jogavam Bambis e Botafogo. O Botafogo havia vencido o jogo de ida no maracanã, e vencia novamente o Bambis, em pleno Morumbi, por 2 a 0. No intervalo, os 3 seguranças tiveram o acesso facilitado ao vestiãrio dos árbitros, que foram agredidos e receberam ameaças ainda maiores para o final do jogo. No segundo tempo o Bambis virou a partida, se classificou, e os seguranças foram levados de volta para Campinas… O árbitro Bráulio Zannoto, declarou ao longo da semana que foi agredido no vestiário por homens armados, e admitiu ter errado ao não paralisar o jogo ou ao menos relatar o ocorrido na súmula, por medo das consequências…

    – Que em 1986 o Bambis teve novamente a ajuda decisiva da arbitragem [Aragão] na conquista do Campeonato Brasileiro, não somente no penal não marcado para o Guarani, mas pela inversão de faltas, provocações e pressão sobre os jogadores do Guarani, conforme depoimento dos jogadores que atuaram aquela partida.

    – Que em 1990 o Bambis foi rebaixado para a segunda divisão do Campeonato Paulista, mas com o apoio dos dirigentes da FPF, conseguiram reverter no tapetão a fórmula de 1991. Disputaram a divisão inferior, mas conseguiram fazer com que esta indicasse vaga para as finais, e ainda considerasse esta campanha da segunda divisão para os critérios de desempate na finais de 1991.

    – Que em 1994, irritada com o ostracismo provocado pela rivalidade Palmeiras e gambazada, e principalmente pela supremacia do Palmeiras, bi-campeão paulista e brasileiro daqueles anos, a Diretoria do Bambis mandou esburacar o gramado do Morumbi para impedir que o último jogo do campeonato, de entrega de faixas, entre Palmeiras e gambazada, fosse realizado no Morumbi.

    ================================ E Sabia também… ================================

    – Que o Bambis nunca disputou a Taça Brasil, pois este torneio admitia somente os campeões estaduais…

    – Que o Bambis é o único clube grande da capital que NUNCA conquistou a Copa do Brasil…

    – Que o Bambis é o único clube grande da capital que NUNCA vestiu a camisa da Seleção Brasileira…

    – Que o Bambis é o time grande da capital com menor média de público nos últimos brasileiros…

    – Que o recorde do Morumbi é de uma reunião dos Testemunhas de Jeová [162.957 em 1985]…

    – Que o 2º maior público do Morumbi foi quando o gambazada perdeu da Ponte em 1977 [138.032]. Sim, o recorde foi no domingo, quando o gambazada perdeu da Ponte. Na quarta, no jogo em que sairam da fila de 23 anos, a torcida amarelou e o público foi bem menor [86 mil] ou seja, cerca de 50 mil “fiéis” perderam a confiança…

    – Que o 3º maior público do Morumbi foi um Palmeiras e Santos em 1978 [123.318]. – Resumindo, a torcida do Bambis só aparece no próprio estádio, no 8º maior público da história do campo, ainda assim porque jogou contra o gambazada nesta data [1982].

    – E que o Morumbi não é, nem nunca foi o maior estádio particular do mundo. Medido de forma padronizada pela FIFA, o Morumbi com seus 80 mil aparece na 28ª posição no ranking mundial, bem atrás por exemplo do Nou Camp do Barcelona, que comporta 98.787 …

    ================================ E Sabia também… ================================
    – O time dos quatrocentões, da extrema direita paulistana, dos políticos sempre relacionados com a ditadura, que sempre cresceram nos piores momentos do País, conseguiu amealhar um bom patrimônio, mas nunca venceu sua maior dificuldade …

    – Com uma história propositadamente mal contada, envergonhados do próprio passado, os dirigentes lutam por criar uma identidade que não existe, um clube sem alma e sem história de superações e heroísmos de seus antepassados, restando criar o simbolismo de “clube da moda”, de embalo, na eterna luta de tentar transformar “simpatizantes” em “torcedores reais”.

    – O verdadeiro vínculo, a verdadeira paixão, o marketing não consegue resolver, pois é na adversidade que se criam e fortalecem os vínculos reais e eternos. Não por acaso, o Bambis faz campanha na TV para que seus “simpatizantes” tentem transformar seus filhos em sãopaulinos, em uma ação que os rivais fazem por identidade, alma e paixão !!

    Lina: Este espaço é democrático, eu publico tudo, até ofensas, provar o que se diz é que é outra conversa. Os americanos dizem que inventaram o avião, e diziam que iam levar as olimpíadas 2016. Cada um com a sua neurose… Abraços

  2. Dr.Palestra Says:

    “Em 1944, o São Paulo comprou o Canindé, que passou a ser o seu campo.”

    PAREI NESTE PARAGRAFO, PQ NÃO TENHO ESTOMAGO PRA LER O RESTO DA HIPOCRISIA!!!

    O Canindé era do antigo Deustsch Sportive, e vcs o tomaram durante o periodo da Segunda Guerra com a mesma conversa que tentaram tomar o Palestra Itália, dizendo que pertenciam a Nazistas e Facistas. Isso todo mundo sabe, pare de ser uma ostra e “sai do armario”, pq essa sua “historinha pra boi dormir” que vc copiou e colou de outro site, não rola!!!
    Isso pq eu nem continuei lendo…..mais um alienadão da geração vitrine….parabéns!!!

    Lina: Cara, nao viaja. Ninguém pode tomar nada de ninguém.
    A gente sabe que o Brasil é um pais em que o descumprir a lei é quase que institucional, mas ninguém toma nada de ninguem aqui.
    O São Paulo comprou o Canindé, que depois foi vendido a Portuguesa de Desportos. O resto que passar disso eh balela e inveja.
    O São Paulo jamais quis tomar de vocês a Paçoca, até porque tal estádio não é, e nunca foi, motivo de inveja para os adversários, diferente do Morumbi, que vocês juram que é fruto de corrupção da ditadura militar em prol dos quatrocentões portugueses.
    Não é nada disso, admita nossa competência nessa aventura que deu certo. Abraços pra você, e domingo, DÁ-LHE SANTOS !

  3. pelo amor de DEUS marcã não ! Says:

    para com isso cai na real que esse teu time não é tudo aquilo que vc pensava que era pow vai ser melhor pra vc alias o richarlisson e gay ou so faz tipo pra agradar os torcedores?? kkkk amanha vou ver se o salvio e mesmo são paulino por que toda vez que apita um classico dos rivais do bambi e ferra ou palmeiras ou corinthians não sei porque ?se contenta com o vice que campeão ja tem falow

    Lina: Tá falando bobagem. Nem sei o que o Salvio Spinola tem a ver com o SÃO PAULO FC, afinal, foi ele quem detonou o TRICOLOR contra a GRANJA no paulistinha do del nerinho…

  4. pelo amor de DEUS marcão não ! Says:

    Lina: KKKKKKKKKKKKKKKKKK, boa, mas o Clodovil era corinthiano.

  5. William Says:

    Muito boa a História do Morumbi , coisa que não conhecia gostei mesmo da informação e da grande história que tem o maior estádio particular do Brasil quisá do mundo.
    E quero agradecer por acompanhar meu blog ,será sempre bem vindo.

    Saudações Tricolores um abraço Lina !

    Lina: Valew mano, grande abraço !

  6. O campeão voltou!!! Says:

    Olá Lina,da uma olhada no texto desse escroto.

    http://scoppia.blogspot.com/2009/09/juvenal-juvento-para-governador.html

    Lina: Cara, obrigado, eu vou ler, e obviamente, irei combater, na mesma moeda, com artigos, fotos, documentos e links.
    Uma coisa seja dita, AS VAGABUNDAS, adoram viajar sobre o SAO PAULO FC. Chega a ser uma questão freudiana a compulsão que as MOÇOILAS DE VIDA FÁCIL tem sobre o SOBERANO.
    Obrigado e Abraço.

  7. Geraldo **Jason** Linda 6-3-3 Says:

    oiiiieee CLONE , pq vc sumiu do Paulinho??? Vou sempre entrar aqui , viu ,que blog bonitu…

    Bjos me ligaaaaa

    Lina: VAI TE CATAR !!!

    • Geraldo "Jason" Lina Says:

      Tomare que alguem nós cate , cloneeeeeeeee, que dilicia…

      ***(*) ******(*)

      Lina: Do jeito que tu eh tchongo, tu não cata ninguém.
      HAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUH OTÁRIO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: